MENU

quarta-feira, 24 de setembro de 2008 - 11:38A1GP

QUEM, MESMO?

SÃO PAULO (bad day) – Emerson Fittipaldi esteve ontem em SP para falar da equipe brasileira da A1 GP. A novidade é o piloto, Felipe Guimarães. Não conheço. Tem 17 anos. A cobertura completa está no material do Bruno Vicaria no Grande Prêmio. Os carros serão feitos pela Ferrari nesta temporada. São bem bonitos.

29 comentários

  1. Assim como alguns colegas acima citaram, ele anda muito, eu vi ele crescer no Kart, dei petelecos nele no kartódromo e como citaram ele chegou onde chegou pelo talento e pela determinação.

    1ª corrida na Indy light´s neste fim de semana 04/07/09 chegou em 3º.

    Se ele consegui ir para europa e corre na GP2, ele certamente estará na F1, e essa possibilidade existe, por nós pilotos e ex-pilotos conhecermos o Nelsinho, que concerteza poderá ajudá-lo na Europa.

  2. marcelo torquato disse:

    po entao, eu corri na msm equipe (do geraldo) que o felipe em 2002 e 2003, sendo que em 2003 estavamos na msm categoria (Junior maior), corri o paulista, o brasileiro, o brasiliense. corri com gimenez nicastro souza e etc. o unico capacete em que eu respeitada e tremia quando saia dos boxesnos meus 5 anos de kart era aquele amarelo, vermelho e cromado com as letrinhas do lado “Felipe guimaraes”. o moleque é um piloto completo.

  3. Raphael Ramos disse:

    Quem mesmo?
    Isso não é pergunta que um blogueiro ligado ao automobilismo deve fazer. Mas acho que o problema é o bairrismo. FG jamais iria ouvir falar no “Guima” nos boxes de qualquer kartodromo paulista, que suponho ser ser o reduto do ilustre bloger. Aqui em Brasília ele é unanimidade entre quem anda, quem acerta e quem acompanha kart.
    Não podemos culpar o pais pela pouca divugação de nossos talentos no esporte antes de criticar aqueles que divulgam notícias e fatos.

  4. FerAva disse:

    Que isso, Flaviao. O Felipe eh o campeao brasileiro de kart de 2008, nas horas vagas que nao estava na Inglaterra na disciplina de aprender a lingua nova- e a comida, e o frio…tem um total de uma temporada brasileira de F3 como experiencia de carros, mais os poucos rookie sessions que andou conosco na A1 e os 450hp, e ja chegou em Valencia em Junho, na EuroSeries 3000 pela primeira vez, e simplesmente meteu a pole-position, com inclusive o Roldan Rodriguez refugiado da GP2, e em casa. Andou forte a(s) prova(s) toda(s), nenhum erro. Detalhe: assim como todo mundo, ele ‘encostava’ a roda na faixa branca de saida do box – direita do piloto – ao se preparar para mergulhar na curva 1, a esquerda. Porisso, foi protestado e retiraram sua volta mais rapida na classificacao. Infelizmente – para os outros – as 3 voltas mais rapidas da sessao eram dele, e ele continuou na pole mesmo depois da punicao…Andou muito bem em Mugello tambem, em Julho, com o mesmo carro. Tem mostrado que fizemos a aposta certa, e tenho certeza que vai mostrar mais durante essa temporada para nos. Claro que todos sabemos que trocar de pilotos com a frequencia que tem acontecido na equipe eh muito ruim, mas nem todas as vezes isso estava sob totalmente sob nosso controle…isso atrapalha ate os proprios pilotos que passaram pela equipe, pois nunca conseguiamos dar um carro a altura deles. Mas, olhando para a frente com o que temos, continuamos o esforco para dar algumas oportunidades internacionais, de cavalagem, para varios pilotos jovens brasileiros que nao a teriam de outra maneira, em um ambiente profissional e que os prepare para os proximos passos. Fiquem de olho.

  5. MSM disse:

    Não conheço esse piloto, mas é muito jovem e se a equipe não cometer o erro de trocar de piloto várias vezes no campeonato, como foi no ano passado, ele poderá mostrar se tem condição de ser campeão. Bem lembrado num post acima que enquanto o Sergio Jimenes estava pilotando, a equipe estava progredindo bem, mas depois caiu. Vamos torcer pelo Emerson e pela equipe brasileira neste campeonato que eu pude assistir e gostar desde o ano pasado, já que a Rede TV transmitiu as provas principais (entrei no site da categoria e ela está relacionada para a transmissão deste ano, só não vi nenhum anúncio na programação). E os carros feitos pela Ferrari estão bonitos pra caramba!!!

  6. Marcos Reis disse:

    Já tive o privilégio de levar um pau dele aqui no kartódromo do Guará! Pode acreditar, FG! O cara é fera!

    Teve que competir fora de Brasília pois por aqui ninguém era páreo… Pode acreditar no Jeba (que não conheço) e no Murilo Mori ( já levei pau desse aí também no Waltinho Ferrari)

    Se quiser levar tempo dele também participe das 6 horas de Brasília em dezembro…

  7. Jovino disse:

    Só para complementar o que todos falaram a respeito do Felipe. O Emerson não é bobo e de todos os pilotos que passaram pela equipe que ele dirige, porque não os efetivou? Dinheiro para a equipe, com certeza ele não está levando, como disse o Renato, o pai dele foi lavador de carros e um excelente piloto que dava show quando tocava, mas isto é coisa dos brasilienses que tiveram a oportunidade de vê-lo guiar. Então, vamos dar tempo ao tempo e torcer para que este talento realmente possa mostrar o que pode fazer, porque uma coisa a gente tem que ter consciência: depois de Felipe Massa, Nelsinho Piquet ou possivelmente o Lucas Di Grassi, o Brasil não tem mais niguém para chegar a formula 1.
    Jovino

  8. renato major disse:

    Pois é, assim fica dificil. A imprensa especializada que o senhor se inclui nela, já que tem um site no assunto, e participa de um programa sobre o mesmo tema, num conceituado canal esportivo “caga e anda” pro automobilmo nacional, ou pro Kartismo, que seja… Criticar, “meter o pau”, isso é facil, qualquer babaca faz, agora ajudar que é bom, nada. Não sabe quem é Felipe Guimarães demonstra no minimo que o senhor nunca leu nada sobre kart, não se interessa pelo assunto, mas “meter o pau” o senhor sabe. O pai do rapaz já foi lavador de carro, um batalhador que teve o sonho de levar seu filho ate a Formula 1, ainda não conseguiu, mas chegou mais perto do que muitos. O seu blog, que o senhor se gaba de ter milhares de acessos poderia ser usado para ajudar quem realmente que chegar la e não tem berço de ouro como é o caso do Felipe. Como arrumar patrocinio, se ninguem fala nada de ninguem no kart. Pra falar tem que pagar? Quando não paga, o comentario que vem é esse menospresando todo um trabalho. AJUDE e não ATRAPALHE!

  9. Robson disse:

    Felipe, no meio automobilístico, com certeza e muito conhecido e sem dúvida é promessa, só precisa de muito sorte e uma série de fatores, mas para variar, no Brasil o que tem de gente para secar um campeão ou aspirante a campeão é impressionante.

  10. Speed Racer disse:

    Felipe pode ate ser um bom piloto mas falar que ele foi o melhor que sentou na A1 GP é demais.
    Ninguem se lembra do que o Jimenez fez ano passado e esse ano la? O Brasil não subia no podium a 42 corridas, o cara foi la e carregou o time do Brasil nas costas e levou para o podio.
    Depois que tiraram ele de la, o Brasil fez miseros 6 pontos.. enquanto o muleke fez 38,sendo que o Brasil comecou muito mal o campeonato tmando 40 segundos nos pit stops..
    O Brasil realmente esta muito mal na parte de imprensa no automobilimso,porque não acompanham nada do Kart, que é aonde nasce os pilotos e aonde realmente vemos corridas bonitas.

  11. Fernando Kesnault disse:

    Tudo bem pessoal, acredito que seja uma “promessa” mas daí a ser uma “estrela” tem que ter muito mais do que ser rápido, tem que ter sorte e estar no lugar certo na hora certa e cá entre nós é muuito difícil, não impossível, mas muito difícil de “emplacar” e pior e se ele for queimado como disse nosso amigo Fábio acima?? Um abraço a todos os amigos e até mais.

  12. Diretor disse:

    É verdade, em Tatuí dá prá fazer miséria mesmo.
    Mas não consigo me lembrar de misérias que ele tenha feito em Interlagos, Granja Viana, Aldeia da Serra.

  13. Eric disse:

    O primeiro sobrinho é kartista sim….fazia miséria lá em Tatuí…..

  14. Diretor disse:

    Gómes, a propósito……..
    Deixei rolar este moooonte de comentários sobre o garoto, só para ver como o pessoal que acompanha o kart ia se manifestar.
    Acredite quando lhe digo, que conheço um pouco do assunto e faz tempo.
    Toda essa moçada que fez e faz sucesso no automobilismo, obviamente é oriunda do kart (com excessão do 1º sobrinho, que ninguém nunca viu andar por aqui. Ele não é kartista e isso ainda vai fazer falta pra ele), e por essa razão vale a pena acompanhar mais de perto o nosso kartismo, apesar de um monte de barbaridades que acontecem; isso não vale a pena comentar; e lhe digo isso porque você é automobilista e se interessa por tudo que tenha graxa. Entendo razoavelmente que em seu blog e no GP, só apareçam assuntos das categorias “Top” e que também tem muito site e blogs que falam do kartismo, no entanto acredito também que o GP que tem muito boa repercussão poderia tratar desta modalidade de uma maneira diferenciada. E mais, daria a seu staff possibilidades inclusive de entender mais e melhor muita coisa sobre dinâmica de uma corrida (vide Hamilton) e que o kart tem de sobra, sem contar que aí teriam também a chance de acompanhar desde o início os Felipes, Sérgios, Danilos da vida. Naturalmente o que lhe digo não é novidade nenhuma para você, que já andou de kart e sabe como é dificil guiar um, porém acho pertinente o momento para falarmos do assunto.

    Abs. Gómes.

  15. Hélio disse:

    O Felipe é um dos melhores novos talentos dos últimos anos. Como o kart não é divulgado, e a F-3 tb está cada dia mais perdendo espaço nos veículos (ele fez um ano lá, 2006), o nome dele é pouco conhecido. Se o Flávio Gomes não conhece, imagine o resto do pessoal. Mas o Felipe é muito bom mesmo, como mostra o currículo dele postado em outras mensagens aqui. É uma lástima as pessoas se perguntarem quem ele é. Êta país que abandona o esporte. Êta imprensa fraquinha que nós temos. De uns anos para cá, só existe quem está em algumas categorias mais divulgadas ou no círculo da F-1. Isso está matando o kartismo. E matou o nosso automobilismo de Fórmula. Em breve, vamos pagar caro por isso.

  16. Manoel de Queiroz Neto disse:

    Felipe Guimarães ganhou, no kart, três Campeonatos Panamericanos, três Brasileiros e cinco Copas do Brasil, para listar apenas os mais importantes.
    Claro que não garante sucesso futuro, mas até aqui é um belíssimo currículo.
    Quando puderem, vão vê-lo pilotar, mesmo no kart. Garanto que é de encher os olhos.
    Abraço a todos.

  17. Murilo Mori disse:

    Apenas para corrigir e completar as informações sobre o Felipe guimarães, o “66″.
    Títulos no Kart. tricampeão brasileiro 2000/2005/20008
    tricampeão da copa do Brasil 2005/2006/2007
    tricampeão panamericano 2004/2005/2006
    Nos monopostos disputou uma temporada de F3 sulamericana com duas vitórias e sete podiums. Neste ano fez apenas 4 corridas na Euroseries 3000, com pole e melhor volta em sua primeira corrida e segundo lugar na prova após ser tocado pelo rodlan rodriguez, vencedor.

  18. Rodrigo Moraes disse:

    Dá vontade de mandar meu currículo. Tenho um recorde de 20 vitórias em 23 corridas no kart indoor. Acho que minha maior oportunidade na vida de andar com uma Ferrari é correr na A1GP.

  19. Leonardo disse:

    Atual campeao brasileiro de kart graduados A. Ganhou do Dirani e Jimenez. Correu de F3 ano passado.

  20. Murilo Mori disse:

    Gomes, nós aqui de Brasília conhecemos bem o Felipe Guimarães. Conhecido como “66″ o número de seu kart, e também número que seu pai, Wellington usava quando piloto de kart, muito bom piloto por sinal.
    Ao contrário do que diz o Fernando aí em cima, ninguém ainda ouviu falar dele exatamente porque não tem dinheiro de sobra como outros, o que o moleque tem de sobra é talento!
    Sobrou no kart sendo tetracampeão panamericano, fez boas corridas, ganhando algumas na F3, com apenas 16 anos, e botou tempo nos mais famosos treinando pouco na A1. Fez recentemente uma corrida na world series e fez na pole em sua primeira corrida. Pode até não vingar como aconteceu com tantos outros, mas tenham certeza que o moleque é muito bom.
    Abraço.

  21. Thiago Sala disse:

    Gomes ele tem só 17 anos, estava no kart e andava bem, espero q com essa chance ele mostre algo, melhor do q colocar macaco velho q não vai pra frente…
    Mas com 17 ou 18 anos vc não vai conseguir saber quam é se não for procurar e pesquisar da forma correta

  22. granito disse:

    Flávio , toma “Phosphosol”, isso é idade chegando, esse piloto ai vc já falou dele no programa Limite em reportagens da F3 sulamericanahehehe

  23. Jeba disse:

    Fernando, o Felipe Guimarães, brasiliense como eu, certamente não se trata “daqueles que vem só trazendo grana pra equipe”. Primeiro porque o pai do Felipe vende carros usados aqui em Brasília, quero saber que vendedor de carros usados tem condições de bancar o filho na A1GP? Só se vender Ferraris, Lamborghinis, Porsches e Maseratis, o que não é o caso…

    Como nosso amigo Jovino disse, trata-se de um dos melhores kartistas do Brasil no Século XXI, eu tive o privilégio de o ver nascer nas pistas, sofrer acidentes sérios (ele quebrou a clavícula em uma disputa com 10 anos de idade), e desenvolver-se como piloto. Felipe é bicampeão brasileiro e hexacampeão da Copa do Brasil de Kart, além de muitas vitórias na F-3 Sul Americana.

    Até mais!

  24. Fabio disse:

    Segundo o Sr Jovino de Brasilia, o piloto Felipe, possui um bom corrículum nas categorias de base, porém, acredito que o Emerson Fittipaldi deveria optar por alguem mais experiente. Todos esses anos na categoria e um rodízio louco de pilotos dentro da equipe, só pode acontecer nesses resultados medíocres os quais temos vistos. Sem falar no risco de se perder uma promessa do nosso esporte diante de mal resultados. Está na hora do Emerson rever o que se pretende na categoria.

  25. Diretor disse:

    Gómes, coma vais?

    Grande piloto. Andou “muito” no kart e é rapidíssimo. Batia bem também. Mas sem dúvida um talento excepcional. Já andou de monoposto e enfiou tempo em quem já estava lá. É daqueles que só trabalha com o giro em cima. Se tiver cabeça e o Emerson souber lidar com ele, vai ganhar coridas.

    Abs.

  26. Marcelo disse:

    Muito pelo contrário, Felipe não está trazendo um tostão se quer. A única coisa que ele levará para equipe é talento, que tem de sobra. É o melhor piloto que já sentou neste cockpit do time do Brasil. Vocês ainda vão ouvir falar muito deste garoto. Não é a toa que o Emerson vem apostando nele desde a temporada passada. Vocês têm que acompanhar mais o kartismo brasileiro, é lá que surgem os talentos, e nos últimos anos Felipe é o nome do kart Brasileiro.

    Um pouco do “pequeno” currículo do Felipe

    Vários campeonatos palista e brailiense
    Tricampeão Brasileiro de kart
    Pentacampeão da copa brasil (recordista do torneio)
    Tricampeão sulamericano de kart
    Campeão da seletiva petrobrás
    4 na F3 sulamericana…

  27. Leandro Briese disse:

    Gomes, tu fizeste a mesma pergunta quando o Raphael Mattos foi escalado para a equipe brasileira da A1 GP…de repente, desponta mais um grande talento…

  28. jovino disse:

    Flávio, o piloto Felipe Guimarães é aqui de Brasília e o conheço desde quando tinha 6, 7 anos. Foi várias vezes campeão brasiliense em diversas categorias que passou, correu muito o campeonato Paulista, não me recordo se foi câmpeão, disputou várias vezes o brasileiro, se não me engano, foi campeão e foi 2 ou 3 vezes campeão sulamericano de kart.
    Pode guardar este nome, ano passado ele andou treinando na A1GP e botou tempo nos pilotos titulares e, com certeza, se tiver oportunidade será uma grande promessa.
    Jovino

  29. Fernando Kesnault disse:

    Felipe Guimarães, nunca ouvi falar, deve ser daqueles que vem só trazendo grana prá equipe, que lástima que estamos a viver em nosso país com relação à pilotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>