MENU

Tuesday, 26 de January de 2016 - 9:14One comment

ONE COMMENT

Ainda prefiro o Bel Air. Carolina Mendes indicou o vídeo.

32 comentários

  1. Erasmo says:

    ‘Bem, pelo menos este Malibu não teve defeito na ignição como alguns GMs nos EUA. Lá o pau tá comendo e processo rolando feio em $$$ contra a montadora. Independente disso, sou mais o Bel Air

  2. Gabriel Medina, O outro says:

    Meu avô sempre conta a história de um amigo – barbeiro de carteirinha, diga-se – que bateu um carro a 60 km em um caminhão parado nos anos 50 e morreu na hora…

  3. alexandre garcia says:

    Ainda que eu deteste ver carro antigo destruido, este aí pelo menos não foi completamente a toa, uma destruição inutil e gratuita. Tem um cunho didatico onegavel. E, claro, 50 anos fazem toda a diferença. E pros paranoicos adeptos das teorias da conspiração o video é real, o bel air é legitimo e tinha motor e tudo mais, o resultado demonstra o que ocorreria num acidente real. Se fosse 100% fronta, se isso se aquilo é meio irrelevante. O detalhe do arpão mata motorista disfarçado de coluna de direção é só um exemplo de como as coisas evoluem, e muito, no nosso querido meio automotivo. Acredito que não farão mais nenhum video deste tipo.

  4. Os carros estão aqui no laboratório da GM North America. Eu os vi.

  5. Banana Joe says:

    Eu também trocaria dez desses Malibu sem graça por um Bel air.
    Os carros perderam muito em personalidade e originalidade, mas em segurança e eficiência evoluiram muito.
    E é meio óbvio que um automóvel 50 anos mais moderno tem que ser superior a um mais antigo.
    Isso é inegável.

  6. Confesso que cliquei no vídeo jurando que o Malibu ia virar farinha. Fiquei surpreso.

  7. Tiago Oliveira says:

    Esse teste tem uma leve forcada de barra que é o crash 1/3, que é um dos mais exigentes, e carros de 10 anos atrás já nao cumpriam o requerimento.

    Um carro de 59 nao é de se espantar que vire uma lata de sardinha. Mas quem gostaria de fazer o mesmo teste com carros ainda em fabricacao no Brasil e sao vendidos como carros com “seguranca passiva”.

  8. smoker says:

    …é a realidade! ta vendo, não se pode ver o mundo por um furinho hehehe

  9. Daniel Amorim says:

    Destruir um carro daquele é um pecado. Bando de sacripantas.

  10. Pablo Vargas says:

    Daqui a 50 anos esse teste não vai poder ser feito, pois não vai haver um só Malibu 2009 inteiro pra fazer crash test com o eventual carro do futuro.

  11. Hugo says:

    Alguém jáviu algum estudo sobre picapes serem mais seguras do que veículos de passeio?

  12. Alex Tadeu says:

    Olá Flavio! Os DKWs expostos no Clássicos do Brasil no último final de semana eram seus? Foi muito bacana o evento!!

  13. paulo z says:

    boa! lugar de carro velho é no museu…..por um mundo com mais videos assim!

  14. Giuliano SPFC says:

    Não me recordo se foi aqui no seu Blog, mas já tinha visto esse vídeo há algum tempo atrás, e se não me engano, o vídeo que vi era até um pouco mais extenso, comparando com detalhes mais apurados depois do teste os danos que cada carro e “ocupante” sofreu, para mostrar a evolução da segurança.

  15. Edson Luis de Paula says:

    E dizer que os antigos se vangloriavam por ter lata.

  16. Emerson says:

    Quanta maldade, destruir um Bel Air assim.

  17. Helton Fernandes says:

    Palhaçada essa destruição de carros.
    Se um carro 2009 não fosse mais seguro do que um 1959 a Chevrolet deveria ir pro vinagre.
    Precisa de teste pra isso???

  18. Alessandro says:

    Nada me tira da cabeça que esse 59 estava sem motor. Foi cortado muito fácil.
    Mas é inegável que a segurança veicular avançou enormemente nos últimos 60 anos.

  19. Bruno Flávio says:

    Estou estarrecido com a realidade mostrada no vídeo!!!
    COMO É QUE TIVERAM CORAGEM DE DESTRUIR O BEL AIR????!!!!!!

  20. Fernando says:

    Porra, pra que destruir um carro antigo pra mostrar um negocio que todo mundo ja sabe?

  21. Luis felipe says:

    Video bem antigo no youtube. Tem o crash test da Kombi, onde parece melhor ser atropelado a bater com o pao de forma em qualquer coisa

  22. Marcelo Foresti says:

    FG,
    Tb sou mais o Bel Air, aliás uma sacanagem detonarem um que parecia que dava até para restaurar…..
    Como dizia meu pai: carro foi feito para andar, não para bater….. Então que se dane toda a segurança dos carros atuais, ainda sou mais um velhinho……
    Abs,

  23. Jose Carlos says:

    Desculpem, mas, não acredito nesse vídeo !

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *