MENU

Friday, 16 de May de 2014 - 20:45Dica do dia

DICA DO DIA

Um festival de porradas na temporada de 1991. Como os caras batiam! Alexandre Neves mandou.

62 comentários

  1. Ricardo says:

    +Potência
    -Tecnologia
    +Arrojo
    =
    +acidentes

  2. Jedi Master says:

    Ayrton Senna quotes:

    “And suddenly I realised that I was no longer driving the car consciously. I was driving it by a kind of instinct, only I was in a different dimension.”

    Ayrton Senna

    Read more at http://www.brainyquote.com/quotes/authors/a/ayrton_senna.html#H1ZAebWdiYMd4klI.99

  3. Aparecido Rodrigues says:

    A diferença que fazia a diferença era que tinha muitoooooooos cavalos empurrando, motores potentes!

  4. Paulo Pinto says:

    “Maldomado” e “Kebralaje” fariam o maior sucesso nessa época. Uma pena.

  5. Eduardo-SC says:

    De Cesaris pra variar aparecendo em quase todas.

  6. TagHeuer says:

    Que lindo ver Senna engatando marcha ré após a rodada na Espanha! Era de outro mundo mesmo o cara

  7. Jose says:

    Flavio,
    Fico no duvida se os caras batiam muito ou hoje os circuitos do Hermann Tilke tem uma area de escape tao gigante e sem muros que os erros de hoje nao resultam em batidas…..

    Outro pinto eh se a eletronica de hoje evita erros de piloto como no passado.

    O q acha?

  8. xutouegol says:

    Senna épico aos 4:22 !

    • Paulo Pinto says:

      Burrada que deu certo. Só isso.

    • Eduardo-SC says:

      É, não dá para exagerar no endeusamento. Sou muito fã do Senna, mas lembro da apreensão de aguardar qualquer cagada que pudesse acontecer quando ele estava bem na corrida. E sempre acontecia. Não dava pra contar muito. Agora quando não pilotava no rabo-de-foguete , eram corridas sem graça de quarto ou quinto.

      • Micromax says:

        “Quando não pilotava no rabo de foguete eram corridas sem graça”

        1-monaco 84
        2-portugal, Bélgica 85
        3-espanha e detroit 86
        4-monaco 87
        5-donington, brasil, austrália e japão 93……

        Todas corridas sem graça, pois não tinha o rabo-de-foguete nas mãos! ?………….cada um que aparece viu!

      • Paulo Pinto says:

        Corrida com graça? Austrália/94.. Hahahahahahaha!

  9. luiz caco says:

    Aquela panca do Senna não foi em Hockenhein. Mas no treino do GP do México. Agora se alguém souber o nome da banda e musica, ficaria muito agradecido.

  10. Luis felipe says:

    Flavio
    Lembra quando Senna escapou no Mexico reclamou da seguranca do circuito e publicaram no jornal de la.. “Senna tiene medo”?

  11. Roberto says:

    Parece que os pilotos eram mais arrojados e os carros mais complicados de pilotar…

  12. Cláudio F1 says:

    Ótimo vídeo e a música tem tudo a ver, é muito divertido quando o vocalista grita algo do tipo, “Fireee/ Smoke is raising” enquanto o vídeo mostra o Prost “se picando” da sua Ferrari em chamas, kkk!

  13. João de Oliveira says:

    O acidente em que Senna capota está no vídeo, foi na curva Peraltada no Circuito do México.

  14. perna quebrada says:

    Entrevista Senna/Schumacher antes do GP de Imola em 94 para a BBC.
    http://www.youtube.com/watch?v=iErwQ9Y0q-Y

  15. perna quebrada says:

    A saída do Prost na volta de apresentação é clássica. A carona do Mansell pro
    Senna também.

  16. Paulo Pinto says:

    Os pilotos da época tinham mais “pegada”. A FIA. com normas rígidas e punições em série, conseguiu domar esse ímpeto.
    O lado bom é que a segurança agradece.

  17. André says:

    E ainda batem. Mas antes havia muitos erros, pois dava para forçar os carros no limite. Hj tem uma pilotagem muito mais refinada, difícil errar sozinho. Hj batem mais uns nos outros, pois não há mais muro, só área de escape. Basta ver um vídeo relacionado de batidas de 2010 a 2013 e comparar.

  18. Mauro says:

    Iso e F1, limite ao maximo! Voce imagina se liberaran agora para ir pe em baixo. Alonso Vetel Hamilton Kimi Rosberg Button Massa Maria la del barrio todos pe no fundo desde primera volta ate a ultima, serie genial! ahhhh o mito koba ganhaba de todos eles

  19. John Player says:

    Em 90 e 91 batiam bastante…até na última corrida.

  20. Sil C San says:

    A diferença é que naquela época os carros eram bem iguais e o piloto tirava no braço, , dái que as merdas aconteciam. Hoje os carros são desnivelados e temos o Maldonado…

  21. Igor Dusse says:

    Este campeonato somente poderia terminar de uma forma: Com uma batida.

  22. preto says:

    Porra ,ja tinha esquecido como esses carros eram lindos…

  23. Pablo says:

    Como os carros eram lindos naquela época. Não eram parecidos como os de hoje! Carros lindos mesmo: Williams FW14, Benetton B191, Ferrari 643, Mclaren MP4/6, Jordan 191…. Só perdem para alguns dos anos 80.

  24. Mestre Jedi says:

    “Efeito Senna”, sem dúvida!
    Todo mundo andava no limite!
    Uma loucura!
    Bons tempos!
    O “Mestre Jedi – Bruce Lee” era o padrão!
    .
    (e não venham falar da morte do Senna, que ela foi uma fatalidade…o único ferimento do Senna, naquela batida, foi o provocado pelo pedaço da suspensão, que se tivesse atingido o Senna 15 centímetros, a mais ou a menos, pegaria no capacete e não o mataria…Berger e Piquet bateram naquela mesma curva Tamborello, anos antes, e não aconteceu nada com eles)

  25. Ricardo Abreu Lima says:

    Fórmula Indy…

  26. daniel says:

    fiquei com a impressão de que os pneus eram ruins

  27. ABresser says:

    Muito legal rever os anos 90 na F1 (no caso ano 1991)). E ouvir a musica do The Cult tambem..Mas poderia ser uma samba (de raiz) no cilpe ficaria otimo. Bom ouvir algo diferente de “funk” (entre aspas mesmo), que, massivamente, “ouvimos” hoje em dia. Bons tempos que o Rio de Janeiro ela polo irradiador de cultura e musica para o pais. Hoje, musicalmente, vindo do RJ, so tosqueira. !

  28. Rodrigo Antunes Moreira says:

    esse acidentes são legais para assistir, pena q podem ser letais…
    triste demais.

  29. Weber says:

    O Senna capotou no México. E como os carros eram bonitos em 1991!!!

  30. E que bela trilha sonora !!!!

  31. Fernando says:

    Saudades daqueles carros. Eram muito bonitos, tanto o chassi, como a pintura.

  32. Salatiel Miranda says:

    Batiam muito e erravam muito também… pois sem essas traquitanas e traquinagens eletrônicas de hoje em dia, o risco de errar era grande. As pistas da época também tinham áreas de brita, ao contrário dos chatos circuitos de hoje que tem áreas de escape… Errou? Rodou? A pista tem mais uns 200 metros de asfalto pra você endireitar o carro e voltar inteirinho pra corrida…

  33. Andre Arruda says:

    A fórmula 1, atual, anda muito chata!!!

  34. Marcos Alvarenga says:

    Acho que o Piquet foi para o Guiness da temporada. Apareceu umas 8 vezes, e pelo menos 3 pancas de respeito.

    E como chovia em 1991!

  35. Guzz says:

    Me lembro de uma batida forte do Alex Caffi nos treinos de Mônaco, o carro ficou separado em 3 pedaços.
    Teve também uma batida/capotagem do Senna em algum treino extra oficial em Hockenhein, mas nunca vi nenhuma imagem disso.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *