MENU

segunda-feira, 14 de julho de 2008 - 18:36Automobilismo brasileiro

MUSCULOSOS

.

SÃO PAULO (e velozes) - Roberto Fróes de vez em quando escorrega do pedestal de dois tempos e três cilindros e confessa sua admiração pelos “muscle” brasileiros que, nos anos 70, desfilavam pelos nascentes autódromos brasileiros. Dodges e mais Dodges, barcaças vorazes e valentes, sem medo de curvas ou retas. Selecionei quatro imagens. A blogaiada vai se divertir tentando identificar pilotos, temporadas e, claro, circuitos. Ah, clique nas fotos para vê-las em tamanho maior. São lindas.

18 comentários

  1. ALBERTO RODRIGUES disse:

    Assim como o Roberto Magalhães também tenho certeza que as 3 primeiras fotos são do autódromo de Brasília. Saudades das corridas que não acontecem mais por aqui.

    Alberto Rodrigues

  2. Hernani TI4 disse:

    O Claudio Ceregatti disse tudo….

  3. Jorge Costa disse:

    Nao tem como nao ser saudosista, essas corridas e que nos levavam aos autodromos do Brasil inteiro, hj nem corrida de graça nos faz ir aos autodromos tamanha a burocracia, falta de organizaçao e mtas outras coisas, que emprobecem nosso falido automobilismo.

  4. Luiz Guima disse:

    O Dojão da foto da direita parece ser o do Leopoldo Abi-Eçab. Impressionava pela beleza e ronco, mas pecava pelo desempenho. A foto foi feita no Pinheirinho (interlagos). Não tem nada a ver com Brasília.

  5. Edgar Souza disse:

    Meu pai comprou o amarelo, deu uma melhorada na pintura dos patrocinadores e fez algumas corridas com esse carro no começo dos anos 80.

  6. O Dodge da quarta foto era do Leopoldo Abi-Eçab e andou na Divisão 3 nos anos 70.

  7. Antonio disse:

    Quem estiver com saudade das corridas de Dodge é só acompanhar os campeonatos Paranaense e Catarinense de Velocidade na Terra. Há muitos anos existe uma categoria só para os dojões.

  8. Tiago Pastorello disse:

    F.O.R.D. = Fui Obrigado a Rebocar um Dodge.
    Pena que o Maverick levava todas na época =X
    Como um bom fordeiro não poderia deixar a brincadeira de lado =P~

    Mas todos os méritos para os Dodges, valentes Dodges.
    Primeiro V8 que acelerei foi um 318… exelente!

  9. Eric disse:

    A quarta foto é a entrada da fantástica porém multilada Ferradura.

  10. joir disse:

    Estas corridas eram muito boas e divertidas em Brasília e eram bem disputadas. O do som dos motores eram pura sinfonia para os nossos ouvidos.

  11. Leandro Sanco disse:

    Aqui no RS a Turismo 5000 também deixou sua marca. Aos poucos venho resgatando e publicando uma série de imagens dos Mavericks e dos Dodges.
    Acessem o http://blogdosanco.blogspot.com/search/label/Turismo%205000
    e divirtam-se. Por falar nisso, na próxima semana publicarei mais algumas, pois entrei em contato com dois pilotos de Passo Fundo que compraram os dois melhores Mavericks que correram na Divisão 3 e eles me cederam muitas fotos.
    Abraço,
    Leandro Sanco

  12. Paulo Sousa disse:

    A última foto, com o Dodge sendo perseguido pelo valente Fusca, mostra o que poderia ocorrer também na Superclassic: trazer os Mavericks que andam na força livre para andar na Superclassic Divisão 3. Ia ficar um belo show.

  13. Pedro B. disse:

    Mas e os Mavericks?

  14. Claudio Ceregatti disse:

    Diga lá, Jovino!
    Brasília, Dodges, tudo a ver…

  15. Rogério Magalhães disse:

    É, as três primeiras, se eu estudei bem no blog de um grande comparsa nosso, são de um campeonato que tinha em Brasília no final da década de 70 e começo de 80… aliás, histórias muito boas, de carros que roncavam bonito…

  16. Frederico Maia disse:

    As três primeiras com certeza são em Brasília. Eu lembro dessas corridas até meados da década de 80.

  17. Roberto Fróes disse:

    Cheguei a testar um desses (um Dart sedan), mas o patrocinador desistiu de bancar… Era a formula Rio.
    Um carrão! Foi assustador acelerar um bicho desses na madrugada, em torno da Lagoa Rodrigo de Freitas, onde foi feito o teste. Deixou saudades…

  18. Luis F. disse:

    devia ser uma maravilha poder ver e ouvir ao vivo os carros rasgando o silencio com os 8 cilindros berrando …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>