MENU

quarta-feira, 28 de abril de 2010 - 13:37Legião urbana

LEGIÃO URBANA

SÃO PAULO (não acabam nunca) – Tenho paixão por senhorinhas que usam seus carrinhos no dia-a-dia durante anos a fio. Trocam três ou quatro vezes por vida. Esse Kadett aí ainda tem muito chão para rodar. Não sei o ano dele. Mas como a GM começou a fazer o carro por aqui em 1989, pode ter mais de 20, como não? E aí já é um quase clássico, e está uma graça. A tiazinha abriu um largo sorriso quando fiz um elogio pela janela. Elogio merecido, diga-se. Um daqueles que a gente não dá nada, mas que pode entrar na lista de desejáveis daqui a algum tempo…

96 comentários

  1. Pedro do Opala, da Caravan e do Kadett disse:

    Tá aí o pessoal que não me deixa mentir sozinho: Todo mundo que tem ou teve adora, inclusive eu, com o meu GL 1996 1.8 EFI peladão.

    Torcudo, faz 9 km/L na cidade e 13 na estrada (ótimo pelo que anda, deixa muito carro que custa até 10x mais que ele passando raiva!), confiável, de estilo bem próprio (me achem aí carros parecidos com Kadett, existem sim mas são bem poucos e nunca vieram oficialmente pra cá), muiot bonito!
    Não abro mão do meu, comigo a 7 anos, pra meu uso diário. Já pensei em trocar mas quando percebi que qualquer coisa que me ofereça o mesmo prazer que ele e seja mais novo a ponto de valer a pena a troca custa umas quatro vezes o valor dele eu desisti e acabei comprando mais Opalas pra curtir nos finais de semana.
    É um carro de gente bem resolvida, que não precisa se afundar em dívidas pra mostrar pro vizinho que tem um carrão, mesmo financiado em 72 vezes , e que oferece o conforto e o desempenho de muito carro “da moda”. E não paga mais IPVA!

  2. edu disse:

    q saudades do meu Kadett GS 2.0 a alcool 90, completão, preto, aerofolio traseiro, amortecedor traseiro c/ regulagem a ar, etc etc… que fiquei por 5 anos, antes de me roubarem…

  3. geraldo nunes disse:

    Compraria na hora, entro na fila!!! Carro bom, para quem não precisa mais se exibir “eu me endivido até a alma para trocar de carro todo ano”…

  4. Thales disse:

    Rodinha original e conservada, lataria sem amassados visíveis (na foto, pelo menos), e para-choque inteirinho, sem estar ressecado… Tá lindo esse carro.

  5. Pedro do Opala, da Caravan e do Kadett disse:

    Eu sou suspeito pra falar, sou Opaleiro de coração mas Kadetteiro de dia-a-dia. Não abro mão do carro, muito confiável, economico ao contrario do que muitos pensam, confortável na medida do possível (quem se acostuma com Diplomata fica chato nesse aspecto).
    Tenho meu a sete anos quase e tirando uma fervida e um rotor de distribuidor quebrado foram muito bem aproveitados!

    Adoro esse carro! Esse da foto só vendo a frente pra confirmar, mas é um 92 ou 93, SL. Acho que 93 por causa da cor, em 92 o verde era bem clarinho, meio aguado.

  6. gian disse:

    caro flavio legal o registro…mas isto eu ja tinha reparado em outros posts teus…..nao coloque mais fotos destes carros sem antes encobrir os numerais das placas……é muito perigoso e vc sem maldade nenhuma pode estar colocando em risco o carro e ou a segurança da pessoa.

  7. Levi Davet disse:

    Você tem sorte de morar em São Paulo, Flavio. Os Kadett de Curitiba estão todos em ruínas.

  8. Helio disse:

    Só elogiou por causa do adesivo do Senna no vidro, né?

  9. PAULISDANGO disse:

    lembro que na Copa da Itália em 1990 lançaram o KADETT TURIN ou Ka(c)dett (D)Turin!!!
    …como nas Piadas com os bambis dizendo que era o carro preferidos destes torcedores do são paulo kkkkk!

  10. Daniel disse:

    Kadette!!! o carro do general!

  11. Fabio Luiz disse:

    O carro em questão é um SL 1993 movido a alcool, não que seja adivinho só olhando a foto, é que tenho acesso ao sistema renavam, abraço.

  12. MSM disse:

    Depois de um longo tempo sem lançamentos da indústria brasileira, o Kadett foi lançado como um divisor de águas no Brasil, e os números de venda fizeram jus ao carro, que para mim ao lado do Omega, já são clássicos.

  13. vinnirio disse:

    acho que esse não é 89 não…..
    pelos embremas acho que ele deve ser um 93 94 ou 95 além da roda que é usado nesse carro…
    mas 1 2 3 anos não fazem diferença o carro está mesmo muito conservado

  14. Estevao disse:

    Vô te falá… o cara não aprende a apagar a placa… mesma coisa que falar com a parede, já dizia minha mãe…

  15. Alisson Freitas disse:

    Minha mãe teve um idêntico, mesma cor e ano. Sei que esse aí é 93 por causa da cor. Era um motorzão 1.8 EFI. Eu tinha 14 anos e comecei a dirigir nele.

  16. Luiz Straforini disse:

    É isso aí Flávio Gomes,tambem gosto de apreciar os antigos por onde passo e o seu elogio para a senhoria mostra seu estado de espírito em paz.

  17. Guilherme Olivieri disse:

    Compramos em 94 um Kadett Lite , zero km, alcool, vendemos ele ano passado 2009, com 450.000 km rodados.
    1a. troca da embreagem foi com 250.000 km , a 2a troca foi com 360.000 km.
    Com 360.000 , tive que trocar o cabeçote com trinca, mas dava prá recuperar sem troca, mas preferi trocar.
    O motor nunca foi tirado do lugar.

  18. Gustavo Henrique disse:

    Aqui em São Luís tem 2 Kadetts que estou de olho. Um é um SL/E azul 1993 completo… lacrado e tudo mais e está a venda. Outro é um GSi, preto, completo e deve der do ano de 1994 ou 1995, mas esse não tá a venda. O cara anda nele todos os dias.

    Ambos em excelente estado de compra e feito pra usar no dia a dia.

  19. Alexandre Werner disse:

    Lembrei do meu velho Kadett agora. Comprei gato por lebre, o carro tava todo ferrado… Mas tinha um torque sensacional. Os chevroleteiros devem estar acostumados mas como la em casa Ford e VW sempre dominaram a garagem, o motor do Kadett subindo a serra sempre me impressionava.

  20. Denis Freitas disse:

    Esse aí é um SL 93. Os emblemas traseiros só saíram nessa posição em 93. A cor também é exclusiva de 93.

  21. juca vacsoncelos disse:

    Otimo carro, minha ex sogra tinha um 1991, 1.8 a alcool. Ótimo carro, andava bem até com gasolina, qndo um frentista BURRO colocava por engano… Mas tudo tem seu tempo, e ela acabou vendendo-o por 4 mil e trocando por um gol novo, blergh.

    Se ele tivesse ar, ele tinha comprado ele pra mim e botado nos trinques…

  22. Felipe disse:

    Tá muito bonito esse 93.
    Gosto do Kadett desde o lançamento, hj tenho um 97 prata, já dos MPFI 2.0
    Ótimo carro

  23. Eduardo (PE) disse:

    Pela cor do modelo deve ser 1992 ou 1993. Muito bonito e bem conservado.

  24. darkman disse:

    por falar nisso,tenho um tio-avo que possui um verona comprado zero quilometro em 91,92 sei lá tá com uns 15.000 rodados nunca viajou,só vai no mercado uma vez por semana vou descolar uma foto e mandar pro seu blog

    • Willian disse:

      Na minha rua tem um casal de velhinhos que tem duas raridades na sua garagem. Um fusca 1969 e uma parati 1993.

      Um dia eu até ajudei o tiozinho a dar tranco no fusqueta, que nao era ligado faz tempo. Se o velho não fosse tão cricri, eu tiraria fotos das maquinas dele e mandaria pra ca.

    • A mãe do meu tio vendeu um Gol CLI 1.8 1995/96 já era do Bolinha e era único dono com 55 mil KM originais, por 8 mil, quando eu soube do valor que ela vendeu (Que tristesa) do jeito que ele estava ela poderia vender por pelo menos uns 15 mil.
      Agora está com um Palio fire 2004=/

  25. darkman disse:

    acho muito legal vc mostrar essas barcas,mas penso que deveria cobrir a placa

  26. Squa disse:

    A Tia deve se chamar Cleo e tinha 70 anos qdo ganhou do marido. É só olhar a placa…

  27. Israel Barbosa disse:

    O kadett como carro de corrida deve ser uma beleza. Sonho um dia ter um somente para isso…

  28. Bianchini disse:

    Ótimo carro, pena que ultimamente está difícil de achar um em bom estado, pois a molecada descobriu que ele anda tanto ou mais quanto as “Goletas”, então estão destruindo muitos deles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *