FELIPE, 35

SÃO PAULO (vida longa) – É rapaz, tá ficando velho. É o que todos ouvimos quando fazemos aniversário a partir do momento em que aprendemos a falar — ou, talvez, a entender mais ou menos a frase.

Devo escutar isso desde os três anos de idade. Certeza que digo o mesmo a crianças a partir dos três anos de idade. Não sei se entendem direito, mas é melhor que já se acostumem com a ideia. Todos ficamos mais velhos a cada segundo.

[bannergoogle] Grande descoberta.

Tudo isso para dar os parabéns a Felipe Massa, 35 hoje. Uma idade confortavelmente distante dos 40 e prudentemente afastada dos 30. Aos 30, achamos que sabemos tudo. Aos 40, temos a impressão de que nada mais há a saber. Somos seres estranhos.

Felipe está em sua 15ª temporada na F-1, incluindo a de 2003, como piloto de testes da Ferrari. Lá, em Maranello, foi forjado. Lá, em Maranello, ganhou suas 11 corridas e fez 15 de suas 16 poles. Não foi campeão, mas protagonizou a decisão de Mundial mais emocionante de todos os tempos, em 2008.

Foi sua chance única, não deu. Mas deu para Button, em 2009. E para Raikkonen, em 2007. E para Hill, em 1996.

A vida é assim. Algumas vezes, a gente é “quase”. E se não dá, paciência. Ninguém fica menor por isso. A Portuguesa quase foi campeã brasileira em 1996. Continua gigante.

E uma carreira de 15 anos na F-1 é gigante, claro. Por isso hoje, no Grande Prêmio, estamos fazendo uma enquete sobre os maiores momentos de Felipe na categoria. É só entrar aqui e votar. Já escolhi o meu. E pela quantidade de opções, vocês verão, foram muitos.

Só faltou essa zoeira no motorhome da Sauber em Nürburgring, em 2002. Vocês lembram o que aconteceu no dia dessa foto?

Feliz aniversário, moleque.

Felipe Flavinho (2)

Subscribe
Notify of
guest

51 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fontana o Poderoso
Fontana o Poderoso
8 anos atrás

Massa provávelmente será mais um “quase-campeão” da Fórmula 1. Perdeu um título por pouco. Mas não é o único. Irvine(1999), Webber(2010), Reutermann(1981), Alboreto(1985) e o lendário Moss(1956, 1958 e 1959).

Vale ainda mencionar os que não conseguiram da pior forma possível, como é o caso de von Trips em 1961, que sofreu um acidente fatal em Monza e ainda tem também o ocorrido com Pironi, que sofreu aquele acidente horroroso em Hockenheim em 1982, evitando a consagração do francês e encerrando sua carreira.

E para mim, o mais marcante da carreira de Massa é seu domínio na pista turca de Instambul, aonde venceu 3 vezes, incluindo a sua primeira vitória na categoria. Sua rivalidade com Hamilton deve ser algo a ser lembrado também.

Pablo
Pablo
8 anos atrás

Parabéns atrasado pra ele. Sempre achava ele um mero produto da mídia (leia-se Globo) no seu auge, mas hoje em dia respeito bastante ele por estar na F1 e andar dignamente depois da Hungria/2009 e do “Fernando is faster than you”.

Uma coisa que não concordei no seu texto é com relação ao Raikkonen ter tido uma única chance de ser campeão que foi em 2007 quando ele levou. Já que em 2003 ele chegou a última prova com chances de ser campeão e foi vice por 2 pontos. Mas se estiver falando de chances claríssimas de ser campeão, aí sim, concordo já que ele não tinha essas chances todas

Elmo
Elmo
8 anos atrás

Aliás, aquele super pega com o Kubica – apesar de, obviamente, não ser o maior momento de sua carreira – poderia ao menos constar entre as opções também.

Elmo
Elmo
8 anos atrás

‘A narração do duelo Daniel Ricciardo x Felipinho Massa em mônaco, 2016’ não consta entre as opções. Vacilo.

Wilian Esteves
Wilian Esteves
8 anos atrás

Difícil escolher. Na dúvida, fiquei com o acidente de Mario Kart na Hungria. Acho que foi um divisor de águas na carreira dele. Coincidência ou não, ele nunca mais foi tão arrojado quanto antes da mola…

Giovanni
Giovanni
8 anos atrás

Nops hehe Foi Brasil 2 a 1 Inglaterra, nas quartas de final, na sexta-feira. Lembro que o jogo foi de madrugada, então na Alemanha, deve ter sido antes do treino livre da manhã.

Lembro pq antes da classificação no sábado, teve EUA x Alemanha, outro jogo das quartas.

RAMA
RAMA
8 anos atrás

Pra mim 2 dos melhores foram justamente os mais dramáticos, que lhe custaram o título de 2008. O de Cingapura, onde a Ferrari só fez caca e ele lutou lindamente.
E do Brasil, em condições dificílimas, diante da torcida em casa, onde um piloto que fosse fraco mentalmente, como o acusaram ser por anos, padeceria. Mas Massa correu de forma majestosa de baixo de sol e chuva.
Perdeu porque alguém lá atrás num Etios fez a besteira de não entrar pra trocar pneu e rodou na subida do café, dando a última posição pontuada pro Hamilton.

Leandro
Leandro
Reply to  RAMA
8 anos atrás

Descartando o último parágrafo, a postagem foi boa.

Robertom
Robertom
Reply to  RAMA
8 anos atrás

Timo Glock estava na 5ª posição justamente por permanecer na pista e não ter entrado para colocar os pneus de chuva…

Matheus
Matheus
Reply to  RAMA
8 anos atrás

Eu vejo muita gente colocando a culpa, em grande parte, sobre o incidente do pit stop em Cingapura. Não apenas nós, fãs, mas a própria mídia, em muitas publicações, dá ao erro no pit stop uma porcentagem de culpa bastante grande.

Aquela zona a mangueira presa talvez tenha sido o revés mais marcante do Felipe na temporada, mas houveram vários outros.

Na Hungria, o motor explodiu na no finzinho da prova, por exemplo. E ao longo da temporada, a Ferrari cometeu vários erros de estratégia de pit stops, vários. Foi o primeiro ano do Domenicalli no comando, inclusive.

É claro que em alguns momentos o Felipe também falhou em capitalizar seus pontos. Em Silverstone, por exemplo. Caía um dilúvio na pista, e ele rodou 5 vezes.

Enfim, só acho que culpam demais o problema de Cingapura, quando vários outros fatores ao longo da temporada pesaram contra. Apesar de que eu sou partidário da ideia de que ele deixou de ganhar o título mais por conta da Ferrari e suas cagadas ao longo do ano do que por falhas dele em si.

ROBERTO
ROBERTO
8 anos atrás

Parabéns ao Felipe. Grande piloto. Faltou um pouquinho de sorte para ser campeão.
Sorte que não faltou para Button e Raikkonen.
Depois do parabéns ao piloto e ao escriba pela lembrança, lanço o meu protesto.
Depois da espetacular vitória de VALENTINO ROSSI na Espanha, o dono do blog não escreveu nada. Estou até agora esperando um mísero post.
Afinal de contas, o doutor parece estar se reinventando. A conferir.

Marcelo Veneziani
Marcelo Veneziani
8 anos atrás

Desculpa, não está na enquete no GP, mas pra mim vai ficar marcado pra sempre a batalha dele com o Kubica na volta final do aguaceiro no GP do Japão. Aliás, uma das maiores disputas da F1 de todos os tempos, melhor que Villeneuve x Arnoux.

Jonathan
Jonathan
Reply to  Marcelo Veneziani
8 anos atrás
Marcelo Veneziani
Marcelo Veneziani
Reply to  Jonathan
8 anos atrás

Esse video on board tá com a qualidade ruim, mas mostra a sequência toda. http://youtu.be/1_nRMAzHRGA

Pedro Araújo
Pedro Araújo
Reply to  Marcelo Veneziani
8 anos atrás

muito bem lembrado!

Ken Saba
Reply to  Marcelo Veneziani
8 anos atrás

Fui decidido nessa tambem, antes de ver que não estava entre as alternativas…. Coloquem lá, que se bobear ainda ganha das outras!

Daniel
Daniel
8 anos atrás

Concordo, e justamente por isso me pergunto o porquê do blog não ter a mesma boa vontade com o Barrichello. Assim como Massa, Kimi, Button e Hill, ele também teve uma única chance real de ser campeão. Com Schumacher no carro ao lado não teria chance, já que o alemão era melhor (o melhor de todos). Teve uma chance, desperdiçou, paciência. Quantas chances o próprio Schumacher desperdiçou? E Alonso? Tudo bem, o Flavio pode argumentar nunca ter dito que Barrichello é mau (ou mal?) piloto. Mas seria legal o brasileiro reconhecer que o que Barrichello e Massa fizeram não foi pouco. Ainda mais se compararmos com tantos outros brasileiros que passaram pela F1 sem deixar saudades…

Carlos Tavares
Reply to  Daniel
8 anos atrás

Nunca li aqui que Barrichello fez pouco. Pelo contrário, sempre vi seus feitos receberem o devido enaltecimento.

Pedro Araújo
Pedro Araújo
Reply to  Carlos Tavares
8 anos atrás

verdade

Luiz G
Luiz G
Reply to  Carlos Tavares
8 anos atrás

Eu também.

Paulo
Paulo
Reply to  Daniel
8 anos atrás

Provável que de tão chato que seja o cara, ninguém dê muita bola para o que ele fez na pista.

Ninguem nunca viu o Massa reclamar de nada veementemente.

João Ferreira
João Ferreira
8 anos atrás

Se a Portuguesa fosse campeã, teria uma estatua de 20 metros do Capitão, lembra dele???

Rafael Chinini
Rafael Chinini
8 anos atrás

o MELHOR momento com certeza foi a decisão do título, e sua vitória no Brasil.
agora o MAIS MARCANTE infelizmente foi marcado pelo “Faster than You”…e foi marcante pq a partir dali, Felipe não foi mais o mesmo…demorou meses pra se recuperar mentalmente etc…

Pdr Rms
Pdr Rms
8 anos atrás

Copa de 2002, se não me engano, foi o jogo contra a Inglaterra. Essa foto tem no seu livro “O Boto do Reno”.

TARCISIO FRASCINO FONSECA
TARCISIO FRASCINO FONSECA
Reply to  Pdr Rms
8 anos atrás

Acertou!

Moacyr Lopes
Moacyr Lopes
8 anos atrás

Brasil campeão mundial e vc e ele cantando: sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amorrrrrrrrrrrrrrrrrr

Um abraço

Eduardo Estrada
Eduardo Estrada
8 anos atrás

O Brasil ganhou o penta.

Otávio Augusto
Otávio Augusto
8 anos atrás

Suponho que neste dia da foto tenha sido a final do Brasil x Alemanha pela Copa.

Bruno
Bruno
8 anos atrás

Foi o dia do penta.

jader
jader
8 anos atrás

Gol NA Alemanha. Brasil campeão mundial, copa 2002.

Daniel Alferes
Daniel Alferes
8 anos atrás

Brasil Penta!

Fabio Fontoura
Fabio Fontoura
8 anos atrás

Brasil pentacampeão de futebol?

Saima
Saima
8 anos atrás

Estou indo pros 31. Parece que nessa faixa dos 30-40 anos você muitas vezes pensa ter todo o tempo do mundo pra no minuto seguinte perceber que não tem tempo a perder – exatamente como na música da Legião Urbana. Parabéns pro Felipe!!

Ronald Wolff
Ronald Wolff
8 anos atrás

Da foto: Brasil campeão mundial.
Melhor momento: acho que a final em 2008 foi seu maior momento. Sem dúvida. Mas em termos de pilotagem a cada corrida, lembro- me de uma de sias vitórias na Turquia que foi um baile, de ponta a ponta. E aquela ultrapassagem no Alonso no início do gp de Bahrein, creio que foi o primeiro gp lá.

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
8 anos atrás

Lá em Maranello,também ele se lascou.Toda via se lascar na vida, desse jeito pilotando F1,até eu queria.

TJ
TJ
8 anos atrás

FG,

Creio que escutamos mais “como você está grande” até os 15, 16 anos depende um pouco, é naquela época que a gente dá aquela espichada(não no seu caso).
Aí depois sim, tá ficando velho hein…

Fábio
Fábio
8 anos atrás

Para mim, o Felipe esta ‘com honras’ naquela lista de grandes pilotos ‘como Stirling Moss, Jacky Ickx entre outros’ sem títulos.

Carlos Monteiro
Carlos Monteiro
8 anos atrás

Noops, chute errado, lá na Lua. Sexto lugar para Massa. Vitória do Barrichello no mesmo dia. Abraços.

Carlos Monteiro
Carlos Monteiro
8 anos atrás

Comemoração do título da Seleção Brasileira? Abraços.

Nivaldo
Nivaldo
8 anos atrás

vcs comemorando a classificação do Brasil contra Inglaterra nas quartas da copa

Mickey
Mickey
8 anos atrás

A foto deve ser por causa da Copa do Mundo. A de 2002 foi a última em que torci para a Seleção Brasileira. Pelo menos, a comemoração foi muito boa.

Quanto ao Felipe Massa, parabéns para ele. Protagonista da maior decisão de campeonato que eu já vi. Agora, está provando que pode ficar mais um tempo na F1.

Concordo com o que foi falado no Paddock GP, que a Williams já está economizando para investir no carro do ano que vem. Faz sentido.

Com a mudança de regras, pode ser que aconteça uma nova Brawn GP e permita a algum veterano sua última chance de título.

José Brabham
José Brabham
8 anos atrás

Essa foto foi na final da Copa de 2002?

Deni Williams
8 anos atrás

Nesse dia da foto era algum jogo da seleção brasileira na copa de 2002.
Essa cena está no “FIA F1 Official Review 2002”.

Até pausei algumas vezes. Reconheci o Flávio na hora rs

Olha o Flávio aos 50:23 – http://www.dailymotion.com/video/x38fc9k_f1-season-review-2002-part-2_sport

Ricardo Cardoso
Ricardo Cardoso
Reply to  Deni Williams
8 anos atrás

E lá do lado do FG tá o Everaldo Marques ou estou errado?

Leandro
Leandro
8 anos atrás

A julgar pelo ano e camisas da seleção, foi no dia do penta.

Edson Bellozo
Edson Bellozo
8 anos atrás

Vitoria do Rubinho, Massa em sexto!

Luc Monteiro
8 anos atrás

Dia de jogo do Brasil na Copa do Japão e da Coreia. Acho que o gol comemorado na foto foi contra a seleção da Inglaterra.

TARCISIO FRASCINO FONSECA
TARCISIO FRASCINO FONSECA
Reply to  Luc Monteiro
8 anos atrás

ACERTOU!
O jogo foi dia 21/junho, contra a Inglaterra em Shizuoka.
O GP da Europa foi disputado no dia 23/junho em Nürburgring
Pesquisei na Wikipédia..

Paulo Pinto
8 anos atrás

Os protagonistas da decisão do Mundial de 2008 (onde realmente tudo aconteceu), foram Sebastian Vettel, Lewis Hamilton e Timo Glock.
Felipe Massa fez bonito, vencendo com categoria o GP do Brasil, mas as voltas eletrizantes, a alternância de posições (e consequentemente a alternância do título), com o desfecho inesperado e surpreendente “ao cair do pano”, pertenceram aos três citados.

Daniel
Daniel
8 anos atrás

Semi final da copa? Brasil 1×0 Turquia

Marcelo
Marcelo
8 anos atrás

Vocês dois cairam.

Entre os momentos mais marcantes do Felipe faltou a intimada que ele deu no bi campeão Alonso, no GP da Europa de 2007, esse foi o mais legal, só me faltava ele morá na Mooca, belo!