DICA DO DIA

SÃO PAULO (I was there) – Vinte anos hoje. Puxa. Puxa mesmo. André Ribeiro, em 17 de março de 1996, venceu a Rio 400, primeira corrida da Indy disputada no Brasil, em Jacarepaguá.

Dias legais… Eu trabalhava na falecida Jovem Pan, que na ocasião foi a rádio oficial da corrida, seja lá o que for isso. O som do autódromo era o da nossa transmissão, Nilson César narrando, eu comentando.

Senna tinha morrido dois anos antes. Entre os 27 pilotos no grid, oito pilotos brasileiros: André, Gil de Ferran, Maurício Gugelmin, Emerson Fittipaldi, Roberto Moreno, Marco Greco, Raul Boesel e Christian Fittipaldi. Christian, inclusive, foi um dos nomes da prova, ao terminar em quinto depois de largar em último.

O que tenho de memórias? Pouca coisa. As últimas voltas, depois da última bandeira amarela. O Nilson pedindo pro povo agitar os bonés na arquibancada, e o povo agitando os bonés. Guardo um boné daquele fim de semana. Não lembro qual. Vou procurar.

André deu uma linda entrevista ao Gabriel Curty no GRANDE PREMIUM, para lembrar da vitória, daqueles tempos, para falar dos tempos atuais. Vale demais a leitura.

Comentários