TRAGÉDIA NO PARANÁ

SÃO PAULO – Vinicius Maschio, 34 anos, morreu nesta sexta-feira em treino para um festival de arrancada em Curitiba. O vídeo acima mostra o acidente. Ele perdeu o controle de seu Opala no fim da reta. No final de novembro outro acidente fatal vitimou Daniel Maia no autódromo do Eusébio, perto de Fortaleza, em prova da Fórmula V 1.8. Duas mortes em menos de duas semanas no automobilismo nacional. Espera-se que as autoridades competentes se manifestem sobre o ocorrido. Eu sempre digo que arrancada é uma bobagem, esportivamente falando. Mas tem gente que gosta, tem quem pratique, tem quem assista. E é uma modalidade oficial. Sendo assim, precisa ser fiscalizada, organizada, normatizada. Duvido que a CBA tenha alguma noção do que se faz com esses carros nessas pistas. Seria bom tentar descobrir. Assistindo a alguns vídeos do Maschio, como este aqui, me parece evidente que um acidente com esse carro era apenas questão de tempo. E ninguém fez nada para impedir.

Comentários

  • Além dos problemas com o carro, o Vinicios só morreu neste acidente devido ao fato de não ter prendido a 5 ponta do cinto de segurança, que fez com que ele se “debatesse” no interior do carro durante as capotagens…

  • Quem muito fala pouco sabe!!!

    Li muita coisa aqui, inclusive que o carro não tinha sido testado, pura balela o carro tinha acabado de passar por uma avaliação de profissionais de determinaram que o veiculo deveria ser alongado para manter a estabilidade e assim foi feito 30 centimetros maior de frente, aconteceu uma tragédia. o importante é que era um grande piloto e esportista!!!

    Um dia disse que queria morrer dentro do opala!!!!

    Vá com Deus!!!!
    Vinicius

  • Arrancada é coisa de braço duro mesmo, que não sabe fazer curva. Que acabem com estas porcarias de encontros. Não entendo como uma porcaria destas (arrancada) consegue gerar tanta discussão. Parabéns pelo blog Flávio. Um abraço.

  • resplosta aorodrigo r: o placar mostra claramente que quando ele bateu estava a 195km hora, essa gaiola foi feita por uma firma que fabrica escapamentos segundo um amigoque viu o carro ser fabricado, e o que ele me descreveu me deixou arrepiado, tiram o assoalho original do opala e soldam outro chasss tubularr no lugar, ser´=a que isso é gabaritado direito? tambem tem os dois bumps no final da reta, e mais uma serie de coisas, teimosia do piloto em não testar progressivamente o carro segundo o danilo, agora resta esperar que medidas de segurança efetiva sejam tomadas, não, se pense apenas nn os bolsos e sim nos pilotos que fazem o espetaculos, andando em linha reta ou fazendo curvas, todos ssão seres humanos, vão dar espetaculo e não cenas de terror.

  • “Será que a CBA, ou os organizadores vão tomar alguma providencia?”

    E pq ELES tem que tomar sempre as providências? Se tem tanta gente dita PROFISSIONAL envolvida nas corridas, estes não sabem calcular riscos? Não sabem medir consequências? Não têm BOM SENSO???

    Quer dizer, a grande vilã pela morte do Vinicius agora é a CBA? Então não era culpa do carro, nem do Vinicius e nem da organização? Burrice coletiva resultou nisso aí, na morte de um piloto… E se duvidar, nada vai mudar. Prova disso? Continuaram a correr normalmente depois do cara morrer!

    “Pinto que come caco de vidro sabe o cu que tem”

  • Ué, se o REGULAMENTO É CLARO e ninguém SEGUIU, só pode significar DUAS COISAS: Ou não existe REGULAMENTO NENHUM ( conversa fiada ) ou então de fato quem está correndo/assistindo/patrocinando/achando ótimo só pode ser gente que NÃO SE PREOCUPA DE FORMA ALGUMA COM RISCOS.

    Ou o terceiro caso, e talvez o mais notório: IMPRUDÊNCIA E BURRICE, tanto do piloto como da “administração” da arrancada.

    Já que a CBA não fiscaliza, quer dizer que “foda-se então, vamos correr se se morrer, morreu!”, é assim que funciona? É esse o “profissionalismo” da turma da arrancada, que SEQUER PAROU DE COMPETIR ao ver que um “companheiro” se espatifou no muro e acabara de morrer?

    Grande merda de profissionalismo tem a arrancada, e taí o relato de gente do meio pra provar o que muitos fecham os olhos pra ver!

  • Oi Flavio, mas o Vinícius também estava com o a gaiola de proteção homologada (pela mesma CBA que fiscaliza os santoantônio das demais categorias), e também correndo num autódromo liberado pela CBA (AIC- Autódromo Internacional de Curitiba)! O cinto dele também era de cinco pontos e da marca simpson, a melhor fabricante de equipamentos para DragRace nos EUA e a gaiola não se deformou! Dizem, agora eu não sei, que ele não prendeu a parte que passa na virilha e por isso saiu do banco, mas isto também se verdade, foi irresponsabilidade dele. Eu não sei nas outras categorias, mas na arrancada os “fiscais” de vistoria, não sabem nem onde fica o motor! Meu carro tem uma gaiola de proteção com todas as normas do regulamento brasileiro de arrancada, que é redigido pela CBA, meu cinto é simpson também e de cinco pontos, meu banco tem oito fixações no assoalho e lateral, também é homologado, mas e daí, o cidadão que faz a vistoria não sabe nem o nome do carro! A gente até tenta andar certo, mas cadê as CBA para fiscalizar os outros participantes. Tem carro bom e carro ruim na arrancada, eu corro a 16 anos na arrancada e nunca sofri nenhum acidente, pois sei que tenho que me cuidar; Mas e os outros pilotos? E os organizadores e a própria CBA! “Os caras” querem dinheiro, que se dane a gente! A arrancada é um hoobie e como já disse, não queremos ser “os melhores”, ou “os mais pilotos”, apenas nós estamos fazendo o nosso gosto, que é acelerar em uma reta o mais rápido possível! Leio alguns comentários falando; Piloto de arrancada não faz curva! Mas que disse que queremos fazer curva! Se quisesse, montava um carro igual ao seu Flavio, ou de uma outra categoria e me divertiria igual! Gostamos da arrancada, seja ruim ou não, gostamos da categoria!
    Você tem uma opinião muito forte e respeito isso, mas, por favor, Flavio, você sabe que existem falhas em todas as modalidades e às vezes é preciso uma tragédia, para detonar a bomba! Abraço!

    • Cara, o caso desse acidente é simples. Era um carro que não andava em linha reta. O próprio piloto escreveu isso. Não poderia competir. E ninguém impediu. O resto é conversa. O que está em discussão aqui não se eu gosto de arrancada ou não. Isso é irrelevante.

  • Como “quase” tudo na vida, tem que acontecer primeiro, para depois ser tomado uma providencia. Amo a arrancada, e sei que essa tragédia poderia ser evitada se os organizadores tivessem alertado, ou até impedido o Vinicius de largar. O carro já estava andando a mais de 260km/h na marca de 400 metros e sem a menor direção, sei que o Vinicius sofria para direcionar o carro e ele sabia do alto risco. Mas quem acha que vai morrer? Aconteceu e agora fica a pergunta; Será que a CBA, ou os organizadores vão tomar alguma providencia? Eu não sei, mas sei que existem carros com problemas na maioria das categorias, não foi o próprio carro do Sr. Flavio Gomes que saiu a roda numa curva? Só não se matou, pois a DKW não passa de 100km/h! Então é fácil falar, o difícil é fazer! Temos que tomar lições e tentar evoluir sempre. Aos que não gostam de arrancada, não tem problema, pois não estamos querendo chamar a atenção, apenas queremos nos divertir e junto com o demais praticantes, exigir mais vistorias técnicas e mais segurança nas pistas. Abraço a todos!!

    • Meu carro quebrou o semieixo, na ocasião. E não importa a velocidade. Estava num autódromo, com áreas de escape, guard-rails, cinto de 5 pontas, santantônio homologado e muito seguro. Não corri nenhum risco. Não se compara a um carro que passa de 250 km/h totalmente desgovernado.

  • Os comentários do Danilo prova que nem os organizadores e nem os pilotos respeitam as regras do bom senso . Foi na verdade a essência do post , que foi totalmente deturpado e levado para o lado pessoal de quem comentava . O Danilo estava lá , conhecia o cara e provou pelos comentários que estava tudo eraado e sem fiscalização . PONTO FINAL !

    • e o cara teimava em correr com o carro, oun era louco ou suicida, o comentario do danilo deixa isso bem claro, voces fãs da arrancada e amigos do vinicios inclusive a familia, nunca DEVERIAM DEIXÁLO naquele carro inseguro e sem ter sido devidamente testado, um erro não justifica outro erro, e foram muitos erros.

  • Como escrevi antes no blog acompanho arrancada há muitos anos, moro em Curitiba (isso ja é um bom aval,ha,ha).
    Como um acidente, seguido de morte, não tem só uma causa, mas vários fatores, resolvi enumerar um que ainda não foi citado neste blog.
    Os jornalistas especializados nesta modalidade também tem uma pequena parcela de culpa.Explico,é muito comum neste meio o pessoal da imprensa utilizar a giria “sangue nos olhos”,ou seja o cara acelera o carro sem dó, não tem medo de nada, doma “touro bravo”.Quem acompanha arrancada sabe o quanto essas expressões são usadas por locutores de autódromo (Curitiba,Piracicaba,Velopark,etc) e por repórteres dos sites e revistas especializadas.
    Nunca vi um jornalista,neste meio,usar a expressão “o carro saiu de lado tira o pé pois não vai fazer tempo e vai proteger o integridade do equipamento e o piloto”.Nunca ninguém falou ou escreveu isso, ao contrário usam sempre a expressão “sangue nos olhos”.
    Acredito que tem pilotos que leva essa expressão a sério, pois talvez tenham “medo” ou “vergonha” de tirar o pé na frente do público.
    Acho queesta na hora da imprensa que cobre estes eventos parar de estimular tal prática. Quem sabe nos “briefings” (reuniões com os pilotos antes do evento) seja valorizada esta questão, ou seja (repito novamente) saiu de lado tirou o pé ou que se apliquem penalizações aos que tem “sangue nos olhos”.

  • Nas arrancadas anteriores ao acidente, vemos que o carro já saía rabeando a traseira e no final dos 400 o carro estava muito leve e jogando bastante, mas como o piloto não tirava o pé, a própria aceleração ajudava a firmar o carro no chão.
    No vídeo do acidente nota-se que o carro saiu reto e foi assim até os 200 metros, onde ele saiu para a esquerda de repente ( entrada de booster, entrada de uma marcha) ?
    depois disso as tentativas de consertar a trajetória e aí aqueles pneus enormes e moles complicam tudo. Quem já viu alguns videos da Caravan do Amanajas percebe que ele não capotou no final da reta por pouco também.
    OPINIAO PESSOAL – seja numa puxada de treino ou valendo, se o carro deu uma escapada, ESQUECE porque o tempo daquela puxada já era, não adianta insistir.
    Um grande abraço ao pessoal da equipe STEEL, que mesmo não conhecendo, sei que devem estar muito tristes, porém, continuem na luta em memória do piloto que se foi. E sentimos pela família que estava assistindo tudo e perdeu o seu PAI e MARIDO. Sentimentos…

  • e não disse nada alem de uma bobagem sem igual, em vez de arriscar o couro, vou cuidar de minha segurança primeiro, aí sium fica como um passeio no parque, vide rodrigo myiaky e o recorde nacional, vejam como se dirige com segurança um carro de arrancada e depos comentem.

  • com certeza , o carro dele era instável poderia melhorar emuito , mas se não andar pra melhorar não tem como corrigir os defeitos do carro , mas dizer o que o esporte é uma idiotice , ai seria chamar todos de idiotas !!!! e pilotar uma dkw , é elegante ?

    • andre… tenha paciencia, voce sabe que seu carro é instavel, certo, voce precisa melhora-lo, mas voce vai largando op pé assim de cara? ou voice o vai levando para o limite gradualmente e detectando os problemas, amigo até os pilotos da F1, nascar.indy, dtm, lemans series fzem isto. pilotar uma dkw é uma arte, aquele motor 2 tempos e aquele cambio exigem uma finesse na condução, que o digam os antigos motoris tas de taxi que trabalhavam na epoca com o carro, e aformula claSSIC, é uma brincadeira para os saudosistas, ali correm fuscas, dekaw, chevettes, lada, passat, e outros carros de antigamente, é sim uma corrida elegante e tem lá o seu glamour, e como a velocidade não é tão alta assim, não faz mal a ninguem,,aliás ninguem vai correr lá em busca de performance e sim de espetaculo e diversão para o publico.

  • NÓS DA EQUIPE STEEL ESTAMOS ARRASADOS , A NOSSA ATITUDE NO DIA DO ACIDENTE FOI DE RECOLHER OS CARROS E PARTIR POIS UM GRANDE AMIGO JÁ NÃO ESTAVA MAIS ENTRE NÓS , A PROVA CONTINUOU COMO SE NADA TIVESSE ACONTECIDO , FICO MUITO TRISTE COM ISSO , POIS SOMOS IRMÃOS DAS PISTAS E POR RESPEITO AO NOSSOS IRMÃOS DEVERÍAMOS SER MAIS UNIDOS E NÃO TÃO INDIVIDUALISTAS, O REGULAMENTO É CLARO , SE HOUVER UMA MORTE DE UM PILOTO NA PISTA A PROVA DEVERÁ SER CANCELADA , E FICA AQUI A MINHA DECLARAÇÃO , MEU AMIGO MORREU NA PISTA , NÃO NA ESTRADA VINDO PARA O EVENTO OU ATROPELADO FORA DO AUTÓDROMO , ELE MORRERU ACELERANDO , MAS COM CERTEZA , COMO JÁ É DE CONHECIMENTO DE TODO SER HUMANO , O DINHEIRO FALOU MAIS ALTO E O RESPEITO PELA SUA MORTE FICOU RESUMIDO AO MERO 1 MINUTO DE SILENCIO , QUE dEUS PERDOE ESSA PESSOAS , ELAS NÃO SABEM O QUE FAZEM!!!

    • OLha Danilo só posso dizer que sinto muito… mas, espero, realmente, que vcs da arranca aprendam com o ocorrido. Caso contrário, haverá mais mortes, infelizmente.

      Eu ando e acompanho esporte a motor há mais de 20 anos e sei dos riscos. Mas, fora a farra, a adrenalina e a mulherada, todos nós queremos viver e ver nossos filhos crescerem, não é?

      abs

    • infelizmente danilo, seu amigo tambem não sabia, mas lembre-se do que aconteceu em imola em 94, rubinho bate na sexta feira, pedaços de seu carro atinge pessoas na arquibancada, no sabado falece o ratzemberg o esp.etaculo continua e no domingo perdemos o senna e a corrida não foi cancelada, deram um jeito de dizer que ele foi vivo para o hospital, mentira, quem o viu no caixao no avião de volta para o brasil sabe bem o que eu estou falando, o galvão devia contar esta historia e não se omitir como o fez até hoje

  • O PREPARADOR E AMIGO PESSOAL PEZÃO , NÃO HÁ O QUE FALAR , ESSE É UM DOS CARAS QUE MAIS SE PREOCULPARAM COM O CARRO DO VINICIUS E PRINCIPALMENTE COM ELE , ELE CANSOU DE FALAR PARA ELE , ” O CARRO NÃO FOI CONCERTADO ” , O VINICIUS CORREU ATRÁS DOS CARAS PARA REFAZER A ESTRUTURA , ALINHAR , O PEZÃO RELUTOU ATÉ O ÚLTIMO INSTANTE , MAS O VINICIUS INSISTIU ATÉ O FINAL , NÃO ABRIU MÃO DE ACELERAR O CARRO E EU COMO AMIGO PESSOAL DELE , CANSEI DE DIZER A ELE , ” VI É TREINO , ACELERA PRA CONHECER O CARRO , SABER SE FICOU BOM, MAS ELE AINDA ZUAVA E DIZIA QUE O NEGÓCIO DELE ERA PÉ EM BAIXO ISSO ELE NÃO IA TIRAR DE JEITO NENHUM, HOJE ESTOU SENTINDO DEMAIS A PERDA DESSE MEU AMIGO DE MAIS DE 10 ANOS , FIZ DE TUDO PARA ELE ME OUVIR , MAS NÃO FOI O SUFICIENTE A TEIMOSIA TAMBÉM FAZIA PARTE DE SUA PERSONALIDADE, SUA AMIZADE ESTÁ FAZENDO MUITO FALTA ENTRE NÓS , DIFICIL DE ESQUECER ESSE GRANDE AMIGO!!!! ENTÃO FIQUEM AQUI SABENDO , PAREM DE PROCURAR CULPADOS E ENCAREM QUE ESSE NOSSO ESPORTE QUE É RADICAL E REQUER SEMPRE MUITO CUIDADO COM A SEGURANÇA , AMANHÃ PODERÁ SER UM DE NÓS

    • danilo, voce o pezão a familia que me perdoem, mas ou o cara era muito burro ou suicida, voces deviam tê-lo internado, só,sendo louco para fazer issso depois do que voce narrou acima, não tem explicação.

  • Esse carro foi feito “nas coxas” em algum fundo de quintal.
    Totalmente desequilibrado. Incapaz de andar em linha reta.
    O próprio “piloto” comentou isso num vídeo do Youtube.
    E os adeptos dizem que gastou não sei quanto e tinha toda segurança possível.
    Que segurança tem um carro que não anda reto?

    • Olá, acho que sou uma estranha no ninho.. mas entendo assim..
      O acidente aconteceu.. é fato, todavia não podemos condenar uma nação inteira por causa da irresponsabilidade de um piloto.
      Claro.. há relatos da pista estar ruim.. tudo bem.. mas creio que não precisamos denegrir a imagem de um esporte por conta disso.. se você não gosta tá valendo, cada um tem a sua opnião.. por exemplo eu acho ridículo boxe.. as pessoas acabam com suas vidas.. mas é a opção deles..
      Gosto sim de Arrancada, sei que tem muitos irresponsáveis nesse meio.. mas onde não tem? Acidentes acontecem, podem ser evitados, vi que o piloto foi avisado mas continuou.. opção dele. Talvez agora mudem a ideologia dos carros que podem ou não irem pra pista.. afinal foi preciso o Ayrton morrer pra segurança na F1 mudar.
      Entendo, ainda, não tem como mudar o que passou, as agora batalhar para que não ocorra mais.. e essa discussão boba de gosto ou não gosto de Arrancada ou até comparar ela aos brutamontes das torcidas organizadas que matam pessoas inocentes daí eu já acho demais. Afinal vai assistir quem quer, entra no carro quem quer. Se você não gosta se abstenha de assistir… vá procurar algo que te interesse.. eu não assisto luta de boxe nem fico falando mal.
      Livre arbítrio!

  • Pra mim o Flávio tá repleto de razão.

    Puxa vida, pilotar um carro com aquela estabilidade é brincadeira.

    Se a CBA estivesse fiscalizando, aquele carro não largava há muito tempo.

    Não adianta nada investir uma grana nesses carros e não conseguir andar em linha reta, afinal, arrancada é só isso.

  • É foda como tem nego que fecha os olhos e fica defendendo a arrancada, a suposta organização, a “excelente” pista ( ondulada aos montes, isso sim ), o preparador, o papagaio, o público…

    Quer saber? Se acha tão bom assim, vai lá e corre igualzinho ao cara do Opala. Quando se espatifar e quebrar uma perna ou duas, ou ficar tetraplégico ou escapar vivo de alguma forma, NÃO VENHA CHORAR dizendo que a pista isso, que a segurança aquilo…

    Pimenta no rabo dos outros é refresco!

  • Sou contra a supervalorização da tecnologia e dos engenheiros. Mas se você vai colocar um grande volume de dinheiro em alguma coisa. Pelo amor de Deus faça algum estudo antes de começar a investir.
    Você construiria uma casa sem alguém para responder pelo calculo estrutural e fundação?
    Olha a experiência mais próxima que eu tenho com arrancada é o Need for Speed. rs rs rs
    Mas presta atenção, quando eu percebia que não conseguia controlar o carro em linha reta, eu já começava a me perguntar se valia a pena ficar tentando com aquele carro. Colocar mais dinheiro em algo que já é problemático é complicado. Equipes de Fórmula 1 desistem de carros ruins e começam a pensar nos carros para a nova temporada.
    É melhor eu não comentar muito mais, criticar depois do ocorrido é fácil e tem gente sofrendo com o que ocorreu.

  • FG, fique tranquilo porque você tem frequentadores neste blog de nível intelectual muito maior do que esses fanáticos imbecis e semianalfabetos que inundaram os comentários desse post.

    E é claro que se esses fanáticos saírem, nunca mais derem as caras por aqui, será um favor a você.

    Eu acho arrancada uma bobagem, assim como você, mas, mesmo que achasse “o máximo”, não teria por que cobrar de você, um jornalista sério (e dono do blog, diga-se de pessagem), a “mudar sua opinião”.

    Aos fanáticos: vão estudar um pouco, se não para se informarem melhor, ao menos para criticarem com consistência.

    Saudações FG.

  • Para encurtar uma história longa: aquele Opala da ProMod largaria em alguma prova de ponta na categoria ProMod da NHRA? Não.

    Portanto não me venham falar em excelência e “investimento” se o benchmark é levado no “jeitinho”. Ou seguem o regulamento de uqem faz melhor e de forma mais segura no mundo ou coprem caixões de plástico para levar oa circuito, pois mais pilotos vão morrer.

    A modalidade já existe no Brasil tempo o bastante e com dinheiro suficiente para investir em pistas próprias para Drag Racing. Cade o dinheiro da Flash Power? E das empresas que fabricam componentes e peças? Quando falamos das pistas brasileiras para os gringos, eles ficam incrédulos que alguém sejá estúpido o bastante para fazer 7.7s na ProMod em uma reta que parece pista de motocross. Enquanto isso, a Pro Mod deles, segura e bem feita, está fazendo os 402 metros em 5.8s, chegando a 409 km/h de final. Ou seja, anos luz mais rápida do que o recorde do Opala do Scort Jr, o elhor carro brasileiro na categoria.

    Chorões, reclamem a vontade, mas a arrancada brasileira para ser ruim precisa melhorar muito.

  • Bobagem para voçê cara pálida mas não para milhares de fãs.
    Muda a chamada do seu blog porque lá ta escrito(Blog do jornalista Flávio Gomes sobre carros antigos e todas as categorias do automobilismo mundial.)legal é formula 1 com dona ferrari arranjando resultados e sr nelsinho? batendo de propósito mas o sr alonso não sabia de nada! tenha dó.
    arrancada é paixão no mínimo igual a que voçê tem pelo seu meianov.
    tem motor pode ser qualquer um que tô dentro eu gosto de carros todos eles sem distinção já voçê provou que não gosta.
    seu comentário sobre a categoria foi no mínimo infeliz.

  • Estava na cara que ia dar merda. O carro não tinha a menor estabilidade direcional, por conta de uma bitola mais estreita na traseira, e suspensão aparentemente mal calibrada. Agora, não sei se o piloto era engenheiro, o que também não faz diferença, pois não era ele o RESPONSÁVEL pela vistoria do carro. Quem vai pagar a conta?

    • orlando, sem contar com aqueles 2 deguaus no fim da reta que fizeram o carro sair da trajetoria, e o responsavel pela vistoria da pista, como fica. a anos que aquela ondulação lá está e ninguem protesta, é igual para todos, sim, mas não é igual para umcarro, mal acertado, com problemas serios de alinhamento , e um piloto, (perdoem mais uma vez), teimoso que não ouviu nem o, mecanico e nem os amigos, sentou, amarrou o cinto e foi apagar o cigarro com o pé direito lá NO ASSOALHO, nota-se que em momento algum ele tira o pé do aceleardor, foi uma serie de fatos que ocasionou essa tragedia, e toidos ali envolvidos tem a sua parcela de culpa. cansei de comentar esse assunto, flavio, voltya logo para que tenhamos novos assuntos por favor.

  • O Flávio tem razão, e o que é mais revoltante é que vem um bando de neguinho sem a menor vergonha na cara dizer que “foi fatalidade”. FATALIDADE??? Quantas vezes o cara escapou de se espatifar no muro???

    Quantas vezes tiveram tantos outros acidentes pra lá de previsíveis e ninguém tomou atitude???

    Diz um ditado que “Sábio aquele homem que sabe a hora de entrar e de sair de cena”.

    Pelo visto o piloto do Opala não soube o momento dele…

    E outra coisa: Gaiola “reforçada” não quer dizer picas nenhuma se não for devidamente comprovada sua eficiência. Acham mesmo que uma reles gaiola aguentaria uma porrada num muro a mais de 180km/h???

    Neguinho ao invés de ficar revoltado com a própria INCOMPETÊNCIA e INSENSATEZ e cobrar melhorias e fiscalização, não…. Vem descontar as mágoas num blog só pq o dono falou que “arrancada não é esporte”.

    Meus pêsames à familia do piloto, mas quem procura acha.

    Tomara ao menos que vcs, defensores “implacáveis” de arrancadas não sejam os próximos vitimados pela própria loucura, ego… ou burrice mesmo.

    • um amigo me disse que quem fabricou a gaiola, fabricava escapamentos anteriormente, e agora? dizem que do opala, é retirado todo o assoalho, no lugar é soldado um chassis de tubos onde se completa o santo antonio e os reforços necessarios, como garantir que esses tubvos ao swerem soldasdosforam devidamente gabaritados, como garantir que naquel dia da solda, o soldador não,havia brigado com a mulher ou o time dele perdeu e o cara estava de mau humor, se nas gaio9las da stock que são feitas com o maior rigor, às vezes um tubvo sai fora do,lugar na hora da solda, o que dizer dessas coisas feitas no fundso do quintal, ou por gente sem gabarito, (peça onde é preso o veiculo), adequado. não deviam ter permitido

    • Já que é para esmiuçar o troço vamos fundo. Galileu não têm esse negócio da esposa dormir de jeans ou o time perder de 10 X 0, um processo de soldagem obedecendo critérios tecnicos deve obedecer o seguinte padrão:

      PREPARAÇÃO DE PROCEDIMENTOS DE SOLDA

      CLASSIFICAÇÃO DO MATERIAL A SER EMPREGADO

      PREPARAÇÃO DAS PEÇAS A SEREM SOLDADAS

      USO DO ELETRODO ADEQUADO, PREVIAMENTE AQUECIDO A TEMPERATURA REQUISITADA.

