ENCHE O TANQUE

SÃO PAULO (esse amarelinho…) – Esta foto publicada no “São Paulo Antiga”, e replicada pelo brother Marcelo Di Lallo no Facebook, é impressionante. A av. Brigadeiro Faria Lima era uma rua com posto de gasolina no canteiro central? Mal dá para acreditar.

O Shopping Iguatemi, primeiro da cidade, foi inaugurado em 1966. A foto é dessa época, certamente. Tenho vagas lembranças de visitá-lo quando a fachada ainda era assim, como na foto, nos anos 70. O estacionamento maior, descoberto, ficava nos fundos — creio que ainda existe. E sempre me espantaram as grandes rampas internas, que existem até hoje. Na base delas ficava uma enorme loja de brinquedos que na minha memória tinha dois andares e fachada toda de vidro, voltada para a parte interna do shopping. Balão Vermelho? Pode ser. Alguém há de se lembrar.

Ainda sobre a foto, notem os carros. Em primeiro plano, um Uirapuru. Caramba. Na outra pista, um Belcar atrás do Fusca branco. Estacionadas, duas Vemaguets, um Gordini, um Aero Willys…

shelliguatemi

Subscribe
Notify of
guest
26 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
sebastião rezende
sebastião rezende
6 anos atrás

adorei o chevrolet belair 55 igual ao do meu pai que era um belair 55 verde motor V8 de 155 HP cantava o pneu em 2a;marcha cambio no volante de 3 marchas a frente e um re um abraço rezende

MARIO CUSTÓDIO
MARIO CUSTÓDIO
6 anos atrás

Boa tarde GOMES

S E N S A C I O N A L essa foto. O O-321 da foto de fato era da Viação BOLA BRANCA e a linha era a 980 – PINHEIROS – REPRESA.

Quanto à identidade da empresa, realmente a imagem da empresa é o meio pelo qual ela se fixa na mente dos públicos de relacionamento (no caso concreto, os passageiros).

Assim, se as empresas de ônibus de SP tivessem imagens próprias, a cidade se tornaria mais dinâmica e os passageiros seriam melhor atendidos, porque enxergariam ao longe os ônibus que vão para os seus bairros.

Saudações,

CUSTÓDIO

Eduardo Britto
Eduardo Britto
6 anos atrás

Dessa foto, minha família ainda levaria uns bons anos pra comprar o primeiro carro… Mas de ônibus já andávamos. Viação Bola Branca… Tinha a Viação Bola Preta também… Bons tempos em que os ônibus tinham cor e identidade, como sempre cobra meu amigo e especialista em ônibus Mário Custódio. Valeu!

MARIO CUSTÓDIO
MARIO CUSTÓDIO
Reply to  Eduardo Britto
6 anos atrás

Boa tarde BRITTO

S E N S A C I O N A L essa foto. O O-321 da foto de fato era da Viação BOLA BRANCA e a linha era a 980 – PINHEIROS – REPRESA.

Quanto à identidade da empresa, realmente a imagem da empresa é o meio pelo qual ela se fixa na mente dos públicos de relacionamento (no caso concreto, os passageiros).

Assim, se as empresas de ônibus de SP tivessem imagens próprias, a cidade se tornaria mais dinâmica e os passageiros seriam melhor atendidos, porque enxergariam ao longe os ônibus que vão para os seus bairros.

Saudações,

CUSTÓDIO

Mavex
Mavex
6 anos atrás

O frentista regando as flores com o regador amarelo me fez lembrar neste ultimo encontro de Autos Antigos em Lindóia, vi uns regadores à venda por lá, tinha da texaco, da shell parecido com este da foto, também amarelo e com a “ostra” em vermelho, e o mais lindo um azul da atlantic.

Luis felipe
Luis felipe
6 anos atrás

A quem interessar o Igautemi foi o primeiro shopping do Brasil e o segundo o Conjunto Nacional em Brasília(71)

João Eduardo
João Eduardo
6 anos atrás

Sim Flavio, Balão Vermelho. Morava em Pinheiros e ir ao Igfuatemi com meu vô era ganhar algo desta loja. fantástica a foto !!!

Gustavo
Gustavo
6 anos atrás

Que foto espetacular! Fiquei uma boa meia hora admirando-a.

DONIZETE
DONIZETE
6 anos atrás

Comentou-se quase tudo , mas faltou escrever sobre o mercedão , ônibus da Viação Bola Branca , que fazia a linha Socorro – Pinheiros , e seus motoristas usavam quepe , camisa branca e gravata

Paulo Franco
Paulo Franco
6 anos atrás

Talvez já tenha contado aqui, mas…vai de novo.
A nossa “aprontação” da época, lá por 71/72, era descer as rampas do Shopping Iguatemi de bicicleta.
Eu tinha uma Caloi dobrável vermelha que o meu pai, depois de me ver descendo a Bela Cintra no meio dos carros, apelidou de “FNM dobrável”.
Essa me rendeu um mês de castigo sem nem ver a Caloi.
Voltando ao shopping, sempre tinha um guardinha para correr atrás da turma, éramos uns três ou quatro e nossas bici do capeta. Enquanto ele punha para fora um de um lado, outro já entrava pelo outro lado! O legal era frear no meio da rampa, deixando marcas de pneu.
Azucrinávamos os guardinhas por uns dez, quinze minutos e íamos embora, felizes!
Hoje em dia, resolveriam na bala!!
Nos finais de semana, a família comia hambúrguer na lanchonete debaixo das escadas centrais, acho que o nome era Brasão.
Meus pais sempre compravam naquela Sears.
Lembro que o setor de brinquedos era no terceiro andar e eu ficava namorando os novos modelos da Matchbox.
No andar inferior ficavam os móveis, tapetes, colchões, meio empilhados.
Os meus pais sempre faziam compras à noite, sempre os últimos a sair da loja.
Deve ser por isso que, durante algum tempo, tive um pesadelo recorrente de que era perseguido pelo Drácula naquele andar!
Ou então, era praga dos guardinhas.
Tempos felizes!

Luiz Rocco
Luiz Rocco
Reply to  Paulo Franco
6 anos atrás

Bem lembrado. Mais alguns nomes que me lembro: a lanchonete era a Julie&Jim, que depois se mudou para a parte de trás do segundo andar, Os postos do Roberto Carlos (tinha um na parte da frente e um na de trás do Shopping) chamavam-se Rocar. Esse posto Shell da foto era o Iramaya

Renato Mesquita
Renato Mesquita
Reply to  Luiz Rocco
6 anos atrás

Julie&Jim, ia comentar também. Me lembro do mini-shopping, onde tinha uma loja cuja porta era um buraco de fechadura. E outra de queijos.

Sérgio Paz
Sérgio Paz
Reply to  Luiz Rocco
6 anos atrás

O posto ROCAR da frente ainda existe, na Faria Lima, entre o shopping e o clube Pinheiros (http://postorocar.com.br/). Nos tempos em que o posto pertencia ao Roberto Carlos, no canteiro central da avenida havia um neón que, simulando o gesto do Roberto ao apresentar um convidado em seu programa de TV, apontava a direção do posto… e ainda formava a letra “R”! Será que existe uma foto desse neón???

Outra lembrança: no estacionamento da frente do shopping, que aparece na foto, já foram realizadas corridas infantis de minicarros!!! (veja foto neste mesmo blog, divulgada em 8/12/2008)

Gustavo Segamarchi
Gustavo Segamarchi
6 anos atrás

Putz!

A hora em que vi o logo da Shell, na placa. Pensei que era o logo da Rede TV!

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

decio
decio
6 anos atrás

Tinha ainda uma loja da SEARS, era em caixa alta.

tom sem freio
tom sem freio
6 anos atrás

E o onibus um Mercedes, era da Viaçao Bola Branca. Bons tempos.

Mario Mesquita
Mario Mesquita
6 anos atrás

Gostei desse Chevy 55 logo de cara. Queria um antes de deixar essa dimensão…

nardini
nardini
6 anos atrás

A Shell lançou em 1967 a campanha “Jovem super vai de Shell” que com suas imagens jovens tropicalistas e psicodélicas abafou toda a mídia naquele ano ,al~em de ter um show as terças anoite na TV tupi ela investiu fundo na cultura jovem de então.Na foto tem afigura da moça coma legenda Jovem super vai de shell,portanto esta foto deve ser do segundo semestre de 1967.

Velhaco
Velhaco
Reply to  nardini
6 anos atrás

Esse posto atras do Iguatemi tinha um roberto carlos “em ritmo de aventura” de neon muito legal e dentro do shopping sucesso mesmo eram as batatinhas das americanas e o dog do Julie&Jim e loja Procopio de tenis e raquetes etc Discos bolachoes da Hi-Fi carayToFicandoVei…………..

Paulo F.
Paulo F.
Reply to  Velhaco
6 anos atrás

Bruno Blois e Fototica?

Luiz Guimarães
Luiz Guimarães
6 anos atrás

Flavio, nessa época, acho que a rua ainda era Iguatemi. A Faria Lima veio depois. O estacionamento dos fundos ainda existe e a loja de brinquedos era mesmo Balão Vermelho. Deixei lá muitos dinheiros (não me recordo qual era a moeda da época).

Anselmo Coyote
Anselmo Coyote
6 anos atrás

É incrível como a criatividade para design de carros foi para o espaço. Hoje se se pretender ter um carro minimamente bonito é preciso desembolsar uma fortuna e comprar um superesportivo para o qual nem estradas decentes existem por aqui.
Por outro lado, talvez seja certo também dizer que nada mudou, pois os carros eram muito caros, mesmo os mais simples. Mas, pensando bem, dia desses foi postado aqui a foto de um Alfa Romeo que realmente poderia ser facilmente confundido com qualquer sedã asiático. Então, prevalecendo a primeira hipótese, desembolsar uma baba para adquirir um carro não é garantia de que se vai ter algo realmente bonito.
Sei lá… continuo na dúvida se caso ou se compro uma ou uma bicicleta.
Abs.

valter
valter
6 anos atrás

O onibus é um MB 321 da viação bola branca que fazia a linha pinheiros-veleiros.

Guilherme
Guilherme
6 anos atrás

Putz, que saudade do antigo Iguatemi, antes da coxinhização extrema do estabelecimento. Lembro-me de deslizar pelas rampas citadas pelo Flávio, de vasculhar a Hi-Fi e a Breno Rossi, de tomar lanche no Well’s ou mesmo nas Lojas Americanas… Difícil não ser nostálgico.

conde
conde
6 anos atrás

Show de fotos nesse site .

Renato RRE
Renato RRE
6 anos atrás

Red Balloon… acho que era em inglês mesmo… Comprei meu Falcon camuflado primeiro modelo lá, em 1978. Tinha estacionamento na frente também. abs