MENU

quinta-feira, 24 de março de 2016 - 20:17Futebol, One comment

ONE COMMENT

Quem muda o futebol, muda o mundo.

cruyff

16 comentários

  1. Alessandro disse:

    Um gênio.

    Daqueles que surge, de tempos em tempos, para demolir velhos conceitos e ideias e construir novas visões, novos horizontes.

    E o fez igualmente como técnico.

    Fará muita falta…

  2. João Luiz Marques disse:

    Belíssima foto, excelente escolha.

    Essa foto é da copa de 1974, Holanda e Argentina. O goleiro era Carnevalli, Fillol era reserva dele.

    Reparem na camisa dele com as tradicionais três listras da Adidas… epa!!! só tem duas!!! cadê a terceira????

    Nessa época o cara já era patrocinado pela Puma, e Laranja Mecânica usava uniformes da Adidas… como era proibido estampar logomarcas nas camisas de jogo, a Adidas criou as três listras que saem do ombro e vão até a ponta das mangas para diferenciar o seu material. daí, o cara pra não fazer propaganda de graça saiu com esse uniforme aí

    Ele era mercenário??? Só pensava em dinheiro??? Eu acho que não é diferente de todos os outros de hoje, a diferença é que hoje só tem uns 2 ou 3 que chegam perto do futebol dele.

    O futebol ficou mais pobre sem ele.

  3. joel lima disse:

    Um dos maiores de todos os tempos. Agora, a questão da não ida dele para copa de 78 – uma das piores dentro de campo e principalmente fora, pois era o auge da ditadura argentina, uma das mais cruéis de todos os tempos – rende uma peça de teatro(rs). Já ouvi que foi por protesto à ditadura (aliás, a copa só aconteceu porque o Havelange era amigo do peito daquele verme, o Videla ), que foi por não concordar com o que iria ganhar da federação holandesa (aliás, se não me engano, Cruyff foi o primeiro jogador a chegar a um contrato de um milhão de dólares. Hoje, qualquer cabeça de bagre já vai pegando isso -rs ). Agora leio o Marciod colocando a versão de que ele temia pelo sequestro da família dele… Enfim, é um mistério que tudo indica foi junto com Cruyff.

  4. Eduardo Britto disse:

    A primeira Copa que acompanhei foi a de 74, Cruyff e companhia nos despacharam. Aquela equipe tinha outros craques, como Neeskens e Rep. Revi lances do craque no Eutubo.. tinha um dom de colocar a bola na frente e ultrapassar os zaqueiros que era demais, além do toque absolutamente refinado. Uma pena…

  5. Rodrigo Vilela disse:

    Pra mim o Van Basten era melhor. Mas eu concordo inteiramente: o Cruyff mudou a maneira de jogar futebol. Isso já basta para ele ser um gênio!

  6. Paulo Pinto disse:

    Um craque sem Copa. Da mesma forma que Zico. Duas injustiças.

  7. Alberto disse:

    Já gostava do Verstapinho, mas depois do que disse sobre Cruyff acho o cara mais fera ainda. Um menino de 18 anos render uma homenagem dessas a uma cara como Cruyff mostra uma puta personalidade.

  8. Robertom disse:

    Um grande craque, muito habilidoso e inteligente, com uma visão de jogo espetacular.
    Infelizmente o câncer de pulmão levou precocemente o melhor jogador de futebol da Holanda de todos os tempos. (foi também um excelente técnico)

  9. Celio ferreira disse:

    Não precisou ser campeão mundial pela Holanda , pra ser um dos melhores
    do futebol mundial…..lenda ….mito.

  10. Enrique disse:

    Grandissimo jogador ,treinador revolucionario, grande homen…uma perda irreparavel,um dos jogadores mais inteligentes dentro e fora do campo.Descanse en paz.

  11. Banana Joe disse:

    Um gênio do futebol que se foi.
    Magnífico dentro e fora dos campos quando se recusou a ir a Copa da Argentina por ser contra o regime militar e anos depois quando criou o futebol ofensivo e alegre do Barcelona.
    Vai em paz Mr. Cruyff.

  12. MarcioD disse:

    Cruyff, um dos gênios da bola, cérebro do Carrossel ou Laranja Mecânica como era conhecida a seleção holandesa de 74, seleção que revolucionou o futebol, Era adolescente, 1ª Copa a cores transmitida para o Brasil, estava torcendo para eles na final contra a Alemanha, mas infelizmente perderam.
    Recusou- se a ir na copa de 78 na Argentina, uns falam que em protesto pela ditadura militar vigente naquele pais, outros por medo de sequestro da família( que os holandeses levavam). O Brasil foi prejudicado. A Argentina, mesmo jogando em casa, só ganhou da Holanda na prorrogação, se o Cruyff estivesse presente dificultaria muito para o lado deles.Já era universitário na época e a partir dai comecei a tomar raiva de futebol…………..

Deixe uma resposta para Robertom Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>