GRAZIE, MILLE

NATAL (uma passadinha) – Excelente o nome da série especial que a Fiat vai lançar do Mille, para se despedir do carrinho. A exemplo da Kombi, o velho Uno não vai receber airbag e ABS e por isso será retirado de linha. Descontinuado. Extinto.

“Grazie Mille” é como se chama o último Uno. Sim, porque para mim sempre será Uno. Depois que virou Mille. Tive um, 1985, preto, modelo SX. Alguém lembra disso? O meu era cheio dos truques, quatro faróis, umas saias, uns spoilers… Bem, acabou. Serão duas mil unidades em duas cores, todos numerados e tal. Carro de colecionador. E com preço normal.

graziemille

Subscribe
Notify of
guest

37 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alex Szymanski
Alex Szymanski
10 anos atrás

Um carro muito bacana, equilibrado, econômico, ágil e relativamente espaçoso (para um carro dessas dimensões e com essa idade de projeto)!!

Tenho um Uno 1.5R e ele é muito bacana, apesar de ser um carro antigo, ainda é relativamente atual (suas linhas “envelheceram” menos do que Escort XR3 e Gol GTi ou GTS)!! O acabamento interno é bom e bonito, ele é completinho, é econômico (senão pegar transito ou pisar muito fundo…) e anda bem (mas é claro que não tanto como um Uno Turbo, acompanha bem um Escort XR3 1.6).

Para a série Grazie Mille, acho que a Fiat só poderia ter oferecido algumas opções de cores mais vivas para essa série de despedida e a opção do motor 1.3 Fire, usado na Fiorino (embora ele ofereça apenas 71cv…). O relógio digital no painel deveria ser recolocado no lugar antigo (na parte central do painel)!!

Francês
Francês
10 anos atrás

Já tive vontade de comprar pelos seguintes motivos: design do exterior, mecânica simples , peças baratas, desempenho e economia suficientes. Nunca comprei pelos seguintes motivos: falta de segurança da carroceria, bateu morreu, e o interior é horrível ou você ama ou odeia. Mas o pior de tudo é, se você pesquisar acidentes com esse carro, a carroceria não oferece segurança nenhuma, AIRBAG não faria nenhuma diferença.

Luis felipe
Luis felipe
10 anos atrás

Carro mega desatualizado… Projeto do inicio dos anos 80, ja deu né ….

Édio
Édio
10 anos atrás

Se observarem a foto do painel, lá na caixa de ar, ela esta desalinhada…

Luciano
Luciano
10 anos atrás

Tive, vermelho CS 1300 86, verde 1.0 eletronic 96, 1.0 MP verde 97 com lanternas fume, vidros e travas elétricas e ainda acionava o alarme em um chaveiro (Puta modernidade, pra época). Ainda tive uma Elba 1990 CS 1.6 (andava muuuuuito). O modelo SX era muito legal mais nunca tive. Pra mim também sempre será Uno.

Luciano
Luciano
Reply to  Luciano
10 anos atrás

Errei tive um EP e não MP como escrevi acima!

Venax
Venax
10 anos atrás

É o Fusca da Fiat. Quanto ao preço é normal pois sai de fábrica com ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricas, desembaçador e limpador do vidro traseiro, retrovisor externo com comando interno, faróis de máscara negra, rodas de liga leve de 13 polegadas com pintura escura, ponteira de escapamento esportiva, adesivos Grazie Mille, frisos laterais, som com conectividade, etc. Se você pegar um Uno normal e adicionar todos como opcionais ficaria por esse preço ou até mais. Já a Kombi não tem tantos acréscimos assim.

Rafael Portugal
Rafael Portugal
10 anos atrás

Meu pai teve um SX também. Foi o mais lindo Uno de todos!

alexandre
alexandre
10 anos atrás

um carro que me marcou, uno turbo 1995 (com ar). Tinha 118 cv mas parecia mais. Que carro de presença, deixava qualquer um da época para trás em beleza e presença.

Era o carro quando tinha 18 anos. Agora, com mais idade e condições fui atrás de um para restaurar, mas é difícil achar um em bom estado. O que se encontra são uns que viraram 1.4 aspirado, hehehe.

Feliz Natal pessoal.

conde
conde
10 anos atrás

Deveria ser Azul Gurundi ,foi sinônimo desse carro por um tempo .Trabalhava numa mesa de 0 km em SP na época e era só o que pediam .

Sérgio Troncoso
Sérgio Troncoso
10 anos atrás

Tive dois Uno Mille nos anos 90 e dentro da espartanidade do modelo, comportaram-se com galhardia… Dois carros “tranquilos”, que não encheram o saco!
Um abraço.

Peter Perfeito
Peter Perfeito
10 anos atrás

Uno Mille não é aquele que carro que quando chove vemos parados nos acostamentos das marginais e nos grandes corredores de SP?

8 em 10. Choveu, enguiçou.

Carlos Henrique Barros
Carlos Henrique Barros
10 anos atrás

Porra Flávio…preço normal…. 31 mil num Uno. Acho caro.

Henrique Barros/Salvador/BA

Fred
Fred
Reply to  Carlos Henrique Barros
10 anos atrás

Concordo. Absurdo pagar tal bufunfa nessa “série especial” que, de diferenciada, não tem quase nada. Salvo engano, é um Uno completo com algumas perfumarias mínimas – adesivo e nome, tecido dos bancos etc. Não vale… e os concorrentes também não.

Nessa faixa é melhor pegar um usado – Focus, Punto, Polo… Ah, nada contra o Uno, pelo contrário, tive um (desses novos, Mille Way 05/06) e foi um guerreiro enquanto por aqui esteve. O primeiro carro 0km na vida do meu pai foi um CS 1.3 2 portas, vermelho, comprado em 89. Ou 90.

Andre Decourt
10 anos atrás

Minha mãe teve um CS 86 a gasolina, que como era para exportação já tinha, a padronagem de 87, piscas laterais que funcionavam, check control, vidros elétricos, fárois halógenos, pneus sem câmara, aquecimento e muito mais bláblá… enfim tudo, menos ignição eletrônica, que os para o mercado doméstico e a alcool já tinham. Já eu tive uma 1.6 R 90 que era uma capeta e uma 1.6R MPI 94, mais dócil que a carburada mas muito mais confortável, afinal tinha ar e trambulador novo

Luciano
Luciano
Reply to  Andre Decourt
10 anos atrás

Tive, vermelho CS 1300 86, verde 1.0 eletronic 96, 1.0 MP verde 97 com lanternas fume, vidros e travas elétricas e ainda acionava o alarme em um chaveiro (Puta modernidade, pra época). Ainda tive uma Elba 1990 CS 1.6 (andava muuuuuito). O modelo SX era muito legal mais nunca tive. Pra mim também sempre será Uno.

Luciano
Luciano
Reply to  Luciano
10 anos atrás

Desculpe não era para ir como resposta.

Wellington
Wellington
10 anos atrás

Acho que em 85 não tinha essa versão…tive alguns, um CS 85 também. Lembro de um mille 90 e em 93 aqui em Vitória choveu granizo. O meu estava embaixo de uma castanheiro. O porteiro da escola que eu dava aula, assim que estacionei, disse rindo que embaixo da castanheira o carro ia sair todo marcado pelas castanhas. Deixei assim mesmo e depois da chuvada achei que seria bem pior. Para minha surpresa somente 2 marcas do granizo. Kkkkk. Um bom carro afinal.

Felipe
Felipe
10 anos atrás

Flavio, normal não…
O Mille tava sendo vendido por volta de 23 mil reais, nessa versão custará por volta de 32.500 reais. (Para se ter ideia um Gol, desses novos, está custando isso).
É Claro que a Fiat nao abusou dos saudosistas tanto como fez a Volkswagen com a Kombi…
Mas claro que nao perdeu a oportunidade de tirar umas notinhas a mais dos colecionadores…

Flavio Bragatto
Flavio Bragatto
10 anos atrás

Diferentemente da VW que estuprou os clientes da Kombi com um modelo saia e blusa e cortinas nas janelas por 60k, a Fiat pegou um Mille completo, colocou mais meia duzia de coisas (vide o painel com conta-giros que não tem em nenhum Mille) e está cobrando “preço de tabela”, ou seja, um valor justo por um carro do modelo, só que top de linha.

Gostei de 99% deste carro. O 1% que eu não curti, foi aquela plaquinha monstruosa no painel. Acho que poderia ser mais discreta e num local mais discreto e de uma forma mais discreta.

Se eu tivesse 32k, iria agora comprar e já levaria um par de alianças.

Surubim Azul
Surubim Azul
10 anos atrás

Uma bela Ferrari Brasiliana…. a formula mais honesta de carro popular da década de 80! Literalmente marcou história. Anda direito, faz curva – diversão garantida! O resto é pachequice!

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
10 anos atrás

Um carro que fez mais do que uma historia… fez uma Marca por Terras Brasilis!

Tchau Uno… tive alguns… e nenhum me decepcionou.

Imperador

JP
JP
10 anos atrás

Tá caro, mas considerando que é completo, ainda sai mais barato que outros modelos “populares”. É uma opção melhor até mesmo que o novo uno.

Deni Williams
Deni Williams
10 anos atrás

Uno foi o primeiro carro que andei e que aprendi a andar no trânsito de São Paulo. Tenho boas lembranças.
GRAZIE MILLE!!!

Turco
Turco
10 anos atrás

se é que pagar 32mil num Uno é normal…

Nelson
Nelson
Reply to  Turco
10 anos atrás

Deixe de ser”turco”(rsrsrsr)

Rafael Mafra
Rafael Mafra
10 anos atrás

O Uno turbo é bem legal, mas os modelos que eu teria são os 1.5r e 1.6r. Aquelas rodas de quatro pontas são lindas.

Seria bem legal se a Fiat fabricasse um modelo edição limitada da nova Fiorino (seteggiorni a charmosa cristaleira) uma 147 dessas restam bem poucas no Brasil.

RenatoS.
RenatoS.
10 anos atrás

Tive 04 e todos me serviram muito bem.

Eduardo_SC
Eduardo_SC
10 anos atrás

Dei uma pampa 86 para meu primeiro carro zero que foi um Mille SX 96/97 e que deveria ser a versão derradeira. Peladasso, tive que colocar retrovisor no lado direito. Os vidros não eram verdes, mas tinha uma linda cor verde turmalina. Fiquei quase 5 anos com esse Uno e nada de sair de linha. As principais qualidades eram espaço interno e agilidade/facilidade de manutenção do excelente motor FIASA. Girador o bichinho, diga-se de passagem. Quando falo que tenho saudades desse carro, só desdenha quem nunca teve.

Roberto Ceconello
Roberto Ceconello
10 anos atrás

Preço normal?
30 mil Dilmas tá bem salgadinho…
Se fosse uns R$25.0000,00 até dava pra enfrentar.
Mas mesmo assim, bem melhor que os R$85.000,00 da Kombosa L.E.

jbchaves
jbchaves
10 anos atrás

Preço normal, com ar condicionado, direção hidráulica, e outros acessórios. Já encomendei o meu, pra fazer par com o 92 azul!!!

Pablo Vargas
Pablo Vargas
10 anos atrás

Na verdade deveria ser :
– Uno, obrigado por salvar a FIAT da falencia.

Klebber Formiga
Klebber Formiga
10 anos atrás

Tive 2 um vermelho SX 86, e um prata Mille Alvorada 93. Bom carro nunca me deixou na mão.

Lio Campos
10 anos atrás

Não entendo a Fiat parar o carro que mais vende no Brasil, virou o Fusca,nao quebra manutenção barata,anda super bem e é economico, a Fiat tem mania de colocar Jovens em cargos de gerencia e mandar meia idade ( que chamam de velhos embora) Acho que este é o problema Jovens não sabem NADA de NADA a GM americana a maior do mundo não põe na presidencia se o cara tiver menos de 80 …dizem que 60 é muito jovem e jovem NÃO SABE NADA , acho que a GM esta certa pois é a maior do mundo faz milenios e a Fiat esta errada em parar o UNo coisa de jovem e coloca aquele carro carissimo o Stilo na época falei com Jovem Diretor de Marketing no Salão que estava mais bebado cheio de meninas , isso não é carro para brasileiro muito caro e tiveram que parar poucas vendas como disse jovem não sabe nada, a Fiat poderia faturar 100 vezes mais se escutasse os mais velhos e não parasse o UNO

Luis felipe
Luis felipe
Reply to  Lio Campos
10 anos atrás

Que coisa batida esse racha entre “mova” e “velha” geração. Cada um tem sua contribuição e se complentam

daniel santos oliveira
daniel santos oliveira
Reply to  Lio Campos
10 anos atrás

ta desinformado em Lio, fale pra mim qual carro da atual linha Gm existia ha 5 anos , o velho UNO MIlle cumpriu seu papel , já existe um sucessor mais moderno.Vou sentir saudades , respeito a velha geração mas oque tem que contar é a competencia da pessoa e não seus cabelos brancos…

Rafael Ribeiro
Rafael Ribeiro
10 anos atrás

Já voltou das férias?
Tá aí, esse Uno (sim, também o chamo assim) dá até vontade de comprar, tenho um desconto no meu cartão de crédito, para compra de um Fiat, acumulado em R$5.000, ia ser um carrinho legal e barato…