MENU

segunda-feira, 17 de agosto de 2015 - 18:48Arquitetura & urbanismo

ENCHE O TANQUE

encheinhosantos

SÃO PAULO (gosto) – O Edu Guanaes mandou a foto e a mensagem.

Não sei se você já conhece. Este é um posto em Santos à beira do Canal 5, que não sei como ainda permanece aberto — pela sua localização e por esta onda do “politicamente correto” onde todo mundo é especialista em tudo e todo mundo parece querer impedir a felicidade alheia. Mas sempre faço questão de abastecer meu carro aí. Repare na bomba sob a sombra de uma árvore na calçada, é muito legal.

Também achei o máximo. Em alguns países da Europa, pequenos postos como esse são bastante comuns. Ocupam pouco espaço, o motorista para, abastece rapidinho e segue a vida. São minimalistas, singelos e queridos. Guanaes tem toda razão quando diz que hoje todo mundo é especialista em tudo. Alguém vai achar “perigoso”, “antiquado”, “não cabe mais nos dias de hoje”, “atrapalha o trânsito”. Certeza.

Não consegui divisar a bandeira, mas tem cara de que foi Esso, um dia. Tudo que nos resta é torcer para que nunca ninguém faça nada contra esse lindo postinho do Canal 5 da linda Santos, uma cidade que resiste à cafonice total deste país.

30 comentários

  1. Igor Perciavalli Paulo disse:

    Abasteço sempre meu caro aí !!

  2. César disse:

    Em Paris existem vários desses, normalmente “ocultos” na paisagem urbana, e que são usados quase que exclusivamente pelos pilotos de scooter…
    Aliás, posto de combustível na Europa é um elemento raro na paisagem, e quase sempre fica relegado às áreas industriais ou de subúrbio.

  3. Claudio disse:

    Acho bacanas esse tipo de postagem, nostalgia pura; virei fã desse espaço :D

  4. Luis Medaglia disse:

    Tem outro desse no canal 2, acho bem legal, vi alguns assim quando fui na Europa acho que deveriam ter outros desses por aí. Perto de casa debaixo ao lado do minhocão sentido centro tem “mini” posto um com um par de bombas, as pessoas passam quase sem notar.

  5. Não quero desanimar não, mas havia um muito parecido no canal 2 e foi tragado pela “modernidade”. Tomara mesmo que esse resista…

  6. Guilherme disse:

    Sou cliente desse posto e sempre penso em fotografá-lo para este espaço. Na próxima vez em que passar por lá, avisarei o dono sobre o post. Por sinal, já está na segunda geração. A bandeira era da Shell, cujas cores amarelo e vermelho o decoravam até pouco tempo. Atualmente não tem bandeira, mas o combustível é da rede Ale. A bomba digital só foi instalada neste ano. Apenas uma correção sobre a cidade resistir à cafonice: tem cada vez mais prédios (que mais parecem pombais) com centenas de “apertamentos”, cujas varandas são maiores do que o restante do imóvel, além dos inúmeros itens de lazer para adolescentes mimados e mal-educados.

  7. Juliano disse:

    Sempre, quando criança, pedia para minha mãe ou meu pai abastecer lá. Flávio, para Santos vale exatamente o que você disse do Rio em um post: você sai de Santos, mas Santos jamais sai de você.

  8. Nilton disse:

    Que bacana! Sempre que vejo um “Enche o tanque” lembro desse posto, fez parte da minha infância quando meu pai parava a Brasilia para abastecer, era como pit stop! sabia que um dia iria aparecer aqui no blog. Coisa única.

  9. Daniel disse:

    Esse posto tem frentista? Aliás, existe coisa mais estúpida do que frentista?

  10. Marcelo disse:

    E se alguém achar que atrapalha o trânsito, é só retirar algumas vagas de estacionamento do outro lado da rua…

  11. Flávio, só não concordo com a imagem de que Santos resiste à cafonice. Sou da cidade, e o processo de gentrificação e a invasão da faixa litorânea de enormes prédios de 30 e tantos andares, com arquitetura de gosto duvidoso (parecem banheiros virados do avesso) é típico do resultado da especulação imobiliária que tomou conta de muitas cidades e capitais litorâneas do BR. A cidade está transformada, feia, quente e com muito prejuízo para sua ventilação. Abç

  12. Zeno disse:

    aqui esta ele nos olhos “do que tudo vê” https://goo.gl/4NCYVV

  13. Rodrigo Ghigonetto disse:

    Flavio, vc viu que fecharam em Montevideo aquele posto da ANCAP que ficava na calçada da Rambla em Pocitos.

    Sempre abastecia lá no caminho do aeroporto, era bem legal.

  14. SERGIO RICARDO disse:

    O posto do Canal 2 em Santos fica na esquina da Carvalho de Mendonça c/ a Bernardino de Campos abasteço lá e garanto a qualidade da Gazolina.
    O link do Google para imagem: https://goo.gl/maps/ecN6y

  15. Roberto Martinez disse:

    Lembro bem de um posto similar a esse , no Canal 2, perto da Vila Belmiro.

  16. Carlos Santista disse:

    Boa noite, aqui em Santos tem um outro posto do mesmo tipo, no canal 2, mas do outro lado da pista, do lado dos prédios, e com as bombas completamente expostas, sem essa casinha e a gasolina escrita com Z ( o dono faz questão de dizer que o posto é da época que se escrevia com Z ). E fica numa pracinha onde os senhorzinhos jogam dominó e baralho.

  17. Gabriel Ponã disse:

    Muito bacana, Flávio!
    Acho muito interessante esses postos diferentes do padrão que a gente vê hoje em dia, que são até úteis, mas na maioria das vezes uma bomba de combustível é o que a gente precisa.
    Achei um parecido uma vez, em Bom Jardim, no interior do RJ (até cheguei a te mandar foto, apesar de não ter conseguido tirar uma bacana) com três bombas na calçada, coisa que não se encontra todo dia.

  18. Thiago Leal disse:

    Que coisa linda! Deveria ser tombado ou, de fato, podem acabar retirando!

  19. LG disse:

    E tem mais um destes em Santos, no canal 1 com a Carvalho de Mendonça tem um outro posto na calçada. Sou natural de Santos mas hoje moro em São Caetano do Sul. Quando for em Santos tiro uma foto e te mando para você colocar na sessão enche o tanque.
    Abraços,
    LG

  20. Minoru disse:

    Tinha muitos desses postos de “beira de calçada” na Itália e foi num desses que eu, pela primeira vez, ví a tal da gasolina BOA e já aditivada com óleo 2T (acho que se chamava mischella) e para quem como eu que tinha naquela época uma moto 2T, era propriamente o céu! :D

  21. Roberto Borges disse:

    Caro Flávio, foi Shell há 15 anos!
    Perdeu a bandeira por irregularidades, inclusive ambientais. Era muito simpático, e ainda é. Se adequou junto à CETESB, pode-se notar no piso ao lado o local onde novos tanques foram instalados, a caixa coletora de líquidos (veja a grelha no chão), obteve licença nova e toca o barco.
    Como isso fica em relação à prefeitura, pra mim sempre foi um mistério, já que está em pleno espaço público!

  22. ze otavio disse:

    Oi, te mandei (por email) uma imagem do Streetview do Google maps.

  23. Conde disse:

    Sou santista e virei mineiro em 2000 , mas sempre visito a terrinha . ,e lembro desse postinho . Tem um similar no Canal 2 quase esquina com Carbalho de Mendonça qur tb resiste bravamente …Já teve até foto aqui . Numa época de Conveniências com cafés , revistas , bancos , ducha express e tudo mais ,é um charme mesmo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *