COMETA VIVE | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

terça-feira, 14 de abril de 2009 - 14:47Bus Stop, Encontros

COMETA VIVE

SÃO PAULO (tutti-frutti) – Recebi e-mail do blogueiro Wilson Míccoli, de Curitiba, e não poderia deixar de registrar aqui. Segue um resumo. Muito legal a iniciativa. Quem estiver a fim de se juntar a esse grupo de “cometólogos”, pode entrar em contato com ele pelo telefone lá no fim da mensagem:

“Meu nome é Wilson Míccoli, e sou de Curitiba, PR. Tenho 29 anos.

Há algum tempo acompanho suas colunas, anteriormente no jornal ‘Lance!’, posteriormente pela internet, e já notei que o amigo tem uma certa apreciação pela Viação Cometa S.A., em especial com relação aos ônibus antigos, os chamados ‘Cometões’. Também sou um apreciador de carteirinha desta empresa que sempre teve um diferencial, desde que me conheço por gente. Os bancos de couro vermelho, o cheiro de tutti-frutti, os rádio-comunicadores da Motorola, e os motoristas alinhados, com uniforme similar ao da Aeronáutica, são algumas das lembranças mais saudosas que tenho da companhia.

Temos uma comunidade no Orkut, sobre a Cometa, onde incialmente começamos discutindo aspectos ligados à história da companhia, e aspectos técnico-operacionais, desde as linhas que fazia no passado, até os ônibus. Em 2007 começamos a fretar ônibus do modelo antigo com a companhia, e em 2008 obtivemos reconhecimento junto à empresa, tornando-nos a primeira comunidade OFICIAL da Cometa no Orkut. A partir daí criamos até um site, onde pode-se ver a história dos fretamentos.

Neste sábado iremos realizar uma viagem de confraternização do nosso grupo, no caso a sétima viagem, rumo a Águas de Lindóia, para exposição de veículos antigos que é realizada lá anualmente. Informações podem ser obtidas pelo telefone (41) 9695-4099.”

É gozado como algumas empresas fazem parte do imaginário das pessoas. A Cometa é uma delas. A imagem acima é do cartaz anunciando a última viagem do grupo, no fim do ano passado. Bacana demais.

41 comentários

  1. Paulo Gannam disse:

    Boa tarde. Eu gostaria de lhes deixar uma sugestão de pauta. Se for possível, para qual endereço de email poderia enviar detalhes? Obrigado

  2. henrique disse:

    A cometa ” a frota antiga é a mais bela e saúdosa entre todas as empresas de ônibus que eu já vi” já tive o prazer em viajar diversas vezes nestes feras do asfauto era a paixão e vontade das pessoas poderem viajar nestes ônibus, infelizmente o dono dela vendeu para o grupo jca, uma coisa que eu gostaria de saber se a cometa ela já estava fabricando os novos estrelões e com uma frota de ônibus chegando ou a mais de 1000 ônibus o porque da venda para esse grupo que não quiz mais dar continuidade ao padrão dos ônibus antigos que eram reparados por todos os olhares, é uma pena pois já não se vê os dinossauros mais nas rodovias, só esses ônibus que colocaram para substituirem os antigos, coisa que nunca vai acontecer, nas diferenças de motor, na pintura e estilo, agora só resta lembranças no pensamento dos antigos cometões. obrigado

  3. Cris di Paula disse:

    GENTE,EU A–MO COMETA!!!!!
    NA MINHA OPNIÃO,O MELHOR MOTORISTA DE TODOS É O GARCIA,QUE FAZ A LINHA RIO DE JANEIRO–POÇOS DE CALDAS
    ELE É UMA PESSOA MARAVILHOSA,MUITO ENGRAÇADO,ANIMADO,FELIZ,ESPONTANEO,VERDADEIRO,SIMPÁTICO,CUIDADOSO,ENFIM,TUDO QUE É ADJETIVO BOM,ELE TEM!
    ALÉM DO BOM HUMOR,ELE TAMBEM É CONHECIDO PELO SEU BIGODÃO,E PELO APELIDO DE ”AMOR GARCIA”,GENTE EU AMO ELE,SE ALGUM DIA VOCES TIVEREM A CHANCE DE CONHECE-LO EU RECOMENDO,PORQUE ELE É UM AMIGÃO DE VERDADE!
    O MELHOR MOTORISTA QUE A VIAÇÃO COMETA JÁ TEVE!

  4. Angelo Gabriel Gobbi disse:

    Por duas vezes tive a satisffção de viajar no GM da Cometa,quando era criança. É inesquecivel o som do motor Detroit que soa como música para mim. SAUDADES!!!

  5. Joaquim Jorge Hamaral disse:

    Que pena Leandro. Suas palavras denigrem uma verdadeira lenda de nossas estradas. Viajar entre RJ e SP nos Morubixaba, não existia coisa melhor. Enfim, cada um tem direito a sua opinião. Grato Flávio pela oportunidade. JORGE.

  6. Beto disse:

    Robert Stammer, que legal saber q vc tbm gosta de ônibus, vc que junto com seu irmão Miklos são colecionandores de caminhões FNM!

  7. Róbert P.Stammer disse:

    Caro Colega

    Há pouco tempo atrás adquiri um ex-Cometão Flecha Azul II, ano 1990, mas estou apanhando para conseguir informações técnicas sobre a mecânica do mesmo (já está com o motor K 113 CL).
    Alguém pode ajudar ?

    Grato – Róbert

  8. Camilo disse:

    Cometa!!! SJRP X SP 2 x por mes… saudades amigos

  9. Grünwald disse:

    Aliás, Flavio, devo dizer: uma das crônicas que mais me emocionaram em todos os tempos foi uma coluna tua no Lance!, quando a Cometa mudou a pintura clássica. Nunca me esqueço da identificação imediata com o conteúdo daquele texto. Bem legal…

  10. Urso do Cabelo Duro vulgo CEARÁ disse:

    Aguas de Lindóia 18/04 no encontro de autosantigos. Estarei lá. O Míccoli e o Hamilton são os mentores dos passeios com o Cometão. Tirando os passeios curtos das BBFs, todos os outros tive o prazer de participar,,,realmente é uma família. Sabadão 18/04 estarei em jaguariuna esperando a galera chegar de Cometão. Dá-lhe Flecha Azul………tô até imaginando o assovio da turbina subindo de Jaguariuna para Pedreira e se Amparo para Serra Negra,,,,,,,,,,vai ser coisa de outro mundo

  11. Agradeço ao FG pela postagem, e gostaria de dizer que a opinião de todos, seja positiva ou negativa é válida. Gostar ou não da Cometa, dos Flechas, da CMA é tudo uma questão de gosto.

    O intuito dessa viagem é resgatar o charme que a Cometa teve entre as décadas de 60 a 90, quando os motoristas utilizavam Quepe, uniforme parecido com o da Aeronáutica, os passageiros recebiam uma passagem perfurada com picotador quando embarcavam na beira da pista, entre outras coisas. Procuramos ao máximo reproduzir esse ambiente, tanto que nas viagens eu próprio e alguns outros colegas viajamos todos fardados com este antigo uniforme da empresa, exatamente original como era.

    A idéia é preencher uma lacuna que muitas vezes as grandes empresas deixam na preservação de sua memória institucional, como a preservação de detalhes mínimos, que agrupados aos montes, fazem uma enorme diferença. Quem dera se pudessemos ter um ônibus, e restaurá-lo fielmente ao que o 7163, da foto era e representou ao nosso grupo.

    Quanto ao Dr. João Havelange, a história dele na Cometa é incrível. O fundador da empresa, o Major da Aeronáutica Italiana, TIto Mascioli, tinha a empresa em seu nome, mas no pós-guerra da Segunda Guerra Mundial, os italianos passaram a ser perseguidos… toda aquela confusão com os imigrantes estrangeiros… o Dr. João Havelange, que já era advogado dos Mascioli da época da empresa-mãe, a Auto-Viação Jabaquara, que acabou sendo encampada pela CMTC, teve a empresa transferida para seu nome, até que se passasse essa fase. Por isso o título de que a “Cometa era dele”… essas e outras histórias podem ser lidas na última biografia publicada dele, tem histórias formidáveis sobre a vida dele, não só nos gramados ou nos pátios da Cometa, mas também em outros ambientes.

    Voltando à Cometa, gostaria de pedir aos amigos interessados em acompanhar nosso grupo que por favor, entrem em contato comigo… meu e-mail é moderadorcometa@gmail.com, e seria um grande prazer ver nosso grupo crescer cada vez mais. Aos que tem como desagrado a utilização destes veículos, agradeço enormemente a opinião postada.

    Abraços a todos e obrigado pela oportunidade FG.

    Wilson Míccoli
    Curitiba, PR

    • leandro disse:

      estao de parabens
      eu sou do tempo que viajavamos para rio preto nos morubixabas os unicos com radio amador
      alem do mais moravamos no bras em frente a garagem na rua martin buchard preciso falar mais alguma coisa….

      parabens mais uma vez

  12. jotaefe disse:

    Os “Morubixabas” eram ônibus importados dos USA. Fabricados pela GM, Divisão Pontiac e motores DDA (Detroit Diesel Allison) que depois foi vendida para o Roger Penske.Posteriormente eles chegaram a ser fabricados (os motores) no Brasil.Eram naquela época, anos 50/60, o que havia de melhor em ônibus no Brasil. O seu câmbio era automático, suspensão pneumática e ar-condicionado. Dava gosto escutar o seu ronco na subida da Serra das Araras.Que torque.
    Só saudades.

  13. Leandro disse:

    Cheiro de tutti-frutti? Lembro que esses ônibus tinham um cheiro horrível que me deixava enjoado só de pensar em andar nos Cometa. Pode ter um design bonito e tudo mais, mas já foi tarde!

    • Joaquim Jorge Hamaral disse:

      Que pena Leandro. Suas palavras denigrem uma verdadeira lenda de nossas estradas. Viajar de Cometa para mim era um festa. Entre RJ e SP nos Morubixaba, não havia nada melhor. Enfim cada um tem direito a sua opinião. Grato. JORGE.

  14. Japoneis disse:

    Gomes, cerca de um mes atras, estive em São Paulo, e na volta pra minha cidade, estava eu no terminal da barra funda, quando eu vejo 2 onibus da cometa na plataforma ao lado, e um deles era um Dinossauro!! não deu tempo de eu tirar uma foto pra voce, mas pode ter certeza que alguns dinossauros (com a nova pintura) ainda andam pelas estradas…

  15. André Jirus disse:

    Na minha infância , pelo menos uma vez por ano viajava de Cometão para Juiz de Fora/MG , desde aquela época em meados dos anos 70 / 80 me tornei um apaixonado por estas feras !!!

  16. João Tepassé disse:

    Esses cometões são feras, se pudesse gostaria de ter um. Infelizmente só consegui viajar apenas uma vez neste onibus da Cometa de BH para SP. A viagem foi muito boa e tranquila.

    Esses ônibus da Cometa me lembra quando morava em Aruja e morava quase na beira da Dutra e o que esses Scania da Cometa davam um pau nos outros ônibus e carros em velocidade não era brincadeira.

  17. Joaquim de Souza disse:

    Ao Eric.

    Uma vez peguei este antigo partindo de São Paulo a Curitiba. Você percebe que aqueles “rabos quentes” tem um diferencial que é suspensão mais dura, porém mais baixa. E olha, colcava em 100km/ muito fácil.

    Aquela turbina ronca diferente. E tem os executivos de alumíno trucados, óbviamente motores scanias. Eles são novos e você percebe que eles foram feitos para andar mesmo. É só olhar a traseira dele e verificar que tem DUAS SAÍDAS DO ESCAPAMENTO. E isso não é a toa.

  18. Mauricio Luis disse:

    Viajei muito pela cometa para ir a Belo horizonte, tanto de leito que eram os melhores como de convencional, ia a trabalho uma ou duas vezes por mês, eram umas maquinas, andavam muito. Bons tempos.

  19. fred disse:

    Impressionante como conseguiram tirar todo o charme e fascínio que havia nos ônibus da Cometa. Fizeram um redesign no visual, mudaram os ônibus, e foi embora a personalidade dos Dinossauro. Acredito que motorista da Cometa tinha orgulho de ser motorista da Cometa, tanto quanto eu tinha vontade de ser motorista da Cometa quando crescesse. Hoje, qual é o garoto que sonha ser motorista da Cometa? Tudo bem, os tempos são outros, vai ver a culpa é minha. Abs, fred.

  20. Carlos Tavares Campinas SP disse:

    Reaalmente o Cometa é um sonho. Meu irmão realizou esse sonho, pois atualmente eh motorista da empresa e faz a linha Campinas-Santos. No caso da velocidade chegar fácil a 120km/H hj eles não podem ultrapassar os 90, senão é gancho

  21. Filipe Augustus disse:

    O seu antigo dono já falecido era o dono da maior frota de ônibus Scania do mundo!!!Eram aproximadamente 1500 ônibus!!
    Uma cena que nunca me esqueço era quando criança ainda deveria ter no máximo uns 10 anos e meu pai tinha uma Omega Suprema 3.0 Diamond,estávamos em uma rodovia a 150 Km/H quando um ônibus da viação começa deu farol e veio encostando atrás da gente,eles sempre tinham a velocidade de cruzeiro em torno de uns 130,140 Km/H e nem por isso se ouvia dizer de muitos acidentes com essa empresa,bons tempos da Cometa com esses famosos ônibus que a Scania.

  22. YPVS disse:

    Muitas empresas deviam aprender como se faz isso…

  23. Grünwald disse:

    Flavio,

    Há algum tempo (menos de um ano, imagino), te mandei umas fotos da exposição que a Cometa montou no terminal rodoviário do Tietê, em comemoração aos 60 anos da empresa. Eles montaram uma vitrine com miniaturas de todos os modelos de ônibus operados por eles desde o início.

    Pois 2008 passou, mas a exposição, não. Eles mudaram a cara do cenário, redistribuiram as miniaturas, mas elas continuam lá, lindas, para quem quer apreciar.

    Se você quiser, posso catar alguma daquelas fotos.

    Abração
    Alex

  24. Carlos Mora disse:

    Está certo Wilson, belo resgate dos GM “Morubixabas” que tinham ar condicionado com as saidas no descanso do lado direito, grande diferencial na época, fiz muito a linha RIO-SP parando em Itatiaia (Tamborindengui) para o famigerado lanchinho. Gostava muito do barulho do motor, bons tempos da via Dutra.
    Se forçar um pouco, na mesma época a Única fazia Rio-Petrópolis com um onibus com uma traseira bem louca.

  25. Luiz Alberto disse:

    Saudosa Cometa!

    A empresa era do João Havelange, ex presidente da FIFA!

  26. Marcelo disse:

    A Cometa não fechou as portas apenas aposentou os cometões, utilizando agora modelos mais novos!

  27. Rodrigo Duarte disse:

    Engraçado isso, agora lendo alguns comentários, não fui o único a viajar de Cometa pra BH algumas vezes. Já contei 2 blogueiros que também fizeram essas viagens. Apesar de perigosa antes da duplicação, aprendi a gostar da Fernão Dias, já fiz muito essa viagem de carro também, tem muito caminhão, e muita curva. Antes tinham poucas paradas decentes, só duas na estrada toda, agora tem Graal, Rodoporto Crosville, um monte dessas coisas.

  28. Joaquim de Souza disse:

    Trabalho em Sorocaba e resido em Volta Redonda e quem faz esta linha com maior rapidez é a Pluma. Mas ela é uma porcaria, toda a santa viagem só tenho aborrecimentos. Sai de sorocaba sempre as 22:00 e levo cerca de cinco horas até chegar em Volta Redonda.

    Pois bem, eu faço uma babaquice só por causa da Cometa. Pego o sentido São Paulo (Barra Funda) e de São Paulo (Tietê) pego o outro cometão (os novos da marcopolo mercedes) até Volta Redonda. Não é trucado, mas com suas rodas em alumínio você percebe que é mais macio. Ônibus limpos e pontuais, e sem falar desses mercedes roncando mais alto que os outros. Enfim, a Cometa sempre encomendou ônibus com motores potentes para seguir viagem sem reclamar e serem pontuais.

    A Cometa para mim é a melhor empresa da viação rodoviária do Brasil.

  29. Rodrigo Duarte disse:

    Pois é, eu gosto da Cometa também, já fui muito à Belo Horizonte de Cometa. Uma empresa que não me traz boas recordações é a Gontijo, ano passado minha noiva sofreu um acidente, o Ônibus da Gontijo tombou na Fernão Dias. Saiu reportagem na época e tudo, foi horrível.
    Desde então, ela só viaja de avião, ficou com trauma. E eu to ficando mais pobre, porque esse negócio de avião é realmente mais caro. Já viajei neste Cometa mais antigo pra BH, trago boas recordações, mas na época que eu me lembre não tinha ar condicionado e isso me fez falta. E o amortecedor não estava uma maravilha, mas foi uma viagem legal.

  30. Alex Martins disse:

    Que delícia descer na rodoviária de Ribeirão Preto e ver essas maquinas de perto.
    Valeu amigos, matou uma baita saudade da minha infância!

  31. antonio disse:

    Viajei bastante de Cometão uns anos atrás entre CTBA-SP e acho que até de FLOPS-SP, a primeira vez que olhei o “busão” achei que não ia chegar no destino, mas o bixinho anda e é tão confortável quanto os mais modernos, o detalhe dos motoristas é pura verdade, um barato.

    abçs

  32. Rogério Magalhães disse:

    Putz, ano passado, quando fui para BH ver o derradeiro jogo da Lusa no Brasileirão, contra o Cruzeiro, na volta eu fui agraciado com o prazer de voltar prá Sampa a bordo de um Flecha… pena que já com aquela pintura nova, modernosa, que perdeu a essência dessa coisa linda e característica dos tempos dessa foto do cartaz… mas enfim, como foi uma viagem gostosa, Deus do céu!!! Até esqueci dos 4 a 1, melancólica goleada de despedida da série A, olhando pela janela do Flecha, lá na última poltrona do lado direito, a bucólica paisagem noturna da Fernão Dias e pensando: devo aproveitar cada minuto dentro desse mito, porque logo a neo-Cometa vai sumir com eles de vez.

    A propósito, para ver como o Flecha quase “não andou” na estrada, o ônibus saiu de BH às 23h15, previsão de 8 horas de viagem, e chegou meia hora mais cedo no Tietê, à frente inclusive do modernão que saíra de BH meia hora antes… e sem sobressaltos, hehehehehe…

    Tudo isso para dizer: que iniciativa do c…. do Wilson Míccoli & cia curitibana… boa viagem para eles!

  33. jotaefe disse:

    Ok, tudo bem, os ônibus antigos da Cometa trazem muitas saudades.
    Agora, dizer que aqueles ônibus encarroçados pela CMA – CARROÇERIAS MAL ACABADAS, são melhores do que àquelas da CIFERAL é não conhecer nada sobre estrutura, leveza, acústica, fadiga de material, cálculo de torção, etc.
    O Dr Fritz Weismann fundador da antiga Ciferal, lá na Av. Brasil, Praia de Ramos, no Rio de Janeiro deve estar dando pulos de raiva na sua tumba.
    CMA, gente, trata-se de uma cópia muito mal feita.
    Vamos colocar numa balança, 3 ônibus da Cometa.Um deles encarroçado pelo Ciferal, outro pela CMA e por último um da Marcopolo.O mais leve e bem estruturado seria o da Ciferal.O mais pesado o da Marcopolo.Basta perguntar a qualquer motorista profissional qual seria o melhor para trabalhar.O Ciferal. Vida útil de 20 anos ou mais.

  34. Angelo Mello disse:

    Falando em antigomobilismo, ontem estava fazendo uma pequena (e difícil) viagem a um assentamento rural no município de Miracema -TO, quando, na balsa que faz a travessia entre Lajeado e Miracema, cruzei com os três carrinhos da “Viagem dos Sonhos”. Pena que estava sem máquina, pois poderia registrar aquelas belezuras em um cenário maravilhoso.

  35. Marcvs Avrelivs disse:

    Legal a reportagem Flávio! A Cometa também fez parte da minha vida. Tinha uma “amigona” em Belo Horizonte e geralmente pegava o leito às 21h30 na Bresser.

    Fiz amizades com muitos motoristas durante os 18 meses que viajei pra lá, a cada 15 dias aproximadamente. Confortável, silencioso, fazia ultrapassagens facilmente e geralmente andavam muito rápido. Talvez o tacógrafo fosse diferente, sei lá. Mas que eram muito rápidos, eram!

    Tempinho bão; hoje nem a estação rodiviária Bresser tem mais.

  36. Gustavo disse:

    Constantemente ando nos Cometas. Alguns modelos antigos continuam sendo bastante usados nos feriados.

  37. Edson A.Ursini disse:

    Caramba Wilson, vc me fez voltar alguns bons anos e lembrar das viagens que fiz no Cometão. Esse mesmo que vc descreve incrivelmente. Bancos vermelhos, cheiro de tuti fruti e a postura super profissional dos motoristas.
    Como muitos tem a Panair, a Vasp, os Electras no coração, eu tenho o Cometão. Que dominava a cena rodoviaria aqui em SP.
    Prá mim então, era uma loucura, pois até então eu usava muito outro mito do tranpote que era o trem ( que os caras cruelmente jogaram fora), Cia.Paulista de Estrada de Ferro. Cia Sorocabana.
    Alguem aí lembra da sensação de estar lá no ultimo, penultimo vagão do trem e olhar em direção a máquina, lá na frente, principalmente quando o bichão estava fazendo uma curva?
    Era literalmente uma viagem, mesmo estando careta.
    Valeu o seu texto .
    Abs

  38. ALEX B. disse:

    Putz, andei no Cometão quando era guri! Monoblocos de prima!!!

  39. Eric disse:

    Putz que legal!!!!!!!!!

    Dá até vontade de andar de Cometão….motor Scania….vai 120 km/h fácil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>