MENU

Tuesday, 1 de October de 2019 - 17:27Rádio Blog

RÁDIO NICK B.

“Eclipse” é a sugestão de hoje de nosso curador musical Nick B. Considerando que assistimos a vários shows da banda e as lembranças são ótimas, uma ótima escolha.

10 comentários

  1. Edu Zeiro says:

    Vi David em São Paulo e Roger em BH. Ambos, em algum momento dos shows, tocaram as músicas acima. Em termos de espetáculo valeram os esforços, mas ficou uma sensação de frustração, de não tê-los visto juntos a Nick e Richard em uma turnê qualquer dos anos 1970. Quanto ao primeiro RiR, não escolhi mas tive de tomar da Malt Nojenta lá, no primeiro dia (Whitesnake, Iron e Queen) e no sábado metal (Whitesnake de novo, Ozzy, Scorpions e AC/DC). Aliás, depois dessas, frequentando os bares da cidade na época, entendi perfeitamente o significado do slogan dela, “A cerveja mais gelada do bar”. É que ninguém tomava, ora.

  2. Nick B. says:

    Os shows do Floyd foram tranquilos até.
    Exceto um em Londres que encontramos o meu parceirão Cazuza e Ezequiel Neves, e todo mundo sabe da tretinha que existia entre o Fla e o Caju (o que depois foi superado, lógico, tanto que FG chegou a sugerir versos que se tornaram célebres no arsenal do poeta, tais como: “confundo suas coxas com as de outras moças”, “meus heróis morreram de overdose, meus inimigos estão no poder”, “canibais de nós mesmos antes que a terra nos coma” e por aí vai.
    Mas naquela época rolava uma animosidade e o Cazuza chegava chamando o Fla de Fabinho e este retrucava nominando Caju de Roger.
    No momento mais acalorado entre ambos Fla vociferou que o fim de Agenor seria servir de banda de apoio de talk show de humorista sem graça (e não é que tinha uma certa razão, o FG?!).
    Mas aí rolou Wish You Were Here, todo mundo se abraçou, acendeu isqueiro e só love.

    Mas punk mesmo foi no Rock um Rio 1.
    Já na entrada, empunhando uma Malt 90, Fla exclama em êxtase: Esta cerveja é o que há!!
    Eu achei apropriado ir ao festival trajando um tanguinha de crochê a la Gabeira e um cocar txucarramãe.
    Adiante, um capitão do exército, incomodado com nossa alegria de viver, chegou na milicada e falou: Dá uma boa geral naquele projeto de Sting e Raoni, talkei?!
    Nossa! Pra quê?!
    Fla emputeceu litros!!!
    Deu trabalho segurar o Sting brazuca.
    Ele berrava pro capitão: Só não te taco a Malt 90 na cabeça porque isso aqui é um néctar!!!
    Depois, no show do Scorpions, ele cismou em fazer a air guitar solo em Still Living You e eu ter que fazer a base, quando até os ovos da minha geladeira Clímax sabem que a minha técnica em air guitar é muito mais plástica.
    Tudo bem. O que não faço pelos brothers.
    No final do show, Fla encasquetou de querer presentear Klaus Meine, Rudolf Schenker e companhia com um engradado de Malt 90, dizendo que na Alemanha não tem cerveja que se equipare àquele precioso líquido.

    Nick B
    (próximo “Rádio” tem que ser Scorpions no RiR, Fla. Quem sabe nós aparecemos naquele mar de gente).

  3. Daniel Vieira says:

    Errata: São duas músicas, a primeira “Brain Damage” e a segunda “Eclipse”,
    mais atenção e respeito a obra sobre os conceitos que escravizam e definem o ser humano: tais como o tempo, o dinheiro, a cobiça; além de temas como a loucura e as drogas. E por fim a magistral frase que ilustra que o conhecimento é a arma contra a ignorância: “Não há lado escuro da lua, na verdade… ela é toda escura”.

  4. G. de Faria says:

    Belíssima sugestão… Poucas bandas/músicas melhoram cada vez mais com o passar dos anos como o Pink Floyd…

  5. Luiz Caco says:

    Banda Fantástica. Faltando um dos gênios, Música linda e atual
    Que hoje poderia atualizar esse vídeo. Seria trocar os “lunáticos” que aparecem nas proteções.
    Acho que aqui na nossa terrinha poderíamos contribuir com alguns

  6. TYRRELL says:

    Belíssima música!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *