Falando em Clark | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

sexta-feira, 7 de abril de 2006 - 11:45Museus & coleções

Falando em Clark

SÃO PAULO (Though it isn’t strange, after changes upon changes/We are more or less the same) – A casa onde Clark nasceu, ou cresceu, sei lá, na Escócia, está preservada e é um sítio histórico. Tá aí um lugar que quero conhecer um dia. A Escócia e a casa de Clark. Achei essa fotinho na internet.

14 comentários

  1. Luiz Ros disse:

    Se forem pra lá bebam também as cervejas… São espetaculares… Assim como o país .
    (não, eu infelizmente não visitei a casa do Clark…)

  2. Rikho disse:

    E eu que nem visitei ainda o Museu do Fangio, mal da pra sonhar em visitar a casa do Clark… :-( Também, quem mandou nao nascer da família SURREAL britânica? Aliás, ao que parece, Veloz-HP é a enciclopédia viva do blog!

    Abçs

  3. vitão disse:

    Veloz-HP
    Parabéns, matou a pau.
    Também quero conhecer a Escócia (gosto de um single malt highland chamado Glemnonrange; é sensacional, recomendo a quem possa encontrá-lo; é muito melhor que essa joça de blended red label).
    O chato da visita é ter que beber uísque nacional lá , mas acho que no fim a gente se acostuma….

  4. vELOZ-HP disse:

    Caro Breno, acho que eu não fui bem claro então, vou tentar explicar melhor.
    A razão da morte do Jim Clark foi, é claro, uma derrapagem por causa de um pneu furado na curva Ostkurve de Hockenheim, numa prova de F2 em 7 de abril de 1968, a bordo da Lotus 48, de baixo de chuva.
    Êle estava disputando essa prova sem importância, ao invéz das 500 Milhas de Brands Hatch pela Ford, com o novo protótipo no mesmo dia na Inglaterra, por causa dos altíssimos impostos que todos os súditos da Vossa Majestade a rainha do Reino Unido pagavam por prêmios e salários recebidos, incidindo terrivelmente no imposto de renda do infeliz.
    Por essa razão, todos os pilotos do Reino Unido moram em outros paises, até hoje.
    Existe um limite de dias por ano, que eu não sei qual é, em que, se você ultrapassa-lo morando no Reino Unido, passa a ser considerado residente e portanto, deve pagar os impostos pelo uso fruto das terras de Vossa Majestade, a parasita Mor.
    Por essa razão Jim Clark morava na França, e muito a contra gosto, porque êle adorava a sua terra natal, e adorava mais ainda a vida no campo junto à sua fazenda de criação de ovelhas.
    Êle era, basicamente isso, um fazendeiro, mas que tinha um talento absurdo para pilotar um carro de competição, qualquer carro, de qualquer tipo ou categoria, além de ter um comportamento pessoal bem reservado, só se abrindo com as pessoas de sua confiança e aí se encontra outra qualidade dele, o caráter férreo das pessoas simples, incapazes de trair alguém ou as suas convicções, sendo extremamente leal e honesto com todos.
    Taí, uma enorme perda para o automobilismo, para o Reino Unido e também para a humanidade que perdeu um ótimo representante da ala honesta e descente.
    E tudo isso para não pagar um imposto injusto a uma parasita vagabunda.
    Abraços.

  5. Edgar SC disse:

    Ué não sei pq apareceu esses @#$%¨&, escrevi t.ipica

  6. Edgar SC disse:

    Meu sonho é ter um sítio ou chácara e com uma casinha dessas t %!@$&@#da ilha britânica… Legal…
    Cidade pra quê?

  7. Roberto A das Neves disse:

    Esta foto é do magnifico site :
    http://eis.net.au/~bramwell/welcome.htm

    Um site ja famoso dos fãs de Jimmy .
    O triste é ver que numa corrida que nao valia nada a um piloto do calibre dele, foi aonde ele perdeu a vida .

    Na pista lendaria de Hocken. a antiga que a nova é um draga …sempre me lembrava dele quando os carros passavam na chicanne Clark .

    Jimmy era um sujeito intropsctivo segundo os relatos e muito timido …Jackie o definiu assim num documentarios sobres as lendas da F-1 que foi ate lançado em VHS pela Publifolha e vc encontra na NET em ingles .

    Spa era seu território e no documentario 9 days in summer de 67 isso fica evidente .
    4 vitórias em pouco tempo e lá o homem sumia na frente e os outros comiam poeira e na pista de 14 Km .

    Em inglês não tem uma palavra mas em Português sim

    Saudade isso define bem Clark .

  8. Jef disse:

    Ahhhh seu for para a Escócia…. Vou tomar um belo drinque….

  9. Breno Torres AM disse:

    Boa, Veloz, mas não entendi quando diz que indiretamente a causa da morte de Jim foi ter ido morar na França.

  10. Alexandre Reis disse:

    Obrigado Veloz pelo belo relato e pela sacanagem de nos colocar mais vontade ainda de estar lá.
    Grande Abraço

  11. VELOZ-HP disse:

    É lindo alí. Fora da casa em frente onde era a sua garagem, tem um memorial em mármore sempre coberto de flores dos fãs e dentro dela, nessa sala com a porta e janela abertas estão expostos todos os trofeus, capacetes, macacões, luvas botas, fotos, planilha de testes, etc.
    Na parte superior, o seu quarto está preservado como deixou pela última vêz, com as roupas no armário e roupas de cama meio desarrumadas.
    Resta saber como está a sua casa na França, onde êle morava grande parte do ano para fugir dos impostos na Escócia e que foi, indiretamente, a razão da sua morte.

  12. Sucrilhos disse:

    –A bordo de um DKW, obteve a última colocação. Mas não desistiu.–

    Flávio Gomes??? Nãaao, Jim Clark!

  13. Fernando Carmona Sim disse:

    bonito!

  14. Askjao disse:

    Queria conhecer a escócia tbm… e quem sabe tumar um legítimo por lá em algum castelo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>