PULASTONE (2)

Sainz é cumprimentado por Leclerc: nem ele esperava

SÃO PAULO (amanhã muda tudo) – Foi um sábado de heróis improváveis em Silverstone. A começar pela pole-position inédita de Carlos Sainz. O Junior, filho do grande bicampeão mundial de rali que continua dando suas aceleradas por aí. Em sua oitava temporada na F-1, o espanhol finalmente conseguiu. Larga na frente amanhã para o GP da Inglaterra. É o segundo espanhol a fazer uma pole na categoria. O outro, todos sabem, é Fernando Alonso — 22 no cartel.

E antes de seguir com este relato histórico e comovente, pequena caixinha curiosa que o pessoal do Grande Prêmio me mandou (está sobrando tempo lá, pelo jeito…):

CARlos Sainz é apenas o sexto piloto na história da F-1 a fazer uma pole com CAR no nome. Os outros foram Alberto AsCARi, CARlos Reutemann, RicCARdo Patrese, GianCARlo Fisichella e José CARlos Pace. Falei da incrível sequência para Laêne, minha namorada. “CARaca, e daí?”, ela reagiu.

Sainz é, também, o 104º piloto a fazer uma pole desde o nascimento da F-1, em 1950, e o segundo que mais tempo demorou para chegar lá. Foi na sua 150ª tentativa. Sergio Pérez é o recordista: esperou 216 GPs para chegar lá — no GP da Arábia Saudita deste ano. Nesta temporada, a Ferrari chegou a sete poles (seis foram de Leclerc), contra três da Red Bull (duas de Verstappen e uma de Checo).

Isso posto, vamos a um resumo do que aconteceu em Silverstone.

Eu falava lá no início dos heróis improváveis do sábado chuvoso em Northamptonshire, que para quem não sabe é como se chama a região onde fica o circuito que recebeu a primeira corrida da história da categoria. Um deles é o moço aí em cima que merece até uma galeria de fotos neste prestigiado blog. Não sei se terá outra chance.

Trata-se do simpaticíssimo boa praça Nicholas Latifi, que há algumas semanas estava no centro de uma boataria indicando que nem correria na Inglaterra. Por seu fraco desempenho, batidas em excesso e incompatibilidade com a velocidade, seria dispensado para a estreia de Oscar Piastri pela equipe. Mas a Williams recebe um bom dinheiro do pai de Latifi em forma de patrocínio. Tem um contrato em vigor que termina no final do ano. Ninguém rasga dinheiro na F-1.

Hoje Latifi encheu de orgulho aqueles que sempre torcem pelos mais fracos. Pela primeira vez na carreira, conseguiu levar seu carro ao Q3. Está em sua terceira temporada na categoria, sempre pela Williams. Construiu uma fama indesejada — por vezes merecida — de barbeiro inconteste, sendo inclusive responsável direto pelo desfecho do Mundial de 2021, quando bateu seu carro no fim do GP de Abu Dhabi, sozinho, motivando a entrada do safety-car que tiraria a vitória e o título de Lewis Hamilton.

Em Silverstone, a Williams introduziu quinhentas atualizações num de seus carros. O de Alexander Albon. Latifi ficou com a charanga do jeito que estava, sem kit multimedia — um reles toca-fitas Roadstar –, vidro elétrico, desembaçador traseiro e com rodas de ferro sem calota. No máximo passaram uma flanela na carenagem. Não abriu o bico para reclamar. E, na chuva, andou muito bem. Larga em décimo. Albon, em 16º. Parabéns, Latifi! Hoje você mostrou o seu valor.

Zhou, nono no grid: chinês faz temporada de estreia sólida e de respeito

Outro protagonista inesperado do dia foi o estreante Guanyu Zhou, chinês que chegou à categoria envolto em desconfiança pela falta de tradição automobilística de seu país e por carregar o rótulo de piloto pagante — como se ninguém mais tivesse desembarcado na F-1 com patrocinadores fortes para garantir um lugar.

Terceiro colocado na F-2 no ano passado — seu companheiro era o incensado brasileiro Felipe Drugovich, que terminou o campeonato em nono –, Zhou vem fazendo uma temporada honestíssima pela Alfa Romeo. Mesmo em situações difíceis, como a pista encharcada de hoje, não comete erros e mostra segurança e talento. Ficou em nono no grid, três posições à frente do companheiro de equipe, o experiente e peladão Valtteri Bottas — excelente piloto, diga-se, e o mesmo pode-se dizer de seu bumbum bem desenhado.

O grid de Silverstone: sétima pole da Ferrari no ano

A meteorologia acertou na mosca, e depois de uma sessão de treinos livres com pista seca, no início da tarde inglesa, a chuva veio com gosto momentos antes de começar a classificação. Sem água, pouco antes, Verstappen dominara o TL3 com o tempo de 1min27s901, 0s410 mais rápido que seu companheiro Sergio Pérez e com mais de meio segundo de vantagem para Leclerc, Russell, Hamilton e Sainz, que vieram a seguir.

Essa referência do cronômetro no derradeiro treino livre do fim de semana é importante para projetar o que deve acontecer na corrida amanhã, que deverá ser disputada com tempo seco, de acordo com os serviços meteorológicos. Se não entenderam ainda o que estou querendo dizer, porque estou cheio de dedos, lá vai: Max vai sumir na frente e ganhar, se não chover.

Mas voltemos à classificação. Mesmo com uma boa quantidade de água no asfalto silverstônico, em nenhum momento os pilotos usaram pneus para chuva forte. Os intermediários cumpriram bem seu papel. Tive o cuidado de anotar a evolução da melhor volta ao longo do Q1, mas não vou enchê-los de números aqui. Basta dizer que Leclerc foi o primeiro a registrar uma volta rápida com 1min47s521 e até o 1min39s129 de Verstappen, que fechou essa parte da classificação na frente, a ponta da tabela mudou dez vezes, nela revezando-se os dois já citados e Russell, também.

Hamilton: segundo no Q2, quinto no grid com um carro bem melhor

Essa volta de Verstappen, no Q1, acabaria sendo a melhor do dia no molhado, porque a pista piorou até o final da classificação. Os primeiros eliminados foram Albon, Magnussen, Vettel, Schumacher e Stroll. Novidade, aí, a passagem de Latifi ao Q2. Decepção? Os dois carros da Aston Martin, mais uma vez.

O Q2 começou com mais água e Zhou registrando a primeira melhor volta, em 1min44s029. Mas a chuva foi diminuindo, a pista foi melhorando, um trilho foi se formando e os tempos foram caindo, e nesse festival de gerúndios Alonso, Pérez, Leclerc e Verstappen lideraram a folha de cronometragem em algum momento, com Max fechando de novo na frente com 1min40s655. Hamilton ficou em segundo — a Mercedes melhorou bastante, já tínhamos visto isso ontem.

Foram degolados Gasly, Bottas, Tsunoda, Ricciardo e Ocon. Novo vexame para o australiano da McLaren — Norris, seu companheiro, passou com a sexta posição. E mais um longo “oooooohhhhhh” pelas arquibancadas com Latifi se classificando em décimo.

Rodada do holandês: aprumou e foi embora

A chuva não deu trégua no Q3, mas não era tão forte. Leclerc abriu os trabalhos fazendo 1min50s297, e de novo os tempos foram desabando na medida em que os pilotos encontravam as melhores trajetórias e seus pneus ganhavam temperatura. Zhou, Alonso, Sainz e Verstappen ocuparam a primeira posição até Max fazer uma volta em 1min41s055 depois de uma rodada que levou os torcedores ao delírio nas tribunas — os mesmos que, ao final da classificação, dedicariam algumas vaias ao holandês.

Apesar das condições traiçoeiras, foram raríssimas escapadas de pista, além dessa de Verstappen — que deu um giro de 360° e não perdeu a pose. No final, Leclerc e Russell chegaram a rodar, desperdiçando suas chances de melhorar os tempos. Max tirou o pé por causa de uma dessas rodadas, a de Leclerc, alertado por uma bandeira amarela. Possivelmente tenha perdido a pole por causa dela. Até rimou.

Mas Sainz não tinha nada com isso, fez uma volta correta — segundo ele mesmo, “nada de especial” — em 1min40s983 e bateu o tempo do líder do campeonato por meros 0s072. Leclerc ficou em terceiro, com Pérez em quarto. No fim das contas, os melhores na frente: Ferrari e Red Bull na primeira fila, Ferrari e Red Bull na segunda. Hamilton, Norris, Alonso, Russell, Zhou e Latifi fecharam a turma dos dez primeiros no grid.

Sainz: seguro na chuva e pole com volta, segundo ele, “normal”

Sainz, um sujeito contido, não saiu pulando em direção às arquibancadas, não atirou o capacete para a torcida, não se ajoelhou na frente do carro, não abraçou bandeirinhas, não se enrolou na bandeira da Espanha, não beijou o asfalto sagrado de Silverstone para comemorar a pole. Disse que ficou “surpreso” com o resultado e que tem ritmo para tentar ganhar amanhã.

