BRASÍLIA, 50 (8)

SÃO PAULO (que céu…) – E vamos seguindo com nossas homenagens a Brasília, 50 anos neste mês. E reforço: nada de bobagens políticas. Estamos celebrando a capital, sua gente, sua história. Gosto muito dessa foto aérea. É a W3. Diacho, o que é W3?

O gigantismo dos prédios, à DDR, me encanta.

Subscribe
Notify of
guest
84 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Edson Shimabukuro
Edson Shimabukuro
12 anos atrás

Na w2, na altura da 506 sul esá localizado o melhor boteco de Brasilia.A melhor comida (feijoada,parmigiana,rabada,,ensbein,dobradinha,rosbife),além da cerveja mais gelada daqui.Vale a pena.É O AMIGÃO

oscar rabelo
oscar rabelo
Reply to  Edson Shimabukuro
9 anos atrás

Opinião de butequeiro experiente que se respeita e sabe tudo de buteco.

Henrique
Henrique
12 anos atrás

Melhor cidade do país

Rodrigo
Rodrigo
12 anos atrás

O modelo arquitetônico residencial de brasília é chamado de “Realismo Soviético”. Muito interessante de ver…horrível de morar (estou aqui há 10 anos). Quem disse que tem cara de COHAB ou Cingapura disse a verdade (só que, hoje, um 3 quartos na 308 sul da foto, com 98m2…custa 580 mil!!!!!!!)
É como a maioria dos prédios públicos do Niemeyer aqui…bonitos de ver mas pouco funcionais para trabalhar….

Marco
Marco
Reply to  Rodrigo
10 anos atrás

Meu amigo, fique a vontade! Pode ir embora. Brasília não precisa de você.
O que você veio fazer aqui?

RENATO
RENATO
Reply to  Rodrigo
6 anos atrás
edkaefer
12 anos atrás

e eu que pensava que era o único que tinha relacionado a arquitetura de brasilia com a DDR. Como o Niemeyer é um renomado comunista, faz todo o sentido.

RODOLFO
RODOLFO
12 anos atrás

Porque W? W de West na minha época era: W-1 que dividia as SQ 300 das 100, depois vinha a W-2 que são os fundos das lojas w-3, W-3 avenida principal de via dupla, depois W-4 que da acesso as residências HP e Fundação, e por fim W-5 que da acesso as escolas, igrejas e outras….

Depois abaixo do eixo monumental ( conhecido como Eixão) tem a L de Lest, a L-2 era a mais movimentada…..é isto aí!

Gerson
Gerson
12 anos atrás

O DDR é porque os prédios parecem pentes de memória n’uma placa mãe?

Douglas
Douglas
12 anos atrás

Só para constar…. o significado da “sopa de letrinhas” nos endereços de Brasília:
AE Área Especial
AOS Área Octogonal Sul
CL Comércio Local
CLN Comércio Local Norte
CLS Comércio Local Sul
CLS Comércio Local Sudoeste
CRN Comércio Residencial Norte
CRS Comércio Residencial Sul
EM Esplanada dos Ministérios
EPDB Estrada Parque Dom Bosco
EPTG Estrada Parque Taguatinga
EN Entrequadra Norte
ES Entrequadra Sul
ML Mansões do Lago
QI Quadra Interna
QL Quadra do Lago
QRS Quadra Residencial Sudoeste
SAAN Setor de Armazenagem e Abastecimento Norte
SAFS Setor de Administração Federal Sul
SAIN Setor de Áreas Isoladas Norte
SAIS Setor de Áreas Isoladas Sul
SAN Setor de Autarquias Norte
SAS Setor de Autarquias Sul
SBN Setor Bancário Norte
SBS Setor Bancário Sul
SCEN Setor de Clubes Esportivos Norte
SCES Setor de Clubes Esportivos Sul
SCLRN Setor Comercial Local Residencial Norte
SCN Setor Comercial Norte
SCS Setor Comercial Sul
SDN Setor de Diversões Norte
SDS Setor de Diversões Sul
SEN Setor de Embaixadas Norte
SEPNQ Setor de Edifícios Públicos Norte
SEPS Setor de Edifícios Públicos Sul
SES Setor de Embaixadas Sul
SGAN Setor de Grandes Áreas Norte
SGAS Setor de Grandes Áreas Sul
SGON Setor de Garagens e Oficinas Norte
SHIN Setor Habitacional Individual Norte
SH Setor Hípico
SHIS Setor de Habitações Individuais Sul
SHLN Setor Hospitalar Local Norte
SHLS Setor Hospitalar Local Sul
SHN Setor Hoteleiro Norte
SHS Setor Hoteleiro Sul
SHTN Setor de Hotéis e Turismo Norte
SIA Setor de Indústria e Abastecimento
SIG Setor de Indústrias Gráficas
SMDB Setor de Mansões Dom Bosco
SMHN Setor Médico Hospitalar Norte
SMHS Setor Médico Hospitalar Sul
SMLN Setor de Mansões Lago Norte
SMU Setor Militar Urbano
SPS Setor Policial Sul
SQN Superquadra Norte
SQS Superquadra Sul
SQSW Superquadra Sudoeste
SRTN Setor de Rádio e Televisão Norte
SRTS Setor de Rádio e Televisão Sul

Caio Pastl
Caio Pastl
Reply to  Douglas
12 anos atrás

Faltou uma aí
eu morei na 711 Norte, e lá era:
SHCGN Setor Habitacional e Comercial Geminado Norte.

Era um lugar muito tranquilo, bem perto da W4N. Foi a única cidade que morei onde podia me deslocar a pé ou de bicicleta. Tinha uma área aberta bem no meio da quadra, arborizada, que era a alegiria da criançada… bons tempos!

Marcio Ferreira
Marcio Ferreira
12 anos atrás

Morei ao lado da W3, na 311 Norte. é a avenida paralela ao eixão. tem uma pro lado de cima (?) onde ficam as quadras ímpares e outra do lado de baixo (?) do eixão, onde ficam as quadras pares, que são mais “populares”.
Sou de sampa mas adorei morar em Brasília, especialmente na Asa Norte, lado ímpar. Bom demais, queria mesmo morar no Lago Sul, pra atravessar a ponte JK todo dia, vista mais bela da capital federal.

Dalton Costa
Dalton Costa
12 anos atrás

Eu acho Brasilia uma verdadeira COHAB com essas letras e numeros, mas uma Cohab bacana , mas passo a vez.

Dynastes Neves Marinho
Dynastes Neves Marinho
Reply to  Dalton Costa
12 anos atrás

Ahhh .. Brasília é patrimônio histórico da humanidade pela sua concepção e importância para a arquitetura contemporânea..

Pavan
Reply to  Dalton Costa
12 anos atrás

Meu pai, quando viu o apto. onde eu moro, no Sudoeste, falou: “Meu, você mora numa COHAB de 350 paus!!” (é alugada, mas custa essa obscenidade mesmo).
Huahuauahua, quem vem de SP e olha os prédios de BSB, logo pensa mesmo em COHABs, só que mais arrumadinhas, claro.

Marco
Marco
Reply to  Pavan
10 anos atrás

Em quem sai de Brasília e vai pra São Paulo vê uma cidade suja e poluída, sempre com enchente no verão. Uma cidade mal planejada( se é que foi planejada). Nasci em Brasília, mas não tenho inveja de quem mora em São Paulo. Com certeza Sampa seria o último lugar onde eu moraria na minha vida.

Cristiano
Cristiano
12 anos atrás

Eu moro aí, nesse prédio maior.
A quadra (308 sul) continua um primor de originalidade.
Um abraço galera!

Dynastes Neves Marinho
Dynastes Neves Marinho
12 anos atrás

Fala FG,

W3, L1, SQN .. Brasília é cheia de símbolos mesmo.
Mas são puras coordenadas sequencias geográficas.
Existem duas grandes avenidas que formam as duas linhas principais que representam um avião.
W são as avenidades localizadas a Oeste ,acima do eixo monumental e L são as avenidades localizadas a Leste, abaixo do eixo monumental. E são numerada a partir do eixo monumental : W1, W2, W3.. e consequentemente a leste , L1, L2.. etc..
As quadras são definidas por centenas. Centenas Ímpares (100, 300,500,700 e900) localizadas acima do eixo monumental e pares (200, 400…) abaixo do eixo monumental.
A quantidade delas, 102, 103, .. vai até 16..
Há uns 20 anos atrás costumávamos cruzar a cidade com vários carros, na madrugada, dando VDO em todos os modelos disponíveis na época. 160/170 por hora era o máximo dos carros. Rotina na volta para casa durante a madrugada. A cidade era completamente vazia.
Quando chovia era muito bom , pois o piso é bem liso. E daí que surgiu os grandes cavalos de pau: 180, 360, 720 .. e acho que o máximo foi 1020.
Para os carros com tração dianterias colocávamos tampa de ralo de ferro nas rodas traseiras com o freio de mão puxado. Dava para fazer o pêndolo de rally numa boa.
Era como cruzar a Paulista ou a 23 de maio de madrugada dando 360 ou passando a 170 km /h ..

Abraço e valeu !

Dynastes N. Marinho
26 anos de Brasília

Leonardo
Leonardo
12 anos atrás

Uma coisa muito legal dessa parte de Brasília, o Plano Piloto, é que para andar a pé pelas quadras você não precisa seguir ruas e calçadas como em outras cidades, você pode à vontade cortar caminhos, passar por baixo dos blocos, não existe bloqueio para as pessoas nesse sentido. Pena que já existem alguns prédios, que, de maneira errada e contrariando as idéias iniciais da cidade, cercam seus espaços com grades que muitas vezes atrapalham a circulação.

Carlos
Carlos
12 anos atrás

Vivo em Brasilia há dez anos, mas a conheço desde 1975. Arquitetonicamente falando é uma cidade sem igual. O fato que o Oscar Niemeyer, como arquiteto, é um excelente desenhista -basta ver os prédios de Brasília. Já o Lúcio Costa, como urbanista, é um elitista. Projetou uma cidade onde não é possível existir transporte público. Entre os Eixo Rodoviário, a W3 e a L2, onde circulam os ônibus, a distância é de pelo menos 600 m – da W3 ao Eixo e do Eixo à L2, mais 600. Considerando os mais d 100m de largura do Eixo, temos quase 1.500m. Imagine um adepto da preservação do planeta resolvendo ir para o trabalho a pé, desde a W3 até a L2 – é mole; é só descida, o problema é a subida da volta – vai chegar no trabalho suando como um cavalo no hipódromo.
Como dizia minha mãe: por fora bela viola, por dentro bão bolorento.

Orlando Salomone
Orlando Salomone
12 anos atrás

Como já disse anteriormente, só estive em Brasília uma vez, mas achei a cidade muito legal, e o povo idem. De fato, é questão pessoal.

Guerwin
Guerwin
12 anos atrás

Tenho vontade de conhecê-la. Só conheci o aeroporto.

Carlão BSB
Carlão BSB
12 anos atrás

Mais uma foto sensacional da W3 sul, considerada até os anos 80 o maior shoping a ceu aberto. O local exato é novamente a 508 sul, este primeiro prédio ao pé da foto é um todo vermelhinho que vimos em outra foto. Acompanhando o prédio residencial logo abaixo do comércio vemos uma estrutura branca, que é o teatro da Escola Parque, e logo à direita o prédio principal, ao fundo existem as oficinas, com fornos de 750 graus e outros. A escola é de doia andares e tem umas colunas de sustentação que “lembram” o Palácio da Alvorada.

Aléssio Marinho
Aléssio Marinho
12 anos atrás

Observe as fachadas dos blocos maiores: Aparentemente, nao tem janelas. Mas elas estão atrás da estrutura aparente, para diminuir o calor e a luz do sol. Em alguns blocos, existe uma espécie de persiana gigante, montada na fachada com o mesmo objetivo.
Nada como seguir um projeto, não é mesmo?

Gustavo Mello
Gustavo Mello
12 anos atrás

15°48’48.46″S 47°54’27.58″W

Para não perder o hábito, coordenadas para quem quiser ver mais no googleearth. PedroS, eu acho que é na 508 e não na 510, dá para ver a escola parque atrás deste prédio comprido paralelo à W3.

Bela série esta.
Gustavo Mello

Gerson
Gerson
12 anos atrás

Até que o comuna do Niemeyer tinha algum talento. Mas esse estilo funcional a qualquer preço está um pouco ultrapassado, não? Outros grandes arquitetos fizeram obras que pareceram atuais por mais tempo, mesmo com seus princípios comunistas. Se eu morasse lá teria um Lada pra completar a miséria.

Marco
Marco
Reply to  Gerson
10 anos atrás

Faltou coragem pra você dizer onde mora?

Lincoln Andrade
Lincoln Andrade
12 anos atrás

Sou de Curitiba e tive o privilégio de morar em Brasília até o início desse ano, e posso afirmar: as duas estão no mesmo patamar em qualidade de vida.
Morei na 315 norte. Ótima quadra.
O que mais me chamou a atenção em BSB, além do céu, foi o horizonte: muito amplo, sempre visível em praticamente 360 graus.
“Em Brasília o nosso horizonte se torna maior.”
Abraços a todos e parabéns para Brasília.

Carlos Carrato
Carlos Carrato
12 anos atrás

Não conheço Brasília, gostaria de conhecer. Achei essa foto a melhor de todas, tem um ar virtual. Parabéns ao fotógrafo!

Érico BSB
Érico BSB
12 anos atrás

Para quem não reparou esta foto é quase no mesmo lugar da foto do “Brasília 2” aquela era ao nível do primeiro prédio baixo da w3 e esta é uma vista aérea. Esta primeira quadra é a 508 e onde tem prédios mais altos é a 308. Já corri muito de bike com amigos nas calcadas desta quadra que como se pode perceber são cheias de curvas. bons tempos aqueles. Como diz Alceu Valença

Agora conheço
Sua geografia
A pele macia
Menina morena
Teu sexo, teu lago
Tua simetria
Até qualquer dia
Te amo Brasília…

Se teu amor foi
Hipocrisia!
Adeus Brasília
Vou morrer de saudade
Se teu amor foi
Hipocrisia!
Adeus Brasília
Vou prá outra cidade..

Edilson Vieira
Edilson Vieira
12 anos atrás

Brasilia respira essa coisa odiosa chamada burocracia. Essas siglas em lugar de nomes é o melhor (ou seria pior?) exemplo. E a cidade é a cara do Niemeyer, uma elegia ao concreto.

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Edilson Vieira
12 anos atrás

Essas siglas facilitam enormemente a localização de endereços. Além disso, não somos vítimas de vereadores inúteis que mudam constantemente nomes de ruas só para fazer média. Nomes, diga-se, quase sempre de ilustres desconhecidos.
E quer uma elegia ao concreto maior que São Paulo?
Brasília é uma das cidades mais aborizadas do Brasil.

Leonardo
Leonardo
12 anos atrás

Essa primeira quadra residencial é a 308 sul. A faixa mais estreita com prédios comerciais é a 508 sul, a mesma da outra foto postada aqui, mas de outro ângulo.

http://colunistas.ig.com.br/flaviogomes/2010/04/06/brasilia-50-2/

E W3 quer dizer que é a terceira rua a oeste (W) do Eixo Rodoviário, conhecido como Eixão. Entre esses prédios comerciais e os residenciais está a W2, e entre as duas quadras residenciais (300 e 100) e paralela à W3 e W2 está a W1.

Entrando naquela rua à esquerda você está nas quadras 700 e continuando chega na W4. Depois das 700 vêm as 900 e do outro lado dela está a W5.

Antonio Carlos
Antonio Carlos
12 anos atrás

Simplificando, W3 é a terceira avenida do lado Oeste.

Aliandro Miranda
Aliandro Miranda
12 anos atrás

Belas lembranças…

Marcelo Inácio Marques Pereira
Marcelo Inácio Marques Pereira
12 anos atrás

Aos 3 anos de idade estava no dia 21 de abril de 1960 em cima do prédio do congresso nacional assistindo a inauguração de Brasília. posso afirmar que embora tendo poucas lembranças devido à idade, a memoria foi reavivada pelo relato de minha mãe que à época trabalhava e morava na capital.

Nilson
Nilson
12 anos atrás

Nossa Brasília. A mais fantástica cidade, a primeira capital brasileira feita pelos brasileiros, porque as outras foram projeto dos gringos misturados que por aqui estiveram no começo, logo, Brasília é um cidade genuína, feita por cada um de nós brasileiros e apesar de tudo: capital da esperança.

Ricardo Bigliazzi
12 anos atrás

Gosto pacas da cidade…

Imperador

Guilherme
Guilherme
12 anos atrás

Só por curiosidade, o ‘W’ (de west) é para não confundir o ‘O’ (oeste) com ‘0’ (zero) nos endereçamentos.

nelson
nelson
12 anos atrás

Em primeiro plano a direita temos a SQS 308 e consequentemente à sua frente a quadra comercial da q. 508, podemos notar que a SQS 307 ainda não havia sido construída e a bifurcação entre as quadras 708/709 sul.

Augusto Freire
Augusto Freire
12 anos atrás

FG.
Nesse bloco de apartamentos da SQS 308 que aparece em primeiro plano, uma senhora, viúva, tem até hoje uma Vemaguet 1964 que foi comprada 0 km pelo marido.
Fica sempre lá, parada no estacionamento no lado do prédio voltado para o interior da quadra. Mas praticamente não anda mais e o carro está se deteriorando ao tempo.
Já estivemos lá há alguns anos, eu, Mattos e Oswaldo, para funcionar o carro. Vender? Ela não vende de jeito nenhum….
Augusto Freire

Augusto Freire
Augusto Freire
12 anos atrás

Outra vista da W3 Sul, em primeiro plano a 508 Sul e atrás dela os blocos de apartamentos da 308 Sul. A partir da parte inferior da foto, o mesmo local da primeira foto da W3, com a esquina da Lavanderia Ouro Fino e tudo o mais. Aparece no canto inferior direito a pontinha do Posto de Saúde que está lá, funcionando, até hoje.
A 308 Sul, a exemplo da 114 Sul, foi construída pelo Banco do Brasil para seus funcionários transferidos para a nova capital. Ambas foram inauguradas em 1960. São excelentes quadras até hoje. São excelentes apartamentos, de 2, 3 e 4 quartos. A 308 Sul tinha jardins com paisagismo de Burle Max, hoje um pouco abandonados e descaracterizados, porém existe movimentação dos moradores da quadra para recuperá-los.
As quadras de apartamentos, na sequencia da foto, são as SQS 308, o espaço vazio da 307 (só foi ser construída ao final da década de 60), a 306, 305 e 304.
Pois é, seguindo a linha dos blocos das quadras, lá no canto superior esquerdo da foto vê-se a ponta de um bloco amarelo. É lá que eu morava! E bem naquela pontinha. Bloco 11 da SQS 304. Depois os números viraram letras e o 11 passou a ser o bloco J. Eram apartamentos funcionais para servidores do TCU. Depois (em 1966) foram vendidos aos servidores que os ocupavam. Meu pai mudou-se para uma casa em 92, mas meu irmão mais novo (hoje com 47 anos) mora lá até hoje com a família.
É FG, dessas fotos aí eu gosto mais!
Augusto Freire – 49 anos de Brasília.

PH di BH
PH di BH
12 anos atrás

Foi lindo, certamente, há 50, talvez 40 ou 30 anos atrás. Hoje, é um lixo! A W3 é uma avenida tipo Av. Ibirapuera, mas sem comércio. Aliás, tem comércio mas é um lixo. Infestado de guardador de carros pra td q é lado, das piores espécies. Andar a noite na W3 é pedir pra ser roubado. Isso, W3 é uma avenida. pq não chama Avenida W3? Pq não pode…pq fizeram assim.
Brasilia não tem ruas, avenidas, praças…tem W3, L2, SQS 302, SCS 01, SRTVS 1 (Setor de Radio e Televisão Sul ??)
Tenta achar alguma coisa sem saber onde é…chora!

Marco
Marco
Reply to  PH di BH
10 anos atrás

Faltou coragem pra dizer onde você mora?

Oswaldo
Oswaldo
Reply to  PH di BH
9 anos atrás

Olá PH. Por acaso você é o PH irmão da Lu e do João Paulo de Rio Pardo ou Montes Claros?

Carlos Pimenta
Carlos Pimenta
12 anos atrás

Caro Flávio, a rapaziada já matou sua curiosidade, mas aqui, os endereços são como num plano cartesiano, é como você seguisse coordenadas do tipo X,Y, nada demais, seguiu a lógica matou a charada. Essa avenida aí foi o primeiro shopping da cidade, naquele espaço ali entre os prédios da avenida, se não me engano hoje fica o espaço Renato Russo, tem um e-mail aqui que rola falando umas coisas de quem mora em Brasília, é fraquinho mas engraçado do tipo: Antigamento aqui a cidade era parada, anos 70, o Nelson fala isso num vídeo dele no “seu tubo”, entao rolava uma piada do tipo, que nos feriados a gente dizia que o último a sair de Brasília pra passear apagava a luz, ou aqui a gente chama bicicleta de camelo como na música Eduardo e Mônica do Legião, e por aí vai. Nesta avenida existiu o primeiro cinema aqui, chamava Cine Cultura e até os primeiros anos da décade de 80, acredite, ainda tinha a bilheteria dele, fechou na metada acho eu que dos anos 70. Nesta avenida também, está o restaurante mais antigo da cidade, O Roma. Flávio, um restaurante, pequeno, alguns garçons estão lá desde a fundação, é um restaurante pequeno já disse, boa comida, e detalhe que, lá come-se sentidno a história de Brasilia, pra quem curti DKW e outras cositas mais, vale uma passada, nada demais, O Nelson e cia já passaram por lá. O Roma é isso, lá você topa com pessoas que sabe onde pisam, que fizeram a estão fazendo a História da Capital, pessoas que não vão para verem e serem vistas, pessoas que sabem o valor da vida, acho que é por isso que o Roma está lá. Parabéns ao Roma

Moncho
Moncho
12 anos atrás

O Copan pelo menos é curvo.

Com o perdão dos distintos brasilienses, eu não trocaria meu quintal de frutíferas, orquídeas e folhagens, nem a felicidade dos meus cães, para viver em uma dessas gaiolas de concreto. Não sei porque, mas só de olhar certas fotos, me dá secura na garganta. Vontade de tomar água.

Mas posso compreender os sentimentos de quem nasceu ou teve de ir viver nesse lugar…

Kblo
Kblo
Reply to  Moncho
12 anos atrás

No Distrito Federal também tem chácara. Ou more no SMPW, com terrenos mais aprazíveis.

Marco
Marco
Reply to  Moncho
10 anos atrás

Brasília é uma cidade bucólica! não tem absolutamente nada a ver com o que você está falando. Nesta época do ano, por exemplo, chove muito e a cidade fica toda verde e florida. Se você está com secura na boca visite um médico isso pode ser sinal de alguma doença. Quanto aos seus cachorros o que não faltaria era lugar agradável para eles se divertirem.

Arlindo Ponciano
Arlindo Ponciano
12 anos atrás

É isso mesmo. Morei pouco menos de um ano em BSB e, depois que vc entende a lógica, torna-se a cidade mais fácil de se andar que já conheci. Com o endereço vc não precisa de pontos de referencia. O código diz tudo.

Para entender o W3, faça o seguinte: trace uma cruz com linhas norte-sul (o chamado “eixão”) e leste-oeste (o centro do eixo monumental. A partir daí todas as vias são paralelas a uma das linhas em sequencia. Ou seja, W3 é a terceira paralela a oeste do eixão norte-sul. A S1 é a primeira paralela ao sul da linha leste-oeste que, na verdade é a via do chamado eixo monumental que vai do oeste até o congresso nacional e praça dos 3 poderes (aquela de seis faixas…).

Por fim a W3 é a W mais famosa porque é a mais movimentada e mais larga entre as W.

Henrique Pinheiro
Reply to  Arlindo Ponciano
12 anos atrás

Como já foi amplamente esplicado, as paralelas ao Eixo Rodoviário, o Eixão, recebem a denominação “L” para aquelas a leste e “W” para aquelas a Oeste.

O que nunca me esplicaram é a razão de se usar o estrangeirismo para a vias a Oeste.

Por que não “L e O” ou “E e W”?

Aléssio Marinho
Aléssio Marinho
Reply to  Arlindo Ponciano
12 anos atrás

Hoje toda a áerea verde está coberta pela sombra de grandes árvores, refrescando os dias de calor.
Como lembrou o Gustavo Rocha, nada como sentar embaixo do bloco para ver a meninas passarem, ou jogar conversa fora com os amigos. Tudo vigiado pelo porteiro.

Marcos Reis
12 anos atrás

As explicações aí já foram muito bem dadas pelos colegas!!! lembrando que a W3 é a que está insfestada de carros e a W2, mais discreta, atrás dos prédios (mas ela não é tão conhecida assim, só por quem quer cortar caminho como eu rsrsrs)

Natanael Maia
Natanael Maia
12 anos atrás

Impressionante a série! Ótimas fotos. Sou paulista e morador de Brasília desde 1993 e adoro morar aqui. Quando minha família chegou aqui, nos diziam que era preciso pelo menos 5 anos por aqui para aprender a gostar da cidade. Foi exatamente o que aconteceu. Hoje em dia, quando vou para outra cidade, acho tudo muito estranho…
Sobre a foto, vale comparar com uma foto atual, do Augusto Areal:
http://www.brasiliabsb.com/foto_asa_sul_4.htm
Apesar de mostrar as mesmas super quadras por outro ângulo, os bons observadores vão conseguir identificar os mesmos prédios em ambas as fotos.
Abraços a todos!

Gustavo Rocha
Gustavo Rocha
12 anos atrás

Podemos ver bem no canto esquerdo da foto as casas da W3, são as quadras 700’s. Temos do lado direito da W3 os prédios comerciais, que são as 500’s. Atrás das 500’s passa uma via chamada W2 e ao lado da W2 a quadras residenciais (dos prédios grandes) 300’s.

Interessante ver como os prédios residenciais estavam logo após a inauguração da cidade. Hoje a vista não seria diferente, os prédios estão mais coloridos, mas a concepção continua a mesma (apenas seis pisos, pilotis e portarias com dois apartamentos por andar). As quadras também estão mais (muito mais) arborizadas, na frente desse prédio branco comprido hoje existe uma fileira de árvores bem grandes.

Em geral os apartamentos desses prédios são muito confortáveis e grandes. Além de ser muito agradável passar as tardes “embaixo do bloco” olhando as meninas que passam. Todo brasiliense já fez muito isso!

Mellotone
Mellotone
12 anos atrás

Como fica diferente! A cidade ainda carequinha, árida. As quadras – à direita na foto – hoje são verdadeiros bosques. Poxa Mestre Gomes, coloca também na série fotos atuais. BSB está mais bela aos 50, uma balzaquiana cheia de charme, lindona. Abço!

Saulo Caram
Saulo Caram
12 anos atrás

Essa é a W3 Sul. Nessa época era a avenida comercial mais importante do Plano Piloto (hoje conhecida como Brasília propriamente dita). Lá ficavam os melhores restaurantes e as melhores lojas da capital. Com o passar do tempo e a chegada dos shoppings seu comercio perdeu força. Existem conversas de revitalizar o comercio e fazer uma reforma urbanística da avenida. O VLT que ligará o aeroporto ao centro da cidade passará por ela.

Junior
Junior
Reply to  Saulo Caram
12 anos atrás

SE um dia o VLT ficar pronto.

Rodrigo Font
Rodrigo Font
12 anos atrás

Muito boas as explicações acima…
Morei lá desde quado nascei até a minha adolescencia…
Mas,enfim….um detalhe…nas superquadras, tem apenas 11 prédios,e, os mesmos são nomeados por letras…de “A” a “K”…..,se vc preceber,as duas últimas letras ,são “J” e “K”…

Henrique Pinheiro
Reply to  Rodrigo Font
12 anos atrás

Em algumas quadras sim, 11 blocos, mas existem quadras com mais unidades, passando da letra “K”. L, M, N, O, P, Q, R e S… Além disso, não me lembro de ter visto (moro em Brasília, ou BSB, há 9 anos).

E na verdade, hoje prédios recebem sim nomes. As letras são usadas para endereçamento.

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Rodrigo Font
12 anos atrás

Menos as 400, que podem ter até 20 edifícios. Essas quadras ERAM destinadas às pessoas de menor poder aquisitivo. Os prédios são em geral mais baixos, sem elevadores nem garagem.
Eu disse “eram” porque, vai comprar um ap lá agora pra ver o que é bom pro seu bolso!

