MENU

Friday, 28 de September de 2012 - 1:28Automobilismo brasileiro, Cinema

CAMBER NA TELA

SÃO PAULO (logo, please!) – Está em produção “A Turma da Camber”, documentário que conta a história da oficina de Brasília que colocou nada menos que três pilotos na F-1: Alex Dias Ribeiro, Roberto Pupo Moreno e Nelson Piquet. É pouco? E tudo nasceu com o Patinho Feio, um carro que eu compararia, hoje, com o DeltaWing.

Não vejo a hora de ver.

PS: notaram o que tem na mesa do Nasser?

20 comentários

  1. denilson felix da silva says:

    Muito bom! Gostaria de saber se tem imagens da epoca, grato, Denilson Felix

  2. denilson felix da silva says:

    Adoraria poder contar com a ajuda de todos vcs no sentido de histórias e imagens da epoca das oficinas, das corridas, que acham? Grato, Denilson Felix

  3. NArdo77 says:

    Cade o Piquet, po… Gosto demais quando ele aparece!

  4. V says:

    ate chorei puta que pariu

  5. Ricardo Otto says:

    É por estas coisas que pipocam aqui que entro neste blog umas….5 vezes por dia?!?!

  6. Augusto Freire says:

    Estou ansioso para ver o filme, pois acompanhei um bocado essa turma, ainda que apenas olhando de longe e torcendo, pois eu era (bom, ainda sou) de 5 a 10 anos mais novo que eles. A Camber, quando passou a funcionar na Asa Sul, era bem pertinho lá de casa.
    Íamos à pé para as corridas, ver a largada na rodoviária e depois escolher uma calçada e ficar assistindo de lá. Isso quando não dávamos um jeito de entrar nos boxes, não era tão difícil assim. Eita saudade !

  7. Caca says:

    Graças à Deus, a turma está arregaçando as mangas e perpetuando a história do automobilismo brasileiro.

    Parabéns a todos por mais uma incrível iniciativa.

  8. Egberto says:

    FG como é que vcs descobre essas histórias, no final com a aquele ronco deu para arrepiar.
    PQP !!!!!!!!!!!! qdo vamos ter esse documentário????? ganhei a sexta

  9. ags5859 says:

    FG..Bom dia……
    Em quase um ano, acho eu que venho lendo sua pagina, várias vezes ao dia, metendo o pau no Picollino da SF, e falando o que não devo..etc etc…Quando hoje me deparo com a melhor materia que vce tenha nos mostrado..
    Fico imensamente comovido ao ver, Bsb nos anos em que mesmo pirralho, vi esses malucos andando na esplanada de Bsb rasgando o vento do cerrado, deixando os milicas doidos…
    Em Gyn também, onde tivemos com Bsb, o inicio de uma era que foi OURO, e que hj vive no fragelo da pior situação, a falta de respeito para aqueles que tiveram um ideal e que após anos, nos resta dizer que não temos um circuito digno de provas, eu falo provas, pois o que se ve em Bsb, Gyn são os street boys,sem noção, funcionários de ferro velho com injertos automotivos.É legal, fascinante ver essa pequena demonstração que vce nos presentei hj…Meu…PARABENS, valeu muito, em saber que vce tem agora mais um motivo de vir ao centro oeste (Bsb e Gyn) e ver o nosso sofrimento..
    Parabens Flavio.

  10. CARLOS says:

    NOSSA, COMO O PROPRIO ALEX DIZ EM SEUS LIVORS ” MAISI QUE UM CAMPEÃO”;;;;;;;;;;;;;;;

  11. Carlos Pereira says:

    É bem merecido mesmo esse filme. Contar e preservar a História de uma grande saga, a das corridas de ruas, que inspiraram e se transformaram, no minimo, em três títulos mundiais de F1 e tantas outras vitórias em outras categorias. Grande homenagem aos grandes e valentes homens que batalharam pelo automobilismo.

  12. Roberto Martinez says:

    Vai ser legal, li o livro do Alex (1ª edição de 81/82 , sei lá) , onde ele conta como isso começou, ele e os amigos “preparando” um DKW de uma cliente, acho que a mãe de um deles…muito legal, além das viagens a São Paulo para comprar equipamentos e revendê-los na Camber !

  13. Alexandre - BH says:

    Vai ser demais esse documentário.
    E na mesa do Nasser… Sim, tem dois táxis!

  14. Acrisio Mota says:

    um honesto dkw!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *