MENU

quinta-feira, 26 de maio de 2011 - 17:21Automobilismo brasileiro

FENÔMENO

SÃO PAULO (palmas) - Existe um fenômeno acontecendo no automobilismo paulista. O campeonato de Marcas e Pilotos tem reunido quase 60 carros no grid, com uma fórmula simples e barata e gente inteligente por trás. OK, os carros não são espetaculares e maravilhosos como muita gente pode imaginar. Não tem Ferrari, Maserati, Ford GT, nada disso.

Mas representam, sim, diversas marcas presentes no país. Tem, basicamente, um monte de Gol, Celta, Corsa, Ka e Clio. Só aí já são quatro montadoras: Chevrolet, VW, Ford e Renault. Isso, sim, é um campeonato de Marcas de verdade. Com carros caprichados, bem feitinhos, e rápidos, dentro do possível. E as provas são animadíssimas, atraindo, inclusive, pilotos e equipes de outros Estados — Minas, por exemplo, baixa em peso em Interlagos a cada etapa.

Neste fim de semana tem a quarta prova da temporada. As duas baterias de domingo, dependendo da quantidade de inscritos, podem virar quatro. É que o limite de carros no grid é de 62. Se houver mais gente, será feita uma divisão extra para os novatos, com provas à parte. Na última corrida, foram 58 os que largaram. É coisa pacas.

A entrada é gratuita (cobra-se estacionamento do lado interno do autódromo) e para quem gosta de corrida estilo “pega-pra-capar” é um baita programa. Os treinos acontecem sábado. Sábado, aliás, também tem corrida da nossa Classic Cup e o Meianov renovado promete não dar vexame desta vez. Nossa prova começa às 11h45 e todos estão convidados para dar uma passadinha por lá.

Domingo, se forem mesmo quatro as baterias de Marcas, acorde cedo. Os horários são 9h, 10h, 13h e 14h.

O site da categoria, para quem quiser mais informações, está aqui.

58 comentários

  1. fabiorogers disse:

    Não tem Fiat?Será que eles aceitam inscrever meu Uno?

  2. Marcelo Pacheco #49 disse:

    diogo, ate tem este desocnto, o problema é que nem a federação consegue indicar onde vende os pneus, na minha cat TCC nao é obrigatorio mas colegas da cat marcas tem tido mta dificuldade.

  3. joão pedro disse:

    e por falar em classic cup, passei o dia com o Vladimir, o maior conhecedor de DKW do mundo!

  4. Marcelo Pacheco #49 disse:

    estou voltando de BH e ficarei de sexta pra sabado em sampa só pra ver a corrida, pelo menos no sabado. vou la nos boxes bater um papo com o amigo da ccc gustavo do 147 #64

  5. Gabriel, o Pensador disse:

    FG,

    qual o preço do estacionamento do autódromo, sabe me dizer?

    Abraço!!

  6. Diogo disse:

    Aqui em SC, no velocidade na terra, o campeonato tem o patrocínio da Marshall, uma marca de pneus chineses que fornece para as equipes dando desconto. E ainda eles têm um programa semanal na TV aberta para divulgar o que acontece nas provas.

  7. Jonny'O disse:

    Maravilhosa categoria!!!!!!Dá gosto de ver ,e não há duvida ,este é o caminho, uma categoria dentro da realidade do automobilismo nacional, e com ela não poderemos dizer que nosso automobilismo morreu ,pode estar renascendo se a base for bem feita.

    E por que não seria viavel usar esta mesma formula de regulamento quanto a preparação de motor e meter em um formula projetado por aqui mesmo ,com um preço maximo e aberto a qualquer fabricante, algo como um chassi de formula ford inglesa ,mas multimarca sem apoilers e aerofolios , acho que é por ai.

  8. Fernando Zimmermann disse:

    O marcas tem no rio grande do sul também, e passa no SPEED na tv por assinatura…muito legal…..alguem viu a última prova? viram um uno amarelo fazendo a curva de lado e controlando pra não bater no carro da frente foi demais aquilo….

  9. Marcelo (Cascavel) disse:

    sempre que consigo assisto no Speed.

    MUITO boa as disputas os pegas os carros…

    em cascavel temos também o metropolitano de marcas e piltos que é muito bacana também.

  10. Maran disse:

    6 a 10 paus por etapa é muita grana ainda para se pensar em popularizar o automobilismo! Alguma alma caridosa dá conta de colocar valores de cada item? Tipo, valor de inscrição, valor de combustivel usado na prova, valor dos pneus e quanto tempo dura, etc… coisas que se vai gastar o autodromo pra dentro.

    • Pablo Munõz disse:

      Com um esquema simples garanto que dá para correr com 4 mil ou menos por prova. De qualquer forma 5 paus ainda é troco para se correr de carro. Automobilismo não é e nunca foi esporte barato. Uma boa receita para quebrar é viciar neste esporte sem um bom dinheiro sobrando. Popularizar no sentido de atrair público é outra estória.

    • Marcelo Pacheco #49 disse:

      faço a etapa da tcc na terra com 1500 sem contar quebras ou batidas.

    • Silvestre Zanon disse:

      Maran, são 920 reais de inscrição, os dois pneus dianteiros obrigatoriamente são trocados em cada etapa, daí são mais 600, combustível gasta-se uns 300 litros, dependendo da quantidade de treinos. Se andar na quinta são mais 430 reais de taxas de prefeitura e autódromo, aluguel do carro, vai uns 4 mil e por aí vai…

  11. Fabio disse:

    Podem não ser carros fantásticos, mas proporcionam uma bela corrida!
    quando possível eu subo a serra para assitir, como ocorreu na última etapa.
    O fato de ter estacionamento proprio é muito bom.

    A unica coisa ruim do evento é não ter a Classic no domingo… tem a classicos, regularidade, marcas, mas nao tem a classic … seria legal se conseguissem um jeito da classic ser domingo pois não são todos que podem ir nos dois dias para interlagos.

    enfim, espero que o marcas continue assim, e cresça, afinal são os carros que conhecemos! e proporcionam um otimo pega!

    Pena eu não poder subir nesse final de semana… para torcer pelos 2 ford Kas

    []s

  12. marcão disse:

    Só um resalva nesse capeonato. 62 carros no grid ainda é muita coisa…..

    No resto tá tudo muito bom por enguanto, o povo bota a faca nos dentes e parte pra cima mesmo, lá na hora de decidir é que eles veem o que dá pra fazer, o que não pode é ficar pra trás..
    O pau come mesmo no grid inteiro, onde vc olha tem uma confusão por posição. É alucinante acompanhar essa corridas… Vale a pena, e os carros até que são mais fortes do que aparentamm aquentam bem os toques e totós, tem muita rodada fruto da tentativa de ir mais um pouco… É muito legal de ver..
    Que dirige a categoria tem que tomar muito cuidado com os “espertalhões”, como a categoria está tendo visibilidade eles estão se arrumando pra dar os seus botes.. Fiquem espertos com essas raposas que só falam em dinheiro, dinheiro, dinheiro!!! Os caras vem, adoçam a boca com mel, jogam uns colírios pros olhos, e um contrato meio que apressado, pro cara assinar, taí feita a bosta… Principalmente com gente que chega em carrões com convites mirabolantes…
    Tudo vem na naturalidade, não é preciso nada de “””espertalhões”””,,,,, no Brasil inteiro carros iguais estão andando pra lá e pra cá nos autodromos, gente de fora de SP já vem aqui pra andar há tempos, criar um brasileiro nesses modos é conseguencia natural, então sem pressa a coisa acontece sem a mão dos que pensam só no dindim…
    Por enguanto é mexer um pouco na categoria com já fizeram, vão separar por experiencia os pilotos, ai sim os grids vão é aumentar mais ainda… Deixa a coisa como está por enquanto e boa sorte pra todo mundo…
    Ta aí mais uma categoria que resurgiu, e no regional,, nosso “Paulista”” eterno….

    Legal, vamos prestigiar….

  13. João Carlos Bifulco disse:

    Palio e Uno não correm?

    Cadê a Fiat nessa categoria?

  14. Felipe Nolasco disse:

    Estarei em SP de 30/out a 5/nov e não encontrei nenhuma programação de automobilismo, é uma pena. Queria muito assistir a Classic Cup ou qualquer outra prova de automobilismo.

  15. victor freire disse:

    tá vendo, bicho? tá vendo? aí os idiotas da cba vivem insistindo em reinventar a roda e transformar uma coisa simples em um escoadouro de grana. aí não tem jeito, vai entrar em crise por que uma hora a grana acaba.

    podiam fazer a mesma coisa em uma categoria monoposto estilo fórmula-ford. liberava pra qualquer motor 1.6, de qualquer marca, desenvolvendo determinada potência. duvido não deslanchar.

  16. Verde disse:

    Taí algo que realmente merece mais divulgação.

    E a certeza de que o automobilismo não é feito por burocratas, empresários ou “líderes”. Desde sempre, quem cria tudo é um punhado de abnegados fanáticos. Sempre foi assim e sempre será.

    Por isso, deixemos as CBAs e Vicars da vida de lago.

  17. aldo gomes disse:

    Já assistí pelo SPEED, muito legal.

  18. Celso Silva disse:

    Palmas até acontecer um acidente fatal. Ai vem um monte de jornalista questionar a segurança dos carros, a capacidade dos pilotos e organizadores e bla, bla, bla..

    • Marco Vilhena disse:

      Dois pontos sobre seu comentário: 1- Estes carros seguem padrões FIA no que diz respeito aos requisitos mínimos de segurança (santoantonio, bancos, cintos, etc). 2- Automobilismo sem risco/acidentes não existe.

  19. Romeo Nogueira disse:

    Sim, Gomes, concordo que “para quem gosta de corrida estilo ‘pega-pra-capar’ é um baita programa”. Mas se eu trabalhasse na organização do evento, iria sugerir aos caras para não marcarem a etapa no mesmo dia quando teremos dois bons programas na TV: Mônaco, pela manhã, e Indianápolis, à tarde… Pelo que vi, vocês, da Classic Cup, estão mais ligados!

  20. Marcelo Granzotto disse:

    Os Corsas e os Celtas mais rápidos estão andando com 8 ou 16 válvulas?

  21. Marcelo disse:

    Diria, isso sim que é corrida. Como estou longe de SP, resta assistir o compacto no Speed.

  22. Fabio Amparo disse:

    Aí sim hein, corrida de verdade como deve ser.

    Abraços

  23. Geraldo Casselli Júnior disse:

    Nooooossssa! Lembra e muito aquelas corridas de Divisão 1! Aquilo atolava de carro !!!

  24. Glauco Porciuncula disse:

    Acho interessante citar o patrocinador master que dá o nome ao campeonato de Copa Engebras, e também ao canal Speed que transmite as corridas em VT com uma qualidade muito bacana. Sempre que posso acabo assistindo.

  25. Ricardo disse:

    Bom saber que ainda existe alguém que vê o automobilismo de forma correta.

  26. galileu disse:

    pelo menos os carros são de verdade, e não gaiolas travestidas de carro de corrida.
    muito legal ver essa galera disputando curvas, freando junto ou mais tarde, se colocarem 4 baterias tenho certeza que o grid aumenta.

