Comentários

  • A ocasião faz o ladrão, diz o ditado. Eu não acho o Vettel melhor que o Button. Não mesmo. Se o Button tivesse tido quatro anos de carro de ponta contra um Webber, ele teria sido tetra também. E eu lembro de várias vitórias do Jenson espetaculares. Do Vettel, pelo que me consta, nunca venceu largando abaixo do terceiro lugar. Ele é muito bom largando em primeiro e sumindo na frente, o que o Massa também era e que a maioria dos pilotos rápidos — e ele o é — são. Em 2008, com um carro melhor, Massa parecia piloto de ponta. Tinha a seu lado um Raikkonen desmotivado e que não é mesmo espetacular, e um Hamilton com um carro pior e ainda muito errático. Vettel com carro de outro mundo parecia sobrar, mas é apenas fruto da ocasião. Perdeu para o Ricciardo e faz duas temporadas bem abaixo do seu concorrente. Teve esse ano um carro superior durante boa parte da temporada.

    Enfim, é um piloto nota 8 que teve sorte de estar no lugar certo na hora certa. Contra um piloto nota 9,5, como o Hamilton, salta aos olhos a diferença. O único do grid com condições de bater o Lewis, hoje, é o Alonso.

  • É muita conversa sobre isso. Pilotos fazem campeonatos bons e ruins. Hamilton já fez péssimos campeonatos, Vettel esta fazendo um bem ruim agora, acontece. A Ferrari erra muito, mas a Mercedes também errou muito este ano. Acho os carros das duas equipes equivalentes, cada um as vezes um pouco melhor em alguma pista.

    O problema é que Hamilton esta fazendo um ótimo campeonato e Vettel um péssimo. Para além disso a carreira dos dois esta invertida. O nível da pilotagem de Vettel despenca a cada ano, Hamilton começou sua carreira muito irregular e agora cada dia esta melhor. Hamilton na Ferrari este ano seria campeão.

    O único mistério é porque tentam desvalorizar tanto as conquistas de Hamilton creditando o mérito apenas à Mercedes, como se a F1 não fosse basicamente sempre assim. Lembrem-se, #EleNão não é para o Hamilton ok haters?

  • sempre foi difícil ganhar dos tedescos desde o tempo dos “Gran Prix” ,quase sempre às Macchinas di Italia perdiam ora para Mercedes ora para a Auto Union, na era Fangio as Mercedes eram quase imbatíveis enquanto participaram dos mundiais de F 1 da primeira década. na década de 70 a Ferrari se retirou do campeonato de Endurance por não conseguir bater a Porsche e usou a desculpa de se concentrar na F 1 ,Então vê-se que a “Freguesia Técnica” é de longa data.
    E a imprensa italiana ,esquece que a Casa di Maranello é na verdade o domicílio da fogueira das vaidades ,onde capo sempre está tentando puxar o tapete do capo maggiore para parecer ser o salvador da pátria. E que a Ferrari faz muito bons carros isto é verdade mas a excelência em automóvel sempre foram dos tedescos que tem AUDI , BMW, Porsche e Mercedes Bens como marcas de referência para quem queira fabricar veículos de alta qualidade.
    E fica claro que sê quiser bater a Mercedes , a Ferrari tem que fazer um carro ,pelo menos ligeiramente melhor que o tedesco, pois sê for equivalente ,perde ,pois o piloto da Mercedes é superior ao primeiro piloto da Ferrari e seu apático companheiro (bem ai há um empate técnico entre o APÁTICO e o BUROCRÁTICO ) e também teria que não cometer os erros primários que comete durante ás provas,tanto piloto como equipe.

  • Concordo plenamente! O Vettel na verdade está extraindo da Ferrari mais do que ela pode dar.
    Creio que nos dois próximos anos a Ferrari possa estar ainda mais próxima da Mercedes para, aí sim, termos um duelo digno entre esses dois monstros do automobilismo mundial!

  • Acho ele um piloto bom, mas não melhor que o Button, Riccardo, Alesi, Hakkinen, verstapen, Alonso, Villeneuve, entre dezenas que poderia citar aqui. Deu sorte de estar no lugar e hora certa para ser tetracampeão,.

  • A Mercedes teve o melhor carro em alguns circuitos e a Ferrari em outros. Em outros ainda a Ferrari violou o regulamento com um sistema de recuperação de energia que não resistiu a um monitoramento, o que levou a equipe a despencar.
    Hamilton é muito melhor piloto do que Vettel e sobre isso é bobagem falar. Quem nao viu e quiser ver assista às corridas.
    Resumindo, Ferrari e Vettel, se 2017 e 2018 não foram suficientes, voltem em 2019 cometendo erros crassos e primários e preparados para outro chocolate do Hamilton e da Mercedes.
    Abs.