TUDO MUITO ESQUISITO

SÃO PAULO (aí tem) – É muita coisinha pingando aqui e ali. Primeiro, Machu-Pichu e seu “por enquanto” quando perguntaram a ele se Alonso estaria na Ferrari em 2015. Depois, Marchionne, o novo presidente, desconversando sobre o tema. Depois, a história do site da McLaren, que teria recolocado Alonso em sua galeria de grandes pilotos. “Teria”, porque confesso que não tenho nenhuma evidência de que não estava lá.

Tudo muito estranho. E tudo apontando para algo que pode acontecer em Suzuka neste fim de semana.

Alonso com a McLaren de novo, e agora com a Honda?

Já disse o que acho. Eu, se tivesse a chance e fosse ele, iria. Porque do mato da Ferrari não sai mais coelho (gostei dessa expressão) por um bom tempo. A reestruturação levará tempo e não há o menor sinal de que os resultados serão excepcionais.

Na McLaren, ninguém sabe. Mas existe a chance de dar certo a parceria com a Honda, embora os japoneses estejam um pouco atrasados com seus motores — mas é a Honda, ninguém deve duvidar dela. Se der tudo errado, OK. Tentou. E será como na Ferrari. Se der certo, ele fica com os créditos.

Vai, Alonso. Será divertido ver como isso vai mexer com o mercado de pilotos.

Comentários