ELEIÇÕES 2010 – APURAÇÃO (28) | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quinta-feira, 8 de setembro de 2011 - 19:32Antigos em geral, Carros

ELEIÇÕES 2010 – APURAÇÃO (28)

SÃO PAULO (das mais esperadas) - Num ritmo alucinante de contagem de cédulas digitais e analógicas, uma das mais aguardadas categorias, com votação altíssima: os muscles nacionais. A Gabriel Araújo’s acaba de divulgar o resultado. A ele:

TOTAL DE VOTOS COMPUTADOS: 336
1) Maverick GT, 126 (37,5%)
2) Dodge Charger R/T, 113 (33,6%)
3) Opala SS, 75 (22,3%)
4) Nulos, 22 (6,5%)


34 comentários

  1. Jairo disse:

    Tirem as paixões de lado, e sejam, pelo menos de momento, um pouquinho racionais:
    O que faz render aceleração e, velocidade final, é a relação peso versus potência!
    Bonitos e bons de se “ouvir”, todos eles são, mas, querendo os fãs dos V8 aceitar ou não, o fato real, é que a relação peso versus potência do Opala, rendia uma velocidade maior no final.
    Então, doendo para o time dos V8 e, não doendo em nada para os Opaleiros, fato é, que este comparativo se resume facilmente em cálculo matemático…

  2. Dino Dragone disse:

    Sei não, acho q o Lombardi deve ter votado bem mais de uma vez pro Maverick ter ganhado. rs

  3. Marcio disse:

    É bom emitirmos opiniões embasadas em fatos. O comparativo entre os três foi publicado pela quatro rodas em março de 1976. É só acessar http://www.quatrorodas.abril.com.br , clicar em acervo digital e escolher a edição março de 76. Adianto alguns dados : velocidade máxima : Opala SS6 250 S : 189,479 Maverick GT 180,007 Charger R/T :179,563 0 a 100 Km/h Maverick : 10,85 Opala : 11,67 Dodge : 12,00 0 a 500m (s) Opala 19,62 Maverick 20,37 Dodge 21,20 0 a 1000m : Opala :31,20 Maverick 32,65 Charger : 33,62 . O Opala apesar de possuir um motor com menor potência(171 cv brutos) é beneficiado pelo menor peso 1172 Kg contra 197 cv e 1390 KG do Maverick e 216 cv e 1594 Kg do Charger . Obs: Este Charger ainda utilizava gasolina azul.

    • Paulo F. disse:

      Quando os fatos são confiáveis sim. Mas toda a torcida do Corinthians sabe que o não existia Opala igual ao que foi testado pela 4Rodas. E que a potencia do RT e do Maveco eram superiores a declarada popr causa da faixa de taxação da TRU (o IPVA da época).
      E que a Dodge esta se lixando se o RT tinha que usar azul, afinal de contas se o dono tinha bala para comprar um RT deveria ter grana para pagar a azul e o consumo médio de 5 km por litro. E a suspenção traseira do Maveco só existia no Brasil por que era uma herança do Aero e mais barata de fabricar. O Greco nos seus carros de pistas trocou as lâminas por elementos de plásticos e colocou conjuntos de mla e amortecedores integrados para “auxiliar” os “avançados” feixe de mola. Números são uma maneira fácil de mostrar ou ocultar a realidade.

  4. Tiago Mio disse:

    Os dois só ganharam pelos seus motores V8 e pelo desing esportivo americano e porque os dois tem origem norte amricana. Mas o Opala SS 250/S com o motor 6cc deu uma surra no Maveckão e no Dodge. Isso sem falar que o Dodge Charger R/T tinha 216cv a 4.400rpm e Maveckão tinha 197cv a 4.600 e o Opalão tinha 141cv a 4.800.
    Entre os 3 carrões o Opalão era o mais leve com 1.172kg (aferido), e o Maveckão com 1.390kg(aferido) e o Dodge com 1.594kg (aferido).

    http://quatrorodas.abril.com.br/acervodigital/home.aspx edição de março 1976.

  5. Álvaro Azevedo disse:

    Pelo que sei o Opala 250/S deu um cacete nestes dois carros durante o seu tempo. Maverick até que é legal, mas não faz curva e não freia, além da suspensão traseira de carreta…mas é bonito. O Charger R/T é um puta carro, mas o peso da barca jogou contra. O eterno guerreiro Opala, provou em sua história que 6 é mais que 8 !!! Opala4ever!

    • Paulo F. disse:

      Seis é OITO menos dois. O nome dado ao motor 6 é Stovebolt. Foi feito pela primeira vez em 1929! Moderno não?
      Quanto a andar mais ou menos qualquer dos tres devidamente preparado fazia estragos e havia nichos, na Divisão 4 por muito tempo não houve páreo para o AVALLONE-CHRYSLER .
      As fábricas não estavam muito interessadas em confrontos diretos entre seus produtos nas pistas, e a rivalidade Mavericks X Opalas nas pistas foi uma coisa efemera. Primeiros Opalas, e quando o Greco veio com o Berta, a categoria acabou!

  6. Reinaldo Silveira disse:

    Que beleza, adoro (e tenho) os três!
    Votação equilibrada, concordo com os resultados. O Maverick GT da foto é meu. Foi fotografado pelo Fabio Aro em Paranapiacaba.
    É um GT V8 74, com quadrijet e comando. muito rápido.
    Tenho um R/T 78 automático e estou restaurando um R/T 72, mecânico, que espero ande mais próximo do GT.
    Meu Opala é um Gran Luxo 73, cujo 4100 original converti em 250S e aumentei a taxa de compressão. Anda bem, mas longe do GT.

  7. retka disse:

    dou benga em opala com meu gol gti quadrado! merecida vitoria grande mavecao , opaleiros se conformem , 1 maverick 2 dodge charger 3 meu gol 4 opala.

  8. Thiago Azevedo disse:

    Justíssimo, venceu o mais belo. Esse laranja aí ta demais!