MENU

sexta-feira, 10 de agosto de 2012 - 9:57MotoGP

VOLTOU

SÃO PAULO (segura, agora) – Depois de dois anos frustrantes na Ducati, Valentino Rossi decidiu voltar à Yamaha, onde conquistou quatro de seus sete títulos mundiais. Será companheiro de Jorge Lorenzo por dois anos, 2013 e 2014. Il Dottore não teve paciência para esperar a nova gestão da Audi na marca italiana. Já não é mais nenhum menino, sabe que não tem a vida inteira ajudar a desenvolver uma moto e a reerguer uma lenda. E quer provar a todos que seu talento não evaporou.

A Yamaha é legal. Pure racing. Além do mais, faz baterias e pianos. Pure music. Tenho muito respeito por uma fábrica de moto que faz baterias e pianos.

49 comentários

  1. Daniel Soares Martins disse:

    Em verdade, em verdade mesmo, vos digo, a Ducati era pequena, ficou grande com Stoner, e voltou a ser pequena com Rossi, apesar deste último ser um dos maiores.

  2. Rudi disse:

    Gosto do Rossi, mas acho a escolha errada. Se ele queria votlar para algum lugar para brigar na frente, deveria ser na Honda. Na Yamaha é muito provável que tome pau do Lorenzo, que agora já tem a equipe ao seu lado. Mas desejo boa sorte a ele.

  3. Pe. Antonio Vieira disse:

    Flávio, liga para seus amigos da Audi. Se quiserem domar aqueles cavalos novamente, o negócio é tratar o Stoner como o Kimi. Deixa o cara fazer o que bem entender, tratem-no com a consideração que nunca trataram. Reconheçam que o Stoner, com a Ducati, foi o melhor piloto do grid muito tempo. Um título foi pouco para demonstrar o talento do Stoner. Ao fim, tirem o cara da aposentadoria e deem uma moto para ele se divertir nas pistas. Só assim a Ducati dará um passo adiante.

  4. Tiago Starke disse:

    E não é que a Hyundai também fabrica instrumentos musicas?

    Os caipora dos coreanos fazem de tudo…

  5. ney prates disse:

    Melhor moto que já tive: Yamaha RDLC350; dois tempos de arrepiar, lembra meu antigo DKW grupo II, de competição.

  6. Joaoleopires disse:

    Adeus Ducati, será que os tempos de glória voltarão?É esperar para ver…

  7. Rafael Lucas disse:

    E faz guitarras e baixos também. Todos bons instrumentos.

  8. Marcio Vieira disse:

    li uma vez e não soube mais notícias, mas a Yamaha pode ser o motor do Volvo S60 Polestar, com mais de 500cv para concorrer com M3 e MB C63

    • Anderson Gontijo disse:

      A Yamaha, desenvolve todos os motores da Ford, desde a década de 90, quando abandonou a F-1 como fornecedora de motores. Os motores Zetec V-8 da Ford, tinham os seus cabeçotes desenvolvidos por ela. A parte mecânica era toda desenvolvida pela Cosworth. O motor Ford Zetec 1.8, também tem o mesmo padrão. A Volvo, como uma Ex-Ford, tem todos os seus carros compartilhados com a montadora americana, seus motores e portanto suas parcerias. Os motores da série Duratec, são desenvolvimentos Mazda e Yamaha também. Apenas quem já andou em uma Yamaha e em um duratec, sabe a macies e progressividade desse motores, vêem nitidamente a resposta e a qualidade.

  9. Maurício MV. disse:

    Feliz pelo retorno de Rossi…. Ah, o primeiro modelo de moto Yamaha ( Akatombo-libélula vermelha ) 125 foi baseado numa DKW.

  10. Marcelo disse:

    É por isso que M.Schumacher é o CARA, ele “transformou” equipes em baixa como Benetton e Ferrari, e hoje aos 43 anos trabalha para reerguer a Mercedes. Desde que voltou em 2010 o velho alemão só fala em trabalho, motivação e superação(Rubinho na Indy nem terminou a temporada já quer carro de ponta). Liderar time em alta, disputar títulos e ser campeão não é nenhum bicho de 7 cabeças, isso cansei de ver na F1 e Moto GP! Duro mesmo é liderar um time menor estruturada(em baixa), e chegar ao título, raros foram os pilotos que conseguiram isso no esporte a motor.

    Valentino Rossi tem 33 anos, dava para ficar pelo menos mais três anos na Ducati! O que vai “somar” a mais um título com moto japonesa na carreira de Rossi? Na Ducati ele ia fazer história reerguendo o time italiano. Infelizmente Rossi pulou fora, fez isso pra não ser ofuscado pelas novas feras Lorenzo e Pedrosa!

    Como piloto Valentino é fera, já na parte técnica pra líderar de um time nem tanto. Rossi pode ser completo na pilotagem, mas na parte técnica ficou devendo…

    • Burn Baby Burn!! disse:

      Na minha opinião grande amigo, acho que o Valentino está certíssimo, afinal.. émpossivel um piloto vovo talentoso pilotar um F1, e o Schumacher está provando isso, assim como fangio também o fêz..

      Mas um piloto “quase senior” pilotar uma MOTOGP aí a chapa esquenta mano.. aí precisa da força do corpo todo.. não só do pescoço e braços como na formula 1..

      Logo o valentino está corretíssimo, melhor pegar um cavalo puro sangue e vencedor para terminar sua carreira nos propiciando aquelas aulas de pilotagem.. aula que recentemente ele nos brindou com aquela recente prova na chuva.. Do que ficar esperando o pangaré vingar..

      Cavalo vapor é cavalo vapor.. e para Valentino o tempo urge…

  11. Ives disse:

    Na verdade é uma fábrica de instrumentos musicais que começou a diversificar, é um dos mais tradicionais fabricantes de pianos do mundo, desde antes do século 20, os instrumentos de sopro são de primeira linha, percussão também assim como os de corda, o problema que as pessoas só conhecem as guitarras baratas que tem por aí, existem modelos ao nível de uma Gibson. Hoje fazem motores para usinas, motos, carros e tal…

    • Burn Baby Burn!! disse:

      Sim uma grande empresa de instrumentos musicais.. fabricam um dos melhores pianos do mundo os Yamaha de concento série C assim como a Steinway.. Bozendorfer, Fazziolli.. e claro ainda por cima fabricam as melhores motos do mundo..realmente uma super mega e polivalente empresa..

      valentino de bobo não tem nada, e claro que o campeinato do ano que vem vai pegar fogo, e eu não perderei nenhuma prova.. vou adorar as coreografias ensaiadas do Valentino no final das provas que vencer.. e as vencerá com certeza..

  12. Rafael disse:

    Pra acrescentar uma pitada ao muito que já foi dito, a Yamaha não é uma fábrica de motos que também faz instrumentos. É uma fábrica de instrumentos que resolveu, depois, também fazer motos. A empresa começou construindo pianos, guitarras etc. Aliás, tenho uma guitarra Yamaha semi-acústica fabricada no final dos anos 60 de que jamais irei me desfazer.

  13. Al Unser Jr. disse:

    Na verdade é uma fábrica de instrumentos musicais que também fabrica motos.

  14. Na verdade, verdade mesmo a Yamaha é um a fábrica de pianos que também produz motos. E não o contrário.

    Tanto que seu símbolo são três diapasões. Só depois da Segunda Guerra Mundial que começaram a fazer motos, mas a Yamaha foi fundada em 1887.

  15. Mauricio disse:

    Além da divisão de motores (motores leves, motores náuticos, motocicletas, moto aquática e moto de neve) , a Yamaha também fabrica instrumentos musicais, como comentado, mas também equipamentos médicos de ponta, próteses cirúrgicas, equipamentos de aviação (aviônicos), radares e uma extensa lista de equipamentos eletrônicos especializados. Mesas de som para estúdios, mixers, painéis de controle multi-media (som luz e controles extras) para casas de espetáculos, cinemas e teatros. Equipamentos de golfe… E por ai vai.
    Além de tudo isso também trabalham com design industrial para industria automobilística.

  16. raoni disse:

    Na verdade uma fabrica de instrumentos musicais que fazem motos…
    Depois da Segunda Guerra Mundial atendendo a uma necessidade de transporte no Japão devastado passou a fabricar motos.

  17. Andre disse:

    Foi a Yamaha quem “afinou” o escapamento do Lexus LFA. A Toyota queria um belo barulho para seu novo supercarro, entao mandou para quem entende de motores e música.

  18. Acarloz disse:

    Acabou o sono do Lorenzo . . .

  19. Ulisses disse:

    mais … Flautas, Saxofones, Violões, Guitarras, Baixos, Teclados, Pedais de efeitos, Módulos de som, etc etc …. e tudo muito bem feito, com timbres maravilhosos, não a toa, sua logomarca é um diapasão!
    Estou com você Flávio, é uma bela “fábrica”!

  20. Carlos disse:

    Baterias, pianos, motos, cabeçotes para a toyota e afinou o escape do Lexus LF-A para que o timbre ficasse perfeito.

    Além disso tem um dos logos mais bonitos de todos os tempos, 3 diapasões.

  21. heraclito disse:

    Saxofone, faz excelentes saxofones

  22. Alemão disse:

    Rossi picareta! Tomou pau até do Hayden na Ducati. Ele, por ser italiano, na Ducati, deveria continuar a desenvolver o projeto, como fez na Honda e Yamaha! Disse que era um sonho pílotar a Ducati…bla,bla,bla!!Deixou os italianos falando sozinhos!! Vai tomar pau do Lorenzo!!
    Coloca o Casey Stoner lá de novo e o cara anda na frente, com certeza!!

    • Vecci disse:

      Concordo plenamente. Tudo bem q a Ducati nao estava nas suas melhores epocas, mas nos treinos classificatorios Valentino tomava ate 1seg do Nick, apenas nas corridas andava um pouco melhor. Sou fa numero um do Rossi, mas aposto que vai sofrer muito para andar com Lorenzo. Minha opiniao: acontece com ele o mesmo que acontece com Schummy, foram disparados os melhores nas suas epocas, mas a idade eh uma realidade… nao perdoa ninguem.
      Giusepe Vecci

  23. Carlos Trivellato disse:

    Bem, não sou músico, mas, depois de uns trinta anos de Honda, acabei testando e gostando de uma Fazer 250, que é minha ferramenta de trabalho há cinco anos, moto muito boa!

  24. Ricardo de Bittencourt disse:

    RD 350R, baixo, teclado e piano digital: recomendo…
    Batera eletrônica preferi a Roland.

  25. Caio Maranho disse:

    Yamaha faz umas guitarras e baixos sensacionais, alias, o que a Yamaha se propõe a fazer, eles fazem bem (exceto motores pra F1, aí é outros 500)

  26. Flávio Seno disse:

    E faz baixos também!

  27. Marcos disse:

    A Yamaha também fabrica guitarras, violões e excelentes headphones.
    Eu tenho um EPH-30 e adoro. Melhor fone de ouvido e’ impossível.
    A minha primeira moto foi uma RD-50 azul, e ainda acho que foi a melhor moto que já tive. Fiz a besteira de vender a moto para comprar a seguinte. Se tivesse grana na época, teria guardado ela pro resto da vida.

    Flavio, nada a ver com a Yamaha, mas aqui duas sugestões de video que vc poderia colocar no blog e comentar:

    Maldonado the movie: http://www.youtube.com/watch?v=wIglIxLnuLs

    Um “pequeno” problema com uma Ferrari em NY: http://www.youtube.com/watch?v=3lKwkn6JT74

    Um grande abraço e parabéns pelo excelente blog!

  28. Fernando Melo disse:

    Faz guitarras e baixos também.

  29. Paulo Tohmé disse:

    The Doctor terá vida dura pela frente. Agora a comparação serpa direta.

  30. Macário disse:

    Baterias, pianos, flautas, sintetizadores, violões e guitarras com excelente custo-benefício. Instrumentos muito dignos. Já peguei um violão Hyundai e não chega aos pés.

  31. Anderson disse:

    E violões. E guitarras. E baixos. Honestos.

  32. Stephano farias disse:

    Não se esqueça dos excelentes violões.

  33. Lucas Carioli disse:

    Sabiam que foi a Yamaha que inventou o MP3? rs…

    É muito bom ver o Doutor voltar pra casa.

  34. K.Lopes disse:

    Fez a equipe gastar os tubos pra fazer um moto só pra ele. Quase fez da Ducati uma moto japonesa, com a mudança do quadro tubular pro de seçao reta. Só faltou trocar o motor em L por um 4 em linha. Com tanta mudança, o Hayden, moto filosofía Ducati, estava leguas a frente. Só um cara foi capaz de andar no limte com o cavalo doido italiano, derrapando e torcendo nas freadas e sair vencedor: Casey Stoner.

  35. Paulo F. disse:

    Doc Rossi vai brilhar na Yamaha, de novo. A Ducati é uma empresa pequena se comparada ao quarteto niponico ( Yamaha, Honda, Kawasaki e Suzuki ) e tem dificuldades enormes em um campeonato montado tendo em vista as quatro grandes orientais e suas respectivas equipes oficiais. E antes de que chovam comentários de que quatro, só duas estão lá oficialmente, é o seguinte, funciona em sistema de rodizio, ok!
    A aquisição da Ducati pela Audi ( por que insiste-se em Audi, o verdadeiro patrão chama-se VW ! ) não vai refrescar em nada a situação do atelie de Borgo Panigale. Não é o mainstrean da fábrica de quatro argolas, que pelo visto, como a BMW fez com a Land Rover, esta mais interessada em aquisição rápida de tecnologia (como a desmo de última geração).
    Rossi vai dar o que falar com as motos da fábrica dos tres diapasões. Lorenzo deve ser o campeão este ano. E vai ser simpático não ter que escutar quase só o hino espanhol nas comemorações no pódio da motovelô.
    E Gomes, a Yamaha fazia fantásticas motos 2T!

  36. Thiago disse:

    A Hyundai é outra que além de produzir carros, também produz navios e instrumentos musicais.

  37. Alemão disse:

    Decisão que já era esperada…..

  38. Denis disse:

    Tenho respeito por uma empresa que faz BEM motos, baterias e pianos. De piano eu não manjo muito mas dizem que são de qualidade excelente. De bateria não tem melhor que Yamaha para estudios e gravações. E pra acelerar não preciso nem dizer nada das R1, R6 etc…

  39. ALEX B. disse:

    Isto comprova a teoria que o braço conta muito menos hoje do que antes na pilotagem???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *