Brother

RIO (almas gêmeas) – Esse bonitão aí da foto se chama Peter Frost. Inglês, 63 anos, mora em Londres e tem uma coleção simpaticíssima — e viva! — de carros da Cortina de Ferro. Estou falando de Tatras, Wartburgs, Trabants, ZAZ e outras coisinhas.

Vou tentar encontrar o cara. E quando puder ir à Inglaterra de novo, juro que tomaremos um pint em algum pub. Tentarei, inclusive, convencê-lo a incorporar uns Ladas à frota. Pelo que li nas duas matérias kinkadas acima, deve ser um sujeito de bom papo, profundo conhecimento, grandes histórias e zero afetação pelo que conseguiu reunir sob o mesmo teto — um dos grandes defeitos dos colecionadores, o ar blasé.

Como eu, Peter Frost anda com seus carros, vai ao mercado e à padaria (licença poética), e não se preocupa demais em mantê-los em estado de exposição, impecáveis e reluzentes. Cuida deles lava, guarda direitinho, mas… anda!

Carro parado estraga. É isso aí, Peter, my brother!

Comentários