  27. cyro de cicco disse:

    O automobilismo brasileiro, no que diz respeito ao número de carros em suas categorias tem o seu lado ruim de ter categorias com 11, 12 carros. Por outro lado, vemos a situação feliz desse campeonato de ter 58, 60 carros. É carro pra caramba! O que seria um limite seguro de carros em uma única corrida dessas?

  28. André Scud disse:

    É, não adianta só gostar, tem que ter uma pusta grana.

  29. EDU [email protected] disse:

    Categoria barata, simples, com regulamento pensado e discutido entre pilotos e preparadores. Apoio de algumas empresas, televisionamento para toda a Ámerica Latina (por um custo rídiculo), e que vem mantendo a mesma fórmula (com altos e baixos) há dez anos.

    Participei da associação de pilotos, ainda que sofra críticas até hoje, e sei o trabalho que dá manter uma união em torno da categoria.

    Sempre tive e ainda tenho, uma única crítica: um belo grid se estivessemos em 1999 e não em 2011. Porém quem está envolvido sabe a razão deste visual antigo: quem quiser fazer um Peugeot 206 “virar” o que um Gol “vira” vai gastar um caminhão de dinheiro e apanhar muito. O Gol geração V (com seu motorzinho de dentista) nem pensar. Para os Celtas não houve mágica: apenas adotar o que já dava certo no Corsa.

    Nenhuma montadora investe um centavo na categoria. Na verdade apenas a VW apoiava a categoria indiretamente pois chegamos a ter um contrato de fornecimento de carrocerias à preço de custo por alguns anos (e só).

    O Marcas não é maior há mais tempo pois nunca foi a primeira opção da maior parte dos pilotos. A primeira opção sempre foi para as categorias similares (Copa Corsa, DTM Pick CUP com as Courrier – algumém se lembra?), mas mais rápidas.

    Hoje já passa de 60 carros facilmente e havendo a divisão das classes com uma corrida reservada aos novatos, a tendência é de o grid aumentar.

  30. Carlos disse:

    Isso é corrida. Várias marcas, cada um mexendo no seu bichinho! Funciona, não é tão caro, e o publico gosta. Se alguem souber a hora e data que vai aparecer na speed, ou em outro canal por favor informe ok?

  31. Alan Ruggero disse:

    Faz um certo tempo que reparo no enorme grid desse campeonato.

    Gostaria de voltar a correr. Nem que seja em dupla com outro piloto.

    Sabe quanto custa cada etapa?

  32. Vinicius disse:

    Isso é o tipo de coisa q acho legal. Campeonato de marcas e pilotos no Brasil, tem que ser com os carros brasileiros, de preferencia os populares, ja q são os carros que vemos nas ruas todos os dias.

    Uma coisa boa seria se as montadores se envolvessem, ja q dessa forma seria realmente um laboratorio para os carros de rua, q é um dos objetivos do automobilismo

  33. Tulyo Cruz disse:

    É isso ai FG, como voce mesmo disse, Minas baixa em peso. Muitos, aqui de BH. Como não temos autodromo, o que foi cogitado de ser construido transformou-se em cidade administrativa do governo do Estado de Minas Gerais, vemos no autodromo de nosso Estado vizinho, uma oportunidade de mostrar que não somos bom só em pão de queijo.
    Um abraço, e boa sorte para voce e o Meianov.

  34. Cardoso Filho disse:

    Essa fórmula de sucesso é velha, mas nossos dirigentes não querem ver. Cria-se uma identidade entre o publico e os carros , cada um torcendo na pista por aquele que tem em casa.
    Grandes provas de estreante novatos na decada de 60/70, com fuscas, chevetes, corceis, dkv, gordini……….Esqueçam formulas mirabolantes tipo maserati, e a propria stock , um saco, carros iguais e de isopor.

  35. Thiago Azevedo disse:

    Boa notícia. Essas corridas costumam ser muito boas, bastante movimentadas. Diversão garantida!

