MENU

sábado, 30 de novembro de 2019 - 11:48F-1

CREPÚSCULO (1): DIVIRTAM-SE

Hamilton: 88º pole na carreira, quinta no ano, primeira desde a Alemanha

RIO (não esperem muito) – Depois de um jejum de nove corridas e quatro meses sem poles, Hamilton larga na frente em Abu Dhabi no encerramento da temporada. Não foi exatamente uma surpresa, embora a Mercedes esteja no modo férias há algum tempo. A última pole do inglês aconteceu na Alemanha, no final de julho.

Os prateados dominaram a classificação, com Bottas fazendo o segundo tempo. Mas ele trocou tudo, até a cueca e as meias, e terá de largar em último. Não foi lá um sábado muito empolgante em Yas Marina. De divertido, mesmo, mais uma patacoada da Ferrari. Calculou mal o momento de mandar seus pilotos para a segunda tentativa no Q3 e Leclerc não conseguiu abrir sua volta. É um festival de trapalhadas.

Mesmo assim o monegasco ficou na frente de Vettel e parte em terceiro. Dividindo a primeira fila com Hamilton estará Verstappinho, que herdou o segundo lugar de Bottas. Max x Charlinho deverá ser um duelo interessante na corrida, já que eles lutam pelo terceiro lugar no Mundial — está 260 x 249 para o holandês da Red Bull.

Leclerc: não conseguiu abrir sua segunda volta no Q3, e mais uma bobeada da Ferrari

O último Q3 do ano teve as cinco primeiras equipes na classificação, sem surpresa nenhuma: Mercedes, Ferrari, Red Bull, McLaren e Renault. A brincadeira entre Norris, Ricciardo, Sainz Jr. e Hülkenberg pode ser legalzinha amanhã, embora a pista árabe seja uma conhecida porcaria no que diz respeito às exigências técnicas — é linda, iluminada, impressionante, mas ordinária. As ultrapassagens são muito difíceis e as esperanças numa boa corrida depositam-se no ambiente mais relaxado de derradeiro GP da temporada.

Não tem muita coisa em jogo amanhã, exceto algumas posições intermediárias na classificação que não levam piloto algum a desfilar em carro de bombeiros em suas cidades. É, sim, uma prova de algumas despedidas. Será a última de Hulk e Kubica, que serão substituídos no ano que vem por Esteban Ocon, na Renault, e o estreante Nicholas Latifi, na Williams. Pela primeira vez, com Stroll e Latifi, o Canadá terá dois pilotos correndo um campeonato inteiro.

Palpite para amanhã? Hamilton fecha a temporada com uma vitória. E ficaremos torcendo para Vettel e Leclerc fazerem mais alguma burrada, para a gente dar risada.

2 comentários

  1. Flavio Padilha disse:

    Saudações Flavinho Gomes ! Penso que vai ser um passeio do Mister Hamilton , que vai sumir na poeira da estrada e “pior” narração de um Sérgio Maurício descaracterizado pós demissão de Lito cavalcanti e a contratação do Sr. Indy, que só fala das suas corridas, dos ovais e dos Shoppings de Miami…Os amantes do automobilismo estão vivendo o pior momento do esporte a Motor, e a FOX se matando com Fox Nitro, Nascar, FE e outras categorias. abraços !!!

  2. Wbj disse:

    Vetell: se nao vai no ta-lento, nao vai tbem nem na sujeirada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *