DESAFIO DO DIA

Só digo o ano: 1988. Agora se virem com o “quem, onde, o quê”.

fdrxxx

Subscribe
Notify of
guest

29 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nelson A Palmanhani
Nelson A Palmanhani
10 anos atrás

Não era o Jaspion, e sim o Djalma Fogaça, pelo capacete grande é fácil acertar!

Márcio Vilarinho Amaral
Márcio Vilarinho Amaral
10 anos atrás

Fogaça de Berta-Renault (é o que parece), F-3 Sul-Americana.

Jonny'O
Jonny'O
10 anos atrás

O capacete é do Fogaça……isso é uma prova de como funciona a identidade do piloto na pintura do capacete, e olha que o Fogaça nunca saiu das Américas.

Na F1 atual ninguém é capaz de reconhecer daqui alguns anos quem é quem , os pilotos trocam a pintura dos cascos a cada invernada.

Alberto
Alberto
10 anos atrás

F3
Chassi Berta
Motor Renault

Pablo Habibe
10 anos atrás

Se o ano é 88 mesmo o carro estava defasado. O design é visivelmente da primeira metade dos anos 80 com a carenagem avançando sobre a suspensão dianteira e o “castelo” em torno do piloto.
Também acho que a Renault nunca colocou seus motores na F3 SUDAM. chuto que é Nestor Furlan em alguma F3 europeia…

Roberto Martinez
Roberto Martinez
10 anos atrás

Me parece um cara gente fina, de Sorocaba e de cabeça meio avantajada … salvo engano, seu apelido era “O Caipira Voador” …D.F.

Roberto Martinez
Roberto Martinez
Reply to  Roberto Martinez
10 anos atrás

Ahh…F3 Sudam , já onde, não sei..mas esta com cara de Pinheirinho…

Tohmé
Tohmé
10 anos atrás

Cabeção do Fogaça – F3 Sudamericana. Acho que equipe Berta

NIlton
NIlton
10 anos atrás

John Watson

roberto carlos
roberto carlos
10 anos atrás

dijalma fogaça acredito que com um formula 2

Paulo "McCoy" Lava
Paulo "McCoy" Lava
10 anos atrás

Piloto: Djalma Fogaça (SP)
Carro: Berta/Renault
Categoria: Fórmula 3 Sul-Americana.
Temporada: 1988

Alguns detalhes sobre o piloto Djalma Fogaça na categoria F3 Sudam, por sinal, muito bem promovida por Toninho de Souza e Alan Magalhães em seus primeiros anos: sua estreia foi no dia 23 de Outubro de 1988, ocasião na qual Guaporé sediou a 10ª etapa. Nos treinos, ele até que deu torcida – 7º lugar entre os 21 inscritos. Porém, na corrida, o piloto do time TNT/Kwikasair/Minercal não foi além do 13º lugar.
Independente, nunca demais lembrar que Fogaça, duas semanas depois, conquistaria seu primeiro título nacional de Automobilismo, mais especificamente, o Brasileiro de Fórmula Ford.
Espero ter contribuído para o debate.
See ya,

Paulo Lava

PS: DEVE existir algum motivo pelo qual a entidade mater do esporte não se dedica a preservar a memória do esporte (chamo a atenção para o fato de que não é de ‘hoje’ que ofereço aos gestores meu acervo de datas e fatos…). Porem, situações incompreensíveis a parte, uma coisa é certa: nNão fossem iniciativas como a do Flavio Gomes aqui no blog como as novas gerações tomarão conhecimento dos áureos tempos do Automobilismo…

Julio Cesar Gaudioso
Julio Cesar Gaudioso
Reply to  Paulo "McCoy" Lava
10 anos atrás

McCoy,
Do teu texto ressalto: a) 21 inscritos !!!! Faz tempo que a gente só vê um grid com tantos fórmulas assim no GP de F1 ou em vídeos de outros países.
b) “muito bem promovida pelo Toninho de Souza e Alan Magalhães”. Essa é (era) a diferença de quem organizava corridas por amor ao esporte e o que temos agora.
Um abraço
Julio Cesar Gaudioso

Virgo
Virgo
Reply to  Paulo "McCoy" Lava
10 anos atrás

Caro Paulo, Parabéns! Só gostaria de indicar como referência também o Blog do Mestre Joca (tem link aqui no blog do Gomes) uma fonte inestimável de material sobre estes áureos tempos. Só pra fazermos uma idéia, “Mestre Joca” foi um apelido que os outros Matusas colocaram nele – ele mesmo um Matusa – porque o conhecimento do homem sobre essa época é simplesmente enciclopédico (e se ele não sabe, embroma muito bem também…).

Paulo "McCoy" Lava
Paulo "McCoy" Lava
Reply to  Virgo
10 anos atrás

Estimado Virgo, boa tarde ou boa noite.
Grato pelo recado e lembrança. E, por favor, aceite minhas sinceras por não citar o blog do Mestre Joca. Aproveito para me redimir e ressaltar que, além do trabalho competente do Joca e do Flavio, tenho ciencia existem outros blogs que se dedicam a compartilhar a memoria do esporte motorizado nacional. Porém, não irei ‘elencar’ mais nomes, pois corro o risco de esquecer alguém. Renovo pedido de desculpas e, de quebra, aproveito para novamente lamentar o descaso da entidade mater para as pessoas que, como o Joca, o Gomes, o (Rodrigo) Mattar, o (Leandro) Sanco, o (Luc Luc ) Monteiro, o Américo (Teixeira) entre outros (incluindo o autor desta), demonstram imensa preocupação — e seriedade na apuração de fatos e dados — no que tange à história do Automobilismo Brasileiro…
Kind regards,

Paulo Lava

ELTON
ELTON
10 anos atrás

Maurício Sala F-3 inglesa.

Squa
Squa
10 anos atrás

Stepan necerssian

Rodrigo Falcão
Rodrigo Falcão
10 anos atrás

Mauricio Gugelmim

Rodrigo Mattar
10 anos atrás

Djalma Fogaça, Berta Renault, Fórmula 3 Sul-Americana, 1988. Estreia do Caipira Voador na categoria, salvo engano em Guaporé.

Edgar Souza
Edgar Souza
10 anos atrás

Fernando Dias Ribeiro!!!!

RENE FERNANDES
RENE FERNANDES
10 anos atrás

Pelo capacete, seria o Jaspion??

Eduardo Vezzetti
Eduardo Vezzetti
10 anos atrás

Valentino Rossi, vejam o numero do carro….

do Pandeiro
do Pandeiro
10 anos atrás

Eu, claro, em sonhos e quando criança e no começo da carreira, e via o Emerson e depois o Piquet na televisão, e achava que podia ser melhor do que eles e poderia ser um campeão do mundo.

Alex
Alex
10 anos atrás

Tá me parecendo o Alex Dias Ribeiro na F-3 Sul-Americana.

Daniel
Daniel
Reply to  Alex
10 anos atrás

O capacete tá com menos estrelas que o tradicional dele, mas apostaria nele também, embora ele só tenha disputado duas corridas nesse ano…

Daniel
Daniel
Reply to  Daniel
10 anos atrás

Aliás, se for isso, deve sere um Berta MKIII…

Fabricio de Souza
Fabricio de Souza
10 anos atrás

j j letho

Marco
Marco
10 anos atrás

Fórmula 3

SANTOS
SANTOS
10 anos atrás

Gugelmin!

Bob Nogueira
Bob Nogueira
10 anos atrás

Djalma Fogaça.