BOA NOTÍCIA

SÃO PAULO (e bom começo) – Primeira consequência da mudança de comando na CBA: a categoria Biland voltará a fazer parte do Paulista de Kart neste ano, com seis rodadas duplas em três categorias diferentes. Proscrita pelo ex-presidente Paulo Scaglione, que não aceitava a existência de ligas independentes como a Linea, a Biland foi excluída do Paulista no ano passado por decisão da FASP, alinhada com as “otoridades”. A categoria foi chamada de “pirata” e aqueles que participassem de suas corridas foram ameaçados de cassação da carteira de piloto. Alguns foram proibidos de correr em campeonatos ditos “oficiais”, promovidos pelas federações estaduais. Outros perderam efetivamente suas licenças e entraram na Justiça. Espero que esses processos todos sejam extintos, e que todos corram à vontade no país, seja pelas federações, seja pelas ligas independentes. Seria uma boa medida do novo presidente, Clayton Pinteiro, anunciar logo de cara que não tem nada contra as ligas e que, como fará Obama com Guantánamo, revogar todas as cassações promovidas pela autoritária gestão anterior.

Paulo Breim, dono da Biland no Brasil, garantiu que as competições promovidas pelas ligas, como a Linea, continuarão existindo, no que depender da marca que representa no país.

Subscribe
Notify of
guest
13 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
ALEX B.
ALEX B.
12 anos atrás

Cara, sensacional! Se non e vero…

Guijeta
Guijeta
12 anos atrás

Obrigado pelas respostas!
Valeu!
Abs

Diego Portugal
Diego Portugal
12 anos atrás

“fascismo”

Diego Portugal
Diego Portugal
12 anos atrás

Aquela de proscrever o campeonato Biland foi mais uma das demontrações de facismo explícito da CBA de Scaglione. Só faltou mandar prender, bater e queimar os parentes.

Milton
Milton
12 anos atrás

Porra, finalmente, depois de anos, uma no cravo! VIVA!!!!!

Comecemos assim, com um Kart estruturado e barato. Depois disso, uma categoria junior de monopostos barata, competitiva e preparatória de verdade, e um campeonato de turismo (como um Brasileiro de Marcas) sério de verdade, e o automobilsmo nacional se reergue sozinho. Porque, amante disso tudo, no Brasil inteiro, existe. Só falta incentivo.

Peguem o exemplo de como era o campeonato de brasileiro de Marcas no começo da decada de 90 e as F-Chevrolet/Ford também dessa mesma epoca, e vocês verão que eu não estou falando bobagem…

E outra: precisamos de Kart e precisamos de monoposto urgente no Brasil, porque uma hora Massa, Kanaan, nelsinho, etc. se aposentam, e quem vai ficar no lugar??

Já diria Chico lameirão: “Piloto brasileiro é grife”. Mas do jeito que estava, a grife estava fechando…

SAULO NOVAES
12 anos atrás

Para Guijeta e Ricardo: o assessor de imprensa da Biland é Rafael Durante – rafaeld@terra.com.br (11) 7320-8666. Ele pode responder algumas questões.

Flávio Gomes: isso tudo de proibição fora os jornalistas ameaçados e processados, caso do próprio Rafael Durante.

Espero que a nova CNK com Felipe Giaffone e Binho Carcasci funcione tanto quanto vêm funcionando perfeitamente nos últimos tempos os campeonatos administrados por eles.

Outra coisa é a entrada dos motores Fireball no campeonato e uma categoria nova, criada pelos irmãos Carcasci e por Giaffone, a Super Cadete. Ela preenche um espaço e prepara melhor os pilotos que correm no exterior.

Danilo Gaidarji
Danilo Gaidarji
12 anos atrás

Não sei se interessa, mas duas informações:
1 – O “Kim”, Sr. Cleacir Scaglione, é irmão de nosso antigo presidente. Logo…
2 – Está no site da FASP: Foi criada uma categoria para Novatos e Estreantes, com etapas junto ao Paulista de Velocidade. Diz o informativo que não podem participar pilotos graduados, o carro tem de ter 4 cilindros, com rodas e pneus de fábrica. Obrigatório o uso de gaiola de segurança, e etc. Custo de filiação e inscrições baixos. Preços módicos, venham correndo!!!

Será que sai isso???

Ricardo Barbosa
Ricardo Barbosa
12 anos atrás

Guijeta, entre em contato pelo telefone do pessoal do Paulo Breim que eles vão te passar mais informações. Se não estou errado a formula será a mesma dos campeonatos anteriores (com custo em R$ 1.500,00) sendo que dois pilotos podem dividir o kart desde que um seja Graduados e outro Senior/Super Senior. O que vai mudar é o sistema de pontuação que não será mais acumulado (pontuação da dupla).
É o que sei até agora, seria bom você confirmar

Victor Dutra
Victor Dutra
12 anos atrás

Vitão, não entendi o que vc quis dizer pois o “Cagalione” sempre foi contra as provas de arrancada….
Vcs acham que com essa mudança no comando o automobilismo Paulista sai ganhando ou perdendo? Se não me engano o Kim é parente do Scaglione e tem forte influência na Fasp e por isso as coisas não caminham direito.
Na minha opinião Interlagos ainda está abandonado e as provas que tem hoje no autódromo são só para cumprir calendário. Tomara que agora a CBA veja de outra forma o automobilismo e faça de SP um exemplo para todo país inclusive liberando o arrancadão que realmente traz público para a arquibancada.
Sobre o Kart foi uma vergonha o que aconteceu no passado e precisa ser revisto. Mas vamos comemorar esta nova fase da CBA!

Guijeta
Guijeta
12 anos atrás

Boa tarde a todos,
Procurei no site da Biland informações sobre como funcionaria o campeonato paulista biland de 2009, porém não há nada referente ao assunto, apenas informações sobre anos anteriores.
Alguem sabe me dizer onde posso encontrar?

vitão
vitão
12 anos atrás

a gente podia fazer um bem pra humanidade e a favor do combate ao aquecimento global e tornar proscrita a turma do “arrancadão by Cagalione” . Seria legal ver essa turma se mexer e ver como doi um banimento.

victor freire
12 anos atrás

ótima notícia. agora só falta ele fomentar a construção de mais autódromos (principalmente no nordeste), ressucitar os clássicos brasileiros ainda existentes (como jacarépaguá), ressucitar a f-3, colocar uma categoria de monopostos no lugar da f-ford e da super-v, fazer uma categoria decente de entrada no turismo, fomentar o rally…

Eric
Eric
12 anos atrás

Ótima noticia hein….essa Biland me mexe a cabeça faz tempo….até pelo custo ser bem mais baixo……

Tomara que o novo presidente faça valer a vontade do povo,automobilismo mais barato e consequentemente mais gente nos grids.