  36. André disse:

    Tem alguma possibilidade de a FASP botar a mão pra melar a categoria, igual fez com a Superclassic em 2008? Hoje em dia minha preocupação é as categorias serem vulneraveis a quem adora destrui-las com altos custos.
    André / Piloto no http://www.f1bc.com

  37. Renato disse:

    Quanto se gasta para participar de uma corrida ou temporada?

  38. Milton Rubinho disse:

    FG, otima iniciativa de falar que o automobilismo em SP nao esta tao as moscas como
    muitos que conhecemos adoram dizer. E esse campeonato tem sido smi o verdadeiro
    Marcas e Pilotos como deveria ser.
    No sul tambem ha um campeonato muito bom seguindo moldes semelhantes, em Goiania(no dito pardieiro) ha provas de um campeonato goiano de Marcas tambem( e todo mundo muito parecido com SP), no Rio parece que tambem ha algo semelhante rolando…

    Gracas a Deus ainda ha pessoas que gostam de automobilismo de verdade.

    PS: E, para os que gostavam da “Era Copa Shell”, aguardem surpresas…

  39. Fabricyo disse:

    Da pra perceber pela lista dos pilotos que o velho Golzinho ainda é uma coqueluche.
    Agora, custa eu sei que custa, mas a Renault, por exemplo, que já teve a Copa Clio não poderia oferecer seus serviços técnicos para dar um upgrade nos cliozinhos? Idem com a GM que coloca o nome da Montana na Bosta Montana?
    Alguém em uma reunião da diretoria da Renault falaria: “Ei alguém sabe como está andando nossos carros nessa copa? Vai lá alguém é da um jeito de melhorar aquele carro para promovermos a nossa marca”. Aí a GM se doeria e faria o mesmo, etc, etc, etc! Sei lá deve ser assim que começa…
    Enfim, se eu morasse em SP iria com certeza de ser muito divertido 60 carros no grid.

  40. Fernando Cesar Miranda disse:

    Olá,

    Mais um detalhe. Passa no Speed Channel, não ao vivio. Mas um resumão bem interessante para quem não pode ir.
    Acho que a narração é do @lucmonteiro …

    []s
    Fernando.

  41. Jose Carlos disse:

    Me faz lembrar o Paulista de Marcas com escort, uno, voyage, passat, gol, chevete e outros,
    fomos campeões em 1988 com escort, saudades, se não for trabalhar, acho que vou matar a saudades, talvez rever amigos, fazer umas fotinhas, rsrs,
    Mas como o Rodrigo Moraes citou, falem baixo, se não, pode dar merda, rsrs

  42. Rodrigo Moraes disse:

    Flávio, fala baixo senão a Fasp e a CBA descobrem o sucesso da categoria e dão um jeito de ferrar com tudo…

  43. Rodrigo Assis disse:

    Boa noite Flávio 69.
    Esse é o tipo de corrida que todo mundo quer ver, não com um bando de babacas ditando preços, regras e fazendo as pessoas de trouxa. Tenho alguns bons amigos que vão correr na sua cidade e sempre voltam falando muito bem dessas provas. Prefiro mil vezes assistir uma corrida dessas, com esses modelos de carros, que ver essas papagaiadas da vicar

  44. Silvestre Zanon disse:

    Mateus, o custo depende muito se o carro for alugado ou do próprio piloto. Pra se fazer uma temporada inteira com carro alugado, gasta-se entre 80 e 100 mil dependendo da equipe. No meu caso esse gasto é ainda maior porque moro no Interior do RJ, daí vc tem gastos com passagens, hotel, etc.
    Com carro próprio, o custo anual cai pela metade. Tem vários lá a venda, em torno de 30 mil com motor…
    Valeu
    Silvestre Zanon – Gol 79 – Novatos

  45. André Mello disse:

    De 6 a 10 paus por etapa, varia um pouco de acordo com a equipe.

  46. Mateus disse:

    Tem idéia do custo de um final de semana, ou temporada, FG?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>