MENU

Monday, 24 de November de 2014 - 19:35Nas asas

NAS ASAS

SÃO PAULO (a mais bela das aves) – Há dez anos a Breitling mantém um Super-Constellation voando pela Europa. Como a gente faz para embarcar neste Connie?

Como se nota, é preciso entrar no Vimeo para ver o vídeo. Sem problemas, é só clicar.

19 comentários

  1. Barreto says:

    O mais belo “trimotor” de todos os tempos.

  2. Arawak Deserter says:

    Esse avião é todo elegante… Parece uma curva-francesa (quem manja de desenho técnico saberá o que eu tô falando…)!! :-)

  3. Roberto Fróes says:

    Eu me lembro muito bem de quando eu era menino, na praia de Copacabana, de ver o Constellation passar, para ir pousar no Santos Dumont.
    Provavelmente da Panair.
    Eu gostava do barulho dos motores radias, do leme triplo e da silhueta, que sempre me lembrou uma baleia magra.
    E dali a pouco passava um DC-3 ou um Curtiss Commando C-46, bimotores maravilhosos!
    Ou uma demonstração da Esquadrilha da Fumaça, com seus North-American T-6.
    Uma das grandes decepções que tive na vida – e não há como corrigir – foi saber que diabéticos e portadores de visão imperfeita não podem ser pilotos profissionais.

  4. Antonio says:

    Obras primas não merecem apenas ficar expostas em um hangar. Bela iniciativa, belas imagens.

  5. Flavio Guerra says:

    Espetacular!!! Meu avô me contava muito sobre os voos dele para Manaus no Constellation da PANAIR.

  6. anibal says:

    Será que sobrou algum no Brasil em condição de voar.

  7. Rodrigo Monassa says:

    Porto Alegre teve um Constelation fazendo voos panorâmicos há alguns anos atrás. saí de de lá há 12 anos, alguém que ainda mora lá poderia confirmar esta informação

  8. Paulo says:

    Seria legal se tivesse legenda. Parece que no meio da conversa o cara fala Brasil e depois São Paulo. Sei lá… parece. Quem fala alemão aí?

  9. Ney Freire Prates says:

    Muito bom. Legal a Mercedes da época, ao lado do avião. Coisas da Europa…

  10. se vender o relógio do cara que fala e do piloto…dá para comprar dois desses constellation!! relógio caro pra c…. :D

  11. Zé Maria says:

    Maravilhoso!!
    Meu saudoso pai sempre me contava de um retorno dele da Europa, quando sem mais nem menos, um dos motores pegou fogo, derreteu o berço e acabou por cair no mar, simples assim!!
    Em tempo, a Red Bull é proprietária de um majestoso DC 6, no YouTube estão vários vídeos dele, sendo um dos mais legais o que mostra todo o processo de restauração do bicho. . .
    Como não sei “copiar e colar”, fica abaixo a dica de como localizar:
    “Red Bull DC 6 Restoration of a Diva”, tem 2 versões, em alemão e inglês, quem quiser assistir, é simplesmente demais!
    Zé Maria

  12. Jonatas says:

    Poderiam fazer isso com um Electra-II por aqui.

  13. Fred says:

    Meu primeiro vôo,final de 1957 num Super Constellation da Panair ou Air France ( meus pais não estão mais aqui para dirimir a dúvida).Rota Rio-Recife-Dakar-Lisboa-Paris.Tenho quase certeza de que ainda era no Bourget e não era ainda Orly.
    Me sobram poucas lembranças,mas uma era da cama e de que o vôo parecia interminável.
    Ó que saudades que eu tenho,
    Da aurora da minha vida….

    • Salatiel Miranda says:

      Meu avô trabalhou na PANAIR até o fechamento da empresa e era da equipe de manutenção e um dos espólios que ele recebeu na hora que todo mundo foi dispensado foi uma cadeira do cockpit (piloto, co-piloto ou engenheiro de vôo) do Constellation. É um pequeno tesouro que ganhei de herança dele e tenho até hoje, muito bem guardado. Toda funcional e em bom estado para os 60 e poucos anos que ela deve ter, até o estofamento é original. Gostaria de ver uma máquina dessas de perto…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *