NELSONS

2015442320871_Nelsinho LB_IISÃO PAULO (dureza, tudo) – Fizemos ontem no Fox Sports a transmissão da sexta etapa da Fórmula E. Foi em Long Beach, onde 35 anos atrás Nelson Piquet ganhou pela primeira vez na F-1 — no mesmo dia, Emerson Fittipaldi ia ao pódio pela última vez.

Se Nelsinho vencesse a corrida, seria algo simbólico demais. E venceu. Com muita autoridade, uma atuação segura e impecável. Usando o capacete idêntico ao do pai. Um roteiro de sonhos, como escreveu o Grande Prêmio.

Por conta disso, foi um sábado lindo. Por conta do conceito da categoria e de seus pilotos, também. Em que pese a ausência de ruídos que lembrem automóveis de corrida, e é apenas um gosto pessoal, a F-E vem ganhando adeptos e atenção. São seis vencedores diferentes até agora, e todos eles pilotos com currículo respeitável: Di Grassi, Sam Bird, Buemi, Félix da Costa, Prost (o filho), Piquet (idem).

As corridas são boas, os cenários, muito bonitos. E o nível de competição, alto.

Estou gostando disso. E ontem gostei mais ainda, porque aquele capacete, o mais belo de todos, nos traz lembranças muito boas — do automobilismo brasileiro, da Fórmula 1, de um tempo inesquecível.

Subscribe
Notify of
guest

85 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Carlos Roberto da Silva Junior
8 anos atrás

Agora só falta o Nelsinho ser Campeão na F-E que é uma Espécie de F-1 Elétrica.

Ricciardo Daniel
Ricciardo Daniel
8 anos atrás

Outra grande corrida da Formula E e grande vitória do Nelsinho.

Paulo Pinto
Paulo Pinto
8 anos atrás

Esse menino, pelo visto, está virando um “cigano automotivo”.

Allan
Allan
8 anos atrás

Além do já comentado, cito a boa presença do Bruno Senna. Esses dias o GP publicou quem teria chances de ganhar, e nem citou o nome dele. Eu, por outro lado, imaginei que se ele conseguisse largar mais a frente (redundantemente teve inúmeros problemas nas classificações) poderia chegar mais a frente (como tem feito, salvo em caso de quebra). Enfim, largou em 12º, chegou em 5º, isso com um caminhaozinho da Mahindra!

Marcos Milani
Marcos Milani
8 anos atrás

Será que teremos uma campeão brazuca em uma categoria de destaque, novamente?

Fernando Amaral
Fernando Amaral
8 anos atrás

Desta vez não pude ver a corrida. Vi a no Uruguai e outra q não lembro mais – isso de ser sempre em circuitos de rua vai gerar essa confusão, por certo, junto com o calendário ‘enviesado’, iniciado em meio do ano – mas ficou claro que a fórmula rende boas disputas por vitória, e esses parece ser o grande trunfo para o público televisivo.
Após a corrida no Uruguai fiquei com a impressão que os pilotos se arriscam mais nas manobras de disputa de posição pelo fato dos carros não serem tão velozes quanto os F1, os Indycars ou os protótipos LeMans classe 1 – todos os q chegaram ao pódio já correram nessas outras categorias, creio.

algo q me parece importante será haver muita atenção, por parte dos organizadores/ criadores da categoria, muito cuidado na segurança do público presente no evento e dos trabalhadores de pista, circuitos de rua permitem fantástica proximidade aos carros em plena ação mas também aumentam grandemente a possibilidade de alguém ser atingido por pedaços/ peças soltas – como aconteceu na recente prova da Indycars em St.Petersburg, e ano passado (também Indycars) em Detroit.

wagner
wagner
8 anos atrás

O que eu achei bastante interessante vendo o compacto da corrida foi ouvir o som dos pneus cantando nas freadas e curvas, o que é difícil quando se tem o ronco dos motores.

José Kaplan
José Kaplan
8 anos atrás

A primeira corrida foi um lixo, pior coisa q eu já vi na vida. Mas depois foi melhorando, melhorando e hoje está mais divertido de assistir do q F1… parabéns pela transmissão na Fox Sports!

Paulo
Paulo
8 anos atrás

A nova F1 é uma bosta e a Fe é legal?! Não to entendendo seu raciocínio Flávio.

Moacyr Lopes
Moacyr Lopes
8 anos atrás

Prezado Flávio,

Boa tarde.

Mandei uma mensagem vi twitter na hora da prova, mas ela não chegou a ser lida.

Na sua opinião, o Nelsinho teria um grande desempenho na F1 de 2015, se estivesse numa equipe de “ponta”, tipo Williams, Red Bull, etc, exceto a Mercedes? Vejo nele um piloto melhor que muitos da atual F1.

Um abraço.

Moacyr Lopes
Moacyr Lopes
Reply to  Flavio Gomes
8 anos atrás

Digo isso, pois só falta dirigir na F-truck. Tudo que ele dirige, tem bom desempenho.

Mas foi se vender para o Flavio Briatore, fazer o que.

Um abraço.

vicnete
vicnete
Reply to  Moacyr Lopes
8 anos atrás

Com os carros videogame é cada vez mais difícil usar os critério de pilotagem para prever o desempenho de um piloto. O cara tem que se adaptar 100% aos mínimos detalhes do carro (ou já ter nascido assim). Acho que dá para afirmar que a probabilidade de um cara que tinha excelente desempenos nas condições dos anos 80/90 se dar mal hoje é grande e vice versa. Hamilton parece ser uma exceção, como Alonso. Se os mesmos genes de um campeão do passado nascessem em alguém agora, talvez pudessem desenvolver um campeao atual, talvez. Só fazendo o teste. Alguém guardou cuspe do Senna ? Podemos enchertar na Dolly ,,,

Fernando Monterio
Fernando Monterio
8 anos atrás

Do jeito que as coisas estão feias na McLaren, e continuando assim, Alonso pode acabar pintando lá nos elétricos… rs.rs.rs.

John Player
John Player
8 anos atrás

Por acaso, a Globo mencionou isso em algum de seus programas esportivos e/ou “jornalísticos”??

Brabham-5
Brabham-5
8 anos atrás

SENSACIONAL!

Cisao
Cisao
8 anos atrás

Ja venho acompanhando o campeonato todo parabens a Fox e a vc Flavio parabens a transmissão porque não fazem uma corrida aqui em Brasilia que muito espaço nas vias e viva os Piquet que capacete lindo

Czar
Czar
8 anos atrás

Nelsinho tem provado ter uma capacidade de adaptação fantástica. Aparentemente teria se dado muito bem com esta parafernalha que é a tal unidade de potência da F1. Estaria batendo de frente com Hamilton e com certeza bem à frente de seus outros contemporâneos de categorias anteriores como Rosberg e Grosjean.

Pergunte-me por um grande piloto dentro das pistas e um mala fora delas e eu lhe apresento Nelsinho Piquet.

PS: as transmissões da FE na Fox são ótimas, principalmente quando comparadas com aquela tristeza da F1 na RGT. Parabéns!

vicnete
vicnete
Reply to  Czar
8 anos atrás

Gostei do RGT ! Legal. Se o esporte for volei é “emissora Rio de Janeiro”.

Fábio #11
Fábio #11
8 anos atrás

Gostei muito da corrida também, competitiva e divertida, o grid quase todo de ex-F1, transmissão muito boa e o mais legal sem dúvida foi rever o capacete no Nelson Piquet, aquilo foi uma viagem no tempo sem dúvida. Mas, mesmo compreendendo o conceito da categoria, carros elétricos, circuitos de rua, etc, bem que poderia ter pelo menos uma ou duas corridas em autódromos mesmo, mais ou menos como acontece na Nascar com pelo menos 1 prova sem ser no oval.

Raphael Donida
8 anos atrás

Legal o post Flavio. Outro dia comentei em um de seus posts que o problema da F1 não é o som dos motores, se fosse a FE não teria chance de crescer como esta crescendo… Vc não concordou e retrucou… Bem, eu continuo achando o mesmo, e vc? Imagino um simples e curto sim como resposta, pelo que acompanho aqui no blog.

Mas nós dois sabemos (se eu sei ou vc sabe melhor do que eu ou eu sou um alienado…) que existem fatores mais consideraveis que estao levando a F1 para decadencia… Custos, politica, regulamento… Não é o pobre do motor, que por sinal é uma obra prima, muito mais eficiente que seus antecessores barulhentos… rs……. Calma, brincaderinha, eu tbm gostava do barulho… Mas eficiencia é sim importante. Desde que comecei a acompanhar a F1 ela sempre foi, pelo menos pra mim, referencia do que ha de mais avançado em termos de tecnologia automotiva, nao faria sentido se agarrar ao passado e andar com motores obsoletos por causa do ruído…

De qualquer forma parabéns pelo post, em relação ao Nelson Jr e a FE concordo 99% contigo…

Bruno
Bruno
8 anos atrás

Olá Flávio Gomes,
Perdi a corrida. Quando o Fox Sports reprisa nesta semana?
Obrigado.
Att, Bruno.

Fernando Passos
8 anos atrás

Ótimo texto.

Por mais que saibamos que não são carros de F1 e que não é o ídolo Nelson (Pai) correndo, o simbolismo da vitória na mesma pista em que o pai fez sua primeira vitória na F1, com o capacete mais lindo do mundo no pódio, Nelsinho esteve de parabéns!

Não sei se tanto quanto F1, mas, na minha opinião, a FE vai ter muito mais importância no cenário automobilístico do que tem hoje e creio que, em menos de uma década será ela, ou alguma categoria originária dela, a grande vedete dos fabricantes automotivos, o centro dos investimentos da indústria no esporte.

João Paulo Dias Evangelista
João Paulo Dias Evangelista
8 anos atrás

O Nelsinho e o Di Grasi não se falaram,nem se cumprimentaram.
Ficou claro a animosiadade de ambos.
Alguém sabe o motivo?

Marcio
Marcio
Reply to  João Paulo Dias Evangelista
8 anos atrás

Piquet tomou o lugar do Digrassi na renault.

Antonio Seabra
Antonio Seabra
Reply to  João Paulo Dias Evangelista
8 anos atrás

O Rodrigo Mattar comentou que eles se odeiam. Gostaria de saber porque.
Acho uma baboseira essa coisa de os pilotos brasileiros sempre terem relações tempestuosas.
Começou lá atras, ainda no tempo do Emerson/Moco/ Wilsinho, onde o “bom relacionamento” era mais uma coisa de fachada do que uma realidade, apesar da amizqade de infancia…. Depois houve Piquet x Serra na F3, Boesel x Serra na F1, Piquet x Senna na F1, pra ficar só nos mais conhecidos. Mas deve ter existido muito mais “inimizades” ao longo do tempo, nas diversas categorias.
Acho que a competitividade instiga, mas não explica. Coisa de brasileiros.

Anselmo Coyote
Anselmo Coyote
Reply to  João Paulo Dias Evangelista
8 anos atrás

João Paulo Dias Evangelista (tô parecendo o Tim Maia chamando as pessoas), o Di Grassi era piloto da Renault por ocasião do Cingapuragate. Não sei se era piloto de testes, piloto reserva ou as duas coisas. O fato é que o Di Grassi manifestou contra o Nelsinho e a favor do Briatore naquela ocasião, numa atitude muito abjeta de subserviência e oportunismo. Lembro de ter comentado aqui e em outros blogs ressaltando que o Lucas de Grassi era um tremendo traíra, mas hoje não lembro mais onde li as declarações (nem vou procurar – isso pra mim é passado). Eu nem sei se foi esse o motivo para ele ter sido ignorado pelo Nelsinho. Talvez seja. E no lugar do Nelsinho eu também o teria ignorado solenemente.
Abs.

João Paulo Dias Evangelista
João Paulo Dias Evangelista
Reply to  Anselmo Coyote
8 anos atrás

Obrigado Mr. Coyote pela resposta.
Eu percebi que o narrador da corrida(não sei o nome) e o Flavio mencionaram a rivalidade de ambos durante a corrida, e principalmente no pódio mas não falaram muito o motivo.
Agora ficou claro e faz todo sentido.

Brabham-5
Brabham-5
Reply to  João Paulo Dias Evangelista
8 anos atrás

O nome disso é DOR DE COTOVELO DESDE A GP 2.

Roberto
Roberto
Reply to  João Paulo Dias Evangelista
8 anos atrás

Foi o Di Grassi que ligou pro Galvão Bueno pra dizer que o Nelsinho estava demitido da Renault. O Galvão deu essa notícia ao vivo no Bem Amigos. O Nelsinho zoou o Galvão pelo twitter dizendo que não estava demitido e que correria na próxima corrida, o que de fato aconteceu. Porém a demissão foi confirmada na etapa seguinte.
O Di Grassi foi traíra.

Paulo Barros
Paulo Barros
8 anos atrás

Sensacional!
E convenhamos, Nelsinho é um ótimo piloto. Fez uma cagada monstra na F1 que lhe queimou o filme por uns 100 anos mas é muito bom mesmo. Claro que compará-lo com o pai é muita sacanagem, Nelsão fica em outro patamar, na categoria dos gênios, no Olimpo dos pilotos. Seria legal também tê-lo visto andando bem, ganhando corridas e até campeonatos na F1. Mas aconteceu tudo aquilo e para ele, que é a parte mais interessada, a vida segue e parece estar sendo bem divertida.

Marcelo Witt
Marcelo Witt
8 anos atrás

E nas 8 primeiras posições, 8 equipes diferentes também. O que deixa bem claro que o equilíbrio é bom, nenhum piloto e nenhuma equipe estão dominando !!!

Eduardo Jota
Eduardo Jota
8 anos atrás

Concordo em gênero, número e grau … A Fórmula 1 precisa desta diversidade de vitórias. Gostaria que voltasse nos anos 70, onde muitos pilotos e equipes alcançavam as vitórias.

DANIEL ROCHA MACHADO
DANIEL ROCHA MACHADO
8 anos atrás

CORRIDA, LEGAL. ESTOU ME ACOSTUMANDO AOS CARROS, ACHO A FRENTE DELES FEIA PRA CARAMBA, MAS ISSO É O DE MENOS.
ÚNICA COISA QUE É CHATA PRA CARAMBA É ESSA PALHAÇADA DE TROCAR DE CARRO, SE A BATERIA NÃO AGUENTA OU SEI LA O QUE MAIS, ISSO NÃO INTERESSA.. PARECE QUE FAZEM PRO CIRCO FICA MAIS ENGRAÇADO..TIRANDO ISSO É LEGAL.

Czar
Czar
Reply to  DANIEL ROCHA MACHADO
8 anos atrás

A bateria não aguenta porque já é fantástico que aguente meia prova andando naquela velocidade!

Li recentemente que a partir do ano que vem a troca de carro talvez não seja mais necessária.

A grande sacada é perceber que o investimento técnico que está sendo feito nesta categoria provavelmente está antecipando em muitos anos o dia em que teremos carros elétricos na NOSSA GARAGEM sem a neura de ficar parado na rua sem carga.

Resumindo: esta categoria pode ser tudo, menos palhaçada.

Ubaldir Jr.
8 anos atrás

Bela corrida, como todas da F-E têm sido. Parabéns Gomes, pelos comentários precisos na transmissão. Dá gosto assistir corridas onde as pessoas que estão no comando da transmissão entendem do assunto.

eugenio
8 anos atrás

Perdi a transmição, quando vai reprisar ??????

AC
AC
8 anos atrás

Assisti uma prova inteira pela primeira vez.

O som não é problema nenhum pra mim. Isso nós nos acostumamos.

O que não gosto é o fato da prova ser curta demais, os circuitos cheios de curvas em 90 graus e principalmente a falta de potência.

Acredito que deveria haver uma segunda troca de carros para que o desempenho pudesse ser maior o tempo todo.

Troca-se o carro uma vez. Durante o segundo stint as baterias do primeiro são trocadas para um terceiro stint com o mesmo primeiro carro.

Mas, se já estão tendo retorno com esse formato, é isso que vai ficar.

Eltontoptec
Eltontoptec
8 anos atrás

Embora minha mulher e filha não paravam de falar um unico minuto sequer eu assisti a corrida toda, e é mesmo muito legal a FormulaE. O Nelsinho tratou o capacete do pai como se fosse aquele o verdadeiro trofeu, muito legal a homenagem ao Nersão e a coincidência dos dias, da cidade e tudo o mais, com Vergne em segundo e o di Grátis em terceiro e o Senna em quinto apesar de algum problema relatado no inicio do corrida ele chegou menos de 9s atras. De novo; muito legal essa categoria, vai crescer mesmo e parabéns pela transmissão da fox, embora eu não pudesse ouvir muita coisa o pouco que ouvi eu gostei bastante.

Uma curiosidade até bizarra: No pódio, quando tocou o hino nacional do Brasil, sil, sil…. …foi um tanto estranho e a culpa é do Schumacher, vou explicar; Ouvi tanto o hino alemão seguido do italiano que a vitoria de Vettel em Sepang com os respectivos hinos pareciam muito mais “corretos” que o nosso ultimamente não muito executado hino nacional. Olha o ponto que chegaram as coisas rapaz! Foi o hino da china que tocou depois do brasileiro?

abs

Paulo Z
Paulo Z
8 anos atrás

Foi legal mesmo! pena q nao deu pra assistir ao vivo. Apelei pro resumo da corrida que eles tem no Youtube.

Daniel Amorim
Daniel Amorim
8 anos atrás

Pois é, do jeito que lá vai, a Fórmula 1 com sua pompa e arrogância, e já meio em crise com um número mísero de carros, que se cuide…tá legal demais esse campeonato…

Fernando Monteiro
Fernando Monteiro
8 anos atrás

Quando a Renault, em 1977 veio com seu carro turbo, motor v6 1600, este não tinha o ruído rascante dos motores V8 DFV ou dos Ferrari plano 12 ou Alfa v12, ao contrário, tinha um ruído leve e soprado, mas ninguém na época ligou ´para essa bobagem de ruído ou falta dele, pois o nível de competição em corridas era emocionantese isso era o que importava. Levando isso para a F-E, percebe-se que quando o espetáculo é bom e a coisa é bem feita o barulho passa ” despercebido”. Simples assim.

Fernando Monteiro
Fernando Monteiro
Reply to  Fernando Monteiro
8 anos atrás

Corrigindo meu erro, a Renault usava em 1977 um carro equipado com motor V6 de 1500 turbo.

Fernando Monteiro
Fernando Monteiro
Reply to  Fernando Monteiro
8 anos atrás

Digo, motor V6 turbo de 1,5 litro. Acho que é melhor assim.

Maurício Falleiros
Maurício Falleiros
8 anos atrás

A categoria é interessante, mesmo, e está atraindo público e atenção. Até por isso, a Fox Sports poderia começar a transmiti-la no seu canal 1, não no 2. Muitos pacotes de TV por assinatura não possuem o Fox Sports 2.

Thiago Leal
Thiago Leal
8 anos atrás

Três brasileiros na competição, todos com experiência de Fórmula 1, dois deles disputando o campeonato. O que falta para pleitearmos uma corrida?

Flavio, a FOX não tem acesso a alguns valores que explicariam muita coisa? Porque, enquanto a F1 pena pra montar o grid, a FE aparentemente não tem nenhum problema em alinhar 20 carros na pista. Com certeza, as cifras (o custo para participar do campeonato, para realizar ePs, o valor dos patrocínios) são mais pés-no-chão que as da F1.

Antonio Jr.
Antonio Jr.
Reply to  Thiago Leal
8 anos atrás

É só lembrar que o Rio deu pra trás… quem sabe não colocam na pista da Estoque em Ribeirão Preto ou Salvador :D

Andre Decourt
Reply to  Antonio Jr.
8 anos atrás

Na realidade os cidadãos do Rio fizeram o prefeito dar para trás, porque depois de demolir o autódromo ele tentou enfiar a F-E novamente dentro do tombado Aterro do Flamengo. Quem sabe depois das obras do Porto ficarem prontas não seja um bom lugar para montar o circo da F-E, o cenário é bonito e ainda vazio e pode ser desconectado do resto da cidade

antonio seabra
antonio seabra
8 anos atrás

Parece incrível, muita gente torceu pra isso, e aconteceu. Com uma atuação de gala do Nelsinho.
A largada dele foi muito boa, mas o contorno da primeira chicane foi mais do que isso, foi espetacular !!!
O capacete é muito bonito mesmo (embora, pra mim os mais bonitos sejam os do Moco, do Emerson (antigo) e do Gilles), e com essa pintura de melhor qualidade e a cor um pouco mais forte, ficou perfeito.
Acho que o Nelsinho se queimou na F1. de graça, poderia ter tido uma bela carreira. Pela comparação dos tempos deles com os do Alonso, na Ranault, diria que ele andou mais perto do cara do que o Massa, quando foram companheiros de equipe na Ferrari. Grosjean entrou no lugar dele na Renault e ficou longe do espanhol, e hoje é considerado bom piloto, Grosjean andou mais do que o Raikkonen na Lotus…e Raikonnen era pau a pau com Massa na Ferrari, e hoje, anda junto com Vettel. Nos testes na Williams, Nelsinho foi mais rapido do que Rosberg, o alemão-finlandes foi mais consistente apenas, por isso foi escolhido.
Diria que se tivesse permanecido na F1, Nelsinho teria grande chance de hoje so perder em velocidade pra Alonso e Hamilton.
Foi um desperdicio.

Antonio

Anselmo Coyote
Anselmo Coyote
Reply to  antonio seabra
8 anos atrás

“Grosjean andou mais do que o Raikkonen na Lotus…” e “Raikonnen era pau a pau com Massa na Ferrari”.

