MENU

Friday, 18 de December de 2009 - 17:22Indústria automobilística

ACABOU

saab93SÃO PAULO (tudo acaba, enfim) – Bom dia, macacada. Sei que é meio tarde, mas o blog será devidamente abastecido neste finalzinho de dia. E começamos com uma péssima notícia. A GM vai fechar a SAAB. Depois de fracassadas as negociações com a Koenigsegg, a Spyker holandesa ventilou a possibilidade de comprar, mas deu pra trás. O ferramental e os projetos do 9-3 (esse da foto) e do 9-5 foram vendidos para a Beijing Automotive Industry Holdings, a chinesa BAIC e a marca será extinta.

Uma história de mais de seis décadas vira pó, por conta da incapacidade da GM de gerir seus negócios.  SAAB foi comprada pelos americanos, integralmente, em 2000. Vivia-se a sanha de aquisições, sem a menor noção de como tocar a produção e de atender aos mercados regionais. Deu no que deu.

O blog “Rescue SAAB” tem uma imagem triste em sua home. De novo vou ter de levar um papo com o meu no escurinho da garagem.

22 comentários

  1. Peterson Ferraz says:

    Flavio não tem como o governo sueco adquirir a patente da marca e continuar a produção dos carros?
    Já que a GM não quer mais nada com a marca não poderia repassa-la ao governo?

  2. Don Victor says:

    Realmente é uma triste constatação que o mundo automotivo, independente do tamanho da empresa, não anda legal!!!! Já que diversas empresas, muito além do grupo GM apresentam déficits em seus budgets!!!

  3. Silvio Roesler says:

    Vamos lembrar que a “mah gestao” jah comecou pela propria SAAB, que se fosse bem administrada e lucrativa nao teria a necessidade de ser vendida para a grande e incompentente GM.

  4. DCNunes says:

    Caramba, dei uma olhada rápida na wikipedia, olha o tanto de marcas defuntas que passaram pela mão da GM:
    http://en.wikipedia.org/wiki/New_GM#Defunct_brands

  5. Felipassat says:

    O Corsa nem podia vender, caro pra caramba. Por isso eu prefiro os “street rods”(não sei se é assim que se escreve), carros antigos com mecanica atualizada. Como o Passat que eu estou fazendo. Os SAABS eram bons carros. Mais classicos gerados. Interessante, será que se a gestão fosse por sentimento ao invés de por dinheiro daria mais certo?

  6. sérgio castro says:

    As montadoras norte-americanas são assim mesmo, adoram comprar outras menores (algumas com relevante sucesso, outras nem tanto), para posteriormente fecha-las e sumir com a marca. A Ford além de inúmeros exemplos, fez isso com a Willys, e fará isso com o Troller (falando só no seguimento de JEEP).
    A GM poderemos inumerar várias situações semelhantes.
    Enfim, fica um sentimento de perda, quando uma fábrica como essa da SAAB é fechada.

  7. E.Martinez says:

    Tem sorte de ainda não ter levado a Opel junto…

  8. Eduardo (PE) says:

    É o resultado da fantasiosa ilusão de lucros e muita prosperidade vendida a peso de ouro pelos americanos para o resto do mundo.

    Até os europeus caíram nessa.

  9. Leo says:

    E tem gente que “torce” pra GM.
    Eu acho a pior “montadora” do mundo. Todos os carros que fizeram, a concorrencia fez um melhor, mais bonito ou mais moderno.

    Quebraram, pediram ajuda ao Estado, ganharam, mas simplesmente não mudaram. Os carros ruins continuam, a má administração continua. Brincam de fazer carros e destroem a história. Fazem campanhas piegas pra ficarmos com pena, apelam para a relação emocional que as pessoas têm com seus lixos sobre rodas.

    Espero ansiosamente pela declaração de falência desse lixo que é a General Motors.

  10. petrafan says:

    o Corsa não foi projetado em 1993. na verdade, a concepção da plataforma é do final dos anos 70, embora o Corsa tenha sido lançado na Alemanha em 1983.

    fosse a Ford que tivesse comprado a Saab, e provavelmente a marca não estaria acabando.

    • Alexandre says:

      A Ford por um período comprou montadoras a torto e direito igual a GM. Mas percebeu o erro e vendeu muitas antes da crise. A GM qdo foi vender ficou sem compradores. Infelizmente a SAAB não foi a única marca que morreu graças a megalomania da GM. Mas me impressiona que nenhum chinês ou indiano tenha comprado a marca. Poderiam atribuir a seus produtos uma confiança que jamais terão. Não arriscaria minha vida num xing-ling nem pra ir na esquina comprar pão.

    • Diogo Sorocaba says:

      Na verdade, petrafan, a plataforma lançada em 1993 com 3ª geração européia do Opel Corsa (lançado mesmo nos anos 70) era totalmente nova, e não uma reformulação, como você disse.
      Foi uma inovação até para os europeus na época.

  11. Diogo Sorocaba says:

    Mais uma prova de incompetência dos americanos. Alías, os brasileiros da GM também merecem nota zero. O Agile é um dos carros mais horríveis de que eu tenho notícia.
    Gosto é gosto mas, vejam o retrocesso absurdo. Os caras simplesmente vão tirar de linha o Corsa Fase 2 (isso é certo), com projeto de 2000, para criar um trambolho sobre a plataforma do Corsa projetado em 1993! É o fim da picada!
    Não estou defendendo o “novo” Corsa, que também nunca decolou em vendas, só estou criticando a postura da GM em voltar ainda mais no tempo. Uma merda atrás da outra.

  12. EduardoRS says:

    Lamentável. O mundo está uma bosta, mesmo. Vou vibrar no dia que a GM quebrar. Empresa cretina. Jamais vou ter um carro deles, nem que me dêem de graça.

  13. Valmir Passos says:

    Desculpe, mas a incapacidade maior foi da própria Saab que não soube se manter competitiva, nem se atualizar. Por isso foi vendida. Os americanos tentaram e também não foram capazes. Culpá-los agora, não é totalmente justo. Os suecos não souberam tocar a operação. E a Volvo só sobrevive porque a parte da caminhões vai sobrevivendo, apesar de todos os problemas.

  14. culpa dos cabeças de planilha.

  15. ValescaF1 says:

    Flavio,mas tem que se levar em conta que os suecos também foram incompetentes ou gananciosos para venderem para GM. Mas com todo respeito aos chineses,é triste ver aonde vai parar toda a estrutura da SAAB, taí as motos “xing ling” que não me deixam mentir..um abraço!!

  16. ricardo bifulco says:

    pois é, parabens à santa incompetência da GM. Enquanto estes “executivozinhos” de “m…’ ficam atrás das mesas, tomando decisões baseados somente em $$$$ e não no amor pelo automóvel, dá nisso.

    diga-se de passagem, o “ágile” na minha opinião, estilisticamente mais parece um “réptile”….

    Flávio, também estou “P” com esta notícia.

    Um grande abraço,

  17. Mais uma vez, resultado de má administração. Uma pena…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *