SESSÃO CORUJA (2)

SÃO PAULO (milhas e mais milhas) – Ainda em Cingapura, a FIA divulgou um pré-calendário para 2013, que não deverá sofrer nenhuma grande mudança quando for ratificado pelo Conselho Mundial. Serão 20 corridas, como neste ano, com uma substituição. Aderj informa: sai Valência, entra Nova Jersey. Troca-se o GP da Europa pelo GP da América, igualmente num circuito de rua.

Folgo com o fim da pista de Valência, uma das mais chatas de todas, apesar da beleza do local. Mas foi uma corrida arrumada entre Bernie Ecclestone e políticos de extrema-direita que nunca trouxe nada de bom nem para a F-1, nem para a cidade. A Espanha tem muito mais com que se preocupar do que em encher os bolsos de Ecclestone e satisfazer a vaidade  de um alcaide e seus asseclas.

O Brasil fecha a temporada novamente. Nürburgring ainda precisa de garantias financeiras. Abaixo, o calendário. Quem está com um asterisco tem uma ou outra pendência. Daqui a alguns dias resolvem tudo.

Subscribe
Notify of
guest
16 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
José Brabham
José Brabham
9 anos atrás

E a Rússia?

Leonardo Testa
9 anos atrás

Ficam inventando corridas de Rua pela beleza, porque o espetáculo é uma merda.

Poderia ter de volta Imola, Estoril, tem a Red Bull Ring, Maranello, um monte de pistas boas ficam inventando.

Detalhe é que de todas as pistas novas, nenhuma traz tanta emoção quanto as mais antigas.

João Batista Jr.
9 anos atrás

Muita corrida. 16 grandes prêmios é o número ideal.

Douglas Hudson
Douglas Hudson
9 anos atrás

Não tirando Interlagos,Silverstone,Monza,Spa e Suzuka já começou bem.Montreal e New Jersey juntas também foi outra boa escolha.Dos Tilkódromos só deixaria China,Singapura e Malásia.Espanha fazendo revezamento uma ótima ideia,considerando a crise financeira do país de Choronso.Se caso eu fosse dono da FOM,colocaria esse novo circuito argentino que a Moto GP vai utilizar 2013,voltaria com o GP da França fazendo revezamento entre Magny Cours e Paul Ricard. Zeltweg (Atual Red Bull Ring) também iria voltar.E para desespero das viúvas eu voltaria com Imola,que foi reformado recentemente.E a mãe Rússia teria o seu GP para nossa alegria e assim tiraria a Hungria do calendário.

Dav
Dav
9 anos atrás

Valencia ta fora? AEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE

Ricardo B.
Ricardo B.
9 anos atrás

Alguém sabe como ficou a história do GP da Argentina?

Rafael
Rafael
Reply to  Ricardo B.
9 anos atrás

Posso estar enganado, mas Argentina tava com mais chances pra ter prova na MotoGP que na F1 né?

Jonatas
Jonatas
9 anos atrás

Poderiam muito bem eliminar essa corrida da Coréia do Sul, ôô pistinha ordinária viu! Coloca Magny-Cours, Estoril ou o novo Zeltweg no lugar…

Zé Alonso
Zé Alonso
9 anos atrás

Não mexendo com Spa e Interlagos tá bom.

Marcio Vieira
Marcio Vieira
9 anos atrás

Hungria tá fazendo hora extra. Tá na hora de mudar o representante do leste.
E a tal pista no balneário russo de Sochi, não vai vingar? Se bem que uma pista em Moscow, passando pelo Kremlin, seria fantástica

Carlos Castro
Carlos Castro
9 anos atrás

O ´mundo só de interesses financeiros é foda…Gp Eua, porque não adequam Watkins Glen com o traçado original e colocam as baratas modernas da F 1 lá….ficam construinda estas merdas de circuitos do tal do ,como é mesmo o nome do cara.?..Tylke…é isso?…pqp…O melhor da temporada está em Spa e Monza e uma canja para Interlagos modificado…

Thiago Barbosa
9 anos atrás

Os caras vão fazer uma corrida no TEXAS, no dia do encerramento da NASCAR? Parece ser um grande esforço pra popularizar a F1 por aquelas bandas.

Leonardo
Leonardo
9 anos atrás

França ficou de fora ….

rodrigo mota
rodrigo mota
9 anos atrás

logisticamente falando os GPs do Canadá, Américas e EUA deveriam ser seguidos principalmente por baratear os custos de transporte de material…

sério mesmo, de Montreal pra NJ (New Jersey) é perto, dá pra transportar de trem os carros, não demora nem 1 dia de viagem. de NJ para Austin poderia usar a malha doméstica da FEDEX/UPS/DHL e isso baratearia os custos…

agora, os caras vem pra Austin e depois vão pra São Paulo? cacete haja MD-11 da FEDEX pra transportar isso tudo! não seria mais fácil e útil fazer GPs seguidos em continentes específicos? tipo dividir a temporada em 4 fases, cada uma em um continente? isso barateia os custos e reduz trabalho…

ainda sou a favor de um GP em Miami ou Los Angeles, locais mais turísticos e que recebem gente do mundo todo. e no Canadá tratem de fazer o GP do Pacífico em Vancouver!

Marcelo Sousa (Montreal)
Marcelo Sousa (Montreal)
Reply to  rodrigo mota
9 anos atrás

De Montreal para NJ sao 660km, nem precisa ir de trem…

Ronald Wolff
Ronald Wolff
9 anos atrás

Não é Suderj? Ou já mudou pra Alerj?