DICA DO DIA

SÃO PAULO (é o melhor) – O Jason Vôngoli resiste, o jornalismo automobilístico, também. Fenomenal a reportagem sobre o fim da picape iraniana Bardo, última remanescente da família Paykan (melhor ler a história toda aqui). O carro, segundo o Jason, é um ícone do Irã, algo tão forte quanto o Trabant foi para a Alemanha Oriental ou o Lada para a URSS.

Já é cult. Pena que deve ser muito difícil tirar uma dessas de lá.

khodro_bardo_2

Subscribe
Notify of
guest
20 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Alvaro
Alvaro
6 anos atrás

Achei belíssimo, sempre fui apaixonado pelo Polara

Zézim
Zézim
6 anos atrás

A propósito, tem um designer iraniano que está produzindo um documentário sobre o Paykan.
http://www.petrolicious.com/broken-arrow-former-designer-works-to-remember-iran-s-first-national-car

Rodrigo Moraes
Rodrigo Moraes
6 anos atrás

Talvez, se a Dodge tivesse tido a mesma ideia aqui no Brasil, teria tido melhor sorte com o Polara. A primeira picape derivada de carro compacto foi sair só em 1979 (Fiat 147 Pick-up), ou seja, 8 anos depois da Bardo, no Irã.

Carlone Papa
Carlone Papa
6 anos atrás

Se fizermos um passeio mais demorado pela periferia de SP (aquela onde a CET não ousa entrar, nem fazer blitzes ou plantar marronzinhos multando…), muito provavelmente vamos encontrar alguma coisa parecida, um Dodginho Polara (com placa amarela ?) recortado, trabalhando firme pela região sem ser incomodado, ..

Bugsy Malone
Bugsy Malone
6 anos atrás
Gabriel Ponã
6 anos atrás

Lindão, parece o Corcel do meu velho!

alan
alan
6 anos atrás

Ao ver as fotos achei esquisito, meio antiquado com algumas adaptações, a frente lembra muito o doginho polara=mesma origem, não sei qual seria minha reação ao ve-la ao vivo, talvez ate me apaixone como o FG, mas pelo menos a historia parece que se trata daqueles veículos que marcaram época, tipo fusca, uno, c-10, f 1000, etc…… É interessante a paixão humana por automóveis, pois um monte de aço, metais, borracha, fios, vidro , plasticos, revestimentos, etc….. prensados e aglutinados tomam forma e cativam ao ponto de pessoas passarem a vida todo admirando carros que nunca terão e talvez nunca vejam pessoalmente, eu tinha um maigo la do interior do Paraná que tinha um poster no quarto de uma ferrari vermelhona e mesmo antes da internete e do ggooggle ele já sabia quase tudo sobre elas sem nem mesmo ter visto uma, hoje ele é um senhor tranquilo e ainda não viu nenhuma real mas tem uma replica em escala comprada no Paraguay……. ele disse que tem o poster guardado pois ja esta desbotado!!!!! As montadoras mudam o visual ano a ano só para incrementar as vendas, pois as vezes só muda a lata e o visual, mas a mecanica em si permanece opor muito tempo, lembram do gol vw que permaneceu commotor longitudinal por décadas!!!!!
Valeu FG e toda a Blogayada que nos acompanha..

Maurício Filho
6 anos atrás

Eu sou mais um que a primeira coisa que lembrou, foi do saudoso Dodge Polara.

Fernando
Fernando
6 anos atrás

Achei que era pick up do Polara

Fernando
Fernando
6 anos atrás

Achei que era uma pick up do Polara…

Marlo Lemos
Marlo Lemos
6 anos atrás

“Pena que deve ser muito difícil tirar uma dessas de lá.”. Ainda bem!!!!!!

Artur Pereira Jr.
Artur Pereira Jr.
6 anos atrás

As linhas dessa pickup de alguma forma me lembra o Corcel I e alguma coisa da Pampa, principalmente a traseira, ambos da Ford. Alguém teve essa impressão?

Zé Zanine
Zé Zanine
6 anos atrás

Credo!
Prefiro um Trabant

roberto
6 anos atrás

É a cara do Dodge Polara da década de 80.

http://www.allpar.com/photos/dodge/polara/1980-polara.jpg

patrick
patrick
Reply to  roberto
6 anos atrás

entrei nos comentarios para falar isso!!!

Pablo Vargas
Pablo Vargas
6 anos atrás

Parece uma Pickup do Dodge Polara.

Luis felipe
Luis felipe
6 anos atrás

Obsoleto ao extremo ninguem duvida , mas e dai?’um ícone…. e com uma história interessantíssima , de um país mais interessante ainda!

Luciano
Luciano
6 anos atrás

FG,
Difícil nada, Dá o mesmo trabalho que importar um carro de outro lugar para o Brasil, a única diferença é que tem que conseguir fazer a transferência para um banco iraniano (se não me engano tem um no Brasil) ou então, ir lá em pagar no cacau pelo carro.
Ah,,, Teerã está na minha lista de cidades a visitar.

Victor
Victor
Reply to  Luciano
6 anos atrás

dificil sim, pois no Brasil e PROIBIDO a importação de veículos usados, exceto veículos com mais de 30 anos se não me engano.