MOEDOR DE CARNE

SÃO PAULO (mas é assim, jovem…)Triste a situação de Kevin Magnussen, que fez um ano de estreia até razoável pela McLaren em 2014. O menino está obviamente encostado no time, depois da contratação de Alonso e da manutenção de Button. A última coisa com que a McLaren se preocupa neste momento é com a situação de seu piloto-reserva. E em entrevista ao velho e bom Nigel Roebuck, o dinamarquês fala de sua depressão PDPSPT (“pós-designação-para-ser-piloto-de-testes”, doença que acomete vários pilotos alocados em equipes de F-1).

Fato é que a categoria precisaria ter mais gente correndo. Treze times é a quantidade que considero ideal, um grid numeroso e colorido, com equipes de todos os tipos. Quanto a Magnussen, a sina da família na F-1 é das mais tortuosas. O pai, Jan, era uma esperança de gênio. Caiu na noite e na cachaça, não virou nada. O filho é centrado, guia bem, estreou com um pódio, e não tem onde correr.

Subscribe
Notify of
guest
9 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Brabham-5
Brabham-5
6 anos atrás

Vai para a F-E Magnussen!

Paulo Pinto
Reply to  Brabham-5
6 anos atrás

Mais vale ser terceiro piloto na F-1.

André Fonseca
André Fonseca
6 anos atrás

Não sei não se o “Choronzo” vai aguentar mais um ano como esse, acho que o “litle Jan” deveria esperar mais um pouco.

Vai que pica a mula para outra categoria e o “Choronzo”, piloto mediano que mais joga pra torcida, enche as bolas e pede pra sair…

Luiz Fernando Figueiredo
Luiz Fernando Figueiredo
6 anos atrás

O que ainda não entendo é o por que de não liberarem de uma vez as equipes grandes usarem um terceiro ou até mesmo um quarto carro.

Afinal são 4 “fabricantes” sendo que 3 já são ligadas a alguma equipe, se a Renault realmente comprar a Lotus todas terão.

Vejam o caso da Nascar, ou todos aqui não gostariam de ver por exemplo esse ano na Mercedes ao lado do Hamilton e do Roserbeg, com o mesmo carro o Alonso e o Vettel??

Isso por si só já daria midia e impacto que traria mais e mais publico pra se interessar na categoria.

Fontana o poderoso
Fontana o poderoso
6 anos atrás

O que falta é uma segunda equipe com motor Honda. A McLaren deveria ter comprado a Caterham, para fazer um trabalho similar ao da Toro Rosso. A dupla deste ano poderia ser Magnussen e Turvey. Apesar de que a equipe certamente andaria no fundão, é melhor disso do que simuladores.

PRNDSL
PRNDSL
6 anos atrás

Ruim também para Joylom Palmer atual campeão da GP2. ÓTIMO piloto e que não conseguiu se encaixar nos times atuais. Acho que ele faria melhor que alguns que estão no grid …

Paulo F.
Paulo F.
6 anos atrás

Esse negócio de piloto de teste é zica. Sal grosso e arruda mizifio!

Luis felipe
Luis felipe
6 anos atrás

Caiu na noite e na cachaça é? Rsrs..

Gustavo Oliveira
Gustavo Oliveira
6 anos atrás

Mas porque raios o Magnussen não aproveitou a ligação da McLaren com a Honda e não foi correr em outra categoria, poderia estar na ex F Nippon, na Indy ou até mesmo guiando algum LMP2 com motor HPD. Isso sem contar os McLarens GT que correm mundo afora. Até o Oliver Turvey, espécie de terceiro piloto para qualquer coisa em Woking anda se divertindo no Super GT.

Desapega, Magnussen.