ELEIÇÕES 2010 – APURAÇÃO (41)

SÃO PAULO (briga dura) – As “Minivans Sinistras”, esta categoria de automóveis que não se parecem com nada (para fazer isso, melhor o conceito original, uma Romi-Isetta), tiveram como grande vencedora o Mercedes Classe A, segundo a apuração da Gabriel Araújo’s. “Ah, Classe A não é minivan!”, vai dizer alguém. Uai, e é o quê, exatamente?

TOTAL DE VOTOS COMPUTADOS: 199
1) Mercedes-Benz Classe A, 77 (38,7%)
2) Chevrolet Meriva, 54 (27,1%)
3) Fiat Idea, 41 (20,6%)
4) Nulos, 27 (13,6%)

Subscribe
Notify of
guest
21 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Fabio Oliveira
Fabio Oliveira
10 anos atrás

A Classe A é um carro para uso urbano e foi desenvolvido pela Mercedes considerando as características europeias: lugares pequenos, asfalto bom, famílias pequenas entre outras. Além disso, para ser o primeiro Mercedes-Benz de alguém que quisesse ser cliente da marca (Você de Mercedes). O conceito do carro era ser pequeno e seguro. Desta forma, “empilharam” a carroceria com o chassi “sanduíche” e o motor inclinado (em 55º) oferecendo um bom espaço interno. Acredito que abriu uma tendência mundial quanto ao aproveitamento de espaço em carros de carroceria pequena. Agora dizer que o carro é NADA só porque não conseguem encaixa-lo numa “classificação”. Acho exagero. Então vamos tentar classifica-lo caro Flavio Gomes, veículo de uso urbano está bom? Quanto à “feiura” do modelo, é o que a Mercedes conseguiu fazer num modelo com comprimento de 3,5 m. Alguém faz melhor? Não gostam do modelo, não o comprem. É mercado…os produtos estão aí e podemos escolher: conheçam, olhem, testem. Então façam suas escolhas. A minha Classe A me agrada até hoje! Um Abraço!

Tiozão
Tiozão
10 anos atrás

Minivan não é, até hoje tem cara de protótipo, onde se encaixa melhor.
Mas HORRÍVEL mesmo é a IDEA ADVENTURE principalmente a última,
coisa mais feia impossível, consegue ser pior que o primo Dobló Adventure.

Sérgio Balbino
Sérgio Balbino
10 anos atrás

Sou bem suspeito de falar, pois tive um que acabei de vender (fico na familia, meu irmão comprou). Fiquei com o carro por 4 anos e algumas caracteristas:

1- ele realmente é duro para andar na cidade. Um verdadeiro cabrito! Mas faz curvas como nenhum outro carro que já tive. “Brincava” com ele na Serra das Araras (Dutra) e ele sequer cantava pneus!;

2- Meu era branco. A160 manual. Peguei o carro com 60000km e nunca me deu problemas, apenas manutenção normal! Hoje, com 117000km faz menos barulhos internos que um Celta 2010 de um amigo meu,

3- Tenho 1.90m e por incrivel que pareça, sempre me senti confortável! Mais até que ao volante de meu Alfa 164. E já viajei com 5 pessoas no carro e todos foram confortáveis, sem aperto. Ele é bem espaçoso por dentro, mas o porta malas, claro, é uma merda de pequeno.

4- Econômico e anda bem. Fazia em mpedia 9km/l na cidade e na estrada de 13 a 14 dependendo de como andava. Perto dos 8.5km/l que o Alfa faz na estrada, era praticamente uma moto…

É um bom carrinho sim. Entendo que muita gente acha mico, porcaria e de manutenção cara. Mas eu não trocaria ele por nenhum “popular” zero km. Mesmo com mais de 10 anos de uso, ainda o acho com acabamento muito superior aos Agiles da vida…

Paulo Eduardo
Paulo Eduardo
10 anos atrás

Nesta categoria de Monovolume faltou o Renault Twingo… se bem que se comparado à estes, ele ganharia disparado…..

João Carlos Bifulco Gomes
João Carlos Bifulco Gomes
10 anos atrás

Simples.

Esse carro é um erro da Mercedes.

Renato
Renato
Reply to  João Carlos Bifulco Gomes
10 anos atrás

Por isso ela insistiu no erro com o W169. São 15 anos insistindo em um erro. Que estúpidos estes caras da Mercedes.

Carlos Andrade
Carlos Andrade
10 anos atrás

nem mini van, nem hatch, tarta-se de um soutien:
esquisito, só cabem dois e precisa ter peito para comprar um

Cristiano
Cristiano
10 anos atrás

Eu tive uma A160, e era desconfortável no asfalto esburacado diário pela dureza da suspensão. Mas o desempenho e o consumo eu gostava.

Bill
Bill
10 anos atrás

Bom desconsiderando essa discussão do que é hatchback, minivan ou monovolume, de todos os citados, prá mim, o mais bizarro é o Ideia, sempre foi sem graça, o “modelo novo” então dá prá usar aquela traseira sem graça como quadro em uma sala de aula de tão grande que ficou aquele espaço reto, sem uma linhazinha para dar uma quebradinha naquela orma chapada e feia.

Ivan
Ivan
10 anos atrás

O nome certo é “carro de mulher”, minha querida tem um Fit EX, ótimo carro, espaço interno enorme e pequeno por fora, mecânica boa, conforto e bons equipamentos de série. Prestem atenção, o fit é o fusca atual, parece praga de tantos que se vê nas ruas. Carro de mulher, sem preconceito, por conta do tipo de uso que fazem dos carrinhos.

Pedro Sciamarella
Pedro Sciamarella
10 anos atrás

idiotas… esse carrro é bacana comprei um ano passado.. porra flavio..vc acha um lada um carro interessante…. vc não tem como…. estetica, tecnologicamente ….. voz praa falar desse mercedez….. ah …já ta se achando um deus por ter umj blog bom……palhacinho….eaeahea

Peter
Peter
10 anos atrás

Eu diria que é um kart para as ruas e estradas. Um dos melhores carros que já tive e deixou saudades.

Clésio Luiz
Clésio Luiz
10 anos atrás

Eu diria que ele é simplesmente um hatchback. Se quiser rotular, um monovolume compacto. Outro que não é minivan é o Honda Fit.

Minivans tem um jeito de sentar e dirigir diferente dos carros normais. O jeito com que se aciona os pedais, a posicão do volante, da alavanca de cambio, é diferente. O Fit e o Classe A tem a mesma disposicão de comandos de um carro pequeno, como um Corsa ou um Fiesta. E nenhum dos dois apresenta os ganhos de espaco interno de uma minivan.

Zé Dirceu
Zé Dirceu
10 anos atrás

O que é exatamente? Entendeo ser um o que a imprensa especializada denomina como “monovolume”, só que de passeio, ao revés da querida e adorada Kombi que trata -se de um veículo utilitário.

Renato
Renato
Reply to  Zé Dirceu
10 anos atrás

O motor do Classe A fica em compartimento separado, ao contrário da Kombi, da Towner, da Besta.

jrg
jrg
10 anos atrás

O carrinho até que é legal, com motor 1.9 anda bem e não é gastão, além de ter conforto e equipamentos de uma classe E da época…carro que foi lançado na hora errada! Se a MB o tivesse lançado nestes anos vederia como água!
E essa foto é aqui em St André, do lado da minha casa! Av João Ramalho, na frente do china in box!

Sérgio Balbino
Sérgio Balbino
10 anos atrás

É um monovolume, pessoas… A Mercedes nunca o considerou um hatchback.

Não é uma minivan devido ao seu tamanho.

:)

Sérgio Balbino
Sérgio Balbino
Reply to  Sérgio Balbino
10 anos atrás

Ah, exemplos de minivan: Renault Senic (Antes, teve a Space!), Chevrolet Zafira, Citroen Picasso… e por ai vai!

Todos os elegíveis nesta são monovolumes…

Espero ter ajudado!

Renato
Renato
Reply to  Sérgio Balbino
10 anos atrás

O manual tecnico do Classe A, editado pela Mercedes, considera o carro um hatchback.

J
J
10 anos atrás

Puts, realmente é difícil classificar aquele negócio… Pra minivan, é muito pequeno — minivan tem 3 fileiras de bancos, acho. Pra hatch, tá muito grande. Crossover SUV, que é um nome ridículo que inventaram nos EUA recentemente (basicamente é uma perua um pouco maior, mas “station wagon” tem estigma, então os marketeiros mudaram o nome), também não parece correto. É pequeno até pra chamar de perua, mesmo. Bom, eu vou chamar de nada, por que vai que ele vem. Tenho saudades do meu C230K que deixei pra trás na mudança (e ainda tô tentando vender o desgraçado), mas esse Classe A é um Mercedes que não faz jus à lenda da marca…

Renato
Renato
10 anos atrás

A Mercedes o considera um hatchback.