Comentários

  • O erro maior foi mais uma vez da Ferrari que se OMITIU e permitiu essa lambança. Nos tempos de Ross Brawn e Jean Todt jamais um piloto que estava DEZ SEGUNDO ATRÁS a corrida toda, só tenod oportunidade de encostar no colega graças á bandeira amarela ao final da corrida, teria autorização para a 3, 4, 5 voltas do final colocar em risco uma corrida de outro carro da equipe que vinha fazendo uma corrida melhor. O resto, a histeria da leclerzets e tal, é pura conversa mole. A Ferrari mais uma vez faz lambança e vai prejudicando o trabalho de seus pilotos.

  • As leclerzetes que criticam a opinião do Flavio Gomes sobre a manobra de Leclerc são aquele tipo de fã que só concorda se a realidade/opinião está favorável ao seu ídolo. Se ali na Ferrari do Vettel estivesse sentado o Ayrton Senna, e no lugar do Leclerc estivesse Schumacher ou Prost, culpariam sem pestanejar que quem deixou o carro para a colisão/acidente foi o alemão ou o francês. Esse “acidente” entre Vettel e Lecler foi IDÊNTICO ao que Senna fez com Prost naquela corrida do GP do Japão que deu o titulo ao brasileiro: chegou a primeira curva após a largada, Senna viu Prost emparelhado por fora, o brasileiro NÃO FREOU, VIU QUE NÃO TINHA ESPAÇO PARA OS DOIS CARROS FAZEREM A CURVA E DEIXOU O CARRO SEGUIR RETO MESMO FORA DO POSICIONAMENTO IDEAL PARA FAZER A CURVA, SÓ PARA CAUSAR A COLISÃO.
    Tanto Senna quanto Leclerc SABIAM que se o colega/rival tentasse fazer a curva aconteceria a colisão. Só que no caso de Leclerc a situação é pior ainda, já que Vettel já tinha colocado o carro todo á sua frente antes de chegar a tomada da curva da reta oposta!
    Só não vê a intenção suja, egoista, de mau caratismo de Leclerc quem não quer.

  • Prezado F&G : Redenção, sua crítica foi pautada pelo equilíbrio extremo, a graça está que você faz com humor britânico, com capitalismo chinês. A verdade é que a chapa esta quente na FERRARI, o momento em que Mattia Binotto, vai com certeza chamar as claras os dois pilotos e ditar aquela carcada sem vaselina .Falta a Ferrari alguém nos moldes de Ross Brawn, e que determinava 1-2, e que mandava chover e fazer sol, inversão de colocação em pista , ou outras vezes aquela pequena regra : tragam as crianças para casa.
    A sua dica do filme Ferrari X Ford . Sim filme razoável a história deu pouca ênfase ao personagem Lee Iacocca ,criador da segunda lenda da Ford – o carro ícone Ford Mustang , que resultou no maior lucro da montadora e que sua estratégia de Marketing financiou o fantástico FORD GT- 40 . O melhor do filme sim C.Shelby, um dos melhores garagistas USA, e a real história da sacanagem feita ao piloto KEN MILLES.

  • Manter dois pilotos que estão em pé de guerra um contra o outro pode custar , em 2020, desde um campeonato ( como aliás foi em 2007 – a briga Hamilton x Alonso ajudou pro título acabar nas mãos de Kimi) até um acidente fatal. Se eu mando na Ferrari estaria vendo qual dos dois eu dispensaria.

  • Na verdade a disputa entre os dois valia muito pouco. O vice no mundial de construtores já estava garantido.
    A batida trata-se de acidente de corrida que poderia ser evitado. Não foi.
    Agora temos que refletir um pouco sobre Vettel. Esse GP por exemplo não podemos deixar passar em branco a corrida pífia dele. Não fez nenhuma ultrapassagem e levou pau de Mercedez, RBR e também do companheiro de equipe. Esse ano de cada 10 corridas Vettel faz duas boas, umas cinco apagadas, e as outras abandona.
    Esse ano metade do grid teve mais brilho que ele….. isso é muito sério pois o grid contou com três estreantes e ainda com Grosjean/Magnussen/Stroll/Kubica (com uma mão).
    Depois das férias Vettel só fez mais pontos que Albon.
    Sensação de que o alemão perdeu a força e ano que vem teremos Leclerc como primeiro piloto e Vettel em um papel parecido com o de Kimi ano passado.
    E chovem comentários de que Vettel é um aposentado correndo. É início do fim? É.

  • Flávio, boa tarde! A famosa e famigerada frase “relaxa e goza” foi dita pela Marta Suplicy quando ministra do Turismo do Lula em meio ao caos aéreo que o Brasil atravessava com os atrasos dos voos ela ainda enfileirava no PT, o Maluf disse “estupra, mas não mata.

    Abraços!

  • Sobre a batida dos dois, é só um reflexo da bagunça que é a Ferrari. Sem comando decente desde a saída do Todt. Domenicalli foi um fracasso completo. Arrivabene deu uma boa reerguida na equipe mas na hora do vamo ver fez besteira atrás de besteira junto com o Vettel pra perder o título ano passado. Binotto parece não saber ainda o que faz lá dentro.

  • O “Relaxa e Goza” é da Marta Suplicy, no meio do caos aéreo uns dez anos atrás. A frase completa, “Se o estupro é inevitável, relaxa e goza”, é um ditado popular.

    A frase do Maluf é “Se está com desejo sexual, estupra mas não mata”. Não sei o que é pior. Não surpreende vindo da política nacional.

  • Duas considerações:
    1. Se não é possível quantificar a parcela de culpa de cada um, talvez esta possa ser colocada assim: Vettel causou o toque, enquanto Leclerc poderia te-lo evitado (o que, a meu ver, não caracteriza uma culpa)
    2. Quando dois carros se tocam em plena reta, sendo que um deles permanece em linha reta enquanto o outro deriva em direção ao adversário, a responsabilidade recai, a meu ver, sobre o segundo.
    3. Observem, no momento do toque, o espaço que Vettel à sua direita. Leclerc deixou o tempo todo espaço suficiente para Vettel. Não tinha obrigação nenhuma de estender um tapete vermelho para o alemão.

    • Concondo plenamente!!
      Acho que se fosse o Vestappen seria muito mais duro do q foi o Leclerc e não teria esse papo todo.
      Leclerc é duro e deve continuar assim, tanto ele como Vestappem sempre andam no limite das regras, quase sujos, mas parecer ser éticos. Sujo na F1 só o Magnussem. Os dois moleques são duros como todos grandes campeões. Leclerc ou se impoe de cara na Ferrari ou nunca vai disputar um titulo e sera o eterno numero 2. Gosto do Vettel mas o numero 2 agora será ele.

  • Bom dia Flavinho!!! Seus vídeos sempre ótimos!!! Apenas uma correção: a frase “relaxa e goza” foi dita pela então ministra do turismo Marta Suplicy no auge do apagão aéreo, logo após a tragédia da Tam em Congonhas. O energúmeno do Maluf proferiu a aberração: “tá com desejo sexual, estupra, mas não mata “????‍♂️????????‍♂️????. Bom fim de semana e “Vamos River” ????????????????????????????????