MANY QUESTIONS

Só sei que são os 500 Km de Interlagos de 1972. As muitas perguntas: quem correu, quem venceu, quais carros participaram, quem aqui foi? O Dú Cardim achou o vídeo. Pena que não tem som.

Subscribe
Notify of
guest
23 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Cardoso Filho
Cardoso Filho
6 anos atrás

Amigos, tenho lembranças incríveis dessa prova. Trabalhei como fiscal de box. Só ganhávamos o lanche. Estudava eng na FEI ( onde estudou Ricardo Divila ) e eramos um grupo de apaixonados que queria estar junto dos pilotos e carros. Acreditem se quiser, eu levava a Lela Lombardi mais treis mecânicos para o hotel quando acabava os treinos e a corrida. Eu tinha um fusca. Eles ficavam hospedados num hotel na Av São João . Eu estudei no Dante Alighieri e arranhava no Italiano e me entendia com o pessoal, gente muito legal. Tinha um colega Bertoncini que gostava de bandeirar entrada do box e outro Melo que bandeirava a saída autorizando os carros a saírem. Fazia o calculo e liberava os carros dos boxs.
Essa época de ouro para nós sessentões ( tinha 20 anos na época ) nos trás maravilhosas recordações. É possível que conheça o Fabio Maillet que foi bandeirinha como citou acima mas os anos passam e a memória envelhece.
Quanto ao acidente do Marinho corremos todos com extintores para apagar o fogo mas não conseguimos , a Lola queimou toda. Ele disse que tentou uma tangente diferente ali em frente entrada dos boxes, não deu , capotou mas felizmente saiu ileso.
Abraço a todos alguns talvez se lembrem de mim , eu era o Baiano dá turma rsrsrs)

Danilo Mancini
Danilo Mancini
6 anos atrás

A prova teve 30 inscritos, largaram 27 e terminaram 16. Correram carros do grupo 5, sports 2000, 3000 e 5000. A vitória foi do Porsche 908/03 de Reinhold Jöst. A pole foi do mesmo, com o tempo de 53.020s, e média de 217km/h. A volta mais rápida foi de Herbert Müller a bordo de uma Ferrari 512 M (esse cara veio a sofrer um acidente terrível no Nordschleife), média de 220km/h, (52.404s).

Correram 6 Porsches, 3 Alfas, 3 Lotus, 2 Ferrari, 2 Avallone, 2 Chevron, 2 Abarth e 2 Berta.

Correram: Antônio Carlos Avallone, Reinhold Jöst, Lella Lombardi, Christine Beckers, Corrado Manfredini, Freddy Link, Carlos Azevedo, Carlos Santos, Luís Pererira Bueno, Ernesto Neves, Artur Passanha, Carlos Salatino, Gianpiero Moretti, Paulo Gomes, Angel Monguzzi, Marivaldo Fernandes, Jaime Silva, Rolando Nardi, Herbert Müller, Paul Blancpain, Clóvis da Gama Ferreira, Lionel Noghés, Angi Munhoz, Fausto Pererira, Nilson Clemente. Se inscreveram e não correram: Marinho Fernandes, Silvio Moser e Antônio Castro Padro.

A vitória, como já dito anteriormente, foi Reinhold Jöst. 2:25:57 em 156 voltas. Em segundo o melhor brasileiro Luís Pereira Bueno a bordo de um Porsche 908/02 de número 11, a uma volta do líder. O carro que aparece no vídeo totalmente destruído é muito provavelmente do Rolando Nardi. O #6 parado no acostamento é do Corrado Manfredini. A Lella Lombardi terminou em 11º, completando 125 voltas, guiando um Fiat Abarth 3000. O Avallone abandonou na volta 46.

Ufa!

Paulo Fonseca
Paulo Fonseca
6 anos atrás

Prezado F&G : Correram pela Ceben-(Equipe de Aguinaldo de Góis):- Jaime Silva BMW Fúria -Azul n º 9, Eugênio Martins, com BMW -vermelha-prata 2002-tii Shinitze,-Piloto Tite Catapâne, Lola chevrolet T-70 de Wilson e Ermerson Fittipaldi-(Alugada para Terceiros),

joao
joao
6 anos atrás

o argentino era rolando nardi eo carro era um berta tornado vermelho barbeirao esse cara nao era piloto para esse carro

vitão
vitão
6 anos atrás

Assisti do lado interno da curva 1, porque tinha um adesivo que parecia uma credencial, e eu era mais esperto que os seguranças!! depois, num dos farnéis, conversei com o Peroba, e comentei que o carro dele sai de frente ( a uns 250 km/h !) na curva um, enquanto o Jost fazia redonda, e ele comentou que o 908/2 escapava de frente , então ele entrava com o pé cravado e corrigia depois, forçando uma saída de traseira. No final da corrida entrei no galpão ( mais on menos onde hoje ficam os boxes 23 e 24 ) vi todos os carros de perto . Ano passado , no pit walk da WEC eu fui no box da Audi e levei a revista para o Jost assinar. Demorou mas ele veio e foi gentil. O Lucas de Grassi não acreditou !!! faltou o do “homi” , Wolfgang Ulrich .

Luiz Guimarães
Luiz Guimarães
6 anos atrás

Flávio, eu estava lá. Fiz uma filmagem em Super 8. As imagens estão no link: https://www.youtube.com/watch?v=TDIUV6yZzbU. A qualidade não é nada boa, porque a transposição do Supér 8 para o VHS foi feita de forma artesanal. Mas acho que servem como recordação de alguma coisas legais. Créditos pela digitalização aos amigos Ruy Amaral e Ricardo Bock. As imagens iniciais são do evento que a Ford promoveu no lançamento do Maverick 4 cilindros. Os 500km começam aos 1:30. Misteriosamente, depois dos 9:50 começa tudo de novo, sem som.

Farid Salim Junior
Farid Salim Junior
6 anos atrás

Bons tempos! Emerson abrindo as portas lá fora para nossos botas e, por aqui, muitos carros de qualidade internacional nas pistas. Porsches, Lolas, Alfas, Ford F-40 e, nacionais, como os Avallone-Chrysler, os Fúria-BMW, entre outros! Luis Pereira Bueno era o maioral nas pistas tupiniquins! Por aí dá pra ver o que fizeram do automobilismo no Brasil… Havia a Divisão 1, com três classes; Divisão 3, também com três classes; Divisão 4 com quatro classes; fórmula – Ford. Era uma festa! Veio a crise do petróleo e estragou um pouco. Depois, veio a crise de ego da cartolagem e, melou mais um pouco. Veio a crise político-financeira e derrubou de vez! Hoje, não temos um terço do que tínhamos nos anos 70… Sou um saudosista…

luiz
luiz
6 anos atrás

Parabens pelo link Flavio, voce até que acerta de vez enqunado! LOL
Estranho ninguem mencionar a presenca de um dos carros mais lindos, a Ferrari 512M do Gianpero Moretti, nem a Lola T70 do Wilsinho….
https://www.youtube.com/watch?v=sxdkBRMGcb8

Daniel Cabelo
6 anos atrás

Flavio, boa noite.
Aproveitando a deixa do vídeo.
Não sei se você já viu o vídeo do endereço abaixo, mas segue.
O velho manda muito bem na Kombi.

https://www.youtube.com/watch?v=FMz-GI681AQ

Dú
6 anos atrás

O carro do Joest era mais bem mais leve, Luizinho contava que acertou a luz da reserva para quando acender, ter duas voltas para abastecer. Era pelo externo mais rápido que o March F1 que bateu o recorde. O mais legal, que o Dener colocou este mesmo 908 para rodar outro dia no Velocittà, nas cores da Hollywood.

sidney almeida
sidney almeida
6 anos atrás

Estava lá… estes carros desfilaram pela paulista…

Luiz Caco
Luiz Caco
6 anos atrás

Eu também estava. Garoto de 12 anos e acompanhado de meu irmão mais velho. Bela disputa entre os Porsche de Luizinho e Reinhod Joest, também tinha a Ferrari de Hebert Muller , Alfa Romeu de Marivaldo Fernandes, Protótipo Avallone Crysler, Corrida esta, transmitida pela tv Gazeta. Na sexta feira quase uma tragedia. O piloto Marinho Amaral sofre um acidente na reta dos box com a Lota t 70, que fora utilizada na Copa Brasil por Wilson Fittipaldi jr.
Agora uma duvida. Rienhod Joest , não é um dos atuais dirigentes da equipe Audi Le Mans ??

Ricardo Biasoli
Reply to  Luiz Caco
6 anos atrás

O próprio!

Rodrigo Mattar
Reply to  Luiz Caco
6 anos atrás

Não era Marinho Amaral e sim Marinho Antunes, no Lola T70 pintado nas cores da Ifesteel.

Sim, Reinhold Joest é o homem que dá nome à equipe Audi no WEC e em Le Mans, mas o principal dirigente desta equipe é dr. Wolfgang Ulrich.

Dú
Reply to  Rodrigo Mattar
6 anos atrás

É di matar Rodrigo ahah.. Logo alguém vem que a Lola é a mesma que corre na Europa hoje, que estava a venda, que…

Zé Maria
Zé Maria
6 anos atrás

Também fui, já disseram tudo, apenas uma dúvida:
Era ou não a Lella Lombardi no pódio com o saudoso “Peroba”?
Zé Maria

Edison Guerra
Edison Guerra
6 anos atrás

Uma das melhores provas que o Peroba já disputou, nas palavras do próprio, ditas a mim em 2009, durante um dos Farnéis do #96. Uma disputa homérica entre Reinhold Joest com `Porsche 908/3, contra o Luizinho que corria com o 908/2 que dominava o cenário nacional. Este me disse que durante a prova descobriu novos limites do seu carro, pois não tinha adversários á altura nas provas nacionais. Durante todos os 500 km o Joest abria nas retas e o Luizinho conseguia passá-lo nas entradas de curva. Fiquei emocionado ao ver o vídeo, pois trouxe-me recordações deste dia fabuloso.

Fabio Maillet
Fabio Maillet
6 anos atrás

Eu fui bandeirinha nessa corrida justamente aonde foi o acidente mostrado no vídeo, O piloto era argentino e salvo engano o carro é um protótipo Berta. O piloto quebrou as duas pernas.
E também se a memoria não falha o carro vermelho parado era um protótipo italiano com motor Ferrari V12 que não conseguia andar em linha reta.

Dú
Reply to  Fabio Maillet
6 anos atrás

O Mestre Joca sabe a historia do argentino. Lembro do carro, destroçou.

Rodrigo Mattar
Reply to 
6 anos atrás

Pelo que eu saiba, o piloto em questão era Rolando Nardi. Havia outro Berta LR para Ángel Monguzzi (quebrou logo no comecinho) e outro argentino que disputou a prova foi Juan Carlos Salatino, com uma cópia de McLaren Can-Am com motor Ford.

Robertom
Robertom
6 anos atrás

A primeira corrida que vi ao vivo em Interlagos…
Foi demais, fiquei ainda mais apaixonado por corridas.
Tenho que fazer um agradecimento póstumo ao pai de um amigo, que nos levou lá.
Guardo até hoje a revista 4 Rodas com a cobertura desta prova.
Vitória de Reinhold Jost, com Porsche 908/3 e 2º lugar de Luís Pereira Bueno com Porsche 908/2 da Hollywood.

Guilherme
Guilherme
6 anos atrás

Briga Homérica entre Reinhold Joest com Porche 908/3 e luis Pereira Bueno com o Porche 908/2 da equipe Hollywood. rendeu um convite para o Luis disputar a lemans de 73 na equipe de Joest. pena que ele não foi….

Luiz Decor
Luiz Decor
6 anos atrás

Olha só o tamanho do troféu, que maravilha, é disso que o Lewis Hamilton reclamou, já não se fazem mais como antigamente.