1. O Grosjean não chegou nem perto dos tempos do Raikkonen. E este bateu o record da F1 de corridas marcando pontos.
2. Massa nunca foi páreo para o Raikkonen, assim como não foi para Schumacher, Alonso e agora não é para o Bottas. O Raikkonen foi campeão pela Ferrari em 2007. O vice foi o Hamilton e o 3o foi o Alonso. O Massa ficou no fundo do grid. Em 2008 não havia ninguém que pudesse fazer frente à Ferrari, exceto uma pessoa, Lewis Hamilton, que se apresentou e tomou o pirulito da boca do Massa. O Kimi? Teve todo tipo de incidente que um piloto pode ter e não teve como lutar pelo título. Por isso mesmo que na China ele abriu passagem deliberadamente para o Massa disputar o título, mas este não conseguiu aproveitar essa vantagem e ficou no quase mesmo. Vice. Igual ao Vasco da Gama.
Abs.

Alberto
Alberto
Reply to  Anselmo Coyote
8 anos atrás

Nem toda a convicção do mundo torna verdade algo do que você escreveu . Fato: dividiram a equipe por dois anos e meio, com resultados muito semelhantes em qualificações, número de pontos etc. Um deles recebeu o título de bandeja e o outro não, essa foi a singela diferença. Detalhe para o fato do Massa também ter cedido à posição ao Kimi um ano antes em Interlagos. Massa foi quarto colocado no campeonato, a propósito.

Dois pilotos do mesmo naipe, enfim, só que um deles com uma personalidade mais interessante. O Massa não é páreo para Schumacher e Alonso, correto. Nem o Kimi é. Até a piaba que eles tomaram do espanhol é semelhante.

antonio seabra
antonio seabra
Reply to  Anselmo Coyote
8 anos atrás

Anselmo,

1 – Nitidamente eu não estava falando em resultados, mas em velocidade pura. E o Grosjean foi andou seguidamente na frente do Kimi nas classificações, no periodo em que os dois na Lotus. O que alias, rendeu certo destaque ao Grosjean junto a imprensa e o publico. E, sim, o Kimi foi melhor, bem melhor, nos resultados das corridas.

2 – O Massa andou bem perto do Kimi nas qualificações, nas temporadas em que correram juntos na Ferrari. A Autosprint chegou até a fazer uma comparação entre os 2, mostrando que apesar dos tempos muito semelhantes em quase todos os treinos, o Kimi era mais rapido nas curvas de alta (o que em geral significa habilidade/arrojo) e o Massa mais rapido nas de curvas de baixa. (o que em geral significa tecnica/treino/disciplina/maior capacidade de acerto do carro).

A minha tentativa foi de indicar que o Nelsinho é rapido, e não de dizer que ele seja um piloto completo, tipo Alonso, Rosberg, Vettel, etc.. Não fui tão longe.

Acho que se ele estivesse na F1, teria se destacado como um piloto rápido, bom de classificação. Corroborando, aliás, o que o pai disse dele, quando ele estava na GP2: Nelsão disse que ele era muito habilidoso, que ele Nelson (pai) havia até se surpreendido com essa capacidade do filho.

As poles dele em diversas categorias são uma demonstração quase cabal dessa habilidade natural/velocidade.

Abçs

Marcelo
Marcelo
8 anos atrás

Definitivamente a Fórmula-E é inovadora. Assim como tem sido as transmissões realizadas pela Fox Sports, com bom humor, informação e pé quente.

Alexandre Quintão
Alexandre Quintão
8 anos atrás

Nelson Piquet, um talento raro e inquestionável, fez uma corrida impecável; incontestável. Histórica.
A mesma frase serve tanto para o GP de Long Beach/1980 quanto para o – ePrix de Long Beach/2015

Aloisio
8 anos atrás

Gostei muito da corrida, e principalmente da transmissão da Fox, dá gosto assistir corrida assim, muita informação, nada de patriotada e muito humor, valeu.
E aí Flavio como vai o Alonso?

Roberto
Roberto
8 anos atrás

O Nelsinho está mostrando que poderia ter tido uma estória bem diferente na F1. Se tivesse aceitado ir para a Toro Rosso, conforme o Piquet queria (conseguiu uma vaga com o Berger), provavelmente estaria hoje consolidado na categoria. Onde ele anda, consegue ser rápido, e quase não comete erros. Foi o mais jovem campeão da F3 inglesa, disputou o título da GP2 com o Hamilton, venceu corridas na Nascar (Truck Series e Nationwide Series), disputou o título do GRC até a última etapa, andou bem na Stock (fez a pole, inclusive sendo mais rápido que os pilotos oficiais) e agora que a China Racing está se encontrando está andando muito bem na FE. Uma pena ele ter entrado na F1 tendo o Briatore como chefe e Alonso como companheiro.
A homenagem que ele fez ao pai, levando o capacete ao pódio foi realmente emocionante.
E esse capacete é lindo demais.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
8 anos atrás

Assisti a corrida. Foi muito legal mesmo. Sou fa do Piquet Pai e fiquei muito feliz pelo resultado maior do Nelsinho.

Agora e continuar pedindo para que os Deuses do Automobilismo nos brindem com outra coincidencia. Fica a torcida para uma vitoria do Bruno Senna em Monaco.

Marcelo de Castro
Marcelo de Castro
8 anos atrás

Legal qdo acontece isso. Parabéns Piquet agora novamente na briga pelo caneco…

Daniel Teixeira
Daniel Teixeira
8 anos atrás

Flavio, estive em Long Beach, estou morando aqui perto há dois meses, vim transferido pela minha empresa… Não houve muita divulgação, fiquei sabendo por acaso (alerta do Waze para evitar trânsito no dia da prova, na sexta). Fui verificar no site, e a entrada era franca. Não tive dúvidas, levei minha esposa e as crianças e fomos lá… Muito legal o ambiente, Long Beach é muito bonita, tudo organizado, chegamos uma hora antes da largada e estacionamos, literalmente, ao lado da linha de chegada, na beira da praia. Sem confusão, tranquilo para chegar e sair, estacionamento público, excelente. Muita gente tem preconceito contra os yankees imperialistas, mas não dá pra negar que eles adoram automobilismo, e sabem organizar eventos como ninguém… A prova foi muito boa, confesso que estava bem desconfiado de chegar e ver um troço sem graça sem o ronco dos motores, mas me surpreendi: pela velocidade dos carros, chega a assustar ver como eles rasgam a reta surgindo do nada, sem alarde. É estranho, mas interessante, parecem carros fantasma… Curiosa a reção do público americano, muita gente sem ter a menor idéia do que estava vendo – ouvi comentários do tipo “é a F1, mesmos pilotos, mas com carros elétricos”. Não deixam de ter certa razão, afinal Piquet Jr, B. Senna, Alguersuari, Buemi, Vergne, Di Grassi, é quase uma série B da F1 mesmo. Engraçada a reação quando o Scott Speed bateu, houve uma certa “comoção” por parte do público…

Valeu muito a pena, e fico me perguntando, depois de assistir ao início da F1 com meia dúzia de carros no grid, se esse não é mesmo o futuro do automobilismo. Algo a se pensar. As crianças adoraram, ainda de quebra puderam comemorar dois brasileiros no pódio, hino nacional e tudo… Pode não ser muita coisa, mas se essa categoria pegar poderemos dizer que vimos a primeira vitória do Piquet ao vivo, com Di Grassi P3 e Senna P5, no mesmo palco da primeira vitória do Piquet pai. A família gostou tanto que já comprei ingresso pra Indy, lá mesmo, daqui a duas semanas. Mesmo local, outro traçado, mas com barulho!
Valeu muito a Formula E, já estava acompanhando as transmissões aí no Brasil, agora vou ver daqui com ainda mais interesse!
Abraço!

Pedro Araújo
Pedro Araújo
Reply to  Daniel Teixeira
8 anos atrás

muito legal o seu relato, Daniel!

nada como um race day divertido pra família ficar animada a repetir o programa…

Guido
Guido
8 anos atrás

Disse td o mais belo capacete, realmente fantástico. Demais!

Titus
Titus
8 anos atrás

A Fórmula 1 parece obsoleta perto da F-E. Talvez sejamos, os cinquentões, a última geração a se arrepiar com um ronco de motor. Nos EUA, leio, muitos jovens não se interessam por carros por considerar o conceito de transporte individual motorizado algo ultrapassado, além de os veículos serem caros, poluidores e ocuparem muito espaço. Faz sentido. Para eles, claro, não para este velho aqui…

APM
APM
8 anos atrás

Legal mesmo: o filho, um sujo, trambiqueiro, safado, etc etc etc, igualou o pai, um babaca, azedo, metido, etc, etc, etc, que levava pau de um certo brasileiro.

Edu Piquet
Edu Piquet
Reply to  APM
8 anos atrás

Filhinho, você deve ser um dos boys do Galvão, né? Enquanto teve carro competitivo, o pai nunca tomou pau de um certo brasileiro. Nem dele, nem de um certo francês, nem de um certo inglês, nem de muitos outros incertos. Dúvidas, favor procurar imagens do GP da Hungria de 1986, quando o pai fez, sobre o certo brasileiro, a mais bonita ultrapassagem que eu já vi, em mais de 40 anos assistindo à F1.

vicnete
vicnete
Reply to  APM
8 anos atrás

O que é a informação ! Depende muito da fonte, meu caro TPM. Já eu sempre ouvi dizer pelos que os conheciam ao vivo que quem gostava de levar pau não era o NP, e sim um certo brasileiro …

Giovanni
Giovanni
Reply to  APM
8 anos atrás

Demorou para as viúvas se manifestarem.
Não sei o porque de tanta implicância com o Piquet pai.
Nas pistas Senna foi muito mais sujo que o Piquet. Piquet nunca jogou o carro em cima de ninguém para decidir um campeonato.

Brabham-5
Brabham-5
Reply to  APM
8 anos atrás

APM.
Mais um brasileiro que conhece a F1 como “fofoca” ou “novela”, e não como um esporte.
Mais um analfabeto esportivo do Brasil.
Formado na “Escola De Opinião da Rede Globo de Televisão.”
Diplomado com louvor pelos professores Galvão Bueno e Luis Roberto.
Sua frase favorita é “Ah que saudade daquelas manhãs de Domingo!”
E o mantra: “Schumacher é um canalha, Dick Vigarista, ladrão e desonesto”.
E odeia o Nelson Piquet, claro.
Ou seja, um coxinha idiota completo.

Ricciardo Daniel
Ricciardo Daniel
Reply to  APM
8 anos atrás

Tinha que aparecer um comentário como esse…

Andre Decourt
Reply to  APM
8 anos atrás

Viúva detect !

Rodrigo Peixoto
Rodrigo Peixoto
8 anos atrás

Alguém sabe o motivo da animosidade entre o Piquet e o DiGrassi?

Emmanuel
Emmanuel
8 anos atrás

Flavio, acompanho com interesse esta nova categoria desde o início e hoje é fato que o Piquet Jr é o piloto de maior destaque..
Se não tivesse sido tirado do segundo lugar por Trulli na penúltima volta, na segunda corrida, estaria com 17 pontos na liderança.
Outra coisa, todos os 74 pontos da equipe são dele, e os seus companheiros de China Racing estão sempre entre os últimos.
Lembro, por fim, que ele não fez testes na pré-temporada como os seus rivais diretos, sendo que o Lucas Di Grassi inclusive foi o piloto desenvolvedor do carro da F-E.
Por todos esses fatores, sem dúvida acredito que hoje o Piquet Jr restabeleceu a sua imagem de ótimo piloto no automobilismo mundial!

Cisao
Cisao
Reply to  Emmanuel
8 anos atrás

E verdade Emanoel o Di Grassi foi que desenvolveu esse carro por mais de um ano, abraço sempre Piquet

vicnete
vicnete
Reply to  Cisao
8 anos atrás

Zizao, exija um piloto chinês na sua equipe ! Quando ao Di Grassi, me chamou muito a atenção como ele gasta muito menos energia que os outros. Fiquei com a clara impressão de que ele foi muito privilegiado por ter desenvolvido o carro. O justo seria terem usado um piloto aposentado (e magro), (e precisando de grana). ahhh…. deixa o Di Grassi mesmo ! Tá muito difícil. Mas ainda acho que ele ficou favorecido.

gustavo maia
gustavo maia
8 anos atrás

Vendo o capacete até começa a fazer sentido a regra de manter inalterado o desenho que impuseram esse ano na F1

Quanto ao barulho prometeram que no proximo ano vão por uma tampa de margarina em contato com a roda para fazer – teko teko teko;;;

João Luiz Marques
João Luiz Marques
8 anos atrás

Ontem eu vi a corrida da f-E pela primeira vez, e gostei do que vi, não dava pra desgrudar da tela pois a qualquer momento acontecia alguma coisa.

Grid com bons pilotos, muitos que não deveriam ter saído da F1.

Aliás, gostei também da transmissão, vocês estavam a vontade, com informações na medida certa. parabéns.

Thiago
Thiago
8 anos atrás

Com barulho ou sem, é bem divertido ver um grid cheio, ultrapassagens, um ou outro piloto fazendo uma cagada, falhas mecânicas, disputas por posições… Pelo menos pela ótica de um simples telespectador, o produto entregue está sendo surpreendente. Torço para que emplaque definitivamente.

Carlos Tavares
Carlos Tavares
8 anos atrás

São coisas como essas que cativam um público. É mágico o que aconteceu.

E realmente, o mais belo capacete entre todos.

A F-E está de parabéns. Histórico