Será interessante observar a Mercedes nessa prova, para entender quanto seu carro melhorou em relação ao desastre ambulante que começou a temporada. Algum tempo atrás, depois do GP da Espanha, escrevi em algum lugar — aqui ou no UOL, já não sei mais — que em algum momento deste ano seria com ela, a Mercedes, que a Red Bull teria de se preocupar, e não com a Ferrari. Não pela disputa do título, óbvio, que este está definido em favor de Verstappen. Mas na luta por vitórias aqui e ali.

Mansell entrega o pneuzinho a Sainz: o velho #5 ao lado do #55

Nigel Mansell, três vezes vencedor em Silverstone (1987, 1991 e 1992; ganhou também o GP da Inglaterra de 1986, mas em Brands Hatch), foi chamado para entregar o pneuzinho da pole que a Pirelli oferece como troféu aos pole-positions da F-1. Com um boné da Ferrari, equipe que defendeu em 1989 e 1990, fez festa para Sainz e lhe desejou boa sorte. Carlos vai precisar, e muita, para vencer pela primeira vez amanhã.

Acho muito difícil, pouco provável. Na verdade, sendo bem honesto, se conseguir será uma zebra gigantesca. Verstappen me deu a impressão de estar sobrando no circuito inglês e é o maior candidato à vitória. Se confirmar o favoritismo, será vaiado de novo pela torcida e, como hoje, dirá que não liga para isso — e não liga, mesmo.

Subscribe
Notify of
guest
29 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Celio Ferreira
Celio Ferreira
1 mês atrás

Comentar o que : amanhã tempo seco Verstapinho leva fácil mais uma…

Edu Zeiro
Edu Zeiro
1 mês atrás

Putz, se já é difícil aguentar as maiúsculas, os trocadilhos infames, os negritos e sublinhados, e a tentativa de ser engraçadinho uma vez, imagine em dobro.

Alfredo Ramos
Alfredo Ramos
Reply to  Edu Zeiro
1 mês atrás

Tua vida é reclamar. Olhe o lado bom da vida!

Edu Zeiro
Edu Zeiro
Reply to  Alfredo Ramos
1 mês atrás

Gente, que pessoa boazinha, essa, hein? Ela se preocupa muito com os outros, de verdade! Acredito que nunca entrou em polêmicas com ninguém aqui! Muito obrigado pelos conselhos, pessoinha amiga, você deve ser iluminada. Vou procurar seguir sua filosofia daqui pra frente, viu? Vai mudar radicalmente a minha vida!

Alfredo Ramos
Alfredo Ramos
Reply to  Edu Zeiro
1 mês atrás

Todos reclamam em diversas situações e por vários motivos, mas você é aquela pessoa que reclama da água por estar muito molhada.
Fique tranquilo. Pessoas radicais não conseguem mudar sua vida.

Edu Zeiro
Edu Zeiro
Reply to  Alfredo Ramos
1 mês atrás

Consigo sim, pessoinha amiga! Como poderia negar um desejo de pessoa tão boa quanto você, que é um ser iluminado e perfeito? Com sua força e a luz e a energia dos deuses do automobilismo vou me tornar uma pessoa muito melhor!

CHAGAS
CHAGAS
Reply to  Alfredo Ramos
1 mês atrás

Apoiado Alfredo. Rapaz sabe ser chato.

Alfredo Ramos
Alfredo Ramos
Reply to  CHAGAS
1 mês atrás

E se julga o dono da razão! Chagas, vou fazer o que alguns aqui já fizeram. Deixar o moço falando sozinho.

Edu Zeiro
Edu Zeiro
Reply to  Alfredo Ramos
1 mês atrás

Puxa, que tristeza, meu guru, minha pessoinha amiga, aquela que está a mudar a minha vida, o meu ser iluminado e perfeito, está a me deixar. Estou inconsolável, nem vou dormir essa noite. Oh vida, oh azar…

Edu Zeiro
Edu Zeiro
Reply to  CHAGAS
1 mês atrás

Puxa, mais uma pessoinha de bom coração, que quer me ajudar a melhorar! Pode deixar, outra pessoinha amiga, não vou mais me comportar como você e a primeira pessoinha amiga! Vocês me fizeram compreender a verdade, que devo ser humilde e reconhecer que não sou páreo para os dois.

Torcedor Tedesco
Torcedor Tedesco
1 mês atrás

Verstappen, com certeza, vai largar como todo o cuidado e depois vai estudar o que fazer. Só pulará na frente se o espanhol der bobeira. Ele já entrou no modo somatório, pensando sempre no bi.

Luciano Goes
Luciano Goes
1 mês atrás

Gosto do Sainz, acho um gato e tem um bocão lindo…

Felipe Tamelini
Felipe Tamelini
1 mês atrás

Por um breve instante o Zhou liderou o Q3. Para mim, esse foi o ponto alto do treino hoje

SulIvan
SulIvan
1 mês atrás

Agora que tu escreveu Gomes obrigado pelo texto legal.

Só complementando, o destaque do dia foi, depois da Pole inédita obviamente, o Lafit e a Willians que deixaram várias equipes e pilotos pra trás e em casa a Willians marcou presença no Q3 e Albon também não fez feio pois não ficou na rabeira…

Outro destaque pitoresco digamos assim é que VERSTAPPEN rodou 360º numa volta segurou firme e ainda assim fez o segundo melhor tempo naquele momento realmente ele está um nível acima do demais meros mortais…. tá sobrando como vocês costumam dizer aí no Brasil né Flávinho….

Vai ser uma prova para inglês ver…. o VERSTAPPEN vencer….!!!!

E o Leão Nigell Mansell tava no circo da F1, legal ve-lo ali, bem mais emblemático do que artistas ou coisas do genero. Se as coisas já não estavam boas pro Charlote LECLERC imagina com o SAINZ andando na frente dele , tomara que a equipe de Maranello não se meta a interferir e fazer o Carlão ceder posição ao companheiro…. vai ser uma corrida legal tomara que tenha uns 3 safety car e umas 4 bandeiras amarelas (sem ninguem se machucar claro) pra embaralhar as posições. uma chuva seria interessante mas dizem que não vai cair uma gota…..será???? VERemos amanhã !!!! Pode não ser amanhã mas Carlão Sainz ainda vai vencer uma este ano !!!!

SulIvan
SulIvan
Reply to  SulIvan
1 mês atrás

Pessoal e F.G. me perdoem pela duplicidade, ok, um abraço a todos

Paulo Dantas Fonseca
Paulo Dantas Fonseca
1 mês atrás

Prezado F&G : Agora começa a disputa em autódromos do velho continente, não haverá nenhuma reação por parte das equipes . A Red Bull , efetivamente tem o melhor projeto e planificação de execução conquistando resultados sólidos, esse ano 2022 será o bi -campeonato de Max V. merecidamente . A Equipe FERRARI não tem capacidade de administração nos moldes de Jean Told e de execução de Ross Braw. A Equipe Mercedes-Benz vai ter uma disputa interessante com a Renault e pode sofrer um calor da Equipe Alfa-Romeu . A Equipe Maclaren se perdeu no projeto poderia estar à frente da Mercedes-Benz mas sucumbiu em estratégia, táticas e resultados.

MArcelo
MArcelo
1 mês atrás

Flávio, o Zhou foi o terceiro na F2. Abs!

SulIvan
SulIvan
1 mês atrás

Agora que tu escreveu Gomes obrigado pelo texto legal.
Só complementando, o destaque do dia foi, depois da Pole inédita obviamente, o Lafit e a Willians que deixaram várias equipes e pilotos pra trás e em casa a Willians marcou presença no Q3 e Albon também não fez feio pois não ficou na rabeira…
Outro destaque pitoresco digamos assim é que VERSTAPPEN rodou 360º numa volta segurou firme e ainda assim fez o segundo melhor tempo naquele momento realmente ele está um nível acima do demais meros mortais…. tá sobrando como vocês costumam dizer aí no Brasil né Flávinho….
Vai ser uma prova para inglês ver…. o VERSTAPPEN vencer….!!!!
E o Leão Nigell Mansell tava no circo da F1, legal ve-lo ali, bem mais emblemático do que artistas ou coisas do genero. Se as coisas já não estavam boas pro Charlote LECLERC imagina com o SAINZ andando na frente dele , tomara que a equipe de Maranello não se meta a interferir e fazer o Carlão ceder posição ao companheiro…. vai ser uma corrida legal tomara que tenha uns 3 safety car e umas 4 bandeiras amarelas (sem ninguem se machucar claro) pra embaralhar as posições. uma chuva seria interessante mas dizem que não vai cair uma gota…..será???? VERemos amanhã !!!! Pode não ser amanhã mas Carlão Sainz ainda vai vencer uma este ano !!!!

CHAGAS
CHAGAS
1 mês atrás

Uma correção ao blogueiro que insiste em dizer (também na radio Gomes que não perco) que Zhow foi vice-campeão na F2 e na verdade a Prema fez 1-2 no campeonato de pilotos ano passado.
Sainz foi espetacular hoje, bater Verstapen na chuva é só coisa de Hamilton e hoje o espanhol arrebentou a boca do balão.
Latifi um “cabra” que eu odeio como piloto hoje fez história. Palmas pro “simpático” canadense.
Alonso que é um senhor piloto, na chuva é qualquer coisa impossível de explicar. Diferenciado.
O qualify de hoje foi o melhor do ano disparado por causa da chuva.
Embora correr no molhado seja majestoso para quem assiste, a verdade (que ninguém tem coragem de dizer) é que na chuva não aparecem os gênios do automobilismo. Na chuva vemos quem tem mais habilidade nesse tipo de terreno, pouco usual na competição.
E isso tenho escrito à anos. A chuva (que infelizmente para nós espectadores raramente vem) só mostra quem é melhor……….. na chuva.
Não será ela que fará a mágica que transforma Zhow em um piloto melhor que Bottas.
Mais Exemplos:
Stroll é uma tartaruga perto de Piquet, na chuva seria campeão facilmente encima do tri-campeão.
Senhoras e senhores em um campeonato com todas as corridas em chuva, Hunt seria tri-campeão do mundo encima de Lauda. Impensável.
Hill, praticamente um debutante em 1992, seria campeão encima de Prost. Uma heresia.
E por incrível que pareça, fatalmente teríamos um Alessandro Nannini (se não rodar demais) campeão do mundo. E mais…. Hulkemberg (que nem pódio tem) seria com certeza absoluta campeão mundial de pilotos da F1.
Mas tem aqueles que correm bem nos dois cenários? Tem.
Agora cite um que não foi campeão do mundo? Não valem os falecidos no auge da carreira.

Antonio
Antonio
1 mês atrás

Na lista dos CAR, faltou Daniel RicCARdo

Fabio FC
Fabio FC
Reply to  Flavio Gomes
1 mês atrás

E o Lewis Carl Hamilton? Conta?

Antonio
Antonio
Reply to  Antonio
1 mês atrás

Verdade, esqueci do i, é Ricciardo. Falha minha.

Sandro
Sandro
1 mês atrás

No Canadá: a primeira melhor volta.
Na Grã-Bretanha: a primeira pole-position.
Vitória: zero… por enquanto!
Sainz, só falta a inédita vitória! 🏆

Last edited 1 mês atrás by Sandro
SulIvan
SulIvan
1 mês atrás

Vamos lá então Flavio Gomes!
Tava mais que na hora de Carlos Sainz fazer uma Pole, e que venha uma Vitória agora….. Dá-lhe Carlão…. todos falando de VER e LEC e no fim ele colocou todos no bolso.
A Ferrari escolheu o cara errado pra ser o Piloto Nº 1 da Equipe. o Charles Leclerc não fará mais nada que presta e vai acabar levando a Ferrai à falência.
Quanto à Classificação foi disputada pois tudo mudava volta a volta mas foi tranquila pois ninguem bateu ou rodou feio nem parecia que fosse pista molhada…. Lafit despertou da dormência e foi pro Q3, não fez nada no Q3 mas foi….e ainda D. Ricardone a decepção de sempre. Alonso foi mais ou menos bem hoje e deve ir mal amanhã, Zhou bem melhor que Walter Bottas que deve ter mudado de profissão deixou de ser piloto pra vivewr vender nudes parece me ……..Aston Martini blargh !!!!! que porcaria, o que Vettel faz numa equipe assim???? catando feixes de Euros só pode né FG!!!!! Albon se esforçou mas não levou sorte, e o resto foi a marmita de sempre….!!!!
Amanhã na corrida? Meu diagnóstico e prognóstico é de Vitória com ampla margem para o atual Reizinho da F1 MAX EMILIAN VERSTAPPEN depois PEREZ E SAINZ isso se a Ferrari não sacanear e sacrificar o Carlão em prol de Charlote LECLERC o que seria uma lástima mas o Binottão é doidão mesmo . Mas tudo pode aconteceer e o imponderável paira no ar: problemas mecânicos, acidentes, chuva(?), safeti car, estratégias…. e por aí vai

Marcos Valério
Marcos Valério
1 mês atrás

Mas vou comentar o que, se não tem nada escrito?

Marcos Bassi
Marcos Bassi
1 mês atrás

Não é que achei que o Hamilton ia cravar…mas tudo certo. Amanhã vai ser difícil segurar o Verstappen, infelizmente….o motorista é bom…o carro tá ótimo…pena. Minha torcida vai pro melhor, Hamilton, e o segundo melhor, Russell. mas seria legal ver outra zebra..tipo Sainz…Tsunoda..Zhou…Latifi.

Rodnny
Rodnny
1 mês atrás

Joder ostias!! Que salió en la 150!!!!!