MENU

domingo, 25 de maio de 2014 - 11:09F-1

NA RUA (7)

naruamonacodomRIO DE JANEIRO (pinga colírio) – Ganhou Rosberguinho. Voltou a ser líder do Mundial. Igualou o número de vitórias de papai. Hamilton em segundo com o olho inchado. Não de choro, mas de cisco, mesmo. Bianchi fazendo os primeiros pontos da história das nanicas em nono. Massa em sétimo, apesar de tudo.

Aí um resumo do GP de Mônaco, cujo relato fui escrevendo durante a corrida porque daqui a pouco tem programa piloto para gravar no IBC da Copa. À corrida, então.

A largada acabou sendo civilizada. Nico partiu bem, com Hamilton atrás. Quem saltou bonito foi Kimi, de sexto para quarto. E aí veio o primeiro safety-car do dia, quando Button deu um totó em Pérez antes da Loews e tirou Maria do Bairro da corrida. Pérez está chorando até agora e jurando vingança, enquanto um conjunto de mariachis canta “Cielito Lindo” no motorhome da Force India. “Hijo de puta, hijo de puta!”

Drama pré-corrida: Maldonado não sai do lugar na volta de apresentação, é levado para os boxes e não consegue largar. Além de meio atrapalhado, tem tido muito azar, o venezuelano. Juntou-se a Pérez para ouvir os mariachis. Ambos planejam encher a cara de tequila esta noite, mas vão levar a garrafa escondida porque tequila, em Mônaco, está os olhos da cara. A ideia era pedir apenas copos com limão e sal, que dá para pagar.

Na relargada, tudo bem, tudo em paz, tudo tranquilo, tudo belezinha. Isso foi na terceira volta. Mas aí pintou um novo pequeno drama, agora de Vettel. O Tião alemãozinho, que tinha largado bem e passado Ricardão, o que lhe fez gritar, berrar, vibrar, socar o ar e quase ter uma ereção, quebrou. O motor começou a perder potência, ele foi ficando, ficando, foi para o rádio, choramingou, lamentou, praguejou, entrou nos boxes, implorou para arrumarem o carro, vejam se não é um fiozinho, um fuzil queimado (“Fusível”, corrigiu o engenheiro), pode ser vela, ingnição (“Ignição”, corrigiu o engenheiro), olha a bateria, pode ser bateria, o fluído de freio (“Fluido, sem acento”, corrigiu o engenheiro)…

Não era nada disso, era o motor mesmo, que pifou.

E a corrida foi seguindo na boa, Nico papeando com seu engenheiro pelo rádio (que já não fala o nome de Hamilton, e o chama de “seu companheiro de equipe”), até que Sutil deu uma estampada de respeito na saída do Túnel. Isso na volta 26. Bandeira amarela de novo e todo mundo no box para a parada única. Ou quase todo mundo. Massa não parou. Saltou de 11° para quinto, isso porque Kimi, que vinha bem em terceiro, teve de parar duas vezes porque na primeira esqueceu de pegar o tíquete de saída do estacionamento.

Hamilton chiou. Parou na mesma hora que o parceiro, teve de esperar Rosberg trocar os pneus e verificar óleo e água, além de pedir para colocar CPF na nota, e quando saiu (os dois tão na frente que voltaram tranquilamente em primeiro e segundo), pelo rádio, ficou perguntando se não tinha algo diferente que pudesse ser feito, quem sabe mantê-lo na pista para tentar algo diferente, ou chamá-lo antes, o que seria ainda melhor (mas como o coitado do engenheiro poderia adivinhar que alguém ia bater?), mas tudo que ouviu foi um cri-cri-cri, enquanto o engenheiro sussurrava para o colega ao lado: “Como é chato, puta que pariu”.

