PREPARANDO O MOÇO | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quarta-feira, 31 de maio de 2017 - 17:41F-1

PREPARANDO O MOÇO

giovibonecoSÃO PAULO (e ele é bom) – Antonio Giovinazzi está escalado para sete treinos livres pela Haas em finais de semana de GP a partir de julho.

É um claro movimento da Ferrari para preparar o jovem italiano para um futuro que não está muito distante. Raikkonen está muito mais perto de parar do que de continuar. E o outro sonho ferrarista, Sainz Jr., está fortemente amarrado à Red Bull.

Giovinazzi já disputou — e bem — dois GPs neste ano pela Sauber,  no lugar de Wehrlein. A Haas tem uma parceria de longa duração com a Ferrari e, claro, não se opôs ao pedido de Maranello.

Quem se estrepou com a negociação foi Magnussen. Antonio vai usar o carro de Grosjean apenas no México. Nas outras seis oportunidades, quem ficará assistindo a tudo de dentro dos boxes será o dinamarquês.

Quer deixar um piloto louco da vida, tire dele um treino livre de sexta-feira. Mas são os ossos do ofício.

16 comentários

  1. João Ferreira disse:

    Já que a Formula 1 não impõe limites orçamentários para as equipes, devia forçar as grandes equipes a pagar os treinos de pré-temporada para as equipes pequenas que usam seus motores e pilotos, se não quiserem limites nos seus orçamentos.

    Ou seja, montadoras que fornecem motores para duas ou três equipes fica livre de limite de orçamento, mas desde que ajudem no desenvolvimento, nos treinos e equipamentos dos times mais fracos.

    Se a montadora não fornece equipamentos para 2 ou 3 equipes, ficam limitadas no orçamento, treinando somente em dias específicos, escolhido pela categoria.

    Esta regra também podia ser aplicada na distribuição de prêmios, quanto mais motores, maior a fatia recebida.

  2. Gilberto disse:

    Rosberg na vaga do Kimi ? Seria bom não acham.

  3. Hugo X disse:

    Não é o Ricardo Zonta na foto?

  4. Leandro disse:

    Tenho minhas dúvidas do Sainz estar “amarrado fortemente à Red Bull”, hein!

    Ele e o pai já falaram – vi aqui – que não querem mais um ano de Toro Rosso. A Renault, que tentou ele, renovou com Palmer por apenas um ano – pra mim, isso é esperar fim de contrato.

    Sainz só subiria se Ricciardo e Verstappen saíssem, e pra mim eles não largam a latinha. Se vier nova proposta da Renault, ou até proposta da Ferrari, ele aceita.

  5. Paulo F. disse:

    A Ferrari tem que fazer um acordo com a Yamaha e trazer a dupla Rossi-Maverick para a F1!
    Ia ser show!!!!

  6. joel lima disse:

    Gosto muito de Kimi, como piloto e personagem (a temporada 2005 dele eu considero a melhor) mas infelizmente a volta dele à Ferrari tem sido decepcionante. Quando cheguei de viagem no domingo e vi nas manchetes que havia suspeita de jogo de equipes pra dar a vitória a Vettel, fiquei puto. Mas aí fui ao blog do Flávio e vi que a verdade é que Vettel ganhou no braço e ponto final. Curti muito o retorno de Kimi na Lótus, trazendo pras gerações novos um pouquinho do que foi esse nome pra F1 (eu tinha uma revista dos anos 70, que comprei num sebo, que definiu a Lotus como a Ferrari negra rs ). Se a equipe tivesse continuado, provavelmente ele estaria lá até hoje e quem sabe até poderia ter tido mais vitórias. Por mais controverso que seja Alonso fora das pistas fico imaginando que duelo seria Vettel e Alonso na Ferrari de hoje. O que Alonso guiou nas 500 milhas, sendo sua primeira vez, largando em quinto, mostra que ele realmente é um piloto excepcional.

  7. Charles Camara disse:

    Nada mais que um novo Fisichella.

  8. Fernando disse:

    Giovinazzi foi bem? Destrui o carro da Sauber duas vezes na China..

  9. valter rodrigues disse:

    Se é para preparar o Antonio, que seja logo no seio da Ferrari, em todos os treinos livres até o fim da temporada, substituir Kimi em alguma prova quando este estiver com saco cheio. Não sei prá que usar a Haas como escada. A não ser que ainda não confiem no potencial do Antonio.

  10. Pedro Diniz disse:

    Será que a Ferrari quer mesmo um jovem piloto a tão curto prazo? Não é da cultura de Maranello isso.
    Saiz é uma opção boa para substituir Kimi, mas existe uma melhor, que é cria da escolinha da Ferrari e já vem há muito tempo mostrando rapidez e consistência acima da média: Perez.
    Será que o passado de ter “pulado fora” da Sauber e da “linha de progressão” do programa da Ferrari pra ir pra McLaren em 2013 ainda pesaria contra ele? Desde 2014 ele tem feito um puta trabalho na Force India, com alguns pódios beliscados e raríssimas corridas fora dos pontos, merece demais atenção da sua “velha casa”.

    • moisesimoes disse:

      - Ótimo comentário. Toinho não pode furar a fila, coisa nenhuma.
      Ver Perez e Sainz estacionados desde 2014 é uma prova de que a F1 goza em capitalizar vitórias, poles e voltas na liderança nas mãos de uma equipe só. As migalhas são aos menos perdedores. Que espere a tua vez de ser promovido e que a tua equipe seja dominante ou senão nunca serás alguma coisa na vida (da F1).

      Maldonado ganhando corrida e Kimi ganhando com Lótus, Perez e Koba arrebentando com pódio, oito vencedores diferentes ganhando na temporada e nego reclamando que é só por causa do pneu. Eu achei foi bom. Foda-se que é por causa do pneu.

      Enfim, e se for pra outra categoria, Indy por exemplo, é ruim e não presta. E é aposentado. Né, Bourdais? Né, Takuma?

    • Leandro disse:

      Pérez é a melhor opção mesmo. Mas a Ferrari já vacilou um monte de vezes com eles estendendo tanto o contrato do Kimi que eu acho que vão ser incompetentes o suficiente pra deixá-lo passar.

      Se for pra Ferrari, bom. Se não for, que vá pra Williams pra livrar a F1 do Stroll.

  11. rama disse:

    Espero que venha pro lugar de Magnussen. E que Carlos saia da Toro Rosso em breve. Ele já está demonstrando há algum tempo que merece algo melhor.

    • Leandro disse:

      Sei não, Grosjean tá reclamando demais dos freios, não tem essa moral toda e já deu o que tinha que dar. O Kevin, no bom carro da Haas, tá se saindo bem melhor que ano passado além de ser um piloto com margem pra evoluir, mas não muito cru.

      A princípio, eu ficaria com o dinamarquês e o italiano. Mas se Charles Leclerc ganhar a Fórmula 2, não seria má ideia botar os dois garotos, que parecem ter mais talento do que Grosjean e Magnussen jamais sonharam em ter.

  12. lisandro disse:

    Flavio,
    Dê uma olhada no vídeo muito legal da Renault com o Prost e o Hulkenberg, lançado hj.
    https://www.youtube.com/watch?v=G1VqBWKtLm4
    Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>