MENU

domingo, 8 de julho de 2012 - 10:58F-1

CHUVASTONE (3)

SÃO PAULO (pula-pula) – E o desolado canguru venceu, que coisa bonitinha… É porque não choveu. Incrivelmente não choveu hoje em Silverstone, e no seco ninguém sabia direito o que fazer. Os que optaram pelo clássico, largar com macios, como largariam se tivessem feito a classificação no seco, acabaram se saindo bem. Não foi o caso de Alonso, que arriscou o contrário, o que também fazia sentido: largar de duros, com carro pesado, e deixar os macios fresquinhos e bonitinhos para voar nas últimas voltas.

Mas os macios fresquinhos não funcionaram bem na Ferrari, e nas últimas voltas, depois do segundo pit stop, Webber, que ficou só ali quietinho a corrida toda, esperando para dar o bote, deu o bote. Aliás, eu achava que ia passar já na parada de Alonso, que milagrosamente voltou na frente. Mas não aguentou o ritmo mais forte da Red Bull com pneus duros.

Apesar de ter largado na pole, o segundo lugar não foi ruim para o espanhol. Mas o El Fodón de ontem foi apenas um El Fodín hoje… Não precisou fazer nenhum malabarismo para segurar a ponta nas duas primeiras fases da prova, e não tinha muito o que fazer na última para não ser jantado pelo australiano. Os pneus decidiram, num fim de semana em que ninguém sabia o que esperar da borracha. Foram apenas 60 minutos de pista seca, no treino livre de sábado. Esperava-se muita água, e a água não veio justo no domingo.

E Webber, que vence pela segunda vez no ano, nona na carreira, segunda em Silverstone (a outra foi aquela de 2010, nada mau para um segundo piloto), é o cara da Red Bull neste momento. Pelo menos na classificação do campeonato. Tem 116 pontos, contra 129 de Fernandinho. Mas não se iludam. Vettel é o ungido dos rubrotaurinos, aquele que tem uma piscina de energético em casa, sempre geladinha. Aquele que chama o chefe de Didi. Fez uma corrida boa hoje. Perdeu posições no início, é verdade, mas se recuperou nos pit stops e foi ao pódio. Tem 100 pontos, terceiro na tabela. Não fosse a quebra em Valência, estaria bem à frente, à frente até do asturiano. É ele, Vettel, que briga pelo título. Webber é muito cagado, uma hora cai um meteoro na sua cabeça. E, em algum momento, Alonso vai dar uma derrapada.

Ou não vai?

Sei não. Com o segundão de hoje, já são 21 corridas direto nos pontos. A última vez sem marcar nadica de nada foi no Canadá no ano passado. Nessa base, vai acumulando uma gordura que os outros pilotos, mais magros e esbeltos, não têm.

Uma pena, mas acho que a temporada que começou com 30 pilotos sonhando com o título, e que teve pouquíssimos pontos separando os seis, sete primeiros colocados, tem agora um funil por onde não passará mais ninguém além de Alonso e dos dois da Red Bull. Hamilton ficou. Foi oitavo, hoje. Com 92 pontos, está 37 atrás do líder ferrarista, e não dá muita pinta de que vai reagir. E como a McLaren pode achar que vai reagir? Tem um morto, Button, e um agoniado, Hamilton. Já era. Quem mandou não colocar os titulares nos testes de Mugello? Mandaram os estagiários, sifu. Ferrari e Red Bull melhoraram bem depois dos testes pré-temporada europeia. A McLaren, não. Sifu. Não tem acaso na F-1.

Massa fez sua melhor corrida do ano, melhor resultado desde o terceiro na Coreia em 2010.  Terminou em quarto. Por aí se tem uma medida de como vêm sendo difíceis seus últimos dois anos. Mas agora pode reagir, recuperar a autoconfiança e ajudar Alonso. E, sobretudo, convencer a Ferrari a esticar seu contrato por mais um tempinho. Foi bem, Felipe. Ao contrário do companheiro, partiu de macios. Não teve grandes problemas no fim da prova para segurar Raikkonen. Agora, precisa buscar um trofeuzinho.

Não foi a melhor corrida de todos os tempos, esse GP da Inglaterra. Talvez nem do fim de semana. Alguns pilotos tiveram atuações muito apagadas, como Hamilton e Schumacher, por exemplo. A Sauber só fez espuma. Gostei de Grosjean, apesar da largada não muito boa — soube se recuperar. Senninha fez uma largada excelente, deu uma rodadinha, mas também se recuperou, fez boas ultrapassagens e acabou em nono. Precisa disso mesmo, consistência, para se garantir no ano que vem.

E o papelão do dia foi de Maldonado. Deu um chega-pra-lá obsceno em Pérez, o que lhe rendeu todos os impropérios possíveis em espanhol. Cabrón! Boludo! Hijo de puta! Tonto del culo! Pajero! Foi isso que Pérez disse.

Esse rapaz, Maldonado, é ótimo piloto, evidente. Ganhou corrida, vive largando entre os primeiros, mas não goza da simpatia geral. Toda hora arruma uma treta. Algumas vezes, em treinos. Pérez disse que ele é um risco para os demais e que não respeita ninguém. O venezuelano se defendeu, disse que estava com pneus frios e falou que esta cagando y andando para o que diz o Chapolin Colorado. Simpatizo com o bolivariano. Mas alguém precisa falar com ele. A FIA, a Williams e o comandante Chávez.

E foi isso aí, o GP da Inglaterra. Mas, antes de terminar, uma perguntinha… Se fosse Alonso a vencer esta prova, exatamente como Webber venceu, estaríamos todos aqui rasgando a roupa e berrando que o espanhol é o melhor e mais gostoso do mundo. Mas foi o Webber que venceu, e ninguém rasga a roupa por ele, nem diz que ele é gostoso. Pobre Webber. Por que será que a gente é assim?

149 comentários

  1. Francisco Monte disse:

    Acredito que o Maldonado está mirando a Ferrari; portanto, mirando em Perez….

    No entanto a Ferrari recentemente ironizou a informação de que Massa renovaria para 2013, afirmando que os postulantes são de “A” a “Z”, enfatizou “Z”, de Zorro, só que desmascarado. Zorro é mexicano e com bastante dinheiro.

    Será que a batata do Massa já assou ?

  2. val disse:

    pessoal,,, infelizmente querendo ou não querendo, aceitando ou não, engolindo ou não,
    reconhecendo ou não,,,

    o melhor do mundo na atualidade é o espanhol, ele tem sangue nos olhos como tinha, piquet, senna, prost, schumaquer,,, coisa que massa, nem barrica pé de chinelo, nem bruno tem.

  3. Lopes disse:

    Caro Flavio,

    Seria bem legal uma recuperação da MacLaren fazendo na proxima corrida uma dobradinha, para tudo mundo da ponta ficar bem embolado…

  4. Speed Racer da Mooca disse:

    Tempo passando, campeonato avançando e, só agora, a tabela de classificação começa à apontar os concorrentes do campeonato. Talvez seja cedo, mas essa mesma tabela começa à provar para muitos que carro bonito não vence corridas mesmo e não ganha campeonato também. Dá pra reagir, mas como o presidente deste blog comentou, a McLaren não evoluiu como Red Bull e Ferrari. Achei que nessa corrida de Silverstone a Ferrari ficaria no pelotão do meio tanto na largada como na corrida, por não ter velocidade final. Vejamos o que acontecerá em Hockenheim.

  5. Carlos disse:

    A resposta para a última questão é simples: Webber vencer de Red Bull não lhe confere um medalhinha de honra ao mérito porque o Adrian Newey fez mais um foguete, enquanto aquele carro que a Ferrari fez para este ano é uma grande bos… e Alonso está tirando leite de pedra para se manter onde está. O espanhol é o melhor piloto desde a morte de Senna, aposentadoria do Prost e saída do Piquet. O resto, no máximo, pode aspirar ao cargo de Nigel Mansell melhorado. A Ferrari está devendo um carro à altura do cara. Não custa lembrar que ele não chegou ao tetracampeonato apenas porque Ron Dennis, por puro capricho, resolveu pegar um motorista e video game e transfomra-lo em campeão e foi só por isso o título de 2007 caiu no colo de Raikkonen; depois, em 2008, quase que o Luis Hamilton joga tudo no ralo de novo, mas salvou-se graças à chuva em Interlagos e àquele ridículo pirulito eletrônico da Ferrari.

    • Segafredo disse:

      Não sei não Carlos……td mundo fica dizendo que o carro do Alonso não é lá estas coisas, que ele tira leite de pedra e tal…..mas, não acredito nisto não porque se a Ferrari não tivesse um carro competitivo o Don Fódon não estaria nesta situação. Acho que muitos falam que o carro não era bom por causa do desempenho pífio do Massa……daí não é parametro!!
      Abs

      • Lesmium disse:

        Geralmente uma equipe de F1 constroi dois carros parecidíssimo por fora, mas totalmente adaptado ao piloto, caso ela decida entregar os dois carros com configuração para um deles, o outro jamais vai ter tempo para se adaptar antes do meio do campeonato.
        Exemplo: No único ano da Brown GP na F1 (nunca vi tanta manipulação por um campeão que aquele ano) Rubin era o mais rápido da pre-temporada, derrepente na primeira corrida trocaram o sistema de freio dele por um igual ao do Button, quando Button deu o banho manipulado que deu no campeonato, e ja estava pronto para ser campeão, aí devolveram o sistema de freios que o Rubin estava adaptado. F1 atual são sutilezas. Que nós, os leigos no assunto, não percebemos. Só gostaria de saber se o Massa é vítima inocente ou conivente nessa disputa interna. Pois se buscarmos na memória veremos que Rubin era pra lá de conivente com essa política. Sinto falta do tolo Nelsin, que no segundo ano de carreira era e é tido como o melhor piloto brasileiro em uma segunda temporada na categoria, em todos os tempos, e, nesse caso, precisamos recordar que alonso foi pivô da tola queda dele, e se pudermos contar com a memória, a briga do Piquezão com briattouro aquele dia, era por equipamento diferenciado demais entre Alonso e Nelsin, que já havia ido ao pódio antes de alonso que tal a gente parar por aqui, o cheiro da F1 que acompanho desde Fitipa tá começando a ficar saturado um abraço galera.

    • Carlos, descordo plenamente de você. Se o carro da Ferrari é tão ruim, como que Alonso chegou em segundo e Massa em quarto!? Se o carro da Red Bull é tão perfeito como seus olhinhos veem, como que o Webber só passou o Alonso por causa de um erro da Ferrari e boa parte da corrida ele não andou no ritmo do Alonso.
      Só te digo uma coisa cara, velocidade final não é tudo, a HRT sempre tem a velocidade final maior até que os carros da Red Bull e anda lá atrás.
      Hoje na F1, velocidade não é tudo….não sei que corrida de F1 você está assistindo…acho que parou no GP do Bahrein ainda pois carro da Ferrari não é mais esse lixo todo que tu tá falando amigo.

  6. bruno disse:

    A resposta é simples… A diferença é que Alonso sempre que tem carro bom (ou mesmo com carro ruim, pois o início do campeonato mostrou isso) faz o que o Webber fez… vai pra cima, faz e acontece. Isso encanta a galera e ninguém mais questiona seu potencial. Já o tal Australiano costuma a “dormir” em 70% das corridas, e qdo acorda até que faz algo legal, o que se resume a apenas esta corrida, isso pq tem um RBR nas mãos!

  7. Marcio - CBN disse:

    Fala Flavio, e o Razzia? ou Razia? Venceu de novo hein…lider da GP2.

  8. Ron disse:

    No geral, eu até gostei da corrida.
    Vou nem mentir que vibrei quando o Webber passou o Alonso (que, para mim, deveria ter tido o tempo desconsiderado no treino, mas como ele é campeão e todo mundo acreditou…). Se o Vettel tivesse chegado nele teria sido melhor para o campeonato. O fato é que o espanhol está muito constante e tem tido melhores resultados que o australiano.
    McLaren: dessa vez apostaram em acerto completo de chuva ou a carruagem virou mesmo abóbora? Hamilton ainda tenta ficar vivo no campeonato e o outro cara (esquecendo o nome dele) parece que está só cumprindo tabela.
    A Lotus continua na mesma: ainda na promessa. Quem sabe no fim do ano.
    Mercedes: na mesma. Só que o Schumacher parece estar querendo virar o jogo sobre o Rosberg.
    Massa: corrida consistente (será que está voltando ao que era?). Provavelmente uma renovação de contrato esteja relacionada a ajudar o Alonso. Fica ou não fica? Deveria? Olha que pode ter vaga na McLaren, na Red Bull…
    Bruno: boa ultrapassagem sobre o Hülkenberg. Precisa continuar marcando esses pontos para poder entregar um resultado (no campeonato de construtores) à equipe no fim do ano.
    Maldonado: de novo?! Na próxima que ele se pegue com o Pérez, o mexicano é capaz de partir para cima dele que nem o Nelsão fez com o Salazar naquele episódio inusitado na Alemanha (http://www.youtube.com/watch?v=DV0aQPLJNvA). Por sinal, onde será mesmo a próxima corrida? Ih, lascou!

  9. Ecco da Pedra disse:

    O que não é possível é essa falta de conhecimento político dessa imprensa fofoqueira inglesa que deixa passar uma “compisfofóca” (mistura de teoria conspiratória com fofoca) dessas… Claro que o ataque do Pastor Malvado (que não deixam ter equipamentos básicos de um pastor em seu F1 como uma bíblia, uma sacolinha e uma coleira se for alemão) foi um atentado político, o México acaba de eleger um candidato de “direita” contra os ideais bolivarianos que foi largamente financiado pelo homem mais rico do mundo (esqueci agora o nome do cucaracha…), enfim, o Roberto Marinho mexicano (mas e mais vivo ainda) que vem a ser o patrocinador direto do Sérgio Perez. Ora o Pastor Malintencionado foi lá e deu um chega pra lá no Mauricinho em nome dos feios e do maus, como bom amigo “pessoal” do Chavez. Foi uma ação bolivariana cripto-cubana.

  10. Segafredo disse:

    O Chefe Rubro taurino só elogiou MW por conta do prejuízo, que em relação ao Tião, foi reduzido!! Esses merdas

  11. MARCO ANTONIO disse:

    O MALDONADO estabeleceu um falso parâmetro ao vencer uma corrida com a WILLIAMS. Aquela situação foi atípica. E isso foi ruim para SENNA que agora parece ser cobrado por todos para fazer o mesmo. Não vai fazer, a não ser numa nova atipicidade. A WILLIAMS tem carro para fazer um pouco mais do que SENNA faz e um pouco menos do que MALDONADO faz parecer que pode. Pelo menos o SENNA é sensato. Já o venezuelano não admite seus erros. Tem o ego igual ao do seu compatriota presidente.

  12. Rodrigo Brayner disse:

    Flavio, não vou ficar concordando ou discordando de vc, mas cê puxou uma discussão interessante, o que está acontecendo com a F1 hj em dia, agora, qualquer batidinha vira uma coisa enorme, o que aconteceu com Pastor e com Sergio foi pura coisa de corrida, o cara tava de pneus pouco aderentes ali, carro desequilibrado, foi toque, corrida é disputa, se daqui a pouco ninguem mais puder se tocar, vai virar corridas de carros de gelo… porra, antigamente, neguinho se pegava geral, senna e mansell viviam se tocando, se batendo e era tudo legal, acho ridícula as participações do Burti, parece aqueles críticos musicais, frustrado pq deu aquela cacetada em Spa e nunca mais quiseram ele por lá, passa a vida inteira pelando o saco do Schumacher, da Ferrari para ver ainda é lembrado, tá fazendo comentários cada dia mais programados pela Globo (para garantir um emprego), o que está acontecendo, corrida é disputa, disputa dá nisso, ninguem alí é santinho, ninguem gosta de tomar passadões, hj em dia ninguem tem muito respeito por ninguem não, haja vista a quantidade de fechadas assustadores que neguinho dá, mas faz parte da disputa, antigamente era assim e todo mundo achava lindo, então me diga, o que acontece? Virou jogo de video-game?

  13. “A gente” vírgula, pois se vc se der ao trabalho de olhar minha última postagem no meu blog, vai perceber que eu estava dizendo exatamente isso: Porque ninguém olha para os feitos de Webber (que fez uma corridaça em Valencia) e qualquer pódio de Alonso é considerado o maior feito no automobilismo nos últimos anos? Não sei, acho que a chamada imprensa especializada tem uma quedinha pelo espanhol, que não tem nada de fenomenal com relação aos outros, exceto pelo marketing e um companheiro que só é capaz de vencê-lo de vez em quando, mas que nunca será permitido. Webber já fez manobras para cima dele que são incontestáveis, mas na hora de falar sobre, todo mundo fecha os olhos e di que Alonso “teve um final de semana difícil”…

  14. Fernando N disse:

    Flávio,
    Não seria mais interessante para o Massa fazer um boa recuperação de campeonato esse ano, não para tentar ficar na Ferrari, mas sim para entrar numa equipe de ponta ano que vem? Caso o Schumaquer ou mesmo Webber não renovem.

    • Segafredo disse:

      O Massa não quer saber de vencer corridas, só pensa em estar numa equipe Top e no dinheiro que leva……assim era o Rubinho tbm.
      Ayrton Senna esperou quatro anos até ter a certeza que poderia competir de igual p/ igual com Prost.

    • CAMPANO disse:

      Fernando,Schumaquer e vitalicio em quelquer equipe com seu trabalho de construir
      uma equipe e pilotagem. Webber como melhor segundo piloto da F1 ja renovou, onde ele pilota a equipe garante a copa construtores.

  15. Alexsander disse:

    Concordo com alguns, mas outros…kkkkk

  16. João Paulo Gomes disse:

    Acho que só o Vettel consegue tirar essa do Alonso, apesar que Webber e Raikkonen também fazem um ótimo campeonato (diante do que não esperávamos deles no início do ano). O Alonso, quando não tinha um carro decente, tratou de marcar os pontos que podia pra não ficar muito pra trás e, nessa altura do campeonato, Ferrari e Red Bull têm os melhores carros em condições de prova: se ele continuar chegando entre os 5 sempre, tem tudo pra brigar, até porque o Vettel tem sido meio inconstante. É engraçado, o campeonato tem sido o mais interessante dos ultimos tempos, com muitas surpresas, mas periga chegar na segunda metade com o mesmo cenário de 2010 (briga entre Alonso versus dupla da Red Bull).
    Quanto ao Maldonado, ele é rápido e arrojado, mas realmente passou muito do ponto nas ultimas duas batidas, com Hamilton e Perez: uma coisa é deixar o carro espalhar um pouco pra dificultar a tangencia do outro carro, outra coisa é dar com o bico do carro na lateral do outro, que foi o que ele fez nas 2 ocasiões. Se não tivesse um carro ao lado pra ele se “escorar”, ele simplesmente não conseguiria fazer a curva, incrível a FIA não ter punido ele com um drive-through ou com perda de posições no grid da proxima prova…
    Abraço a todos

  17. Paulo F. disse:

    Webber vai ser campeão como Denny Hulme? Comendo pela beirada?

  18. Joe Machado disse:

    Como não vivo ha muitos anos no Brasil, não tenho que aguentar o Galvão Bueno e sua
    plena estupidez. Fico admirado com a quantidade de gente que não gosta dele, mas ele
    continua no posto. Como é que isso funciona? Pensei que a audiencia determinaria a continuidade de reporteres e narradores em determinado esporte. Estou acostumado com narração feita por um bom narrador, um piloto de grande sucesso no passado fazendo os comentarios relacionados com pilotos, pistas e circuitos. Um engenheiro aposentado da Benetton fazendo os comentarios técnicos, inclusive com visitas às equipes e demonstrando detalhes que ouvimos comentários mas não somos técnicos suficiente para enterdemos como aquela peça alternativa de design realmente funciona. Além disso temos um reporter ao vivo, no grid e paddock fazendo as entrevistas ao vivo com pilotos, engenheiros, diretores de equipe e o proprio Bernie Ecclestone.

  19. Antonio disse:

    O melhor da corrida foi a ultrapassagem de Senna sobre o Hulkenberg na última volta.
    Até o momento Senna 6 x 3 Maldonado em chegadas.
    Nada mal.

  20. Mauricio Alves disse:

    Adorei seu comentário!!

    Tudo muito correto, principalmente quando afirmou que o Senna-Sobrinho é péssimo!! Parece que só as viúvas não são capazes de ver isso!!

    Agora, aguentemos as porradas!!

  21. MARCO ANTONIO disse:

    Quer saber qual o melhor piloto da atualidade? Pergunte-se qual piloto você colocaria dentro de um carro de F-1 pra fazer uma única volta rápida (pole) e qual você colocaria para ganhar a corrida se a vida de sua mãe dependesse disso? Eu iria de Hamilton e Alonso, respectivamente. Você colocaria o Weber, Massa ou Button? Fala sério. Então Weber é o carái. É Redbull contra Alonso. Se o Alonso estivessa na RBR essa porra já estava definida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *