MENU

segunda-feira, 27 de setembro de 2010 - 14:16F-1

TÁ BOM MESMO

SÃO PAULO (a ordem dos fatores…) – O Jônatas Boer mandou as contas do Mundial de F-1 com o sistema de pontuação do ano passado. A ordem da classificação seria a mesma. Mas o total de pontos dos candidatos ao título em relação ao líder teria uma proporção um pouco diferente. Para entender: Webber teria 80 pontos, contra 77 de Alonso. O espanhol, assim, teria feito 96,2% dos pontos do australiano. No sistema atual, essa proporção é de 94,5% (202 x 191). Não sou matemático e não sei se isso quer dizer muita coisa. Em todo caso, me parece que a história de valorizar as vitórias está funcionando. Ligeiramente, mas está. Nota-se que os que venceram menos (Webber e Alonso têm quatro vitórias cada neste ano; Hamilton tem três; Vettel e Button, duas), no sistema atual, estão mais distantes do líder, em termos percentuais, do que estariam no ano passado:

PONTUAÇÃO DE 2009
1) Webber, 80 (100%)
2) Alonso, 77 (96,2%)
3) Hamilton, 75 (93,7%)
4) Vettel, 74 (92,5%)
5) Button, 72 (90%)

PONTUAÇÃO DE 2010
1) Webber, 202 (100%)
2) Alonso, 191 (94,5%)
3) Hamilton, 182 (90%)
4) Vettel, 181 (89,6%)
5) Button, 177 (87,6%)

Cada um que interprete os números como quiser. Eu só consigo dizer, olhando para eles, que o campeonato está bom de verdade. E estaria mesmo se o sistema de pontuação não tivesse mudado.

22 comentários

  1. FTrack disse:

    Não gosto desse sistema de pontuação. É muito ponto, vai contra a tradição da F1 e parece campeonato americano, fanático por grandes somas: faltam 4 corridas e Webber já tem 202 pontos.

    Bastaria manter a pontuação do ano passado com uma única mudança: atribuir 7 pontos ao segundo colocado no lugar de 8. Teríamos o 2º colocado recebendo 70% da pontuação do vencedor, o que valorizaria ainda mais o primeiro lugar que o sistema atual (no qual o 2º leva 72% dos pontos do 1°) e não teríamos pilotos com pontuações bicentenárias.

  2. Jose Medeiros disse:

    só para lembrar o MBC. quem foi campeão com carro ruim? Nobody…Cê lembra que a Benneton do shummy era irregular? E que ele também foi campeão jogando o carro em cima do Damon. Outra coisa, o Senna antes de jogar o carro emcima do Alain avisou que iria fazê-lo,ao contrário do que aconteceu no ano anterior. E se ele era AFOBADO, era pq corria e não passeava de carro. Só para lembrar, o Senna não foi campeão com a Lotus, mas esteve disputando os titulos de 86 e 87 com um carro inferior. O que o Shummy fez em 2005 quando nao tinha o melhor carro? Ganhou o “espetacular” GP dos EUA e mais nada. O Grande Mansell voltou em 1994 e andou na frente com uns 41 anos, acho que a mesma idade do Michael “fuck” Schumacher que anda levando até dos japoneses, que sempre se destacaram pelas vitórias e títulos na F1. E quanto a ser campeão tres dos maiores de todos os tempos nnao foram campeões e em qualquer pesquisa com quem conhece F1 aparecem entre os top 10. Como vi que sabe tudo acho que sabe de quem estou falando. Quanto a minha opiniao sobre o shummy: O melhor de sua geração, leia-se Rubinho, damon,, Mika, Eddie, Juan pablo, Ralf, Kimi, David, Jacques, e quem vcs quiserem colocar. GO LEWIS….(2011 se possivel).

  3. RenanCL disse:

    Flavinho, para provar a “valorização” da vitória, a conta deve ser feita em relação ao total de pontos conquistados pelo vencedor (10 em 2009 e 25 em 2010).

    Assim, sendo:

    PONTUAÇÃO DE 2009
    1) Webber, 80 (-)
    2) Alonso, 77 (30%)
    3) Hamilton, 75 (50%)
    4) Vettel, 74 (60%)
    5) Button, 72 (80%)

    PONTUAÇÃO DE 2010
    1) Webber, 202 (-)
    2) Alonso, 191 (44%)
    3) Hamilton, 182 (80%)
    4) Vettel, 181 (84%)
    5) Button, 177 (100%)

    A diferença de Webber para Alonso na pontuação de 2009 seria de 30% do valor de 1 vitória e na pontuação de 2010 seria 44%.

    Abraço

  4. MBC disse:

    No tempo do Schumacher não era a pontuação que fazia a diferença e sim o próprio alemão, ele venceu campeonatos com 2 tipos de pontuação, como podem ver a pontuação de 2009(mesma de Schumacher em 03/04) não mudou muito a situação em 2010! Esse equilíbrio em 2010 se deve mais a dois fatores, a proibição de testes que nivela os grandes acertadores de carro com os que não são tão bons (hoje tudo fica mais nas “mãos” dos projetistas e seus “pacotes”). Ferrari, Mclaren e RBR estão equilibradas tecnicamente, quando acerta o pacote o carro anda na frente quando erra anda atrás! Em termo de pilotagem os ponteiros erraram muito na pista, só Button não jogou corridas fora, isso também equilibrou as coisas! Schumacher fazia a diferença desenvolvendo carro, dando estabilidade a equipe, sendo veloz em treino e corridas e o melhor não jogava resultado fora! O curioso é que em 2003 mudaram o regulamento radicalmente (também a pontuação)justamente para “FERRAR” o alemão. Não deu certo, Schumacher foi campeão em 2003 correndo com o regulamento feito contra ele(muito diferente de 88 onde o campeão só conseguiu o título graças ao regulamento de descartes, isso ninguém lembra!!!).

    Schumacher ia vencer vários campeonatos com qualquer pontuação em qualquer época! Se Piquet, Prost e Mansell pediram para sair com receio da nova geração, paciência!!! Hakkinen no primeiro treino na Mclaren largou na frente de Senna em 93, mostrando que mesmo novato era rápido(Senna era tão “mala” que certa vez criou caso até com Halkkinen na equipe, justo Hakkinen piloto que sempre foi considerado boa praça). Na Benetton outro novato incomodava, enquanto Schumacher e Piquet estavam na pista(que é o que vale), nas corridas o alemão andou 182 voltas na frente de Piquet(o brasileiro apenas 44 a frente do alemão) para quem não conhecia o carro e as pistas o alemão sem experiência nenhuma em Formula 1 deu um banho no Piquet em treinos e corridas. Lembrando que Mansell em 94 tomava “pau” até do D.Hill!!!

    Schumacher e Piquet em 1991

    GP Monza 1991 – 53 voltas no total.
    Grid: Schumacher em 7° e Piquet 8°
    Corrida:
    O alemão andou todas as voltas da corrida a frente do brasileiro.
    Bandeirada – Schumacher em 5° e Piquet em 6°

    GP Portugal 1991 – 71 voltas no total.
    Grid: Schumacher em 10°e Piquet 11°
    Corrida:
    Schumacher a frente 1° a 27° volta, depois 42° a 45°
    Piquet a frente 28° a 41° Volta, depois 46° a 71°
    Bandeirada – Piquet em 5° Schumacher em 6°

    GP Espanha 1991 – 65 Voltas no total.
    Grid: Schumacher em 5° e Piquet 10°
    Corrida:
    Schumacher a frente 1° a 6° volta, depois 10° a 65°
    Piquet a frente 7° a 9° volta
    Bandeirada – Schumacher em 6° e Piquet em 11° duas voltas atrás de Schumacher

    GP Japão 1991 – 53 Voltas no total.
    Grid: Schumacher em 9° e Piquet 10°
    Corrida:
    Schumacher a frente 1° a 34° volta até o motor quebrar na volta 34
    Piquet a frente(com a quebra do alemão) 35° a 52° volta.

    GP AUstrália 1991- apenas 14 Voltas, prova interrompida pela chuva!
    Grid: Schumacher em 6° e Piquet 5°
    Schumacher a frente 2° a 4° volta até sofrer acidente
    Piquet a frente 1° volta, depois 5° a 14° volta

    Se Kimi foi campeão em 07 e hoje Alonso tem uma Ferrari em alta, isso é graças a Schumacher que no passado que deu estabilidade a equipe! Schumacher “ergueu” a Ferrari duas vezes, em 96 e 06 deu outra mentalidade a equipe, fora a Benneton no início dos anos 90. Melhor não duvidar desse alemão ele sabe como fazer uma equipe crescer, o problema é saber se daqui a 2 anos a idade não vai pesar(desafio que considero difícil já aos 41, ainda mais parado 3 anos). F1 não é categoria Masters, mas se Schumacher quer correr qual o problema, se o Rubinho lenga-lenga esta a 18 anos na F1 e até agora NADA!!! Qual o problema de Schumacher ficar mais 2 anos, ele não precisa provar mais nada, volta pelo desafio de correr com pilotos mais jovens. Que a Mercedes vai melhorar isso não tenho dúvidas, logo esse fantástico motor Mercedes será exclusividade da equipe, até lá Schumacher junto a equipe já terão solucionado os problemas de aerodinâmica e chassis, acredito até em uma renovação de contrado do alemão! Essa Mercedes de 2010 chega ser pior que a Benetton de 92/93 e Ferrari de 05, Rosberg deve estar muito frustrado, até agora não tem uma vitória na F1(mais 2 anos vira um Rubinho)! Para Schumacher o desafio é outro, muito maior…fazer história depois dos 40 voltando a ser competitivo no meio da “molecada”, Schumacher esta fazendo como Alonso em 2009 quando percebeu que o carro era muito ruim, empurrou com a barriga, o foco é 2011. O Senna só foi campeão porque correu em uma super equipe nos anos 80, muito graças ao Prost que deu estabilidade a equipe, ele é quem acertava o carro, o Senna só sentava e pilotava! Senna se ficasse na Lotus em 88/89/90 nunca seria campeão, o mesmo ia acontecer se ficasse na Mclaren em 94/95/96! Quem foi campeão SÓ COM CARRO BOM, Schumacher ou Senna? Schumacher pelo menos começou por baixo, levantou duas equipes e foi campeão, ele fez o carro ficar imbatível! Senna além de depender do Prost, só conseguiu o primeiro título em 88 com ajudinha dos descartes na PONTUAÇÃO, na pista Prost foi melhor em 88. Prost ganhou o apelido de “professor” nessa época(88/89) justo em cima do Senna porque o mesmo já era considerado piloto AFOBADO por jogar vários resultados FORA, vitórias foram um monte, passa de 10…Prost deu uma aula de regularidade em 88/89 e em 90 restou a Senna jogar o carro em cima para ser campeão! Em 91 não deu nem graça a Williams só quebrava, na pista Mansell e a equipe erraram muito, e Senna ainda contava com o CAPACHO Berger.

    Em 88 campeão graças ao descartes, 90 jogou o carro em cima do Prost, 91 pegou Williams que só quebrava com o trapalhão Mansell…e ainda falam dos títulos do alemão…

  5. José Medeiros disse:

    Minha opinião pessoal é que o melhor sistema da F1 era o com descartes. Naquela epoca os pilotos arriscavam mais. O Senna campeão de 1988 e vice em 1989 (se vencesse teria menos pontos que o Prost como no ano anterior). Ai o “saudoso” Balestre mudou o sistema para o Alain se dar bem, só que esqueceu do Senna que, mesmo arriscando sempre, mudou um pouco seu estilo e se contetou com alguns quartos e quintos lugares em 1990 e 1991. Já este novo sistema é sucessor do sistema de pontos antishummy (tem hifen ainda?), pois enquanto ele passeava de cadillac pelas pistas ganhava o campeonato na metade já que os outros usavam calhambeques. Neste ano tentaram melhorar pq o Jenson ganhou tudo na metade do ano e depois foi só administrar. Para finalizar sugestões de Bonus para a pole, para quem lidera mais, volta mais rápida, capacete mais bonito ou desculpa mais esfarrapada por deixar o companheiro de equipe ganhar.

  6. Felipe disse:

    Com certeza estaria ótimo fg, mas pra mim assim é mais justo e correto, afinal a vitória vale 7 pontos a mais. Imagine o Vettel só fez besteira esse ano estaria com boas chances e no sistema atual está mais longe do webber.

  7. Antonio disse:

    A diferença seria uma posição. Sem o Webber pontuar, o Alonso precisaria de um 4o. lugar para ultrapassá-lo, ano passado bastaria um 5o.

  8. José Brabham disse:

    FG, pode ser que assim, falando em percentuais e a quatro corridas do fim, pareça que ficou a mesma coisa. Mas se lembrarmos que os campeonatos de 2007 e 2008 foram decididos por UM PONTO, essa nova pontuação (que valoriza a vitória) vai fazer MUITA diferença no final.

    Pode escrever!

  9. Rodrigo Duarte disse:

    Bem diferente dos tempos de domínio do alemão Schumacher, em sua imbatível Ferrari.

  10. Guilherme disse:

    A porcentagem, por si só, não diz muito. Se fosse no sistema de pontuação de 2009, a diferença entre o 5º e o 1º da tabela é a pontuação de um segundo colocado. No sistema atual essa diferença é a de um primeiro colocado. Ou seja, distanciou os competidores… Tem lógica, não?

  11. Jonatas disse:

    Obrigado Flávio por publicar a planilha que lhe mandei.

    Abraços

  12. TOM SEM FREIO disse:

    Independentemente dos pontos, o que seria legal, é que as 4 ultimas corridas fossem em pistas de verdade. Interlagos, se fosse o traçado antigo, ai sim seria o bicho. Dessas 4 pistas, nada me chama muita atençao. Sao pistas sem muita graça.

  13. mandruvá disse:

    É simples: a diferença percentual no ano passado do primeiro para o segundo era de 20%. Neste ano é de 28%. Logo, o primeiro ganha realmente 8% a mais de pontos que o segundo.
    É certo afirmar, portanto, que se a mesma diferença percentual fosse aplicada no ano de 2009, o primeiro colocado receberia 10 pontos e o segundo 7,2 pontos. Houve ganho real na pontuação.
    curioso é que a diferença do primeiro para o terceiro permanece a mesma: 40%!

  14. Pietro Perizzollo disse:

    no sistema antigo de pontuação era mais dificil virar o jogo e buscar o primeiro colocado

  15. alexandre disse:

    Com a pontuação mais antiga (10,6,4,3,2,1):

    WEB 64 1
    ALO 63 98,44%
    HAM 59 92,19%
    VET 54 84,38%
    BUT 52 81,25%
    MAS 30 46,88%
    ROS 24 37,50%
    KUB 22 34,38%
    SUT 11 17,19%
    MSC 7 10,94%
    BAR 6 9,38%
    KOB 1 1,56%
    PET 2 3,13%
    HUL 1 1,56%

    Notem que o equilíbrio seria ainda maior entre os três primeiros. Por exemplo, bastaria ao Hamilton uma vitória para assumir a liderança, bastando apenas que o WEB não chegasse em segundo.
    Na atual pontuação, o Hamilton depende de uma condição mais dificil sobre WEB, e depende tb da posição do ALO.

    Por outro lado, VET e BUT estariam em situação mais delicada.

    Essa pontuação ai, que o Schumacher obrigou a FIA a mudar, privilegiava muito a vitória, o que não parece ser uma coisa ruim quando não se tem um único monstro na pista, como era o caso na era Schumi.

    • Marcelo disse:

      Valeu, Alexandre, esses eram os dados que eu queria ver. Vejam que com esse sistema de pontuação, os dois pilotos que estão empatados com 4 vitórias cada estariam tb praticamente empatados em pontos. Se o esclerosado do Ecclestone realmente quer valorizar as vitórias, bastaria voltar a esse sistema, em vez de idéias de jerico como a das medalhas.

  16. alexandre disse:

    Errata:
    onde se lê (202 x 191), leia-se (191/202).
    Alexandre.

  17. Cícero disse:

    Seu site continua travando o meu navegador quando tento entrar. O problema é de Javascript. Verifique com o pessoal técnico aí, pois é possível que você perca muitos leitores por isso. Abraço.

  18. Amilton Maciel disse:

    FG, e o Máximo Bueno???? Puerra, com estas vitórias de Alonsito eu esperava que o Máximo estivesse comentando a mil no seu blog!!
    Você que tem os contatos aí, puxa o Máximo para fazer novos posts, urgente!!
    Ou estás com medinho do Galvão??? rsssss

  19. fagner andre disse:

    mesmo com uma porcentagem parecida, quando se fala que 8 pontos é o que separaria o quinto do primeiro teriamos uma impressão melhor do que está acontecendo… mas é claro que uma vitória tem 25 pontos e esta é a diferença dos mesmos. boa disputa entre os melhores AH! faltou kubica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>