MENU

terça-feira, 21 de julho de 2015 - 17:51Nas asas

NAS ASAS

SÃO PAULO (como chegou aí?) – O Bruno Cardoso, pelo Facebook, mandou a foto e a mensagem:

Minha prima que mora em Manaus me enviou essa foto que ela fez durante um passeio de barco pelo rio Tarumã.
Ela não soube me explicar o que esse avião fazia ali, mas parece que é um hotel temático.

Bom, Tarumã para mim é um autódromo. Juro que não sabia que existia um rio com o mesmo nome. Claro que a blogaiada amazonense, manauara, nortista e ecológica vai saber dizer onde fica direitinho, e o que é exatamente esse negócio simpaticíssimo. E claro que a blogaiada aérea vai saber dizer que ave é essa.

aviaotaruma

27 comentários

  1. Adão Gomes disse:

    É a casa do meu amigo Otaviano Jr e sua esposa. Foi transformado em uma residência onde eles e seus amigos passam os finais de semana…. Acredito que em breve farei uma reportagem visitando todas as alterações que acontecerão. Só recordo-me do transtorno para levá-lo em partes pela estrada até o seu sítio no Tarumã… Veja o instagram agora:https://www.instagram.com/p/Bmens5llU7z/?taken-by=tioadaonafesta

  2. Chico Ponte disse:

    As janelas estão lá porque originalmente este DC-8 era passageiro e depois foi transformado para carga como se faz muito até hoje.

  3. Márcio Haddad disse:

    Parece um DC8.
    Achei o lugar uma graça!
    Parece o recanto do Edinei Capistrano (AIRPORT EVENTS) com dois aviões Vasp em Araraquara.

  4. Nelson Pasini disse:

    Esse avião era um dc8 da Skymaster cargo. Companhia de carga brasileira sediada em Manaus. Operava no trecho Manaus/Viracopos/Guarulhos. A frota tinha dois modelos de dc8. Essa empresa era igual a outra que chamava Beta. Só operava com aeronaves antigas. 707-300 e dc8.
    Essa skymaster cargo tinha as duas unidades. 707-300 (5) 1 dc8-50 e uns 4 ou 5 dc8-60. Esses dc8 foram produzidos entre 1958 – 1972. Foram naturalmente substituídos pelos maiores 747, dc10 e tristar…
    Essas aeronaves junto com as da Beta e Vasp tinham vários aviões abandonados em Manaus, Guarulhos e Viracopos. Maioria foi destruída nos últimos anos em virtude da liberação de espaço para reformas para copa do mundo.. (pena)……
    Um abraço,
    Pasini

  5. Os primeiros DC-8 que voaram com bandeira brasileira vieram por intermédio da Panair do Brasil. Quando a ditadura fechou compulsoriamente a empresa os tipos foram passados para a Varig, e serviram à Pioneira por uns 10 anos até serem substituídos pelos primeiros DC-10.

  6. Paulo F. disse:

    Repouso do guerreiro!
    Pelo menos não virou panela!
    Tem cada vez menos DC-8 voando! Deveriam preservar alguns em condições airworthy

  7. Marcos Mad Max disse:

    O colega ai em cima acertou!
    Douglas Company DC-8 da Skymaster.
    Descia aqui em Salvador as 05hs da manhã fazendo um barulho ensurdecedor. Hehehe

  8. Alessandro Neri disse:

    Um lindo DC-8. Se não me engano ex-Skymaster.

  9. EduardoRS disse:

    Realmente, é um DC-8-60 da Skymaster.
    Segundo o Airlinerlist (www.planelist.net – recomendo para os aficionados, tem o registro e o histórico de praticamente todos os aviões comerciais já fabricados), esse era o PR-SKI, número de série 554, que começou a vida em 1972 trabalhando pela Japan Airlines! Parece que o velho burro de carga achou um lugar bem tranquilo para sua aposentadoria…

  10. marcos disse:

    Logo abaixo da placa , lado esquerdo da foto seria um Jacaré?

  11. Marcus Simões disse:

    Tarumã, além de rio, cidade e autódromo, também é o nome de um clube (piscina, quadras, salão, etc.) em Paraopeba-MG (capital nacional do quiabo) que fica há uns 10 km de Cordisburgo (cidade natal de Guimarães Rosa e onde fica a Gruta de Maquiné) e há uns 80 km do autódromo que estão construindo em Curvelo (centro geográfico de MG).

  12. Walfredo disse:

    Bom dia a todos,

    O aviao e um Douglas DC-8 versao cargueiro.
    As janelas estao la, pois inicialmente foi usado para o transporte de passageiros para depois ser convertido em cargo (vide a porta de carga)

  13. BRUCE CARDOSO disse:

    É um restaurante que fica de frente pro igarapé do tarumã – rio negro. O avião é possivelmente um daqueles que estavam abandonados no aeroporto da cidade (existem vários parados desde a “época de ouro” da zona franca nos anos 80).

  14. G. B. disse:

    Era um daqueles aviões que estavam no “corrosion corner” do aeroporto de Manaus, não?

  15. Marcos Ferreira disse:

    Restaurante Aero River, no bairro de Tarumã cidade de Manaus, a beira do igarapé Tarumã-Açu. Quanto a aeronave, sem mais dados, nem como foi parar lá. Para os que gostam do Google Maps, aqui está o link https://www.google.com/maps/place/RESTAURANTE+AERO+RIVER/@-2.9631236,-60.0980292,277m/data=!3m1!1e3!4m2!3m1!1s0x0000000000000000:0x0a84f919ff751340!6m1!1e1

  16. Luigi Fanfanni disse:

    Salve Flávio, a ave é um DC 8 que foi muito usado como cargueiro, que é o caso desse aí.

    Maneiro o pico a beira rio, gostei. Vou acompanhar as respostas.
    Abs

  17. Junior Carmello disse:

    Não dá pra ver o prefixo da aeronave direito, mas pela pintura e modelo, é um Douglas DC-8-62AF, cargueiro, da extinta companhia aérea Skymaster.

  18. jaimewc disse:

    O pássaro , me parece um Boeing 707.

  19. Marcos disse:

    Ola FG,

    O aviao e um DC8 da Skymaster..

    abcs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>