NO MILHÃO

SÃO PAULO (fervendo) – Eu achava que todo mundo estava sabendo e até que isso já tinha sido anunciado, porque se não me falha a memória o Victor Martins deu a notícia no dia 22 de novembro, 13 dias atrás, pois. Mas, pelo jeito, nós é que anunciamos e ninguém mais falou nada.

De qualquer maneira, confirmaram hoje que Bruno Senna vai disputar a última etapa da Estoque, dia 15 em Interlagos. A Corrida do Milhão e tal. Já tem foto dele com o macacão dos patrocinadores.

210475_368203_brunosenna_mcj_5261n

Comentários

  • Uma pena que muita gente nao saiba separar as coisas. E assim: nao gosto do piloto, portanto ele nao presta. Enfim. Queiram ou nao queiram a verdade e que os resultados do Bruno Senna este ano dao a exata medida do quanto ele foi subaproveitado (e subvalorizado) na F1. Basta comparar os resultados dele com os do Kobayashi para se perceber isso. Com a equipa campea o japones nao ganhou qualquer corrida nem conseguiu qualquer pole. Com a equipa vice-campea o Bruno ganhou 3 corridas e obteve 5 poles. Mais uma prova de que o valor dos pilotos se ve na pista e nao na quantidade de patrocinios. Mais dinheiro nao e sinonimo de menos capacidade. Com condiçoes mais iguais do que tiveram na F1 o brasileiro meteu o japones no bolso.

      • Nas tres provas que fizeram juntos o outro (Makowiecki) so foi mais rapido em Le Mans. Em Spa e Austin o Bruno fez ainda melhor do que ele na qualificaçao. Em Fuji (nos GTE Am) e em Xangai foi tambem o Bruno quem marcou o tempo mais rapido. So que na China nao houve pole por milesimos, porque o Stanaway fez uma volta mais lenta e conta a media dos dois. So em Silverstone e que ele nem sentou no carro para fazer a pole. Mucke e Turner foram os escolhidos para ir para a pista por terem muito mais experiencia. Mas mesmo nessa o Bruno ja tinha andamento para lutar pela pole…

      • Makowiecki e a melhor referencia que o Bruno poderia ter. E apenas o melhor e mais rapido piloto dos GTE. Falhou varias provas do WEC porque corre tambem nos Super GT do Japao, onde tambem e um dos melhores e tambem venceu este ano. E melhor do que os colegas que o Kobayashi teve e o japones nao conseguiu o mesmo destaque. Nem poles nem vitorias.

  • Só não consigo entender como esse cara, mesmo estando parado tem mais patrocínios que que pilotos de verdade e que estão na ativa. Não acredito que seja só pelo sobre-nome… Deve ter outra coisa…

  • Na verdade o site da Globo até postou a noticia hoje, mas segundo eles “…Tanto Bruno como Ayrton tiveram trajetórias parecidas em seus inícios no automobilismo: ambos saíram do kart direto para os monopostos da base na Europa…” É verdade se considerar que competir 5 vezes no mundial de kart seja parecido com andar de kart na pista da sua fazenda… Nada contra Bruno, mas isso só pode ter saído de um press-release de uma agencia de marketing…

  • Bom, espero que ele não acerte nenhum candidato ao título, como ele fez com o Vettel em 2012. Acho temerária a participação de pilotos com o nível deste dai, numa competição tão acirrada como a deste ano. O 1º sobrinho é como o meu Pinscher, que foi criado com outros cachorros, Boxer, que são bem maiores. Na cabeça dele, do meu cachorro, tem a certeza que também é grande, vez que foi criado em meio aos grandes. Com o Bruno, é a mesma coisa.

      • “E o que o Bruno estava disputando mesmo?”

        O Bruno podia ate lutar pela vitoria naquela corrida e ate tambem por isso eu coloco parte das culpas nele. Duas corridas com chuva e tudo comprometido na 1.ª volta. Felizmente que na Malasia o carro nao sofreu e ele pode fazer uma recuperaçao fantastica, passando tudo e todos enquanto a pista esteve molhada. No Brasil ele podia ter feito uma corrida parecida com a que fez o Hulkenberg! Portanto devia ter partido de forma mais conservadora, evitando qualquer problema na confusao tipica de uma 1.ª volta. Bastava lembrar-se do que tinha acontecido na Malasia! Mas enfim, falar depois e facil… Certo e que o Bruno precisava de um resultado expressivo que o ajudasse nas negociaçoes com uma Force India e tudo foi por agua abaixo logo no inicio da prova!

        Agora nada disso apaga a responsabilidade do Vettel. Para a maioria dos observadores foi o alemao o culpado do acidente. Atravessar-se daquela forma logo na quarta curva apos a partida, depois de travar demasiado cedo (quase levou com o Raikkonen na sua traseira) foi muito imprudente. Mas claro que todos os pilotos sao sempre muito bons a deitar as culpas para os outros em vez de olharem tambem para as suas proprias responsabilidades. Nenhum dos dois assumiu qualquer culpa…