MÉXICO E COREIA

SÃO PAULO(é muito?) – Serão 21 corridas no ano que vem, na maior temporada da história da F-1. A FIA divulgou o calendário para 2015 com as mesmas 19 deste ano e mais Coreia do Sul e México. São dois países que voltam ao calendário. A Coreia esteve no Mundial de 2010 a 2013. A pista fica no meio do nada. A ideia inicial era erguer uma cidade em volta, o que não aconteceu. Mas a grana é boa, pelo jeito. Já o México tem tradição na categoria. Foram 15 GPs entre 1963 e 1992, com um intervalo sem provas de 1971 a 1985.

O Brasil faz a penúltima etapa, em 15 de novembro. O calendário completo está aqui.

Detalhe é que enfiaram a corrida coreana uma semana antes do GP da Espanha. Vai ser uma pauleira danada. A prova ainda está com asterisco, para ser confirmada.

A volta do México deve ser comemorada, embora tenham mutilado o autódromo Hermanos Rodriguez, eliminando a Peraltada. Paciência. Mas a Coreia… Dessas pistas novas, a que faz falta é a da Turquia. As outras, sinceramente, não me falam ao coração.

A boa notícia é que oficializaram o fim da pontuação dobrada em Abu Dhabi. Essa bobagem quase distorce o campeonato deste ano.

Comentários