A relargada aconteceu na volta 30. De novo tudo sossegado, exceto Kimi, que despencou para 13° por conta da segunda parada. E houve um leve incidente quando Verme foi liberado pela Toro Rosso na saída do pit stop e quase passou por cima de alguém que não identifiquei — Magnussen, talvez. Tomou um pênalti e estragou uma boa corrida pelos pontos. “Quem foi o verme que acendeu a luz verde?”, gritou o piloto pelo rádio. Ficou sem resposta.

Os mercêdicos seguiram solenemente enrabando todo mundo e dispararam à razão de 1s por volta mais rápidos que os demais depois da bandeira verde, fazendo a corrida particular deles. Hamilton sempre a décimos de segundo de Rosberg, e não é fácil estar na frente nessa situação. Qualquer errinho, tchau. O de trás janta sem dó. Mas Nico não cometia erro algum e Lewis ficava ali, só na espreita.

Massa, em quinto, se segurava com os mesmos pneus do início, numa esquisita estratégia da Williams chamada “quanto mais pra trás, melhor”. Quando parou, na volta 46, acabou perdendo várias posições e despencou para 11°. Pontos, só se alguém quebrasse ou batesse.

(Dramas ainda não relatados: as quebras dos motores de K-Viado, logo no início, e mais tarde de Vergne. Os dois tororrôssicos, que tinham uma ótima perspectiva de pontos, os dois largando entre os dez primeiros e tal, desperdiçaram o domingo.)

E alguém quebrou. Justo seu companheiro Sapattos, na volta 57, na Loews. Primeiro motor Mercedes a ir para o saco neste ano, salvo engano. Bom, pelo menos visualmente, com fumaça e tudo, foi o primeiro. Um guindaste tirou o carro rapidinho do local e o atirou no mar, sem o piloto. Assim, não foi necessária mais uma intervenção do safety-car. Felipe, por consequência, entrou na zona de pontuação e a Williams festejou a tática “menos é mais” (menos ousadia, mais pontos).

Na volta 61, o momento mais emocionante da corrida. Gutierros, que estava em oitavo, lambeu o guard-rail na Rascasse e rodou. O acidente em si não teve nada demais, além de incluir o mexicano no grupo noturno da tequila. Mas com esse abandono, Bianchi entrou na zona de pontos! Décimo lugar, chance de primeiro pontinho de uma nanica desde a chegada delas à F-1, em 2010! A Marussia fazendo um ponto, quem diria que viveríamos para ver isso? Legal demais. Era só aguentar mais umas voltinhas.

Na volta 66, certa agitação nos boxes. De repente, mecânicos da Mercedes se preparam para um pit stop! Como assim? Aparece alguém com um bico, uma asa, um motor e um câmbio. Outro carrega uma caixinha com um olho de vidro dentro. Quem vai parar? O que está acontecendo? Que olho é esse?

Nada. Deu pinta de treinamento, tipo aquelas simulações de incêndio nos prédios, em que todo mundo tem de largar o que está fazendo e descer de escada em calma, sem pânico, puto da vida porque o papo estava bom no Facebook.

Mas algo se passava com Hamilton. A diferença de tempo dele para Rosberguinho, inferior a 1s até a volta 60, começou a aumentar. Passou para 1s2, 3s3, quase seis segundos na volta 70. Alguma coisa estranha estava acontecendo. Lewis tinha um cisco no olho. Problemas no olho, isso mesmo, o olho esquerdo. Avisou pelo rádio. “Quem não tem colírio usa viseira escura”, cantarolou seu engenheiro mostrando erudição musical e citando Raul. “O quê?”, replicou Hamilton. “Nada, vai tocando, se a gente achar um olho aqui eu te aviso”, respondeu o engenheiro. “Como?”, desesperou-se o inglês. “Chato pra caralho”, cochichou o engenheiro com o mesmo amigo ao lado, aparentemente o cara que arrumou o olho de vidro, que na prática não teria grande serventia porque uma cirurgia ocular àquela altura não faria muito sentido.

A Red Bull soube do drama oftalmológico dos rivais, evidentemente — até eu soube — , e mandou Ricardão acelerar com uma estranha mensagem cifrada pelo rádio: “Dani, em terra de cego, quem tem um olho é rei. Em terra de príncipe, quem tem dois pode chegar em segundo”.

Hamilton, caolho, ficou lento. Ricciardo entendeu o recado e a diferença de mais de 9s despencou para menos de 2s em poucas voltas. Desapareceu a três voltas do final. “Tá no visual”, avisou o engenheiro de Hamilton. “Eu não tô vendo!”, berrou Lewis. “Eu sei”, devolveu o engenheiro, já de saco cheio de seu piloto. “Se precisar a gente arruma um olho.” Ele falou isso com o rádio desligado, certeza.

Mas precisava passar, ainda. Mais para trás, Magnussen e Raikkonen se tocaram. Massa e Bianchi subiram no pelotão: sétimo e oitavo. Oitavo para a Marussia! Inacreditável. Só que faltava muito pouco. Mesmo com um olho só, Comandante Amilton se segurou na frente de Ricardão. E a nova dobradinha da Mercedes se confirmou, com o australiano da Red Bull fechando o pódio, novamente.

Pódio frio. Hamilton não olhou na cara de Rosberg, que não olhou na cara de Hamilton e nenhum dos dois olhou na cara de Ricciardo, que distribuiu seus sorrisos para quem quisesse ver. Lewis sequer cumprimentou o colega. Assumiu a guerra mesmo, ele adora um dramalhão. Acabar uma amizade assim é algo deprimente.

boabianchi

Festa na Marussia!

Foi a quinta vitória da carreira de Nico, que empata com o pai, Keke. E a segunda seguida em Monte Carlo. Agora está 4 x 2 para Hamilton em vitórias neste ano, mas o alemão volta à liderança do Mundial com 122 pontos, contra 118 do ex-companheiro. Pela ordem, os dez primeiros: Rosberguinho, Comandante Amilton, Ricardão, El Fodón de la Cuarta Posición, Hulk (espetacular corrida), Bonitton, Massacrado (no fim, foi bem melhor que a encomenda), Grojã, Bianchi, ele mesmo, nono (chegou em oitavo, na real, mas levou 5s de punição por uma irregularidade durante um período de safety-car), lindo, demais!, e Magnólia.

Apenas os quatro primeiros terminaram na mesma volta, e 14 carros foram até a bandeira quadriculada. Não foi um baita GP, mas teve lá sua graça. Graça que o campeonato terá até o fim por conta da hostilidade oficial assumida entre os dois pilotos da Mercedes.

Fiquem ligados no Grande Prêmio. A entrevista coletiva pós-GP promete.

256 comentários

  1. eduardo disse:

    Foi o Riccardo que largou mal segurou o Alonso e deixou uma avenida para o Kimi passar os dois,Se tivessemos mil voltas o Hamilton sequer ameaçaria o Rosberg com os dois carros tão iguais e só perderia a posição para o Riccardo se perdesse totalmente a visão,todas as ultrapassaguens da corrida forão na base do empurão ou em cima das nanicas e não vi ninguem criticar a corrida,em Barcelona todo mundo criticou apesar das mais belas ultrapassaguens do ano

  2. Andre disse:

    Flavio…
    ME RESPONDA POR FAVOR: Qual motivo de Vettel esta tomando pau DO RICCIARDO? os dois tem o mesmo carro, Vettel é Tetracampeão, e porque tudo de problema so com Vettel? veja o Ricciardo toda corrida na frente e pontuando mais e mais..dando verdadeiro pau no Vettel..fica a pergunta…JA MANDEI PARA O REGINALDO LEME mas o mesmo nao respondeu..Gostaria se possivel vc fizesse um post ANALISANDO o que leva esse declinio de Vettel frente a um “novato” se comparando a ele Vettel que é Tetracampeão.

    Grande Abraco!

    André Sá.

    • Flavio Gomes disse:

      Se você conseguir mandar essa pergunta sem NENHUM erro de português, talvez eu pense em responder.

    • Paulo Pinto disse:

      Peço licença ao FG para responder por ele.

      O motivo é muito simples, André. Os Deuses da Velocidade, bastante caprichosos, costumam aplicar uma lição de humildade nos seus guerreiros. Foi assim com Schumacher em relação a Rosberg, e o campeoníssimo se saiu muito bem, mantendo um bom companheirismo com o jovem conterrâneo.
      Chegou a vez Vettel e, tenho certeza, também se sairá bem nessa prova. O mais jovem tetra mostrará, mais uma vez (como fez seu antecessor), porque merece tantos títulos.

      • Allez Alonso! disse:

        Os Deuses da Velocidade (difusor soprado) e a humidade conquistada chama-se companheiro de equipe mais rápido, Rosberg no caso se schumacher e Ricciardo no caso de Vettel.

      • Paulo Pinto disse:

        O teu idolatrado, Vicellez, irritou os Deuses da Velocidade, ao usar a camisa desmerecendo o Herdeiro de Fangio.
        O espanhol está pagando, ano a ano, as penas impostas pelo sacrilégio cometido.
        E só os Deuses sabem quando isso terminará.

        Torço para que nunca. Hahahahahahahaha! (oito, para lembrar as temporadas no vácuo dos campeões).

    • Micromax disse:

      Simples……..Nrs. nunca mostraram uma verdade!! O que serve de parametro são situações como esta que está vivendo Vettel!! Sem o melhor equipamento e sem privilégio da equipe Vettel se mostra mediano e ponto, realidade nua e crua: Vettel não tem nada de excepcional. O que teve foi um foguete nas mãos sem adversários nos últimos 4anos…….resultado 4 títulos. Pra alguns, isso significa que ele é mais piloto que Lauda, Piquet, Stewart, Senna etc. Nunca vi um piloto campeão tomar tanto pau assim antes de um segundo piloto. Schumacher a mesma coisa……..fake!!!

    • Alemão disse:

      O Vettel vai voltar a andar mais que o Riccardo já no Canadá!!

  3. ms disse:

    pra mim essa história de novas regras este ano pra trazer mais emoção a f1 é tudo balela…..cortina de fumaça….. pra esconder o que de fato está acontecendo: Bernie Eclestone infiltrou um sabotador na Red Bull pra “plantar ” defeitos” no carro de Vettel pra daí sim trazer mais emoção à f1 e engordar ainda mais seus cofres e dos outros patrocinadores……e olha que um exímio sabotador, com um minúsculo alicate, sabe fazer o “serviço” sem deixar rastros ou mesmo levantar qualquer suspeita……kkkkk, mas, brincadeiras a parte, alguém acredita que isto nunca aconteceu (ou mesmo que esteja acontecendo….) na f1 ou mesmo em outras categorias do automobilismo?

    • RCRG72 disse:

      Para sabotar o Vettel basta que a RBR queira se retratar com a Austrália e dar vantagem para Ricciardo. Interesses comerciais internos. Já que eles sabem que Vettel precisava de alguém para ajudar no acerto do carro e Webber não está mais lá, e já esava combalido, colocaram o Ricciardo que é Australiano para ser o número um “sutilmente”.

      Porque convenhamos, o Vettel está com o “azar” do Webber agora… Fora mostrar que não consegue “se dar bem” com o novo carro.

      O que importa são circunstâncias atuais em relação a qual dos pilotos a RBR quer favorecer para ganhar campeonato de construtores e/ou pilotos.

      Agora, se era tão necessário assim “plantar defeitos” no carro de Webber antes, será que Vettel é gênio?

      • Micromax disse:

        Quem manja de F1 sabe que Vettel não tem nada de gênio!!!