Thiago
Thiago
Reply to  Rodrigo Font
12 anos atrás

Olha…. acho q essa sua informação sobre o número de blocos não está lá mto correta… Pelo menos a 416N tem um bloco L… bem em frente ao K. A 403S tem até o Bloco P.

Gustavo Mello
Gustavo Mello
Reply to  Rodrigo Font
12 anos atrás

Não exatamente… daqui onde estou vejo os blocos L e M da minha quadra. E acho que já vi até blocos N e O.

Gustavo Mello

Luis Nunez
Luis Nunez
12 anos atrás

Passou ontem na Tv Bandeirantes em seu jornal noturno uma reportagem interessante sobre a criação de Brasilia, citando que os primeiros marcos para definir a area do DF foram feitos em 1892. Acho que vale a pena ver, o link é este aqui: http://www.band.com.br/jornaldaband/conteudo.asp?ID=288450

Aléssio Marinho
Aléssio Marinho
Reply to  Luis Nunez
12 anos atrás

Assisti e a essa matéria e estou acompanhando a série na Band. Ela falava do quadrilátero Cruls, que demarcou a área do DF. Como disseram, os marcos do quadrilátero compõem uma área maior do que atual território, e serviram de base para a demarcação hoje existente. Cruls orientou-se apenas pelas estrelas, e usando técnicas rudimentares de georeferenciamento, conseguiu marcar o ponto mostrado na matéria com uma diferença de quase 300 m do mostrado pelo GPS. Isso em 1892.

Glauber
Glauber
12 anos atrás

Shocante !! (Mistura de show com chocante)
Muito bacana as fotos que estão sendo publicadas!
Valeu FG pela sessão nostalgia.

PedroS
PedroS
12 anos atrás

Agora, em relação ao local, acredito que se trata da 510 Sul, por causa da passagem à esquerda que dá acesso às 700 e acesso também ao Parque da Cidade.

Leonardo-DF
Leonardo-DF
Reply to  PedroS
12 anos atrás

Pensei a mesma coisa.
Essa passagem mais aberta pra 700, morei ali perto!
Como a W3 era bonita, não? Hoje está um bagaço.

Marcus
Marcus
Reply to  PedroS
12 anos atrás

Contando as quadras, acho que está na altura da 506, onde também tem um acesso ao Parque da Cidade.

PedroS
PedroS
12 anos atrás

Muito boa suas informações Paulisdango. Porém sempe tivemos , tanto na Asa Sul quanto na Asa Norte, as quadras que vão da 102 a 116, 302 a 316, 502 a 516, 702 a 716 e 902 a 916 no lado oeste (eixo W) e 202 a 216, 402 a 416 e 602 a 616 no lado leste (eixo L). Em relação aos prédios das 400, os mais antigos realmente são de 3 andares apenas, que foram disponibilizados para funcionários de empresas estatais nas décadas de 60 e 70, porém, existem prédios de 6 andares também nas 400, tanto na Asa Sul quanto na Asa Norte. Agora Flávio, o aniversário é de Brasília, mas também seria legal você mostrasse fotos das cidades satélites, que foram o local onde os pioneiros qua construíram Brasília foram morar.

Edu
Edu
Reply to  PedroS
12 anos atrás

Não se esqueça da 802 a 816, onde, no lado sul, fica o setor de embaixadas e no lado norte, algumas embaixdas, a UnB e alguns órgãos públicos.

Pedro
Pedro
Reply to  PedroS
12 anos atrás

Prédio de seis andares nas 400? Só se forem invisíveis…

Luis Albertyn
Luis Albertyn
12 anos atrás

O gosto pessoal é realmente algo absolutamente subjetivo e, talvez por isso, tão intrigante.

Nada contra Brasília, tenho queridos amigos e familiares por lá e sei que há ângulos bem mais favoráveis da capital, mas acho isso de uma insipidez abissal. Árido, inócuo, sem vida, especialmente esses prédios mais baixos logo à frente.

Mas o que seria do… bem, o resto do lugar-comum vocês já sabem.

Filipe Pimenta
Filipe Pimenta
Reply to  Luis Albertyn
12 anos atrás

Brasília é uma secura que refresca! :)

E uma coisa posso lhe garantir, céu como o de Brasília não há!

Lucius
Lucius
Reply to  Luis Albertyn
12 anos atrás

Hoje Brasília está bem arborizada. E esses prédios mais baixos são de comércio (embora alguns tenha kitinetes em cima).

Luis Albertyn
Luis Albertyn
Reply to  Luis Albertyn
12 anos atrás

Eu me referi à aridez arquitetônica, na minha modesta e desqualificada (arquitetonicamente falando) opinião.

E o céu do planalto realmente é único.

Abraço.
LA

Juca Vasconcelos
Juca Vasconcelos
12 anos atrás

Brasília é nomeada de acordo com os pontos cardeais

Tem o Eixo Rodoviário, que corta as Asas de Norte a Sul, dando nomes às mesmas. Asa Norte e Asa Sul.
Seguindo o Eixo Rodiviário, também chamado de Eixão, no sentido Sul-Norte, às laterais, ficam os “eixinhos” W e L.

L no lado Direito e W no lado Esquerdo, referente a Leste e Oeste (W de West, mto usado nos mapas e rosa dos ventos da época). “Subindo” nas asas, paralelamente aos Eixinhos, temos as Avs. L1, L2, L3, L4 e W1, W2, W3, W4 e W5, que cortam as Asas pelo meio das Super Quadras.

Ou seja, W3 é a quarta avenida à oeste da linha Norte-Sul, representada pelo Eixo Rodoviário.

Algum Brasiliense me corrija. Moro em Goiania, mas conheço relativamente bem A Capital Federal.

Marcelo de la Bigorna
Marcelo de la Bigorna
Reply to  Juca Vasconcelos
12 anos atrás

Disse tudo muito bem, é isso aí mesmo.
Só pra complementar o racíocinio essas avenidas cortam as quadras do Plano Piloto. Pelo lado oeste “W” ficam as superquadras ímpar (100, 300, 500, 700 e 900). Já pelo lado leste “L” ficam as quadras par (200, 400, 600 e 800).

Essas quadras todas vão de 1 a 16 e nos dois sentidos do eixo (norte e sul), por ex. as quadras são da 201 a 216. E existe a 203 Norte e 203 Sul.

Cada quadra ou cada conjunto de quadras foram projetadas para abrigar os tipos de pessoas e coisas.
Nas quadras 300 a ideia era morar os principais expoentes ds nova capital, tanto que os predios de lá são os mais chiques do Plano Piloto. As quadras 100 e 200 era para os funcionários públicos, a massa trabalhadora, nessas quadras os prédios são um nível abaixo das 300. Já as 400 era para os mais humildes que viria trabalhar como faxineiro, copeiro… esses prédios das 400 são bem mais humildes também. Hoje esse padrão já foi totalmente alterado por causa da especulação imobiliária e afins.

Mas alguns padrões continuam intactos, pois por exemplo na quadra 309 sul (que dá pra ver nessa foto) alguns prédios são até hoje do governo. São os famosos apartamentos funcionais dos políticos. Alguns prédios da 309 Sul são dados aos Senadores da república morarem durante os seus mandatos. Já a 209 Sul é a quadra dos militares. Lá mora muita gente ligada ao Exército principalmente.

As 500 são quadras comerciais. São nas 500 que a W3 segue. (como se vê nessa foto e na foto 2 dessa série).
As 600 pelo lado “L” e as 900 pelo lado “W” foram feitas e são até hoje quadras para igrejas, escolas e grandes aglomerações. Já as 800 são quadras exclusivas para as embaixadas dos outros países.

Filipe Pimenta
Filipe Pimenta
Reply to  Juca Vasconcelos
12 anos atrás

Tá quase certo…

Na verdade a L1 e a W1 são os eixinhos paralelos ao eixão. Mas de resto está tudo correto!

Lucas S.A.
Lucas S.A.
Reply to  Juca Vasconcelos
12 anos atrás

Porra, certíssimo. Tem muito brasiliense que não explica tão bem.

Mauro
Mauro
Reply to  Juca Vasconcelos
12 anos atrás

Bem explicado

Clébio Júnior
Reply to  Juca Vasconcelos
12 anos atrás

Não os eixinhos não contam, eles são simplesmente Eixo L e Eixo W. L1 é a via que passa entre as 200 e as 400 e W1 a que passa entre as 100 e 300.

Juca Vasconcelos
Juca Vasconcelos
Reply to  Juca Vasconcelos
12 anos atrás

Os eixinhos não contam. A w1 e L1 são as primeiras após os eixinhos.

PAULISDANGO
PAULISDANGO
12 anos atrás

Isso Flavio! É a W3 Sul! Como já deve saber Brasília foi construída em formato de avião apontado para o Leste (DDR? coincidência? hehehehe). Ao fundo na foto, apontado para o Leste, voce pode ver a esplanada do ministérios e no final do Eixo Monumental (corpo do avião) o prédio do Congresso Nacional. Representando as asas do avião temos as via principais sem semáforos ou cruzamentos (Eixos Sul e Norte) com a Rodoviária dividindo tudo. Ao leste, para o lado da esplanada temos a via L2. Ao oeste, para o lado da torre de tv temos e a W3. Acho que deu para explicar um pouco o porque da W3 e L2. Os prédio gigantes da foto formam as SQS (superquadras Sul). São 60 ao todo só na asa sul. Temos as SQS 102 a 116 e 302 a 316 para o oeste. para o leste temos as SQS 202 a 216 e da 402 a 416. Os prédios das 400s são de 3 andares apenas.
Abraço!