VIVA A SOCIEDADE DOIS-TEMPISTA

IMG-20150126-WA0002

SÃO PAULO (é o cara) – Marcio Fidelis é um jovem que gosta de motonetas e rock’n’roll. E de São Paulo. Esse moço reuniu, domingo passado, 123 vespas, lambretas & similares para um passeio pela cidade. Foi a sétima edição do “São Anivespaulo”, nome que ele criou juntando aniversário, Vespa e São Paulo.

(Uma explicação. Vespa e Lambretta são marcas, devem ser grafadas com maiúscula. Mas vespa e lambreta são termos já incorporados ao idioma, como gilete, miojo, chiclete, cotonete, jipe, tefal e catupiri. Portanto, me deixem escrever vespas e lambretas quando achar que devo, e Vespa e Lambretta quando assim convier.)

Não é só um passeio. É um manifesto. Um manifesto de uma molecada (alguns nem tão moleques assim, eu inclusive) que se recusa a ser medíocre. Que quer viver, nem que seja por algumas horas, como se vivia aqui nos anos 50 e 60. Passeando, sorrindo, namorando, ouvindo música.

Fidelis lidera a Scooteria Paulista, um grupo sobre o qual já falei aqui várias vezes. Sem grana, sem tempo, mas com uma paixão encantadora.

E por isso ficamos encantados, todos nós que colocamos nossas motonetas na rua (desculpem, “scooter” é o cacete) domingo, saindo da Vila Mariana (em frente ao Veloso, melhor bar da cidade), pegando a Vergueiro, passando pela Paulista, descendo a Augusta, cortando a Avanhandava, e depois o Centro, Copan, São Luiz, Edifício Itália, Biblioteca Mário de Andrade, Theatro Municipal, Viaduto do Chá, Pátio do Colégio, Praça da Sé, até estacionarmos todos no Edifício Martinelli, primeiro arranha-céu de São Paulo.

Subimos ao topo, vimos nossa cidade do alto, depois fomos até a São João, a um prédio construído em 1939 que virou cena cultural, teve nhoque, rock, e sorrisos, muitos sorrisos.

123 motonetas, vindas de longe, de perto, de todos os lados. Pipocando seus motores, deixando para trás o perfume do óleo dois tempos, e mais sorrisos, muitos sorrisos, de todos que nos viram e para nós acenaram, e nos fotografaram e filmaram.

Sim, hoje a gente é filmado e fotografado o tempo todo, ainda mais quando se sai por aí em bando montando vespas e lambretas. Não faz mal. Essa gente dois-tempista ter orgulho de ser o que é.

Os primeiros relatos de quem participou já estão pingando no site da Scooteria. O texto do Fidelis é minucioso e delicado. Mas, sobretudo, fiel ao que somos: um bando de apaixonados. Nem todo mundo entende essa paixão por algo como uma motoneta, mas não faz mal. Se apaixonar é bonito. Nossos sorrisos não mentem.

DCIM100GOPROG0102665.

Subscribe
Notify of
guest

18 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Jean
Jean
9 anos atrás

Flávio, onde você comprou seu sidecar?
Sou louco para ter um sidecar na minha Lambretta, até pensando em construir um… se puder indicar, obrigado!

Túlio Parodi
Túlio Parodi
9 anos atrás

Foi muito bom esse evento e desta vez consegui participar.. Que venham outros Anivespaulo!!! Vida longa aos vespeiros e lambretteiros!!!

sergio
sergio
9 anos atrás

Show!!! Só que seu capacete deveria estar melhor afivelado. Abcs…

sergio
sergio
Reply to  Flavio Gomes
9 anos atrás

Que Você é um chato, eu já sabia… mas quando tem oportunidade de enxergar um erro, ainda mais sendo uma pequena referência no segmento, reitera o mesmo. Melhor assim: Parabéns Flávio Gomes, você é o cara!

guilherme castrezana
guilherme castrezana
9 anos atrás

Parabéns pela publicação! Viva a Scooteria Paulista!

Bosley de La Noya
Bosley de La Noya
9 anos atrás

É Scooteria Paulista ou Motonetaria Paulista???
Porque scooter é o cacete…

Emerson Mestrinelli
Emerson Mestrinelli
9 anos atrás

Grande Flavio! Belissimas fotos feitas por você e pela Marilia Aguena! Eu estava ali, logo atrás, rsrsrs….. Abraços e esteja sempre conosco, rs!!!!!!

Winston
Winston
9 anos atrás

merece publicar umas 30 fotos das motonetas heim? Especialmente dessa sua com sidecar!

Fernando Linhares
Fernando Linhares
9 anos atrás

Legal é a pose do Flávio de gostoso, abraçado pela namorada. kkkkk.

Augusto Krauss
Augusto Krauss
9 anos atrás

Fantástico. Em breve a minha Vespa volta a soltar sua fumaça pelas ruas!

Rodrigo Garcia
Rodrigo Garcia
9 anos atrás

Flávio, se me permite o espaço “dois-tempista” para tal publicação:
Sei de uma LAMBRETTA TORK 150 BR (daquelas que se fazia aula de moto há uns 20 anos) restaurada, amarela, à venda.
Segue link para referência:
http://3.bp.blogspot.com/-m_n_WYEm0rg/TgodIqpy2DI/AAAAAAAAB1Q/aJIy-l9dkYA/s1600/Tork+150+BR.jpg
Caso haja algum interessado, entre em contato que eu repasso os dados.

Lucas Martin
Lucas Martin
9 anos atrás

Linda Foto! Felicidades!!

ze maria
9 anos atrás

Fidélis, parabéns pelo evento, só quem tem sabe como é gratificante andar.

Marcio Fidelis
9 anos atrás

Flavio, Flaviones, Flavio Gomes, muito obrigado. Existir é ser alguém no mundo, e vc sabe disso muito bem pois faz da vida, coração. Me sinto lisongeado em ler esse texto seu sobre o São Anivespaulo e a Scooteria, e ainda por cima enchendo a minha bola.

Muito obrigado, daqui a duas cervejas eu dou uma chorada. É nóis, dois-tempistas com orgulho!!!!!

fidelis

Gustavo
9 anos atrás

Somos um bando de retardados felizes!

Thiago Dias
Thiago Dias
9 anos atrás

Sensacional, em todos os aspectos. Ainda vou conseguir a minha.
Mandou bem na declaração sutil, porém identificável no final do texto. Que prospere!