      SOLDADOR QUALIFICADO PARA O TIPO DE SOLDA A SER EXECUTADO.

      SOLDAGEM

      INSPEÇÃO DA SOLDA POR INSPETOR N1

      PREENCHIMENTO DA FOLHA DE SOLDAGEM E INSPEÇÃO COM O REGISTRO PROFISSIONAL DOS EXECUTANTES E INSPETORES RESPONSÁVEIS PELO TRABALHO EXECUTADO.

      Essas folhas vão para a pasta da obra do equipamento e devem estar disponíveis para fiscalização pelos orgãos competentes pelo tempo de vida util do equipamento, isso é um trabalho tecnico, agora um bando de pinga-fogo de fundo de quintal que não domita tecnica alguma, não sabe nada sobre metalurgia e ligas e tiram onda que “soldam pra caralho”, matam é pra caralho isso sim…….

      visitem http://www.fbts.com.br

  • O FG gostando ou não da arrancada não muda em nada os fatos. Ele tem razão em dar o alerta para duas tragédias em pouco tempo. Cade as autoridades competentes ? Quem fiscalizou ?

    A pista é ruim. Cheia de ondulações e a mureta acaba antes do que deveria além da grama no final da reta.

    O carro tinha problema para andar reto.

    O piloto era “pé no porão” o tempo todo. Estava até escrito na lateral do carro: “como estou dirigindo ? f…-se o carro é meu”. Foi alertado diversas vezes pelo preparador e pelo próprio carro que dava constantes sinais do problema.

    Então é isso ai. Pagou com a vida infelizmente.

    Eu gosto de carros. Gosto de circuito. De arrancada também (inclusive estive no festival). Agora o que não consigo imaginar (e falo isso pois sou pai a 1 ano e 2 meses) como uma pessoa com o Vinicius não pensava na familia ?

    Agora fica a viúva e filhos desamparados pelo simples fato de que manter o pé no porão era o que importava.

    É o que costumo dizer, não existe certo e errado e sim escolhas.

    É triste, mas foi a escolha dele.

    Acho que vale a pena a reflexão….

    Abraço à todos.

    • felipe, não sei para quem foi a pergunta sobre o engenheiro, se foi para mim, digo que não, o henrique não, é conhecido no meio, mas já fez aerodinamica para carros da stock, e o atual campeão da light, o, pachenky ganhou o cam peonato cvom um carro acertado por ele, se voce assistiu a corrida da montanas aí em curitiba viu que dos quatro primeiros ele foi o unico que passou ileso numa curva onde os outros tres rodaram ou passaram reto.

  • caro flavio, não, ligue para comentarios maudosos que fizeram a teu respeito, conte com os amigos para te defender, e o fazemos com prazer, eu repeito muito o seu trabalho, gosto do seu blog e vou continuar a visitá=lo enquantro voce permitir,esses caras da arrancada ,são, como aquelas torcidas organizadas que se reunem apenas para bagunçar, coitado de quemmexer com eles, é como ciutucar um enxame de vespas vorazes, alguns deles não entendem nada, mas gostam de se sentir pilotos, outros que tambem não entendem nada dão palpites tão exdruxulos que não tem nem comentario, siga em frente fazenbdo o seu trabalho qeu nós estaremos aquyi para prestigiá-lo9.. abraços …galileu

  • A pista é muito insegura, cheia de irregularidades. Deveria ter muro até o final da reta. Dizer que essa é umas das melhores pistas é uma falsa afirmação. Para quem acompanha a arrancada sabe que o carro não andava reto, e o vinicius não tirava o pé. Lamentavel acontecimento…

  • Sou um fã da arracada e seu “post” retrata uma grande verdade e voce, mesmo nao gostando da arrancada, esta contribuindo para que exista maior fiscalizacao, maior seguranca, maior participacao e intervencao da CBA.

    Fico triste ao ver alguns “arrancadeiros” te sacrificar pelo fato de voce “nao gostar da arrancada’. Esse é um direito seu e você nao tem obrigacao de conhecer melhor esse esporte. Tem o direito de manifestar isso da maneira que voce quizer. (nao gosto de “tenis” e um tenista nao pode me dar uma requetada só porque eu digo que nao gosto).

    Amigos fãs da arrancada… leiam com atencao o post e observem que ele vem “a nosso favor”. Nao entendo as criticas feitas ao FG. Ele simplismente nao gosta, e ponto.

    Quanto a aqueles que dizem que os carros sao feitos “sem seguranca” ou “sem criterios” em um opala velho. Sugiro que vejam as fotos do link http://www.dragsterbrasil.com/bau/projetos/opalavinicius/foto01.jpg e http://www.dragsterbrasil.com/bau/projetos/opalavinicius/foto03.jpg onde mostra o carro do Vinicios em faze de projeto estrutural. Assim, podem ver que a estrutua esta muito bem reforcada em protecao ao piloto.

    “. Dizem que houve varias fraturas e traumatismo craniano, no entanto, em fotos do carro pós-acidente, observa-se que a estrutura esta intacta. Ou seja, algo ocorreu em relacao ao cinto, ao banco, sei la…. vamos aguardar a pericia…

    Evitende que foi uma fatalidade… O carro nao andava reto e o piloto insistia… A pista nao esta boa e “os pilotos insistem”… O final da reta nao é seguro e “a organização insiste

    É triste ler e reler que muitos apontam “causas reais desta fatalidade” como se soubesse que isso iria ocorrer em algum momento. Entao, porque nao evitar? Automobilismo é risco eminente de vida. Mas não pode haver negligência.

    • Cara, quando você falou em fase de projeto estrutural eu esperava encontrar algo diferente de fotos da estrutura já construída. Alguma coisa relacionada a projeto realmente.
      Projeto Estrutural = Cálculos Estruturais + Desenhos. Acredito que antes da construção do carro deva haver documentação para mostrar que o projeto está de acordo com o regulamento. Caberia a entitade fiscalizadora a verificação do projeto.
      É dificil pensar que tudo é construído para apenas depois vir alguém para verificar o que foi feito.

  • è o seguinte corro de arrancada no paulista em Piracicaba, o carro do Vinicius era um arma, foi o primeiro chassis feito pela …….o diferencial era de um antigo dragster ligth aqui da minha cidade nao foi feito junto ao carro , o Vinicius esticou a frente do carro ( como a caravam da Flash) mas mesmo assim o carro era ruim eo pior nos video antigos o carro usava umaconfiguração de motor e mesmo não acertando o carro, o cara meteu duas turbinas Bull maiores o carro estava perto dos 1200 cv. o carro era bem forte por que se fosse outro rasgava no meio com as pancadas no guard rail acredito que o piloto se soltou causou as fraturas .

    Mas o maistriste cheguei logo após o acidente o pessoal da organização não deixou chegar perto mas o cara tava morto no carro disseram que morreu no hospital para não ter pericia e cancelar a prova

  • Pela primeira vez eu concordo em gênero, número e grau com o que você diz. As autoridades da arrancada ficaram assistindo o piloto se matar. Era questão de tempo. E aconteceu. E acontecerá de novo, caso não haja maior fiscalização quando o assunto for segurança.

    Desculpe a ignorância de quem não mede as palavras para “defender” este esporte. Pessoal, leiam com atenção as palavras e entendam que o que ele indaga apenas é que as autoridades fiscalizem melhor estes carros.

    Parabéns. Que este seja o início de uma nova era na modalidade arrancada.

  • Acredito que em qualquer democracia vc deva ter o direito de expressar sua opinião, vou dizer uma coisa não gosto de arrancadas, não vejo graça em correr no reto, tem que ter curva, mesmo assim respeito quem gosta e digo mais tem que se averiguar se esse rapaz e seu carro estavam com todos os itens de segurança em dia, já vi batida piores e o cara saiu branco do carro mas saiu, compartilho com a opinião do Flávio Gomes a CBA arrecada uma fortuna ela tem que fiscalizar

  • Concordando com a idéia dos que falaram que o muro deveria estar sempre próximo, para não permitir que o carro ganhe velocidade lateral, levo mais adiante, pensando que a falta do muro, provavelmente com a incidência de vento lateral forte, fez o opala levantar lateralmente do lado direito primeiramente.

    Vinicius corrigiu mas, acionando o para quedas, talvez já notando que as condições estavam difíceis, não conseguiu mais controlar as inclinações do opala, neste ponto, talvez o para-quedas também o impediu de um melhor controle do carro e uso dos freios normais…

    Outra coisa que acho muito estranho nesse carro é aquela bitola super estreita (de carro de arrancada mesmo) … para uma casca bem mais larga… pra mim parece claro que o carro fica muito mais instável e sujeito a ventos laterais que tirem a sustentação negativa do carro