MENU

quarta-feira, 11 de setembro de 2019 - 16:41Rádio Blog

RÁDIO BLOG

RIO (ganhei o dia) - Peço licença ao nosso curador musical Nick B. para apresentar a banda gaúcha Picanha de Chernobill, nome excepcional, que anda fazendo sucesso pelas ruas de São Paulo e da Europa. Quem explica o fenômeno é um de seus integrantes, Chico Riga, que me mandou a mui carinhosa mensagem:

Olá Flavio, tudo bem?
Tentarei ser breve para não tomar teu tempo. Eu sou guitarrista e toco em uma banda chamada Picanha de Chernobill. Somos do Rio Grande do Sul e em 2013 nos mudamos para São Paulo. Quando assumiu a prefeitura, Fernando Haddad promulgou uma lei que permitia que artistas se apresentassem nas ruas e, desde então, já fizemos mais de mil shows pelas ruas, praças e parques da cidade. Em 2017 um francês, Stan Macabeo, nos viu na Av. Paulista e nos convidou para fazer uma turnê pela Europa. Este ano excursionamos pela terceira vez ao “Velho Continente”.
Acompanho teu blog há mais de dez anos e gosto muito dos teus textos e de como tu consegues cativar o leitor. Nas tuas recentes andanças pelo mundo eu notei que em diversas vezes tu comentaste que encontra poucos carros antigos nas cidades que visita. Pois bem, neste ano fizemos um show na cidade de Ainay-le-Château, na região central da França, e lá ficamos hospedados em uma casa incrível com vários carros antigos. O proprietário, Hervé, tem uma coleção muito legal — pelo menos para mim que sou leigo no assunto. Os carros são lindos, muitos não funcionam e o Hervé está trabalhando para deixar todos eles tinindo.
Nas turnês nós fazemos muitos shows na França, Bélgica, Alemanha e Holanda e sempre vejo muitos carros antigos lindos, especialmente nas cidades pequenas. Resolvi tirar algumas fotos para te mandar, vai que tu curte!
Flavio, obrigado por existir e escrever o que tu escreves no blog e nas mídias sociais, o Brasil precisa muito de caras como tu. Grande abraço e Lula Livre, Liberté Lula!
PS: Mandei também uma foto do nosso show no Trocadéro em Paris, momento muito especial para nós;
PS2: Lançamos hoje o clipe da música “Não Sou De Esperar” do nosso disco “Sobrevive” com imagens na casa do Hervé e com cenas do show que fizemos em Bonn, na Alemanha, te envio o link caso queira assistir;
PS3: Já tocamos oito vezes “Blowing in the Wind” com o Suplicy pelas ruas da cidade e espero que algum dia tenhamos a possibilidade de ter tua presença, eu ficaria feliz.

Bem, as fotos que o Chico mandou estão aí embaixo — a pequena AMI branca me fala ao coração. O clipe, lá em cima. Também espero trombar com os picanhas por aí uma hora dessas. Os caras são muito bons. E a gente tem de respeitar os artistas de rua. São os melhores.

18 comentários

  1. mario aquino disse:

    Os caras são bons, Gaúcho sempre faz coisas bem feitas.

  2. Ricardo disse:

    Realmente são muito bons. Trabalho no Prédio Martinelli e sempre parava pra assisti-los. Parabéns ao Picanha e vida longa.

  3. Wilson disse:

    Acompanho esta banda fazem uns 4 anos pelo menos, e para mim, a melhor banda de rock/blues do pais.

  4. Bruno Cubells disse:

    A Picanha de Chernobill é uma bandaça! A melhor do cenário nacional, na minha opinião!!

    Grande abraço Flavio

  5. sandro disse:

    Picanha de Chernobill, nome excepcional,. hahahaha,…mas os caras parecem ser bons sim.

  6. Assisti ao Picanha ao vivo algumas vezes na Paulista quando morava em Sao Paulo. Sol do Novo Mundo e um instrumental lindo, recomendo (especialmente as versoes “ao vivo estendida”): https://www.youtube.com/watch?v=QZFXL0kCsyE

  7. Paulo F. disse:

    Já ouvi os caras na Paulista e no Anhangabaú.
    Mandam bem.

  8. Matheus do Canto Mendes disse:

    Viva Flávio Gomes!
    Lula livre!

  9. Jonny'O disse:

    Gostei muito da musica, tem um pega progressivo também , lá no inicio da musica.

    Sucesso moçada!

  10. Nick B disse:

    Fla, meu bom.
    O cenário underground foi, é e sempre será rico em coisas maravilhosas como esta incrível banda gaúcha que eu não conhecia.
    Quando no atual mainstream brasileiro ouvimos um som com esta qualidade?
    Dá-lhe, Picanha!!!

    E Marielle presente!!!

    Nick B

    • Chico Rigo disse:

      Valeu Nick B :) Tu já postou muita banda boa aqui no blog, tens bom gosto musical. Sugiro, também, duas grandes bandas brasileiras independentes: Mustache e os Apaches e Teko Porã, são grupos que se apresentam nas ruas e nos palcos da vida.
      E Marielle presente!
      Abração

  11. João disse:

    Banda muito boa e do lado certo da história. O nome é genial

  12. Lupahp disse:

    Meus parabéns, Flávio Gomes. Deve ser bom ouvir palavras assim, e eu concordo com elas. É Liberté Lula!

  13. Claudio Bassi disse:

    Eu tenho um CD deles. Comprei em uma apresentação do grupo na Praça do Patriarca. Muito legal!

  14. Chico Rigoi disse:

    Muito legal Flávio.
    Obrigado pelo espaço, ficamos todos felizes aqui em casa. Meus pais te mandam um grande beijo. Viva a música brasileira <3

  15. Anderson Grzesiuk disse:

    Muito bons os caras, “bagual” como se diz nos pampas. Eles tem um blues muito bom chamado “Anhangabablues”, vale a pena escutar.
    Hoje, no dia em que perdeu-se Salvador Allende, um som assim, progressista, anarquista, eu diria melhor, é um bálsamo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>