A MINHA, DE TANGERINA

SÃO PAULO (tá doido) – O Bruno Terena avisa: quem comprar uma garrafa dessa vodca Russo-Baltique leva de brinde uma SUV blindada, uma espécie de Hummer russo. A garrafa custa US$ 1, 3 milhão e, parece, é folheada com ouro de moedas do começo do século passado. E vem num estojo de vidro de 30 cm de espessura, algo assim.

A Rússia está ficando cafona demais, com essas babaquices de novos-ricos. Em todo caso, se alguém se interessar me convide para a degustação. Eu tomaria uma caipirinha de tangerina com esse negócio aí. Será que fica bom?

Comentários

  • O segredo de uma boa caipirinha de tangerina é esmagar a fruta sem o caroço e depois colocar um pouco de TANJAL.. isso mesmo… o velho e bom Tanjal… tem que dosar bem.

    A tangerina não é capaz de dar muito gosto em uma caipiinha… mas com um toque de Tanjal (que é basicamente tangerina concentradissima) até que tem algum sabor.

    O drinque foi bebido em um churrasco na casa de meu Amigo Guido Garfo… e ficou para sempre na memória.

    Abraço

    Imperador

    OBS: Quanto a garrafa e o liquido dentro??? Sei lá… o meu figado é Total Flex e encara qualquer coisa… rs rs rs

  • A Russia há muito tempo é uma mafiaocracia…uma elite de superpoderosos riquissimos, esnobes, que fazem de tudo sem se incomodar se é crime ou não, e não estão nem aí com o povo, aliás, querem que se f….

  • Para váriar, ri com o comentário de Flávio, principalmente da cafonice dos russos (estamos exportando esta tecnologia). O detalhe da caipirinha foi demais…
    Mas o do Carlos Martins também foi do carilho; para ganhar um Lada, uma 51??
    O fato é que, se de um lado tem um esperto que faz uma porcaria desta e põe a venda, do outro tem um néscio (riqueza e inteligência nem sempre andam juntas) que compra.
    Fui olhar de novo, puta, a garrafa é feia de doer!!

  • flávio, caipirinha de tangerina, só se for pra acompanhar a cafonagem desses russo q não tem mais o que fazer!

    caipirinha é de limão taiti, açucar, gelo e cachaça, que pode ser até (sendo muito chique, lá do interior de minas) artesanal. Mas não pode ser amarela, tem que ser branca, pq cachaça amarela é pra tomar pura.

    Lima-persa, morango, sakerinha, caipivodka, treco com hortelã e uva no meio é qqer coisa… menos caipirinha!

    e esse SUV é a coisa mais feia que eu já vi.

    Uma promoção da cachaça palmelinha, que dá de brinde um Niva pra quem guenta beber mais e joga meia hora de futebol sem passar mal ia fazer muito mais sucesso!

    • Bruno, tem razão em dizer: cachaça amarela é para tomar pura.
      Sou produtor de cachaça e entendo um pouquinho…Agora esta vodka…guardaria o dinheiro para fazer outras coisas bem melhores.

  • Na boa, agora até eu que não sou pró-URSS tenho que concordar: essa DARTZ é um nojo. Os caras dão a opção de forrar o interior do carro com couro de prepúcio de baleia… O que que pode ser mais brega do que isso?

  • Gostei mais do carro.Flávio da uma olhada no vídeo deste aeromodelo antonov .Abraço.

    “Anotonov 225 projetado e construído totalmente na Air Design Modelismo, em isopor e depron. Tem 2,5m de envergadura, 2,4m de comprimento e 7,3 kg de peso. Motorizado por 6 brushless em 6 EDF’s de 70 mm, alimentado por 6 LiPO 3S de 2250mAh, com 11 servos, 32 rodas e muito suor!”

    http://www.dailymotion.com/video/xb4rf6_rc-antonov-225-mryia-air-design-mod_sport

    • Achei o visual (externo…) do tal “Hummer” russo melhor que o original, ianque. Já a caipirinha, tem que ser de limão, senão não dá…

      Quanto ao Antonov, caraca!!!! Sensacional o Antonov!!!! Muito bem feito, Flavio, se você não viu, pode ver que vale a pena!

      Abraços a todos do blog!

  • Derreter moedas de ouro de alguma importância histórica para fazer uma garrafa é de cagar… Mas a garrafa ficou bonita. Parece aquelas peças de navios. Se eu tivesse uma escotilha daquelas de latão, deixaria perto.
    Vodka me queima o estômago, prefiro uma boa cerva. Mas experimentaria um pouco desse trem.

  • “A Rússia está ficando cafona demais, com essas babaquices de novos-ricos”, isso é produto direto da desintegração da URSS. Isso aí é deveras interessante, a queda da Cortina de Ferro formou uma grande classe burguesa na Rússia, que vai desde milionários que herdaram o que havia sobrado da queda à Mafiosos atuando em toda a Europa. E estes novos ricos, na sua “cafonice” toda, estão reinventando de certa forma a cultura dos Czares, mas à moda Kitsch.

  • (…)”A própria garrafa é feito com vidro de 30 cm de espessura(…)” cara, só pode ser brincadeira, acho que esqueceu de tirar um zero e colocar 3 cm ou errou para colocar 30mm. Uma garrafa que tem uma vodca com vidro de 30 cm ficaria mais larga que um refil de água. Pra quê alguém quer uma vodka a prova de balas, só se for para o superman beber durante um assalto.

    • Galileu, conterrâneo de gyn, mesmo a caixa tendo 30 cm de espessura , imaginado hipoteticamente que ela seja em cilindro ela teria no final fora a vodca que imagino uns 10cm de largura, 70cm de diâmetro.

      Há um erro de informação, entre espessura e largura, imagino eu; ou então a caixa tem 30cm de largura, até para fazer uma parede com 30cm de espessura são necessários 3 tijolos em pé lado a lado, acredito que o texto esteja transcrito de forma errônea.
      No link colocado pelo FG esclarece que: (…) A própria garrafa é feito com vidro de 30 mm de espessura(..) melhorou….

  • Na URSS, todos podiam andar de Lada. Na Rússia, uns poucos milionários espertinhos andam de Hummer blindado, e a maioria continua com o mesmo Lada de 20 anos atrás.

    O pior é que os novos-ricos brasileiros não são muito diferentes na cafonice.