MENU

terça-feira, 21 de setembro de 2010 - 13:10Automobilismo brasileiro

HORROR

SÃO PAULO (de quem é a culpa?)Uma arquibancada desabou e feriu mais de 100 pessoas no interior do Paraná, domingo, numa dessas abomináveis provas de arrancada que proliferam pelo país. Abomináveis porque não têm controle, fiscalização, nada. Quem foi o responsável pela montagem dessa arquibancada? Quem organizou a prova? Alguma entidade oficial (CBA, federação estadual) sabia que ela iria acontecer?

Claro que os dirigentes do automobilismo não devem ser responsabilizados por arquibancadas vagabundas ( o link tem o vídeo, e é impressionante). Mas eles não se vangloriam de ter transformado essas competições em modalidade esportiva oficial? De cadastrar seus praticantes e transformá-los em pilotos, com carteirinhas e tudo? Sendo assim, não deveriam zelar por sua prática, vistoriar locais e tudo mais?

Pois é.

37 comentários

  1. Eliseu disse:

    essa prova foi feita com supervisão da FEDERAÇÃO PARANAENSE DE AUTOMOBILISMO.

    dar alvara de uma competição sem vistoria de bombeiros
    é RIDICULO.

    vale lembrar que os representantes da federação estavam
    presentes.

  2. pro mod disse:

    Muito me admira um jornalista dizer essas besteiras de um dos esportes que mais cresce no brasil, nos EUA é um dos esportes que mais tem públicos, e no Brasil este esporte está crescendo muito também. Antes de comentar algum assunto, ou os LEIGOS “meterem o páu” no esporte, deveriam pesquisar sobre o assunto, pois o esporte é sim reconhecido pela federação de automobilismo e os pilotos são credenciados e com carterinhas para participarem dessas provas.
    Agora você Sr. Flavio Gomes, qualificar um esporte com abominável é no minimo ignorância sua, pois como jornalista deveria pesquisar e aprender sobre o assunto e não ser tão medilcre no seus comentários.

    abraço.

  3. DOC disse:

    Não tem coisa mais desprezível neste mundo do que pessoas discutindo assuntos que não conhecem, leigos e frustrados seria o termo ideal para quem estas pessoas. Arrancada é um esporte sim e mundial, com provas consagradas que ocorrem em Curitiba, Velopark, e outros lugares que chegam a acomodar mais de 40.000 pessoas e mais de 400 carros ,muitos com mais de $ 100.000 investimentos e garanto que não são´´ manos` não .. Eu gosto muito, prefiro Mil vezes assistir o Festival Brasileiro em Curitiba do que formula1 e vou investir para participar tbm… Então LEIGOS, não misturem irresponsabilidades de organizadores de provas simples e de pequenas cidades com o nosso esporte ARRANCADA! abçs..

  4. Marcos Antonio disse:

    Arrancada é para quem gosta realmente de mecânica, tirar quase 1000 cavalos de um motor AP, isto é arrancada, quem não gosta de mecânica e olha somente a carroceria, nunca vai gostar de arrancada, a evolução na mecânica é extraordinária. Se você ficar um mês desatualizado, fica com 100 cavalos a menos no teu motor, isto é arrancada !!!!

  5. MSM disse:

    Não gosto de arrancada, mas pelo que vejo no programa Curva do S do Speed, as arrancadas que acontecem no Sul (onde é muito popular) são nos autódromos com toda a infraestrutura que a categoria precisa. Pelas imagens ,vemos que o envento foi DES”organizado” por incompetentes, que apenas queriam aparecer (o que acabou acontecendo de maneira trágica) sem nenhuma preocupação com segurança e conforto para o público que estava presente.

  6. Se isto aqui fosse um país sério, alguém já estaria na cadeia. Se fosse no Japão, arakiri.

  7. Opaleiro MG disse:

    Desculpe Flavio, mas arrancadas sempre fizeram parte do automobilismo. A quanto tempo se ouve falar das drag-races nos EUA? Podemos gostar ou não – eu adoro – mas negar que são automobilismo, não dá!

    • Diogo Sorocaba disse:

      Com todo respeito a você, os EUA não têm automobilismo, portanto, jamais foram referência no assunto.
      Não é possível considerar “pilotos”, pessoas que não sabem virar o volante em alta velocidade. Nem mesmo aqueles que o fazem levemente à esquerda, nos ovais.
      Corrida em linha reta nunca foi automobilismo. Esse “enquadramento” serve apenas para as federações arrancarem dinheiro de quem vê graça nisso.

  8. Justiceiro Utópico disse:

    Tem idiota para tudo neste país de brasileiros acéfalos imbecilóides e que votam em político ladrão a vida inteira. Pagar dinheiro para ir assistir chevetão 71 queimando óleo???????? Isso a gente vê o dia inteiro na rua! OTÁRIOS! Morrem assistindo coisas de idiota, e depois ainda tem gente que reclama! É claro que uma porcaria dessas idiotices de campeonato de arrancada é coisa feita para tomar dinheiro de trouxões, que ainda acham que estão lá para se divertir! Bando de gente idiota que vai a festa de peão, rodeios de maus-tratos a animais, micaretas, raves de drogas, soltar balões, pichar muros de imóveis, e todas essas coisas idiotas que fazem por aí o tempo todo! Povo idiota!!!

  9. hanle disse:

    “Em nota oficial, a Prefeitura de Quatro Pontes disse que a estrutura da arquibancada é de responsabilidade de uma empresa terceirizada, contratada por meio de licitação. Ainda de acordo com a nota, a 5ª Prova de Arrancadas de Carros teve supervisão e credenciamento da Federação Paranaense de Automobilismo.”

  10. Flavio Bragatto disse:

    Falei nisso outro dia.

    Assisti a uma prova destas em Cosmopolis-SP ha uns anos atrás e não tinha nenhuma ambulancia.

    Tá aí… agora fudew! Quem é que vai pagar essa conta? E se morrer um pai de familia, como fica?

  11. arnaldo disse:

    Favor lerem autodromo de Interlagos,ou melhor Jose Carlos Pace.

  12. arnaldo disse:

    Aproveitando,sugiro darmos uma revisão em todo o sistema de gradeamento,telas,etc aqui em Interlados para logo tambem não aconteça imprevistos.

  13. Ronaldo Brahmeiro disse:

    Flavio, vi essa matéria ontem no Jornal da Band, que aliás me fez lembrar daquele seu post sobre o fim da versão impressa do Jornal do Brasil: desde ontem (e parece que vai ser a semana inteira) o pessoal da Band está malhando o tal do Nelson Tanure, responsabilizando-o por acabar com os estaleiros do RJ uns anos atrás. Pelo jeito, não foi só com o JB que ele acabou…

  14. Marcelo disse:

    Olha, me desculpem mas acho o seguinte:
    Arrancada não é corrida, muito menos esporte. Quem ta dentro, acha que é piloto, mas não tem condições ou braço para fazer curva. Os carros só tem torque, mas curva não fazem e freio não tem. Que é isso? Dizer que o cara tem carteira de piloto, sem ao menos ter condições de andar num autódromo ou kartódromo? Háaa, que me perdoem, mas arrancada não é corrida e quem acelera, não é piloto, é motorista.
    Sinto pela arquibancada, sinto pelo povão, mas pela prova…. prova… que prova?
    Abraço.

  15. Lemo disse:

    2 possíveis causas:

    - Montagem incorreta;
    - Superlotação.

    Ou a soma de ambos.

    Possíveis soluções:

    - Inspeção de segurança para liberação do evento;
    - Maior controle do pessoal, evitando-se a lotação.

  16. Bruno A. disse:

    Flávio, isso foi numa cidadezinha aqui perto.
    O evento tinha fiscalização da FPrA, porém não tinha vistoria nem autorização dos bombeiros. Pra variar, só cobram taxa pra mandar alguém lá, mas tão cagando pra segurança do público.
    Um laudo preliminar do instituto de criminalística apontou falhas graves na montagem das arquibancadas. Coisas tipo solda sobre material corroído, montagem errônea. A montagem foi uma porquice.

  17. Eusebio Sachser disse:

    Eu moro no interior do Paraná, perto de onde isso aconteceu. Eu estava lá e vi a arquibancada caindo. Pensar que meia hora antes eu estava na mureta que divide a pista e o publico. É lamentável.

  18. marcão disse:

    Uma imagem vale por mil palavras….

    Essas ai mostram como as coisas estão feias pro esporte a motor….

    Isso é, vergonhoso, ultrajante, lástimavel, se a cba tem algo com isso, não sei, mas também não duvido…

    Infelismente essa é hoje a cara da CBA… tendo ou não envolvimento nesse caso….
    Simples: Situação caótica………

  19. Diogo Sorocaba disse:

    Quer dizer que um cara andando rápido, em linha reta, pode ser considerado “piloto”? Com carteirinha e tudo?
    Qualquer macaco bem treinado faz isso! Com Passat, Opala, Porsche, Ferrari ou dragster!
    A CBA não sabe mais o que inventar para recolher dinheiro. Homologam esses eventos esdrúxulos, farofada generalizada, cheios de manos com seus carros tunados que, otários, pagam para ser chamados de “pilotos”. Bando de tontos!

  20. Marco disse:

    Porra Flavio… Pára de se preocupar. Federações e Confederação não vão mudar um milímetro.
    Dá a impressão (falsa, claro) que só tem idiotas, aproveitadores e incompetentes no automobilismo.
    Falando nisso, se os cargos não são remunerados, por que tanta vontade de ser e ficar?

    Cuidado com o infarto, meu !

  21. Marcos Antonio disse:

    Arrancada foi legal, Você tinha um 6 bocas, colocava uma weber, um 6 em 2 e um comandinho e brincava pacas, agora, neguinho gasta R$ 50 mil num motorzinho Ap ( só no motor, fora câmbio, etc ), perdeu a graça.

  22. Eduardo disse:

    Parece que esta prova (racha) foi organizada (ou desorganizada) pela Força Livre. Esta empresa é a mais famosa nas provas de arrancada mas que ultimamente só tem se preocupado com o próprio bolso!!!

    • Emerson Pippi disse:

      Olá,

      Antes do “achismo” é bom saber a realidade.]

      Essa prova teve a organização da Prefeitura de Quatro Pontes com a supervisão e credenciamento da Federação Paranaense de Automo­­bilismo. A empresa responsável pela montagem das arquibancadas era terceirizada.
      A grande irresponsabilidade é que nenhum dos orgãos organizadores, sequer a prefeitura, pediu vistoria dos bombeiros para as instalações.

      A FORÇA LIVRE não tem nenhuma ligação com o evento.

      As provas de arrancada eliminaram mais de 90% dos pegas de rua em Curitiba. A diferença é que aqui esses eventos ocorrem no autódromo de Pinhais, com todo estrutura e organização.

  23. Ricardo disse:

    Flávio é melhor proliferar essa modalidade de arrancada do que vc ver o povo acelerando nas avenidas e matando pessoas inocentes…já presenciei um acidente deste tipo e não desejaria que acontecesse com ninguém, melhor o povo correr nas pistas fechadas, pelo menos tem mais “segurança”. Sobre a arquibancada, tem que apurar com quem promoveu a arrancada que no caso foi a prefeitura, que com certeza vai responsabilizar a empresa que montou a estrutura.
    Isso pode acontecer em qualquer local, agora falar que a culpa é da CBA, acho que está equivocado, pois muitas dessas provas a CBA não sabe da existência e os pilotos (grande maioria) não são federeados, e que eu saiba pouquíssimas pistas aqui no país são autorizadas pela confederação, como interlagos, velopark, tarumã, a pista do mega space, me corrijam se falei alguma coisa errada.

    • Tazio disse:

      Acho que o Ricardo tá certo, na questão da que Corrida em local fechado, não envolvem pessoas desavidadas, como em Rachas nas Ruas. Alias, coisa de Covardes. Se a Prefeitura apoias, palmas para o Prefeito, acho isso importante. Mas se apoia, seguramente é para arrumar votos e participar da Premiação, aflorar a Vaidade. Então são responsaveis pela Arquibancada, é muito simples, Problema é achar pessoas competentes na Prefeitura… Isso lá é outro papo.

  24. Mateus Longo disse:

    Vale lembrar que em 2004 ou 2005, não lembro com precisão, ocorreu o mesmo em Erechim, e por conta disso em 2005 não houve o Rally Internacional de Erechim, que voltou em 2006. Uma tal liga que a CBA chamou de pirata à epoca organizou o evento, numa rua, e uma arquibancada tubular ruiu machucando pessoas também.
    É por essas e outras que sou contra arrancada.
    abraços!

  25. Jeambro disse:

    Muito foda. Sair de casa pra se divertir um pouco com seus filhos e voltar todos machucados naquele desespero todo. Putz, traumatiza todo mundo. Alguém deveria ser responsabilizado seriamente por isso.

    • Jonatas disse:

      Bom… para sair de casa para se “divertir” com seus filhos e sua família eu receio que esse não é o melhor dos ambientes para tal…

      Mas cada um vai aonde quer e tem sua opinião não é… a Constituição prevê tal coisa…

      Mas enfim, sou a favor da proibição deste tipo de evento.

  26. Gustavo disse:

    Imagina se um “piloto” perde o controle e o carro vai pra cima essa galera amontoada no cantinho da “pista”.

  27. disse:

    Issoa acontece em arrancada, rodeios, shows. No caso específico é a organização do evento, que pelos vídeos é a mesma de anos, que como a maioria “dos organizadores” do automobilismo, investe para levar uns trocos, e não a longo prazo. Falta de profissionalismo é isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>