      • RCRG72 disse:

        Eu sei @MICROMAX

        Sei que ele não é gênio. Desse mal eu não sofro…

        kkkkkkkkk

      • ms disse:

        ele até pode não ser gênio….( há controvérsias sobre o assunto…..) mas que o cara pilota pacas disso ninguém pode duvidar ou será que um piloto mediano conseguiria ganhar 4 títulos mundiais seguidos apenas por ter um bom carro,,,,

      • RCRG72 disse:

        Cômica declaração de @MS

        “Apenas por ter um bom carro…”

        Só por isso, sua análise sobre Vettel em relação a Alonso é uma furada sem tamanho…

        Apenas por ter um bom carro Damon Hill foi campeão, Mansell também. Era foda mas era trapalhão.

        Vettel é bom piloto e só. Sendo APENAS bom, só resta colocar a grande parte da “culpa” pelos 4 campeonatos no carro. Ele só não precisava errar a ponto de perder corridas.

        Dois caras por aqui com teorias Galvanianas. Procura pelos comentários que tu vai achar. Quem serão?

  4. Rud disse:

    Rosberg está jogando certinho, desestabilizando emocionalmente o Hamilton, suas chances de ser campeão aumentam bastante.

  5. Eltontoptec disse:

    Sério, eu acho que Hamilton não seja tão estúpido a ponto de achar que a cagada do Rosberg no sábado foi deliberada. Ele mesmo deve ter visto algumas vezes a imagem e não é possível que ele ache que foi proposital. Não sou perito nessas coisas de avaliar vídeo, mas acho que se Rosberg não entrasse na área de escape, ou era bico nos pneus ou o lado esquerdo do carro estampado na proteção. Isso deve ser marketing da própria Mercedes pra chamar a atenção em cima da “briga”. Parece estar dando certo, tá todo mundo falando disso.

  6. Emerson disse:

    O primeiro a abandonar não foi o Pastor Maldonado? Lá no GRANDE PRÊMIO EUROBIKE eu acho que acertei dizendo que o primeiro abandono seria o dele, mas não me deram os pontos! Com quem reclamo, já que lá na página não tem uma seção de contato? Se alguém souber, agradeço!

  7. Luiz Gouveia disse:

    Me chamou a atenção no pódio, os dentões amarelos do Nico Rosberg. Em pleno século 21, é inadmissível uma coisa dessas num jovem que nasceu em berço de ouro. O que é aquilo? Será nicotina?

  8. Paulo F. disse:

    Alonso esta fritando o novo dirigente da Ferrari na esperança de reabilitarem o outro vigarista, o Briatore,

  9. José Maria disse:

    Parabéns pela análise precisa e bem-humorada da corrida!

    Penso que Vettel andou saindo pra tomar alguma tequila “batizada” com “Massa”crado na última etapa do ano passado e compartilhou a “zica” neste inicio de temporada 2014…

    E o Hamilton… tomou mesmo “no olho”…

  10. Joca disse:

    Vettel esta sendo mais ou menos sabotado pela equipe por um só motivo, o regulamento se ele começa a ganhar já a mercedes continua a desenvolver mais a maquina, Vettel será fulminante no final

    • Avanti Alonso! disse:

      Ué, cada uma… Vettel não era o gênio que venceu com a str? Que a str nunca mais foi a mesma sem Vettel? Já disse aqui que a str era melhor que a RedBull em 2008, vide Bourdais. Como um tetracampeão não consegue desenvolver um carro que ele vem guiando desde 2009? Mesma equipe, mesmos engenheiros, projetistas, etc. E pior, levando tempo. Vettel é o maior engodo da f1, qualquer piloto bom bate o mediano Vettel e títulos não mede capacidade, só assistir a f1 desse ano. Até Webber, mão de pau, quando não teve difusor eficiente conseguiu andar na frente do alemaozinho.
      Essas teorias sem pé nem cabeça só reforçam o que já vinha dizendo, Vettel é bom, nunca foi gênio, e tem pilotos muuuuito melhores que ele.

      • Paulo Pinto disse:

        “…e tem pilotos muuuuito melhores que ele.”

        Claro, “Vai Nandinho!”: Schumacher e Fangio.

        Hahahahahahahahahahahahahahahahahaha!

      • Carlos disse:

        Adoro os comentários desse cara aqui…
        Comediante nato!
        Acho engraçado quanta justificativa pra tentar esconder o óbvio, Alonso não é 1/5 do q ele pensa ser….e é menos ainda do q o AvantiAllez defende no Blog…
        As estatísticas são tudo na F1…e o dia a dia nos últimos anos mostra o q o Choronso é…um bicampeão..só ganhou com um carro monstro e fora do regulamento ( com amortecedor de massa que feria o artigo 3.15 do regulamento da F-1 do ano de 2006)
        Apesar das trapaças ele é sim um nome importante no esporte…mas só isso…mais um

      • Allez Alonso! disse:

        Se Ricciardo bate o Vettel e Verme bateu o Ricciardo, não duvido que até o Kvyat engole esse alemaozinho.

      • RCRG72 disse:

        @Carlos a sua lógica usada para analisar o Alonso também mostra o que o Vettel ralmente é?
        Só perguntando…

        O Choronso é um babaca, mas mostra ser um ótimo piloto, no mínimo, ao levar o carro da Ferrari a posições que o carro não merece.

        Com carro FODA, Damon Hill, Jackes Villeneuve e o Vettel foram campeões. É preciso ter um bom carro para ser campeão. As corridas não são feitas a pé, tipo as do Usain Bolt…

    • O Fantasma de Michael Jackson disse:

      Uma mistura de previsão a lá Mãe Diná e estrategias estapafúrdias, diria eu.

    • RCRG72 disse:

      Sem esquecer @Avanti Alonso que o Wbber em seu último ano teve o defeito ridículo do kERS sem solução por 5 ou 6 GPs seguidos. Aí sim fez diferença para o vettel ficar mais tranquilo.

      Menos cavalos de potência para o Webber = a Vettel gênio? hauhaauauhauha!

      Pedir para trocar o chassi do carro não seria estar acostumado com um carro já pronto na sua mão? Um chassi sem batida, só poderia ser trocado por outro mais evoluído. Se for o caso não adiantou nada para o Vettel.

    • Segafredo disse:

      Hahhh meu saco……essa nova geração que acompanha F1………………….Vai tirar uma self com o Justin Bieber vai!!

  11. charles disse:

    Damon Hill, Jacques Villeneuve, Jason Button e Fernando Alonso, maiores fraudes da F1 à serem campeões mundiais.

    • Christian disse:

      Concordo em parte, vez que tanto Damon, Jacques e Button trabalhavam para a equipe e sabiam desenvolver os carros. O Alonso faz o que em benefício da equipe e do desenvolvimento do carro ? Quero que me apontem uma equipe ou carro que o Alonso fez crescer ! O que o Alonso leva é grana, muita, mais muita grana. Se não der um carro impecável para ele, nada acontece, opa desculpa, acontece sim, ele reclama de tudo e de todos. E o pior, é que supostos “especialistas” o apontam como o melhor do grid. Tenha paciência !

      • Avanti Alonso! disse:

        É o paddock está errado, quem está certo é o christian, fala sério…

      • David Santos disse:

        Permita-me kro Christian! O Jason Botão nunca foi um bom acertador de carros. Ele teve sim um Rubinho muito competente pelo menos nesta função na Brawn.

      • luiz alberto disse:

        Piloto não desenvolve p….. nenhuma eles só iam (no tempo em que se testava)para pista para averiguar se a modificação surtia efeito,pois no papel tudo funciona que é uma maravilha ,más na pratica ……….,e para o ENGENHEIRO PROJETISTAS saber se sua modificação surtiu efeito ele precisa de um piloto constante e rápido e cronometrar tempos de volta,piloto não decide nem com que pneu ira correr ,que dirá dar pitaco no projeto,esse papo de piloto desenvolver carro é conversa de AMADOR metido a entendido.

      • Carlos disse:

        Isso aí Christinan!

        O Avanti/Allez defende aqui, mas não aponta um caso que o Choronso tenha modificado a realidade do carro..
        Agora engraçado o que o Luiz Alberto falou…só projetista importa!kkk
        Essas equipes são burras demais…pagam uma fortuna por pilotos!!! estúpidos…

      • Avanti Alonso! disse:

        Carlos, então quem desenvolvia o carro era o Webber, só pode. Olhe a pontuação do mundial e pare de falar besteira.

      • Carlos disse:

        Avanti….por favor…já que gosta de números, posta aí…os números de ambos…
        Já disse, o campeonato não acabou…falamos no final…

    • David Santos disse:

      Kro Charles! No caso de Damon Hill e Villeneuve os carros estavam dentro do regulamento e, a equipe do tio-Frank era a mais competente da época. Já o Button e o El Picareton pra mim as suas equipes foram sim muito espertas e trapaceiras para abocanhar os respectivos campeonatos. Conclusão: Na F1 não existe santo… pra vc ganhar campeonato tem de lançar mão até mesmo de instrumentos obscuros infelizmente!

    • O Fantasma de Michael Jackson disse:

      Cadê o Allez Alonso quando precisamos dele?

      • Christian disse:

        Avanti Alonso, supera Juca ! Vettel tem 4 canecos, o mais jovem da história. O El Milongueiro das Asturias, tem 2, e te garanto, não ganha mais nenhum, está numa decrescente, só não vê quem não quer ! E mais, não é o paddock, são caras como Galvão Bueno, Reginaldo Leme e Litto Cavalcanti que falam que o Choronso é o melhor, não são exatamente especialistas né Juca ?

      • Paulo Pinto disse:

        Cadê o Vicellez?

        Está queimando os dedos no teclado, tentando explicar para a galera, como o piloto mais completo da categoria, consegue ficar 8 (oito) temporadas sem título.

      • Avanti Alonso! disse:

        Não christian, quem fala são os pilotos. Jornalistas, até o ano passado, tratavam Vettel como gênio. A máscara caiu, só não vê quem não quer.

      • Avanti Alonso! disse:

        O Allez agora é Davanti, Forza, Avanti Alonso! Chupa!

    • Chupa Alonso disse:

      Antes assistia fórmula 1 para torcer, nas “saudosas manhãs de domingo que nunca mais serão as mesmas…”, agora o bom mesmo é ver o Alonso se foder… e querer jogar a culpa para os outros…
      O FDP participou do esquema do Nelsinho, sabia, e querem duvidar se a RBR estava ou não dentro do regulamento???
      É o sujo falando do mal lavado… o poste mijando no cachorro… a banana comendo o macaco…
      Não sou fã do Vettel, mas ao menos tem se portado de maneira digna…
      Alonso, desagregador, CHUPA!

  12. Ron disse:

    KKK!!
    Ué! Pensei que o Vettel tambem iria para a turma da tequila.
    Deve ter sido mesmo uma festa de arromba na Marussia.

  13. Rossa disse:

    Príncipe e Nico no camarote real. Olha o cacófato!!!
    Aliás, não seria camarote principal, ao invés de real?
    Dá pra tirar esta dúvida? Sério, fiz uma breve pesquisa e parece que principal não tem nada a ver com príncipes.
    Gracias. Parabéns pelo post.

  14. Michel disse:

    Seu texto é fantástico! Estou morrendo de rir aqui imaginando o engenheiro do Hamilton… Muito mala esse inglês!

  15. Vitão disse:

    gostei da Reventon na foto, E a Carol ai embaixo tá precisando de camisa de força, ou de carinho, ou dos dois .

  16. Gabriel 1 disse:

    Parabéns Flavio
    O texto ficou muito legal.
    Certa vez Piquet disse que brigava de propósito só para não dar mais informações ao companheiro de equipe. Vai ver Hamilton se aconselhou com ele.
    Muito estranho tantos motores quebrarem, coisa que nos últimos anos não acontecia.
    E com tantos regulamentos de “não me toque” a corrida desse ano ficou chata pra caramba. Já é difícil ultrapassar por lá e com tanta frescura, estragaram a corrida.
    Muito bom também ver o Nico ganhar, principalmente para quem vibrava com as corridas do pai dele no Coopersucar.

  17. Micromax disse:

    Hahahaha…….Vettel foi inventar onda de capacete medieval, e parece que não aguentou o peso, kkkk!

  18. Dei boas risadas com o relato sobre o engenheiro cochichando. Até torço pelo Hamilton, mas ele tem um lance meio paranóico. Achei de péssimo gosto ele dizer que teve a infância mais difícil que Rosberg, por isso tem mais fome http://www.bbc.com/sport/0/formula1/27530327

  19. Marcelo disse:

    Calvário de Vettel…

    1)GP da Austrália
    Na classificação, Vettel não foi para o Q3(problemas no software do motor), largou em 13º. Na corrida, ainda com problemas no software abandonou logo na primeira volta.

    2)GP da Malásia
    Em final de semana “limpo” de problemas, o alemão largou em 2º e terminou em 3º.

    3)GP do Bahrein
    Na classificação, Vettel foi eliminado no Q2, ficou longe do desempenho de Ricciardo, mas essa diferença pode ter sido causada por algo no carro, que já tinha dado problemas técnicos nos treinos extras. Na Corrida largou em 10º e terminou em 6º, nessa prova o alemão acatou ordens da equipe deixando Ricciardo passar…

    4) GP da China
    Na classificação largou em 3º atrás de Ricciardo, na corrida chegou em 5º, novamente atrás do companheiro. Já não bastasse tantos problemas técnicos e mecânicos, Vettel alegava que o bólido não batia com seu estilo de pilotagem. Para a próxima corrida a equipe iria usar outro chassis usado na pré-temporada, mas com um novo “pacote” mais atualizado.

    5)GP Espanha
    Chassis foi trocado, mas a falta de sorte continua, Vettel só deu quatro voltas nos dois treinos de sexta, o carro teve problemas no chicote. Na classificação, no início do Q3, novamente o carro tem problemas(quebra de câmbio, carro parou no meio do circuito). Pra piorar, o alemão perde mais 5 posições no grid por troca do câmbio. Vettel largou em 15º e fez uma brilhante corrida de recuperação chegando em um belo 4º lugar, numa grande apresentação, digna do campeão que é.

    6)GP Mônaco
    Na classificação Vettel foi novamente superado por Ricciardo, mas o alemão deu o “troco” na largada tomando a posição do companheiro. Era terceiro na corrida, mas outra vez o carro quebra, problemas no motor…

    Em seis corridas Vettel só teve um final de semana limpo no GP da Malásia. Em situação normal o alemão não estaria tomando sufoco do companheiro. O grande rival de Vettel em 2014 não é Ricciardo, e sim uma zica inexplicável. Ricciardo também teve azar em algumas provas, mas nada comparável ao companheiro. O australiano foi desclassificado na primeira corrida, na segunda prova a equipe errou nos boxes deixando uma roda solta no carro. Por causa dessa pixotada, no Bahrein o piloto perderia 10 posições no grid. Não se iludam, Ricciardo não é melhor que Vettel, mesmo caso foi Watson em relação a Lauda nos tempos de Mclaren.

    Semanas atrás Lauda cutucou a má fase de Vettel: “Agora ele está sentindo a pressão”
    http://f1team.leiaja.com/lauda-brinca-com-a-ma-fase-de-vettel-agora-ele-esta-sentindo-a-pressao/

    Lauda só se esqueceu de um detalhe, em seu retorno a F-1 ele tomou sova duas vezes do companheiro John Watson.

    http://www.statsf1.com/pt/1982.aspx
    http://www.statsf1.com/pt/1983.aspx

    Vettel esta trabalhando duro e pode reverter a situação, coisa que o grande Lauda não fez em 82/83, basta ver as posições no mundial de pilotos. Bom lembrar, Lauda já era bicampeão consagrado, e Watson apenas um bom piloto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>