MENU

Thursday, 11 de July de 2013 - 17:18Motoland

MOTOLAND

Sinfonia de dois tempos. O Dú Cardim vai curtir. Quem mandou foi o Décio, aquele que tem um irmão.

20 comentários

  1. Denys says:

    Queria uma dessas… 2 tempos, V4, 500cc, 0km!!! O motor é uma obra de arte!

    http://www.asphaltandrubber.com/bikes/suter-500-factory-v4/

  2. Rodrigo Garcia says:

    Faltou uma Suzuki GT 750 com 3 em 1…

  3. Rafael Mafra says:

    Em abril desse ano aconteceu em Brusque um encontro só com motos dois tempos, ano que vem com certeza vai ter outro.

  4. Maurício says:

    Só faltou o CÓFCÓFCÓFCÓFCÓFCÓFCÓFCÓFCÓF…
    Brincadeirinha… mas hoje em dia os 2 T não devem fazer tanta fumaça assim, né?

  5. Tiago says:

    Ta aí uma boa opção para a PM nas próximas manifestações. Não precisa bomba de gás lacrimogêneo, só o cheirinho do 2 tempos acalma a massa baderneira…hehehe.

  6. Ricardo Guerrerov says:

    Faltou minha MZ 250, só preciso decidir as letras da placa IFA, MZB, MZS ou RSJ…

  7. Sylvio Salve says:

    Oi Flávio,
    Envio o link para uma reportagem sobre um simpático colecionador de Araraquara, que tem uma moto com um motor radial dentro de uma das rodas. A moto é da marca Megola, alemã, década de 20, segundo a reportagem. Dessa vez pesquisei no seu blog antes e não encontrei, porisso envio…

    https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=pzJYJ4esb5I

    Abraço!

  8. Jr. says:

    Show de bola!!!! Fantástico!!! Que saudade dos dois tempos…

  9. Junior Ribeiro says:

    Muito legal!!! Já tive uma Dt-180 e uma CR125, e esse vídeo me deu uma saudade danada das motocas…

  10. says:

    Tohmé, tem até a Rokon.

  11. Mavex says:

    Sinfonia espetacular. Dava pra entupir todas as máquinas da controlar com tanta fumaça.

  12. Rodrigo Moraes says:

    Música! Ainda tenho uma Agrale Elefantré 30.0 1994 com uma ponteirinha de alumínio Three Heads…

  13. Minoru says:

    Aliás, aí vão duas sugestões de vídeos que por anos garimpei e só agora conseguí rever.

    O primeiro é a série de documentários do início da década de 70 “On Any Sunday” (I e II) que
    mostra como as motos entraram para o cotidiano dos americanos e as competições que levavam ao título da AMA, que naqueles tempos não eram para qualquer um pois era necessário vencer em cinco tipos diferentes de pista para se sagrar campião nacional.

    Já o segundo é um filme que quando garoto me seduziu para as corridas de motocicletas, isso no começo dos anos 80, que se chama em inglês “Silver Dream Racer” (não me recordo o título em português)..e se não me engano quem pilota a estrela do filme (uma Suzuki 500) é Barry Sheene.

    A maioria vai achar tudo tosco e antiquado mas se pensar que muita coisa se originou dalí, vale como curiosidade.

  14. Minoru says:

    Interessante o leque de 2t que mostram… eu ví uma RD500LC, além da sua irmãzinha de 250 cc e também a última das representantes da fumaça azul nestas paragens que foi a Aprilia RS 250…

    Dois tempos, bons tempos!

  15. Daniel Granja says:

    Coisa linda.
    E o cheiro da fumacinha é tão maravilhoso quanto o som.

  16. vicente alves says:

    So’ faltou a minha Agrale Elefantree 89!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *