MENU

sexta-feira, 14 de novembro de 2014 - 11:53F-1

SÓ GROSELHA

SÃO PAULO (narizinho empinado) – Quando a gente solta umas bobagens no nosso programa na FOX, o Osvaldo Pascoal diz que estamos falando um monte de groselha.

É o que Bernie Ecclestone fez numa entrevista à revista “Campaign”, que circula na Ásia e na Oceania.

Entre outras bobagens, disse que a F-1 não precisa renovar seu público, porque os jovens não têm dinheiro para consumir o que os anunciantes da categoria vendem. Desprezou as equipes pequenas, garantindo que não farão falta nenhuma à categoria e comparando-as a um jogador de pôquer que não tem dinheiro. “Não deve nem sentar na mesa se houver jogadores pesados”, disse. Falou também que ignora as redes sociais e que elas não importam para a F-1. Afirmou também que não há crise nenhuma, e que se as corridas perderam audiência é porque hoje “tem mais canais na TV, mais opções de entretenimento, mais coisas para as pessoas fazerem”.

Bernie é engraçado, às vezes, mas está delirando. Abrir mão dos jovens? OK. E daqui a 10 anos quem estará vendo F-1 e consumindo os produtos que ela vende? E daqui a 20? A 30?

Quanto ao desprezo pelas pequenas, caríssimo, então tá… Faça um campeonato com as suas quatro ou cinco grandes e ricas, aquelas que você admira e respeita. Faça um campeonato com dez carros no grid. E veja o que acontece.

82 comentários

  1. Banana Joe disse:

    Até porque pra você ser grande tem que ter um pequeno pra dar o contraste…
    Muito dinheiro na cabeça do cara dá nisso.
    Fica meio doidinho.

  2. GUS disse:

    É hora de sangue novo…

  3. EDU MORENO disse:

    Não fosse a F1 a razão da existência desse valoroso site e logo, ganha-pão dos jornalistas que a acompanham, um belo de um boicote geral seria a melhor resposta a este velho senil e a bosta em que se resume o campenato hoje. Já há algum tempo esta categoria merece nossa indiferença, até por respeito à sua importância histórica. Esse esporte não representa minha paixão pelo automobilismo.

  4. Pepe janzantti disse:

    O vovozinho andou fazendo estágio com os dirigentes do automobilismo brasileiro!!!!!
    Prá falar tanta m…… só pode ser isto!!!!!

  5. Caipira disse:

    Nao poderia eu ter uma Mercedes nem uma McLaren nem uma Ferrari, nem mesmo uma Lotus, ou um Infiniti, Nao posso ter um Rolex, ou voar nas asas da Emirates, mas posso sim tomar meu Martini com Smirnoff e abastecer meu Renault com V-Power. Mas isso eh papo de maluco se pensarmos que a F1 caga para seus amantes e migra para imperios ditatoriais monarquicos e claro, excludentes. Ai sim da pra entender a logica, as arquibancadas so para os principes, que sao poucos, comprarem sua final de campeonato dando pontuacao dobrada……
    Realmente nao da pra vender Havaianas na F1.

  6. Penelope disse:

    Oi Flavio, aproveitando, como citou seu programa(na FOX(pq sem vc naum tem graca), sempre assisto pq melhor programa de esporte no momento. Unico que e serio, e vcs falam sempre a verdade, as vz fico meio chateada pq seus colegas naum deixam vc falar, O Paschoal e muito bacana e sensato, o melhor jornalista esportivo quando assunto e futebol, mas os outros passam do ponto(as vz), o que vc falou do Bernie eu concordo plenamente, o cara tem que sem internado, estamos torcendo pra Lusa se reerguer, bjs.

  7. Roberto Fróes disse:

    Coitado do Tio Bernie…
    É inglês, mas o alemão o está dominando…

  8. Adriano disse:

    Daqui a 10,20 ou 30 anos esse senhor estará morto ou senil, e ele sabe disso. Então, por que se importar com o destino da F1,né? Mesquinho!

  9. Cyro De Cicco disse:

    Daí a gente entende que o Ecclestone está pouco se fudendo se as arquibancadas estão vazias ou cheias. O público que lota autódromos em suas arquibancadas não é o mesmo que consome Rolex e afins. Pro Ecclestone o que importa mesmo é se tem milhões de velhos igual a ele vestindo gorro, roupão, pantufas e tomando sopa na frente da tv. Se o show no local estiver minguado com poucos artistas e pouca platéia que se dane! Acho que ele torce para que esses velhos sejam todos vampiros e imortais.

  10. Antonio disse:

    Ele já está fazendo, mas parece que não está vendo o que acontece.

  11. Tito Almirall disse:

    Humor britânico, só isso… Nem sempre compreensível, concordo, mas não passa disso.

  12. Bráulio Pinto disse:

    No futuro a F1 terá vinte carros no grid, com os carros sendo pilotados por robôs e pistas em 3D com direito a looping e tudo mais, algo como uma corrida do velho e bom Speed Racer, porém como disse com robôs e toda a tecnologia a disposição. Enfim o piloto será mais uma peça eletrônica do espetáculo, que não pensam e não morrem, apenas são destruídos e passíveis de substituição. Bráulio Pinto diz, Bráulio Pinto sabe..

  13. Sam disse:

    Tenho uma opinião peculiar: creio que a f-1 não está adaptada ao gosto da molecada porque a geração que aí está simplesmente não tem paciência para acompanhar uma corrida de hora e meia a duas horas, cujas regras são razoavelmente complexas e demandam certo raciocínio para serem entendidas. Vivemos uma época em que as pessoas tem preguiça de pensar e gostam de receber a informação já pronta para consumo. Hoje, tudo deve ser simples, o espetáculo deve ser intenso e rápido, sem maiores implicações ou profundidade.

    • Ivan disse:

      Teoria da F-1 intelectualizada, menos, por favor.

    • ricardo disse:

      que tolice, SAM. meu filho tem 10 anos e provavelmente sabe mais de F1, Indy, Nascar e F-E do que você. isso de achar que jovem não sabe nada ou não raciocina é bobagem, coisa de velho gagá reacionário. Bernie está gagá. talvez você esteja também. ou não entende o que se passa à sua volta.
      essa sua argumentação está igual ao do vovô bernie. arrogância sem razoabilidade, baseada em idiotices sem sentido.

      Ricardo

  14. José Morelli disse:

    Olha, vamos lá. O que eu acho que o jornalismo esportivo tem que fazer diante disso? Tudo bem, pode me rechaçar porque não sou jornalista mas eis aqui algumas ideias porque acredito que o jornalismo esportivo tem um papel fundamental na sobrevivência da F1 também. Vamos lá:

    Primeiro: Mostrar que o Bernie Ecclestone foi (verbo no passado) uma figura importante num capítulo da Fórmula 1 de expansão a partir da década de 70, 80 e 90 (que aliás coincide com o avanço do Neoliberalismo) mas que HOJE, justamente hoje, assim como o Mundo muda, a conjuntura muda e o esporte muda, Bernie não é mais importante para a F1 porque suas ideias seguem a lógica da década de 70, 80 e 90 ainda – lembrando que bem ou mal, essas três décadas foram de retomada de confiança econômica em nível global (com o desgaste da cortina de ferro) e o advento de um aditivo no liberalismo clássico. Ocorre que desde 2008, vemos que o Mundo caminha para outros lados e de muitas incertezas econômicas de modo que não vivemos mais uma euforia econômica mundial portanto, GASTOS astronômicos na F1 não condizem mais com a realidade.

    Aí alguém pode argumentar o seguinte, a “F1 é historicamente luxuosa e deve focar só neste público”. Ok, mas precisamos entender que a população de milionários no Mundo tende a cair neste século e nos próximos, a riqueza tende a ficar concentrada em poucas pessoas a partir de agora porque o próprio sistema econômico em que vivemos proporciona esse tipo de situação, que é o monopólio e a concentração de renda e riqueza.

    Esses poucos milionários poderão SIM sustentar os luxos da F1, mas chegaremos a um ponto que as arquibancadas da F1 mundo afora estarão completamente vazias e o espetáculo será vazio, pobre de espírito.

    Se a F1 tem que se “rebaixar”, então que se rebaixe um pouco, paciência, eu acho mais importante uma categoria com arquibancadas lotadas, investimentos menores, mas com mais emoção e mais paixão.

    Segundo: É preciso mostrar que o velho gagá está que está administrando a FOM deveria já ser carta fora do baralho num futuro de médio/longo prazo. É isso mesmo que estou insinuando, que a imprensa trabalhe a imagem que Bernie já era e a F1 precisa de renovação assim como fizeram com os velhos cartolas da F1 pré-Bernie.

    Assim é a F1….sucessão de eras e momentos. O momento da F1 pede desesperadamente por diminuição drástica de gastos. É insustentável manter-se assim e repito, a imprensa esportiva tem papel fundamental nesse processo.

  15. sinval disse:

    nossa …..
    o cara nao esta so senil..
    ele tambem esta louco.
    chama a policia,
    chama alguem pra tirar
    o cetro deste caboclo.
    que horror…

  16. Fabio disse:

    Pode-se não concordar, mas é interessante saber como pensa um cara que chegou onde chegou, e que vive numa realidade completamente diferente da maioria de nós. Muito boa entrevista.

  17. Carlos Pereira disse:

    É isso que o senhor quer tio Bernie ?
    Pois bem, oficialmente não acompanho mais essa merda de F1 quer o senhor deseja.
    Se todos torcedores da Ferrari abaixo dos 60 fizerem o mesmo, com quantos espectadores mesmo o senhor vai ficar ?
    WEC, ganhou um novo fã.

  18. Marcelo disse:

    KKKK o Bernie tá parecendo a Derci Gonçalves quando ficava de saco cheio. O ponto máximo foi dizer que se os investidores procuram por um público jovem, que anunciem na Disney. kkkk. Se fosse ele realizaria uma corrida na Disney World e lançaria um filme estilo Space Jam, com o Pateta, o Gastão, o Senna, Mickey, Schumacher, Barrichello e no papel do Bernie o Tio Patinhas. Agregando valores, GP EUA e público jovem.

  19. evandro garcia disse:

    Desde que a FISA assumiu a f-1 e virou FIA até meado dos anos 90, ouviamos falar de Jean-Marie Balestre e depois Max Mosley, agora muitos nem sabem quem é o presidente da FIA, pois quem da as cartas é esse cara com cabelo do JIm carrey no filme Debi & Lóide,, juntou um bando de sem noção que trabalhou com ele na Brabham colocou para comandar a F-1 passando por cima até mesmo da própria FIA, entendo agora porque a Brabham foi a falência, o sem noção parece não se lembrar que muitos patrocinadores tem produtos voltados ao publico jovem, empresas de eletrônicos, alimenticios, bebidas, instituições financeiras e até mesmo as montadoras como Mercedes, Renault e Ferrari são produtos interessantes ao publico jovem, é por isso que eu fico com ódio quando o Galvão ainda puxa o saco desse cara, por fim muitas equipes pequenas revelaram grandes pilotos, como a Tolleman em 84 com Senna, Schumacher na Jordan, Alonso na Minardi, entre outros!

  20. Fontana o poderoso disse:

    Vamos compreender. Ele é um cara em idade muito avançada, e isso é algo que já se espera de alguém com mais de 80 anos ainda em atividade. O que Bernie devia fazer mesmo, era se aposentar, ir pra uma ilha no Caribe, chamar umas 3 gostosas para serem as esposas dele nos seus últimos dias, e depois morrer feliz. E deixa a Fórmula 1 pra alguém mais jovem que tenha como renovar a categoria. Jean Todt por exemplo, poderia substitui-lo.

  21. nivaldo disse:

    velho babaca, ja nao tem aonde enfiar dinheiro, ainda quer mais?

    Ele que que a F 1 vire um negocio para os xeiques arabes

    tomara que estas empresas deem um bico na F1

    e ele reformule um campeonato abrangendo a todos os interessados

    que nem aconteceu quando ele abriu a F1 para as montadoras, que depois de 5 anos vazaram da F1

    a F1 e dos garagistas apaixonados, daqueles que poem emocao na bagaca, nao dos endinhei

  22. Jonny'O disse:

    Volto a questionar!……onde está jean todt???

    Onde está o presidente dessa coisa toda?….aquele que deve fazer o “contra ponto” ……papel que era exercido por Balestre e Mosley com destaque , com erros e acertos , mas chamavam a atenção e responsabilidade pro peito!

    Jean Todt me dá nos nervos, seria agora um papel importantíssimo aparecer e chamar a responsabilidade da coisa , ter um braço de ferro com Bernie , dizer de alto e bom som sua opinião e nortear a coisa toda.

    Bernie vai perdendo o credito dos fãs, uma diz uma coisa e depois diz outra, isso vai causar um descredito de fãs e das próprias pessoas envolvidas, sei lá, a coisa não está com cara boa dessa forma.

  23. Danilo Silva disse:

    Ficou com o *ú na mão nos EUA dando entrevista admitindo culpa pra Sauber, Force India e Lotus não boicotarem a corrida e agora fala isso… Era melhor se elas tivessem boicotado.

  24. Anderson Leite disse:

    O Velho Bernie deve estar se lixando mesmo.. daqui a 10 anos se ele estiver respirando é lucro…. acha que ele está preocupado ???

    Já preencheu os bolsos da 5a. geração de descendentes……

    O que será que vem depois ?????

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>