MENU

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019 - 11:08Gomes, Grande Prêmio

“GP ÀS 10″: DE ONDE VEM A GRANA?

16 comentários

  1. Deverson disse:

    Esqueceu de falar que no site da ritch energy esta o grande slogan “a ritch de da crifes” cada uma……..essa eu nao bebo.

  2. Comentarista Crítico disse:

    Já vi dois setups da Hass em Barça. Em um deles a velocidade máxima foi de 333 km no outro foi de simplesmente 340 km. Imagina a velocidade máxima de Ferrari e Mercedes

  3. Ricardo Murilhas disse:

    Flavinho, sou não-fumante, mas acho que até hoje as marcas de cigarro fazem falta à F1. Marlboro, Camel, JPS, Rothmans, Gitanes, etc colocavam rios de dinheiro na categoria, que naquela época era muito mais disputada. Além do mais, só apareciam as marcas, não havia sequer a Inscrição “fume” tal marca. Uma perda irreparável, pois hoje ou vc tem as montadoras ou então patrocinadores esquisitos com dinheiro de sei-lá-onde. O resultado é uma categoria sem charme, sem igualdade de condições e sem nenhuma disputa.

  4. kalil01 disse:

    prezado fg,
    expeditamente, o carro da haas não te fez lembrar das lotus jps?
    esse mix de cor preta com detalhes dourados?
    a ministra vai de racing point, sem duvida.
    concordo com a mclaren_bic_laranja
    essa tua vinheta de apresentação me fez lembrar a abertura de um seriado q esqueci o nome
    ajudae – qual o nome mesmo?
    e a origem dessa grana? e a grana do futebol, das transações zilhardárias? e o dinheiro do curintian, q ainda não pagou o itaquerão?
    kd o coaf desses caras!
    e toca o barco!

  5. Paulo F. disse:

    É branqueamento, na cara dura. Agora explica: por que as fabricantes de genéricos patrocinam de forma maciça a Stock?
    Ou lembram do Tony Fernandes dono da AirAsia , também dono da Lotus, depois Caterham , que possuía patrocínio da Airbus e da GE? Porque será?
    https://www.ft.com/content/cfea3080-01fd-11e4-9af7-00144feab7de

  6. Maxwell Barbosa Medeiros disse:

    Apesar da Toro Rosso não fazer meu estilo, a única pintura feia é até agora é a da Williams

  7. Fernando disse:

    Viajando no assunto…Flávio você viu os testes da Indy no circuito das Américas? Estão rodando 14s mais lentos que o F1. Oque vc acha disso?

  8. Sergio Luiz Donadel disse:

    Oi Flávio. Tá difícil estes últimos dias mesmo. Como sitou de onde vem a grana da F1, acompanho a mesma desde a era do papel por nossas revistas 4r, ae, grid, placar e tantas que sumiram até a era digital, tenho 60 anos, vi um bocado, sempre em alguma publicação havia algo a respeito. Minha opinião é que algumas são lavagem dinheiro, não tenho nada com isso, cada que faça o que quiser e aguenta o tranco depois, gosto do esporte, não só F1 como tudo que corre e faz barulho. Mas nos conta como foi seu fim de semana em Interlagos. Está fazendo falta suas corridas aqui. Quanto a política, minha posição é idêntica a sua. Um abraço camarada.

  9. Adriano disse:

    Caro Flávio,
    Como fã de música e de carros antigos que você é, não pode deixar de ver este vídeo
    (https://youtu.be/gWzvkWO52fc?list=PLxtjUotkaSbm43Svx5fELCxo7BO44aRcn). Nele, Brian Johnson, do AC/DC entrevista Nick Mason, do Pink Floyd, com direito a uma voltinha na Ferrari 250 GTO de Mason, que custa uma bagatela de 40 milhões de Libras. Apenas dois velhos amigos conversando, unidos pela mesma paixão por carros e música! Imperdível!

  10. Eleagah disse:

    Mercedes parece uma filete….
    McLaren parece uma caneta Bic…. daquelas antigas….

    Tsc tsc tsc

  11. Flavio, se não me engano, a Rich Energy é tipo uma Hinode lá na inglaterra. Hinode, que inclusive tbm vende energéticos (nas cores preto e dourado) que só podem ser comprada na mão dos “vendedores” hinode.
    https://http2.mlstatic.com/hinode-energetico-hnd-diamond-energy-drink-269ml-pack-c12un-D_NQ_NP_605811-MLB20643771248_032016-F.jpg

  12. LEANDRO GODINHO ROCHA disse:

    Flavinho, se serve pra alguma coisa, essa ROKIT da Williams também patrocina o time de basquete do Houston Rockets. E nessa matéria linkada abaixo, dá pra ver que, se não fabricaram nenhum celular, gastar dinheiro pra aparecer eles vão gastar.

    https://www.forbes.com/sites/kristidosh/2018/12/30/rokit-sponsorship-with-houston-rockets-goes-beyond-name-synergy/

  13. murilo disse:

    O mundo discutindo carros elétricos, drones e turismo no espaço e a F1 queimando petróleo em seus motores à combustão patrocinados por marcas de cigarro…

    A F1 parou nos anos 90. Dou 10 anos pra acabar.

    • Alfredinho disse:

      Acredito que não vá acabar devido à sua história e tradição e por ser um esporte de ponta.
      Qual categoria a motor que tem em seu panteão nomes como Fangio, Clark, Lauda, Piquet, Prost, Senna, Schumacher, Alonso, Vettel e Hamilton?
      Citei dez, mas poderia ter citado ainda Hill (pai, único detentor da Tríplice Coroa), Stewart e os não campeões Moss e Villeneuve (pai).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>